como fazer minha esposa sair da religião : Apresentações - Page 2
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


como fazer minha esposa sair da religião

Espaço para os foristas se apresentarem e mostrarem suas expectativas e depoimentos.

Apresente-se aqui e receba as boas vindas!

Re: como fazer minha esposa sair da religião

Nova mensagempor Soares em 05 Ago 2015 11:18

novas ideias escreveu:Bom Dia Marcelo .

Estive como TJ por 10 longos anos e minha Esposa Rapunzel desde a sua infancia . Levei quatro anos para faze - la entender a realidade .Atualmente estamos muito bem . O fator principal e ter muita paciência e respeito pela a opinião que ela tem. Mostre amor por ela que assim ela entendera que oque voçe esta fazendo tem apenas a razão de ajuda-la. Chegara o momento em que ela tentara mostrar a voce que seus questionamentos não tem fundamento e sera neste momento que as duvidas dela serão maiores e ai ela podera criar sua propria opinião fora dos muros da torre. Boa sorte !!!!!!


Bom dia Novas Ideias.
É isso. Foi real, vc viveu e deu certo. Muito bem colocado, na minha opinião, agiu com paciência e sutilidade. Parabéns pelo amor a sua esposa, pois sem isso, ng aguentaria 4 anos. Parabéns a ela, que faz por merecer também ser considerada assim. Felicidades.
Abçs
MAIS UM TIJOLO NO MURO. "[...]eu não entendi como a solidão de quem tem alguém, pode ser maior a de quem não tem ninguém[...]"
Soares
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 1825
Data de registro: 20 Abr 2015 13:30
Localidade: Rio de Janeiro

Re: como fazer minha esposa sair da religião

Nova mensagempor ericpolo em 11 Ago 2015 18:07

Bem meu amigo, fácil nunca será, eu levei cerca de 7 anos para abrir finalmente os olhos da minha esposa, eu já conhecia a "verdade sobre a verdade" quando começamos a namorar, mas sabia que ela ainda não estava preparada para ouvir naquela época, aos poucos fui mostrando os erros e mudanças doutrinais, até mesmo anúncios e mudanças que ocorreriam e de fato ocorreram.....ou seja, paciência é a chave.....sei que estes mais de 30 anos nessa seita do cão me fizeram perder muita coisa, mas a vida é curta não fique aflito e tente ajudar aqueles que você ama, nem todos aceitarão, mas você fez a sua parte....força e fé.....
Avatar de usuário
ericpolo
Forista
Forista
 
Mensagens: 166
Data de registro: 17 Nov 2008 09:12
Localidade: São Paulo

Re: como fazer minha esposa sair da religião

Nova mensagempor Marcelog em 13 Ago 2015 10:37

Bom dia "novas idéias".
Então, eu li o seu relato que você ficou por 10 anos e demorou 4 anos para convencer a sua esposa.
Gostaria de saber a possibilidade de sua esposa escrever para mim o que a levou a sair da torre?
Talvez ela pudesse me passar esses argumentos que tanto busco...

Obrigado.
Marcelog
Forista
Forista
 
Mensagens: 56
Data de registro: 14 Jul 2015 08:37
Localidade: Paraná

Re: como fazer minha esposa sair da religião

Nova mensagempor sabrepoderoso em 13 Ago 2015 18:35

ai MARCELOG , quem sabe este relato de alguem que já esteve no lugar de sua esposa não te ajude ?

pode ser o verdadeiro caminho das pedras , aqui existe foristas com toda sorte de experiência

pode ser o que vc tem tanto buscado ,

que seu sonho se realize !!!

um abraço e paz para vc !! :fof0: :fof0:
que a luz que há dentro de cada um de nós ilumine nosso caminho quando todas as outras luzes se apagarem
sabrepoderoso
Forista
Forista
 
Mensagens: 1477
Data de registro: 07 Mai 2015 11:23
Localização: duque de caxias
Localidade: Rio de Janeiro

Re: como fazer minha esposa sair da religião

Nova mensagempor RAPUNZEL ENROLADA em 15 Ago 2015 01:25

Olá, Marcelog!

