"Mesa de Jeová e a mesa dos demônios! : Crenças, Doutrinas e História
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


"Mesa de Jeová e a mesa dos demônios!

Debates e discussões acerca das crenças, doutrinas e a história das Testemunhas de Jeová.

"Mesa de Jeová e a mesa dos demônios!

Nova mensagempor Wilson Butzke em 05 Jan 2015 20:13

“ A mesa de Jeová e a mesa dos demônios

De qual mesa as Testemunhas de Jeová se alimentam? É lógico que eles irão responder: “Da mesa de Jeová”

Será?

Vamos verificar cabalmente! De onde Russel o fundador da Organização como hoje é conhecida por Testemunhas de Jeová, coletou alguns dos ensinos hoje aceitos normalmente como sendo “o alimento provido pelo Escravo Fiel e discreto no tempo apropriado”.

No livro “Testemunhas de Jeová proclamadores do Reino de Deus”, Russel afirma estar endividado com muitas pessoas que eram membros de outras religiões, especialmente os Adventistas:

“*** Testemunhas de Jeová proclamadores do Reino de Deus cap. 5 p. 45 A proclamação da volta do Senhor (1870-1914) ***

Russell mencionava bem abertamente a ajuda que recebera de outros no estudo bíblico. Não só reconhecia estar endividado com o adventista Jonas Wendell, mas referia-se com afeto a duas outras pessoas que o ajudaram no estudo da Bíblia. Russell disse a respeito desses dois homens: “O estudo da Palavra de Deus com esses queridos irmãos levou, passo a passo, a pastagens mais verdejantes.” Um deles, George W. Stetson, era zeloso estudante da Bíblia e pastor da Igreja Cristã do Advento, em Edinboro, Pensilvânia, EUA.”

E assim outras doutrinas foram consideradas nas páginas da Sentinela e outras publicações do então conhecidos grupo “Estudantes da Bíblia” que mas tarde em 1931 adotaram o nome de “Testemunhas de Jeová: “*** Testemunhas de Jeová proclamadores do Reino de Deus cap. 17 pp. 260-261 Congressos uma prova de nossa fraternidade ***
Outro congresso histórico foi realizado em Columbus, Ohio, em 1931. No domingo, 26 de julho, depois de ouvirem uma argumentação bíblica, os Estudantes da Bíblia adotaram um novo nome — Testemunhas de Jeová. Quão apropriado! É um nome que dirige atenção primária ao próprio Criador e identifica claramente a responsabilidade dos que o adoram. (Isa. 43:10-12)”

Várias outras doutrinas foram adotadas de outras religiões:” *** Testemunhas de Jeová proclamadores do Reino de Deus cap. 5 pp. 48-49 A proclamação da volta do Senhor (1870-1914) ***
Que dizer de outras doutrinas bíblicas que foram consideradas na Watch Tower e em outras publicações? Reivindicou Russell todo o mérito de ter desvendado essas gemas da verdade? Russell explicou: “Descobrimos que por séculos várias seitas e grupos dividiram entre si as doutrinas da Bíblia, misturando-as, em grau maior ou menor, com especulação e erro humano . . . Descobrimos que a importante doutrina da justificação pela fé e não pelas obras fora claramente enunciada por Lutero e mais recentemente por muitos cristãos; que a justiça, o poder e a sabedoria divina foram cuidadosamente preservados pelos presbiterianos, embora não discernidos claramente; que os metodistas apreciaram e louvaram o amor e a compaixão de Deus; que os adventistas prezaram a doutrina sobre a volta do Senhor; que os batistas, entre outros pontos, sustentaram corretamente a doutrina do batismo em sentido simbólico, embora tivessem perdido de vista o verdadeiro batismo; que, fazia tempo, alguns universalistas sustentavam vagamente alguns pensamentos relativos à ‘restauração’. Assim, quase todas as denominações deram evidência de que seus fundadores vinham buscando a verdade: mas bem evidentemente o grande Adversário lutou contra eles e erroneamente repartiu a Palavra de Deus, que ele não podia destruir totalmente.”

