A Roupa Nova do Rei [a lenda do verdadeiro conhecimento] : Religiões, Crenças & Teologia - Page 2
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


A Roupa Nova do Rei [a lenda do verdadeiro conhecimento]

Espaço ideal para discussões sobre qualquer religião, crença e teologia.

Re: A Roupa Nova do Rei [a lenda do verdadeiro conhecimento]

Nova mensagempor Gustavo em 13 Ago 2010 01:25

Claro, isto também... O mundo moderno conseguiu a proeza de libertar todas as qualidades humanas... Hoje em dia o homem moderno, quando diz que certa pessoa é humilde, está querendo dizer que aquela pessoa aceita todo tipo de insultos calada e sem reagir... "Venha aqui e pise em minha cabeça", diz o humilde do mundo moderno, e o vaidoso adorará isto. Obviamente este ser humilde jamais poderá falar qualquer verdade sobre si mesmo, mesmo que ele mereça, ou até mesmo que ele prove ser verdade... Afinal isto seria muito contrário à sua humildade, seria mais contrário ainda ao interesse daqueles que gostam de usar a humildade alheia como degrau para o sucesso...
Por isto, quando há alguma ameaça no ar, fica muito mais simples evocar a humildade. É o mesmo que dizer: "Fique quieto e deixe-se humilhar"...

Bem lembrado esta questão da dissonância cognitiva, hein...
Meu site sobre religião: http://www.e-cristianismo.com.br
Meu blog de eletrônica e games: http://eletronicaegames.blogspot.com/
Gustavo
Forista
Forista
 
Mensagens: 962
Data de registro: 05 Nov 2008 17:05

Re: A Roupa Nova do Rei [a lenda do verdadeiro conhecimento]

Nova mensagempor Poltergeist em 13 Ago 2010 09:06

UAU! Bem que você disse há tempos que qualquer texto (incluindo a Bíblia) está sujeito a mil-e-uma interpretações.
A mentira teme a verdade. Afinal, você já viu "apóstatas" desassociando uma Testemunha de Jeová?

Procurando um assunto específico? Visite o Índice do Fórum: viewtopic.php?f=2&t=3230
Avatar de usuário
Poltergeist
Forista
Forista
 
Mensagens: 7764
Data de registro: 26 Fev 2009 16:57
Localidade: São Paulo

Re: A Roupa Nova do Rei [a lenda do verdadeiro conhecimento]

Nova mensagempor Gustavo em 13 Ago 2010 13:51

É verdade... Mas o que podemos fazer, se até a luz, dependendo do experimento, pode ser considerada onda ou partícula... Só não vamos cair no erro de acreditar que a luz não existe... :?
Meu site sobre religião: http://www.e-cristianismo.com.br
Meu blog de eletrônica e games: http://eletronicaegames.blogspot.com/
Gustavo
Forista
Forista
 
Mensagens: 962
Data de registro: 05 Nov 2008 17:05

Re: A Roupa Nova do Rei [a lenda do verdadeiro conhecimento]

Nova mensagempor Poltergeist em 06 Jan 2011 10:36

Up!
A mentira teme a verdade. Afinal, você já viu "apóstatas" desassociando uma Testemunha de Jeová?

Procurando um assunto específico? Visite o Índice do Fórum: viewtopic.php?f=2&t=3230
Avatar de usuário
Poltergeist
Forista
Forista
 
Mensagens: 7764
Data de registro: 26 Fev 2009 16:57
Localidade: São Paulo

Re: A Roupa Nova do Rei [a lenda do verdadeiro conhecimento]

Nova mensagempor Helena em 23 Nov 2011 16:40

Parabéns Gustavo, minha sincera admiração. Assino em baixo.