Desculpe pela demora em responder, mas o trabalho ocupa demais o tempo! :roll:
Li seu depoimento e foi como reviver como meu querido marido ficava quando ainda eu estava lá na "torre", totalmente fervorosa, crédula neste caminho.
Como você notou no depoimento dele, ele sofreu muito quando descobriu a "verdade da verdade". Para ele continuar numa seita como esta era insuportável! Bem que ele tentou...mas não dava para engolir...por tudo que ele descobriu após suas pesquisas e principalmente as constatações na própria pele pelo que ele sofreu enquanto esteve lá. Até mesmo cogitou em me deixar, visto que eu não conseguia enxergar essas farsas, hipocrisias e controle mental que imperam nesta seita. Mas eu não o culpo por isso, porque será que no lugar dele eu não pensaria o mesmo? Será que eu suportaria isso, pensando nos danos que nós sofremos como casal até hoje?
Respondendo a sua pergunta, Marcelog, o Novas Idéias conseguiu me persuadir primeiro, porque me amava muito, segundo ele decidiu ter paciência, terceiro ele decidiu não ser agressivo, quarto utilizou de observação e perguntas escrutinadoras sobre os ensinamentos, procedimentos e conduta da "torre".
Ele me perguntava sempre sobre o que eu havia aprendido quando eu voltava das reuniões e prestava atenção no que eu dizia a respeito disto, e após ouvir fazia perguntas que me faziam refletir.É claro que algumas vezes o clima ficava um pouco tenso, visto que algumas vezes eu interpretava as perguntas como se fosse um confronto pessoal ou uma ameaça, mas seu objetivo era fazer eu pensar por mim mesma uma vez na vida, visto que raras vezes fiz isso, porque desde que me conhecia por gente estava dentro da "torre". Quase nasci lá, desde minha infância eu era TJ.
Após várias destas perguntas feitas por ele, eu realmente ficava "encafifada", como diziam meus avós ou "com a pulga atrás das orelhas". Penso que talvez, ele tenha pensado: "Se eu com pouco tempo de TJ, tenho dúvidas sobre vários aspectos dos seus ensinamentos, será que ela não terá também, apenas sufoca essas dúvidas, visto que as pessoas (os irmãos) são desencorajados a duvidar, a questionar e até repreendidos por terem dúvidas e rotulados como fracos na fé por alguns membros de lá? Então, ele investiu pesado nestas perguntas. Apesar de inativo, ele continuava a ler as literaturas e a levantar as questões. Eu as respondia, mas percebia depois que as respostas que eu dava mesmo sendo bíblicas e principalmente baseadas nas literaturas da torre eram sem conteúdo, sem uma verdadeira análise, mas uma repetição do que era dito ou lido nas fontes tejoteanas. Particularmente, bem antes eu já havia lido algo numa série de assuntos que saiu em uma das revistas Despertai!, um daqueles artigos que falava sobre a data de 607 A.E.C. Eu esperava pessoalmente ao ler esta revista encontrar comprovações sólidas desta data pela pesquisa feita em fontes seculares, mas foi desapontador ao ver na própria revista, que esta data de 607 A.E.C não estava confirmada nas literaturas e fontes seculares como por exemplo a arqueologia, mas que estas fontes seculares e históricas por diversas vezes mostravam a data de 587 A.E.C. As fissuras daí por diante começaram, isto ficou na minha mente...e também os discursos e artigos nas revistas e livros TJs quando traziam artigos falando das datas proféticas com aquela imposição, as pessoas terem que ficar e viver numa interminável expectativa e quando não se cumpriam como o exemplo de 1914, 1925 e 1975, a culpa era dos irmãos que interpretaram mal, que se precipitaram com pensamentos terrenos, etc e etc...nem preciso dizer que isso me deixava revoltada por dentro, mas sufocava estes sentimentos, que com o tempo produziram um efeito dentro de mim, passaram a "trincar". Foram surgindo fissuras e essas juntamente com os questionamentos escrutinadores de meu marido foram abalando o alicerce do que eu acreditava. Sabia que ele pesquisava muito na internet, então achei que poderia encontrar contradições nas perguntas que ele me fazia, então decidi usar das mesmas armas que ele. Pensei comigo que poderia ter algo na internet, um site ou blog com argumentos sólidos sobre os ensinos e procedimentos das TJs, pensei que achei um. Finalmente! Mas quando o utilizei para confrontar o meu marido, vi e constatei que não tinha nada de novo,brilhante e principalmente nada de argumentos sólidos. Que decepção! Então, ele ao ver minha reação, abriu o Fórum que até aquele momento para mim era desconhecido e passou a me mostrar os depoimentos de muitos irmãos, muitos deles que ainda estavam lá e me fez perceber que o que estava acontecendo com o meu marido e eu era muito mais comum que eu imaginava e que eu não era a única, e não era uma fraqueza espiritual como muitos dos irmãos e anciãos costumavam dizer. Era a realidade, a partir dali era como se eu tivesse desprogramado minha mente após quatro décadas pensando da mesma forma e sufocando questionamentos por receio de ser rotulada de fraca na fé, rebelde, orgulhosa ou como diz a letra de um dos cânticos:"Imponência e Prepotência, más qualidades são. Obediência sem imponência é o dever cristão". O choque foi imenso, estou tentando me recuperar até agora, sem falar que a família que ainda permanece TJ me tem tratado eu e meu marido como uma ameaça, com todas as reservas possíveis.
Espero ter respondido sua pergunta e digo que não desista, o amor e a paciência são ingredientes indispensáveis nesta luta. Pesquise bastante, leia outros depoimentos que tem por aqui no Fórum que sei que te ajudarão como disse o amigo Sabrepoderoso.