Russel chama essas doutrinas de “joias da verdade”:

“*** Testemunhas de Jeová proclamadores do Reino de Deus cap. 5 p. 49 A proclamação da volta do Senhor (1870-1914) ***
A respeito da cronologia que apresentava com freqüência, Russell disse: “Quando dizemos ‘nossa’ cronologia, referimo-nos meramente àquela que nós usamos, à cronologia da Bíblia, que pertence a todos os do povo de Deus que a aprovam. De fato, muito antes de nossos dias, foi usada praticamente na forma em que a apresentamos, assim como várias profecias que usamos foram usadas para um propósito diferente pelos adventistas, e diversas doutrinas, que sustentamos e que parecem tão novas, atuais e diferentes, foram sustentadas de alguma forma muito tempo atrás: por exemplo — a Eleição, a Graça Gratuita, a Restauração, a Justificação, a Santificação, a Glorificação, a Ressurreição.”
Então, como entendeu Russell o papel que ele e seus associados desempenharam em divulgar a verdade bíblica? Ele explicou: “Nosso trabalho . . . tem sido de ajuntar estes fragmentos da verdade há muito espalhados e apresentá-los ao povo do Senhor — não como novos, não como nossos, mas como do Senhor. . . . Precisamos rejeitar qualquer mérito até mesmo de termos encontrado e reagrupado as jóias da verdade
.” Ele disse mais: “A obra em que o Senhor se agradou em usar nossos humildes talentos tem sido menos uma obra de originação do que de reconstrução, reajuste, harmonização.”

Como “o Escravo Fiel e Discreto” costuma afirmar que os apóstatas usam de esperteza, e de ensinos falsos para desviar as pessoas da “mesa de Jeová”:

“*** w94 1/7 p. 12 par. 12 À mesa de quem se está alimentando? ***

“ E embora os apóstatas talvez apresentem também certos fatos, usualmente os tiram do contexto, com o objetivo de desviar outros da mesa de Jeová. Todos os seus escritos simplesmente criticam e rebaixam! Nada é edificante”
Por esse motivo estou mostrando o que realmente está escrito nas suas publicações, e nada foi tirado de contextos, e quem desejar poderá ler o artigo inteiro no Livro acima mencionado que muitos deverão ter nas suas bibliotecas domiciliares.

Como podemos observar muitos ensinos foram absorvidos de outras religiões, como fica então?

Esses ensinamentos são falsos?

Ou foram santificados porque agora pertencem a organização que é considerado por eles como de Deus?

Com a palavra os foristas.
Avatar de usuário
Wilson Butzke
Forista
Forista
 
Mensagens: 170
Data de registro: 13 Fev 2010 19:24
Localidade: Santa Catarina

Re: "Mesa de Jeová e a mesa dos demônios!

Nova mensagempor Yeats em 05 Jan 2015 23:08

Comentei em outras ocasiões que considero a bíblia uma colcha de retalhos, de maneira que invariavelmente o subproduto dela, na medida em que é a pedra fundamental das religiões (cristãs), será uma colcha de retalhos ainda (maior) pior.
Os doutrinas bíblicas, já por si cobertas por uma obscuridade, acabam por resultar nos mais diversos e subjetivos ensinos onde não há limites reconhecidos entre o simbólico e o literal. Daí a ampla multiplicidade de doutrinas, cada religião como restaurantes, criam seu cardápios "diferenciados", mas da mesma materia-prima e do mesmo fornecedor...
Daí que entre um TJ, um evangélico ou católico não há diferença efetiva. Tanto pior para os TJ que insistem em sua "originalidade", quando apenas são mais uma religião.
Penso não ter sido suficientemente claro, posso rever alguma coisa depois.
Quem tem língua afiada também corta a própria boca.
Também vem cuspido aquilo que se quer mastigado.
Avatar de usuário
Yeats
Forista
Forista
 
Mensagens: 843
Data de registro: 24 Out 2013 09:36
Localidade: Pará

Re: "Mesa de Jeová e a mesa dos demônios!