Gustavo escreveu:Realmente as fábulas são fabulosas... Provavelmente não tão fabulosas quanto os tópicos céticos. Estes conseguem demonstrar tudo, espero que demonstrem ainda o ceticismo. É de uma beleza impressionante, talvez de uma surpresa indescritível, ver como um cético se dá ao trabalho de enxergar a vida com simbolismos, assim como o pagão via simbolismos em tudo. Este sentimento sobre-humano não poderia ser renegado nem pelo materialista mais ferrenho, eis aqui a bela prova disto. É claro que o materialista sofre do problema de falta de prática nesta questão, ele é como um professor de biologia que acha que pode dar aula de matemática por ter aprendido a tabuada na pré-alfabetização. Isto só poderia resultar em uma grande piada, na qual o último que entende é o próprio professor.
A Roupa Invisível do Rei realmente poderia ser uma boa ilustração para o Espírito Santo habitando o crente. Da mesma forma, a história de Ícaro é uma boa ilustração para o satélite lançado ao espaço e que cai no mar... Ilustrações nós podemos arrumar várias, até o ferimento no calcanhar de Aquiles poderia simbolizar as problemáticas pernas do conhecido jogador Ronaldo. Traçar paralelos ficou muito simples em nossos dias, na verdade, toda aquela história de interpretação de textos se tornou obsoleta para nós, o importante é achar pontos iguais nas duas histórias e ligar os pontinhos. Faz lembrar daquelas revistinhas infantis que você ligava os pontos para formar uma figura, e talvez de fato o cético ao fazer suas comparações está ligando aqueles pontinhos para gerar suas figuras infantis.
Mas a questão é que a fábula da Roupa Invisível diz algo a seu leitor, e provavelmente ela fala sobre a vaidade. O Rei era vaidoso, os discípulos eram vaidosos, mas o único inocente, portanto sem vaidade, foi o único que não foi enganado. A vaidade engana qualquer um que não tenha humildade suficiente para reconhecê-la em si. Talvez por isto Deus se revele aos pequeninos, mas isto eu falarei em outro momento.
Esta vaidade obriga o rei a exibir sempre uma roupa diferente, ele sempre procura formas de exibir suas roupas, e fica maravilhado quando encontra uma roupa que possa revelar a ignorância de seus súditos.
E com todos estes detalhes, acabei encontrando mais uma ilustração para esta história... Já que todos gostaram da primeira, talvez gostem ainda mais da segunda, pois ela possui muito mais pontos em comum do que a primeira, mantenho ainda a mesma moral da história, embora isto não seja o que está se procurando por aqui...
Em minha nova ilustração, estou vendo o cético como rei, e sua vaidade é seu próprio conhecimento. Ele está sempre buscando demonstrá-lo, levantando seus antigos tópicos onde ele acha que suas respostas não foram respondidas, ou fazendo uma pequena lista de tópicos que ele gosta mais... Quando percebe que seu conhecimento não está mais à mostra, vai lá e o expõe novamente, levantando mais um tópico empoeirado por aí. E quando ele revela estas roupas a todos, é óbvio que todos vão dizer o quanto ele é conhecedor das coisas e como ele está revelando as verdades mais verdadeiras, pois ele alega expor a mais perfeita racionalidade, ou estar se baseando em fatos científicos, portanto, livres de qualquer interpretação humana. É claro que como na roupa invisível, ele não percebe que isto não ajuda em nada... Os empiristas do século 18 já questionavam a racionalidade como forma de adquirir conhecimento, sem falar que a ciência mais recente não tem muito para dizer sobre racionalidade, embora tenha a falar de praticidade... Afinal, não me parecia muito racional pensar em um tempo que se comprime ou expande, mas é isto que a teoria da relatividade diz... Por outro lado, a ciência livre de interpretações humanas está discutindo ainda qual a melhor interpretação para a mecânica quântica, quem está vencendo é a interpretação de Copenhague. Nem mesmo a velha e boa matemática escapou do paradoxo de Gödel. Mas ele não se dá conta destas coisas, pois é melhor para ele fazer de conta que tudo isto é uma roupa que só os inteligentes e bem posicionados são capazes de ver, se referindo com isto aos céticos.
Eis que a criança da fábula agora aponta para a nudez deste tal conhecimento sem crenças... E tudo que sobrou de fato foi um homem nu, sua vaidade se tornou invisível como aconteceu com o tópico das tabelas coloridas. Quem sabe como o rei da fábula, o cético se esconda em seu castelo ou talvez a população o console, quando esta mesma caiu no mesmo golpe... Quem sabe? O que sei é que fábulas são realmente fabulosas, elas tem o estranho poder de ilustrar coisas que teimamos em admitir. Mas uma coisa que fica disto tudo é bem dito naquele velho ditado: "Pau que bate em Chico, bate em Francisco". Fábulas podem ilustrar bem a vida de teístas, mas os teístas como ninguém, sabem extrair delas um significado muito melhor...
~ºo0º~ºo0º~ºo0º~ºo0º~ºo0º~ºo0º~ºo0º~
Avatar de usuário
Helena
Forista
Forista
 
Mensagens: 520
Data de registro: 24 Set 2009 00:41

Re: A Roupa Nova do Rei [a lenda do verdadeiro conhecimento]

Nova mensagempor josebr em 23 Nov 2011 16:45

Imagem

Brincadeira :)
Avatar de usuário
josebr
Forista
Forista
 
Mensagens: 388
Data de registro: 23 Fev 2011 19:41

Re: A Roupa Nova do Rei

Nova mensagempor Cores em 23 Nov 2011 22:51

Ni Ngongo escreveu:Pessoal, é tudo muito simples:
Você crê no que a bíblia diz? Você está sendo guiado pelo espirito de Deus.
Está começando a duvidar? Cara, você precisa orar bastante. Você está contristando o espírito de Deus e este está se afastando de ti.
Você não crê no que a bíblia diz? Você não tem o espírito de Deus.
Muito simples. VOCÊ DECIDE.