:ol2: :ol2: :ol2: :D3
Avatar de usuário
RAPUNZEL ENROLADA
Forista
Forista
 
Mensagens: 897
Data de registro: 04 Jan 2015 22:52
Localidade: São Paulo

Re: como fazer minha esposa sair da religião

Nova mensagempor Marcelog em 17 Ago 2015 10:54

Oi Rapunzel.
Obrigado pelas dicas. Vou ter que cultivar mesmo a paciência, muita paciência, mas vou tentar. Quero ver se daqui há algum tempo quando tiver mais receptiva até mostro isso que você me falou para ela ler. Talvez ajude... Grande abraço...
Marcelog
Forista
Forista
 
Mensagens: 56
Data de registro: 14 Jul 2015 08:37
Localidade: Paraná

Re: como fazer minha esposa sair da religião

Nova mensagempor Marcelog em 01 Set 2015 10:09

Bom dia a todos. Vcs que já comentaram aqui conhecem a minha história. Então... Estou levando em banho maria a situação para não criar discussões muito quentes. Graças a Deus estou conseguindo ficar com minha filha junto comigo quando minha esposa vai as reuniões, porque eu não quero em hipótese nenhuma que minha filha de 2 anos e 9 meses seja influenciada por coisas erradas. O problema é que minha sogra é muito invasiva e teimosa e fica mostrando videozinhos da JW para ela e como minha filha aprende muito rápido as coisas fica repetindo e até cantando as musiquinhas que para as crianças soam como bonitinhas, mas no fundo, no fundo é o início de uma lavagem cerebral desde cedo. Eu já bati de frente várias vezes com minha sogra, mas temporariamente com relação a minha esposa estou perdendo a briga. Esses dias mandei um zap zap para minha sogra para ela parar de mandar videozinhos para ela ver através do celular de minha esposa. Ela leu a mensagem e me bloqueou no whatsapp logo na sequencia. A pergunta que quero fazer e vamos ver se alguém consegue me ajudar nesse sentido: Posso denunciar minha sogra para a polícia ou algum tipo de autoridade com relação a essa invasão familiar que está acontecendo? Eu sei muito bem que os TJs de acordo com os princípios que aprendem que se não existe a permissão do marido (que de acordo com seus ensinamentos é o cabeça da família) não se pode influenciar ou invadir a privacidade, porém minha sogra não respeita isso. Cabe salientar aqui que não concordo que o marido é chefe da família, isso é muito retrógrado. Enfim... Posso denunciar para alguém???
Marcelog
Forista
Forista
 
Mensagens: 56
Data de registro: 14 Jul 2015 08:37
Localidade: Paraná

Re: como fazer minha esposa sair da religião

Nova mensagempor Habiru em 01 Set 2015 11:35

sabrepoderoso escreveu: o livro de eclesiastes cap 3: 7 mostra que á um tempo de falar mas tbm á um tempo de calar , não quero dizer se conformar , mas sim esperar pelo momento certo onde ela esteja mais receptiva...


Olá Marcelog!!!

Aproveitando as palavras de sabedoria do meu amigo sabrepoderoso, quero complementar com o seguinte: Para toda a e qualquer testemunha de Jeová atos de oposição é indicativo de ela estar a fazer aquilo que é correto. Por isto, por favor, jamais saia de casa por alguns dias (como fez), tente sempre manter a calma e jamais se exalte e a ofenda com qualquer coisa (acredito que a ame muito, e sei que não faria estas coisas). Atos assim alimentam o sentimento patológico de perseguição, e de ser perseguido.