Nova mensagempor Wilson Butzke em 06 Jan 2015 10:14

Olá forista Yeats,concordo com você sobre a Bíblia, ela pode ser manejada de várias maneiras e dessa forma as interpretações variam.

Veja o texto de 2 Timóteo 3:15-16 . . .. 16 Toda a Escritura é inspirada por Deus e proveitosa para ensinar, para repreender, para endireitar as coisas, para disciplinar em justiça, ...............

Eu acho que deveria ser: " Toda Escritura inspirada por Deus é proveitosa para ensinar, etc.

Aí ficaria de acordo com o conselho do apóstolo João 1 João 4:1). . .Amados, não acrediteis em toda expressão inspirada, mas provai as expressões inspiradas para ver se se originam de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo afora.

Por que digo isso, pelo seguinte motivo: Segundo o primeiro texto mencionado dá a entender que toda a Bíblia tem o que muitos consideram a infalível palavra de Deus, ispirada.

Será isso verdade?

Não, na Bíblia existem muitos argumentos demoníacos, por esse motivo a exortação do apóstolo João!

A própria organização das Testemunhas de Jeová (já que este é um site especial para Testemunhas de Jeová) afirma na sua revista a Sentinela o seguinte:*** w86 1/3 p. 13 par. 14 A integridade de Jó — por que tão notável? ***
As dissertações de Elifaz são mais longas, e a sua linguagem é um tanto mais amena. A linguagem de Bildade é mais mordaz, e a de Zofar ainda mais. Os argumentos deles são habilmente planejados para alcançar o objetivo de Satanás, que é quebrar a integridade de Jó. Eles amiúde citam fatos reais, mas a sua utilização e aplicação são errôneas. Satanás usou a mesma tática contra Jesus. Citando uma passagem bíblica que diz que os anjos de Deus protegem Seus servos contra o dano, Satanás convidou Jesus a provar que era o filho de Deus por atirar-se do alto do templo. (Mateus 4:5-7; Salmo 91:11, 12) Jó, por um prolongado período, enfrentou raciocínio satânico similar."

E se lermos o que Deus pensa a respeito do que esses tres amigos de falaram é só lermos: (Jó 42:7-8) 7 E sucedeu que, depois de Jeová ter falado estas palavras a Jó, Jeová passou a dizer a Elifaz, o temanita: “Minha ira se acendeu contra ti e contra os teus dois companheiros, pois não falastes a verdade a meu respeito assim como fez meu servo Jó. 8 E agora, tomai para vós sete novilhos e sete carneiros, e ide ao meu servo Jó, e tereis de oferecer um sacrifício queimado em vosso próprio favor; e o próprio Jó, meu servo, orará por vós. Somente aceitarei a face dele, para não cometer uma ignominiosa insensatez convosco, pois não falastes a verdade a meu respeito assim como fez meu servo Jó.”

Então os racciocínios dos amigos de Jó não são verdadeiros.

Quem os usar e for levado pela declaração de 2 Timóteo 3:15,16 estará embarcando numa canoa furada !

Mas se lermos as declarações de Jó que Deus afirma serem verdadeiras a respeito dele, ficaremos de queixo caído, veja só essa aí:(Jó 9:22-24) . . .Uma coisa há. Por isso é que deveras digo: ‘Ao inculpe, também ao iníquo, ele leva ao seu fim.’ 23 Se uma enxurrada causasse repentinamente a morte, Ele caçoaria do próprio desespero do inocente. 24 A própria terra foi entregue na mão do iníquo; Ele encobre a face dos seus juízes. Se não [ele], então quem?

Por essa e por outras é que considero a Bíblia apenas um livro, não inspirado e infalível, mas apenas uma história do povo judeu!