Ni, discordo de você. Como é não podemos duvidar e não continuar perto de Deus? A dúvida é algo inerente no ser humano. Eu não posso ser banida por Deus só porque duvido, ainda mais se minha dúvida não me beneficia em nada, ou seja, eu não duvido porque quero puxar a sardinha pro meu lado, eu duvido porque não entendo e se não entendo questiono e questiono, afinal de contas não somos bois que ao ouvir um berrante saímos correndo pro curral. Somos gente, pessoa, humanos e temos questionamentos.
Todos nós sabemos que dentro da congregação é assim, se eu questiono, os anciãos já ficam de orelha em pé, vem fazer visita, mas saem de lá com o pensamento de que estou me tornando apóstata, porém nenhum deles virá, se necessário setenta e sete vezes na minha casa responder meus questionamentos.Já vão me julgar na primeira visita. Experimenta fazer uma pergunta de dúvida para eles, e logo eles irão te perguntar o que você andou lendo ou vendo. Para meus questionamentos e nunca precisei ver nada nem ler nada, tipo apostasia, no entanto é disso que me taxarão.
Talvez você tenha um questionamento e uma resposta é o suficiente, mas para mim, não,mas qual ancião quer ir atrás de uma ovelha perdida? Eles preferem ter as 99 ao lado deles e se possível sem questionamento.
Convença-me. Não sou uma pessoa difícil, porém o caminho mais fácil é ignorar esses questionamentos.

Paz
"Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro."
Avatar de usuário
Cores
Forista
Forista
 
Mensagens: 183
Data de registro: 04 Ago 2010 20:06

Re: A Roupa Nova do Rei [a lenda do verdadeiro conhecimento]

Nova mensagempor Cores em 23 Nov 2011 23:30

Poltergeist escreveu:Lendo a defesa (abaixo) de nosso colega Aprendiz de Cristo, lembrei da fantástica fábula de Hans Christian Andersen, que dá nome a este tópico.

Durante minha vida TJ, cansei de escutar coisas como fulano ou beltrano deixaram de ser TJs ou foram desassociados porquê "não eram pessoas espirituais", "não eram de Jeová" e que "Deus só dá verdadeiro conhecimento aos seus", como se estas pessoas recebessem um óculos especial que lhes permitiria entender o enigma da bíblia.

Vejam só:

Aprendiz de Cristo escreveu:(...) o Deus do AT é o mesmo do NT, e ama muito você (mesmo você não acreditando ou aceitando) entretanto se alguém tenta entender e/ou explicar a Palavra do Senhor sem a intervenção do Espírito Santo, resulta nisto... Infelizmente! (E isto não é uma crítica, oK!?)

Mas somente o Espírito Santo leva o homem ao verdadeiro conhecimento de sí mesmo e de Deus, e isto não de forma teórica, mas por estabelecer um relacionamento real entre o homem e o Deus Eterno.

Esta sua afirmação realmente faz sentido e tem base bíblica:

12 Mas nós não recebemos o espírito do mundo,mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus.
13 As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais.
14 Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
15 Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. (I Co 2:12-15)




Aprendiz de Cristo escreveu:(...) o Deus do AT é o mesmo do NT, e ama muito você (mesmo você não acreditando ou aceitando) entretanto se alguém tenta entender e/ou explicar a Palavra do Senhor sem a intervenção do Espírito Santo, resulta nisto... Infelizmente! (E isto não é uma crítica, oK!?)


Posso pegar esse gancho e fazer uma pergunta? Quando a Organização estabeleceu, cogitou, insinuou ou fez-nos crer em várias datas para o fim, essa afirmação aí em cima é válida para eles ou apenas para as pessoas individualmente?
"Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro."
Avatar de usuário
Cores
Forista
Forista
 
Mensagens: 183
Data de registro: 04 Ago 2010 20:06

Re: A Roupa Nova do Rei [a lenda do verdadeiro conhecimento]

Nova mensagempor Poltergeist em 24 Nov 2011 15:07

Quando leio alguém afirmando que fulano não recebeu a intervenção do Espírito Santo — exatamente por ter uma opinião contrária a dele — soa como aqueles pregadores de TV que dizem: "Ontem conversei com Deus e o Senhor me disse blá blá blá..."
A mentira teme a verdade. Afinal, você já viu "apóstatas" desassociando uma Testemunha de Jeová?

Procurando um assunto específico? Visite o Índice do Fórum: viewtopic.php?f=2&t=3230
Avatar de usuário
Poltergeist
Forista
Forista
 
Mensagens: 7764
Data de registro: 26 Fev 2009 16:57
Localidade: São Paulo

Anterior

  • Tópicos Similares
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Retornar para Religiões, Crenças & Teologia

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 25 visitantes