Faça-a pensar. Tenho algumas dicas que ao menos funcionou comigo: Se informe e se prepare o quanto puder sobre as profecias relacionadas à 1914 (entronização de Jesus Cristo e nascimento do Reino), pois, ela é baseada na profecia de Daniel a respeito duns "7 tempos" determinados de loucura de Nabucodonosor, que já se cumpriu naquele tempo. Mas, a Torre de Vigia vê o tal do "Cumprimento Maior" ou uma segunda aplicação para esta profecia em nossos tempos, em 1914. Pergunte à ela se biblicamente ela consegue um padrão que toda profecia tem um primeiro cumprimento e um segundo comprimento. Ela não vai conseguir e a fará pensar em muitas coisas.

Uma observação que faço, é que eles de forma recorrente usam o texto de Daniel 12:4, 9 (e outros similares) para dizer que as profecias do livro estão fechadas até o tempo do fim. Certamente que isto é correto, porém não da maneira como a Torre de Vigia pretende, por exemplo, a profecia da estátua com a cabeça de ouro de Daniel 4 teria um comprimento naquele período porque a cabeça era o próprio Nabucodonosor, mas, as outras partes da estátua seriam potências que naquela época não se sabia e perduraria até os tais “últimos dias”, entende? Isto significa que as profecias estarem fechadas, é porque elas estariam encobertas para o entendimento, o que não significa um segundo cumprimento, percebeu a diferença?

Este será um ponto de partida, para você abordar, por exemplo, o por quê que este ano de 1914 já for, por mais de 50 anos, 1799 como o início dos últimos dias e 1874 como a entronização de Jesus e o nascimento do Reino. Aqui se abre um precedente enorme para ela pesquisar muitos assuntos.

Faça isto com calma, de maneira natural. Demonstre interesse e pergunte cada vez mais para ela sobre este assunto e, quando tiver dúvidas, suba o tópico e faça perguntas de como responder algo que ela tenha dito e que seja difícil para você responder. Mas tenha muita paciência, mas, muita paciência mesmo, está bem?

Se precisar me envie mensagens privadas, estarei a disposição!!!

Abraço!!!
O Zigurate de Vigia - Um Vigia para a Cristandade (em construção)
http://oziguratedevigia.blogspot.com.br/
Avatar de usuário
Habiru
Forista
Forista
 
Mensagens: 148
Data de registro: 10 Ago 2015 03:19
Localização: Santo André
Localidade: São Paulo

Re: como fazer minha esposa sair da religião

Nova mensagempor Habiru em 01 Set 2015 11:53

Marcelog escreveu: A pergunta que quero fazer e vamos ver se alguém consegue me ajudar nesse sentido: Posso denunciar minha sogra para a polícia ou algum tipo de autoridade com relação a essa invasão familiar que está acontecendo?


Sobre isto seria melhor procurar informações com um advogado, por exemplo. Mas, de toda forma, apesar de difícil, é melhor manter a calma e não tomar uma atitude tão abrupta assim, como impedir que sua sogra veja a sua filha.

Porém, se o problema são os vídeos e músicas de "Torne-se Amigo de Jeová" que lhe encomodam, desvie a atenção de sua filha para músicas e desenhos infantis de boa qualidade. Quando ela começar cantar algum cântico, intervenha com carinho com uma outra música infantil curtas e de impacto, estas que crianças gostam, como os do Palavra Cantada e os da Galinha Pintadinha, e desenhos como Pepa-Pig, Thomas e Seus Amigos e outros da TV Cultura. Saiba que o próximo passo será sua sogra a trazer desenhos para colorir da série do Pedrinho e Sofia. Seja mais inteligente que sua sogra, compre super cadernos de colorir (deixe sua filha escolher, sua filha, viu?) e muito lápis de cor, giz de cera, tintura de dedo e passe um bom tempo (mesmo que esteja cansado) a fazer isto com sua filha (Torne-se criança junto a ela e divirta-se. Sua sogra não faria isto por ela, não é verdade?). Outra solução, se for possível, encontre uma boa escola infantil em que ela passe um bom tempo a brincar e a estudar. Isto será fundamental para a formação cognitiva dela, e poderá ser útil para ela aprender a raciocinar de maneira sadia, diferente do raciocínio promovido pela Torre de Vigia.

Ensine princípios de vida para ela, o que significa que não precisa usar necessariamente a Bíblia (eu não usaria). Existem livros muito bons para crianças neste segmento como, "A Semente da Verdade - Um Conto Oriental Sobre Ética e Honestidade", ele é muito bom para crianças. Poderá reproduzir a estória em casa como uma mini-peça de teatro com sua filha. Faça a estória ter vida e ser divertida, e o principal: Ensine-a como aplicar a estória na vida dela, no dia-a-dia como criança.