Com a palavra os foristas!
Avatar de usuário
Wilson Butzke
Forista
Forista
 
Mensagens: 170
Data de registro: 13 Fev 2010 19:24
Localidade: Santa Catarina

Re: "Mesa de Jeová e a mesa dos demônios!

Nova mensagempor observadora em 06 Jan 2015 10:30

Só uma dúvida: Porque dizer que a afirmação do Apóstolo João "toda expressão inspirada" seria proveniente da bíblia, sendo que as expressões, na época eram verbais?
"Tudo o que o homem ignora não existe para ele.
Por isso, o universo de cada um se resume ao tamanho do seu saber."
(Albert Einstein)
Avatar de usuário
observadora
Forista
Forista
 
Mensagens: 386
Data de registro: 19 Jul 2012 15:39
Localidade: São Paulo

Re: "Mesa de Jeová e a mesa dos demônios!

Nova mensagempor Kaarlo Luhtanen em 06 Jan 2015 16:19

Não há dúvidas que a Torre se alimenta da mesa dos demônios! :iergh7:
Avatar de usuário
Kaarlo Luhtanen
Forista
Forista
 
Mensagens: 3014
Data de registro: 21 Mar 2014 22:04
Localidade: Não quero responder

Re: "Mesa de Jeová e a mesa dos demônios!

Nova mensagempor KOSTA em 06 Jan 2015 16:30

Quem inventou as Testemunhas de Jeová nos moldes actuais foi Rutheford, um homem cheio de raiva, prepotente e que fez tudo para construir uma religião á sua imagem.
NÃO TEMAS AQUELES QUE BUSCAM PELA VERDADE, MAS TEME ANTES OS QUE AFIRMAM TEREM A VERDADE
Avatar de usuário
KOSTA
Forista
Forista
 
Mensagens: 3204
Data de registro: 22 Set 2011 20:06
Localização: Portugal

Re: "Mesa de Jeová e a mesa dos demônios!

Nova mensagempor Wilson Butzke em 07 Jan 2015 13:37

Olá observadora, como você bem sabe, a Bíblia como a conhecemos hoje, não existia na época, mas segundo os historiadores, e a própria Bíblia atual, circulavam entre as pessoas, rolos, papiros, cartas, etc.

Aí estão alguns exemplos relatados na Bíblia que temos hoje em mãos: (Atos 28:21-22) . . .Disseram-lhe: “Nós tampouco temos recebido cartas da Judéia a respeito de ti, nem tem qualquer dos irmãos que chegaram relatado ou falado algo iníquo a teu respeito. 22 Mas, achamos correto ouvir de ti quais os teus pensamentos, porque, deveras, quanto a esta seita, é sabido por nós que em toda a parte se fala contra ela.”

(2 Coríntios 10:10-11) . . .“As [suas] cartas são ponderosas e vigorosas, mas a [sua] presença em pessoa é fraca e a [sua] palavra, desprezível.” 11 Que tal homem tome em conta o seguinte: que aquilo que somos em nossa palavra por cartas, quando ausentes, seremos também em ação, quando presentes. . .

(2 Pedro 3:15-16) . . .Além disso, considerai a paciência de nosso Senhor como salvação, assim como vos escreveu também o nosso amado irmão Paulo, segundo a sabedoria que lhe foi dada, 16 falando destas coisas, como faz também em todas as [suas] cartas. . . .

(2 Timóteo 4:13) . . .Quando vieres, traze o manto que deixei em Trôade com Carpo, e os rolos, especialmente os pergaminhos. . .

Isso são só alguns exemplos se desejares poderá ampliar a pesquisa!
Avatar de usuário
Wilson Butzke
Forista
Forista
 
Mensagens: 170
Data de registro: 13 Fev 2010 19:24
Localidade: Santa Catarina


Retornar para Crenças, Doutrinas e História

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 13 visitantes