Pense nisto!

Abraço!!!
O Zigurate de Vigia - Um Vigia para a Cristandade (em construção)
http://oziguratedevigia.blogspot.com.br/
Avatar de usuário
Habiru
Forista
Forista
 
Mensagens: 148
Data de registro: 10 Ago 2015 03:19
Localização: Santo André
Localidade: São Paulo

Re: como fazer minha esposa sair da religião

Nova mensagempor Marcelog em 01 Set 2015 14:44

Boa tarde Habiru, com relação a denúncia com autoridade, entendi, o conselho de um advogado seria o melhor, mas e com relação a alguma autoridade dentro da seita?
Marcelog
Forista
Forista
 
Mensagens: 56
Data de registro: 14 Jul 2015 08:37
Localidade: Paraná

Re: como fazer minha esposa sair da religião

Nova mensagempor Mentalista em 01 Set 2015 16:31

Você pode falar também com os anciãos. Diga que não quer que sua sogra pregue para sua filha. É um direito seu, até mesmo na seita. Só que eles vão começar a insinuar para sua esposa que você está pondo em risco a espiritualidade da família e isso, na política deles, é base para separação. Veja com calma. Se sua esposa não insiste em levar sua filha para a reunião, então provavelmente ela não vai ligar muito para essa ação. Mas os anciãos podem e provavelmente tentarão fazer a cabeça dela.
Avatar de usuário
Mentalista
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 3605
Data de registro: 08 Ago 2014 17:25
Localização: Campinas
Localidade: São Paulo

Re: como fazer minha esposa sair da religião

Nova mensagempor Marcelog em 01 Set 2015 17:34

Meu Deus do céu, quanto absurdo, onde foi em que fui me meter. Se não fosse pela minha filha eu desistiria de tudo. Ta loko, tem que ficar medindo palavras para tudo. A vontade que dá mesmo é chutar o pau da barraca, mas tenho minha filhinha lindinha que tenho que proteger. Não sei mais o que fazer...
Marcelog
Forista
Forista
 
Mensagens: 56
Data de registro: 14 Jul 2015 08:37
Localidade: Paraná

Re: como fazer minha esposa sair da religião

Nova mensagempor Mentalista em 01 Set 2015 17:42

Siga as sugestões do Habiru. São ótimas. Dentro do possível, veja se é possível também falar com os anciãos. Fale educadamente que não quer mais que sua filha seja doutrinada.
Avatar de usuário
Mentalista
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 3605
Data de registro: 08 Ago 2014 17:25
Localização: Campinas
Localidade: São Paulo

Re: como fazer minha esposa sair da religião

Nova mensagempor Marcelog em 01 Set 2015 18:07

Boa tarde Habiru, obrigado pelas dicas. Ela já está em uma escolinha que é muito boa e eu sem minha esposa junto já fui e conversei com a direção da escola sobre a possível conduta de minha sogra em tentar ir e se meter em alguma coisa. Vamos nos falando, grande abraço...
Marcelog
Forista
Forista
 
Mensagens: 56
Data de registro: 14 Jul 2015 08:37
Localidade: Paraná

Re: como fazer minha esposa sair da religião

Nova mensagempor Marcelog em 01 Set 2015 18:10

Boa tarde Mentalista.

"Você pode falar também com os anciãos. Diga que não quer que sua sogra pregue para sua filha. É um direito seu, até mesmo na seita. Só que eles vão começar a insinuar para sua esposa que você está pondo em risco a espiritualidade da família e isso, na política deles, é base para separação. Veja com calma. Se sua esposa não insiste em levar sua filha para a reunião, então provavelmente ela não vai ligar muito para essa ação. Mas os anciãos podem e provavelmente tentarão fazer a cabeça dela."

Vou ver como que vai se portar a minha sogra nos próximos dias, para ver se ela vai acatar o meu pedido ou não. Caso eu perceba que minha filha está cantando ou falando alguma coisa nova que eu não queira, que seja muito provavelmente oriundo de pregação de minha sogra, irei sim falar com um ancião. Pois com relação a separação, minha esposa já disse que em hipótese alguma se separaria de mim. Como que eu faço para descobrir que é o ancião que devo falar?
Marcelog
Forista
Forista
 
Mensagens: 56
Data de registro: 14 Jul 2015 08:37
Localidade: Paraná

AnteriorPróximo

  • Tópicos Similares
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Retornar para Apresentações

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 25 visitantes