A lei 7716/89 e a desassociação : Sociedade, Ciência & Política - Page 2
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


A lei 7716/89 e a desassociação

Fatos da atualidade e do passado que contam as conquistas sociais, tecnológicas e as lutas constantes para uma sociedade mais justa e solidária.

Re: A lei 7716/89 e a desassociação

Nova mensagempor Scarlet Ohara em 25 Jan 2018 10:28

O grande problema nessa questão justiça × ostracismo tj, é que apenas nós, os que estivemos ou estamos lá dentro e/ou sofremos na pele os danos causados pela lei do repúdio para ex membros, é que temos consciência do quão psico e moralmente desastroso isso pode ser. É muito difícil fazer com que um juiz, a mídia e até a população em geral entendam plenamente essa questão. Logo surgem comentários como: por que se importa tanto com isso? Você sabia disso quando entrou pra seita; nenhum pai seguirá isso à risca; e daí que proíbam, quem te ama mesmo desobedecerá e falará com você; conheço tj's que não agem assim... Fora os pontos de vista jurídicos no que tange cultos religiosos que já foram mencionados aqui.
O que o CG faz com as famílias, é algo que dói e revolta muito, mas esse sentimento só tem aqueles que conhecem na vivência como a coisa toda funciona lá dentro. Não é como quando são acusações de crimes visíveis como pedofilia e lavagem de dinheiro.
É frustrante muitas vezes imaginar que esta parece uma luta inglória! :cry:
Scarlet Ohara
Forista
Forista
 
Mensagens: 758
Data de registro: 14 Dez 2015 11:33
Localidade: Não quero responder

Re: A lei 7716/89 e a desassociação

Nova mensagempor kooboo em 05 Fev 2018 16:07

A Declaração Universal dos Direitos Humanos diz -

Artigo 18
Todo ser humano tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião; esse direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença pelo ensino, pela prática, pelo culto em público ou em particular.

Artigo 19
Todo ser humano tem direito à liberdade de opinião e expressão; esse direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras.

Artigo 20
1. Todo ser humano tem direito à liberdade de reunião e associação pacífica.
2. Ninguém pode ser obrigado a fazer parte de uma associação


A parte interessante é que os advogados da Torre fazem bom uso destes artigos para defenderem o direito de pregar, ter salões, fazer reuniões, congressos etc
Imagino que a Declaração tenha sido muito bem citada pelos advogados da Torre nos tribunais da Rússia.

E o mais interessante é como a torre esquece de " esse direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença"
quando alguém resolve sair dos seus domínios.

Ou seja, para se defender em tribunais internacionais, vale sacar a DUDH, que foi proclamada por ninguém menos que a Assembléia Geral das Nações Unidas, mas quando chega a hora de desassociar alguém, aí é só puxar a bíblia e interpretá-la de acordo com o seu gosto.
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 12232
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22
Localidade: Minas Gerais

Re: A lei 7716/89 e a desassociação

Nova mensagempor lobo guará em 05 Fev 2018 16:31

kooboo escreveu:E o mais interessante é como a torre esquece de " esse direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença"
quando alguém resolve sair dos seus domínios.


O problema, grande kooboo, é que a Torre consegue argumentar (pelo menos foi o que me pareceu na jurisprudência até aqui) que as TJs que ostracizam seus parentes estão exercendo justamente o seu próprio direito de crença e liberdade de culto, por livre e espontânea vontade, e que ela não impede a mudança de religião de ninguém. O "pulo do gato" seria convencer o tribunal do contrário, que muitas destas pessoas só ostracizam seus parentes e amigos devido à coação da dianteira das TJs e que muitos são impedidos de mudar de religião justamente pelo medo do ostracismo criado pela Organização.
Freedom is the freedom to say that two plus two make four. If that is granted, all else follows.
Avatar de usuário
lobo guará
Forista
Forista
 
Mensagens: 353
Data de registro: 30 Abr 2017 13:26
Localidade: Não quero responder

Re: A lei 7716/89 e a desassociação

Nova mensagempor kooboo em 05 Fev 2018 17:05

lobo guará escreveu:
kooboo escreveu:E o mais interessante é como a torre esquece de " esse direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença"
quando alguém resolve sair dos seus domínios.


O problema, grande kooboo, é que a Torre consegue argumentar (pelo menos foi o que me pareceu na jurisprudência até aqui) que as TJs que ostracizam seus parentes estão exercendo justamente o seu próprio direito de crença e liberdade de culto, por livre e espontânea vontade, e que ela não impede a mudança de religião de ninguém. O "pulo do gato" seria convencer o tribunal do contrário, que muitas destas pessoas só ostracizam seus parentes e amigos devido à coação da dianteira das TJs e que muitos são impedidos de mudar de religião justamente pelo medo do ostracismo criado pela Organização.


O problema do problema então é que as únicas pessoas que poderiam falar "como realmente é a desassociação", são pessoas que não estão mais lá dentro, e aí a torre põe em jogo os interesses e a credibilidade da pessoa.
A Torre poderia levar ao tribunal 500 mil ovelhinhas para dizerem a favor dela que "não é bem assim, eu sigo o que está na bíblia..."
Afinal, se a ovelhinha não defender a torre, ela também sofrerá a punição do ostracismo.

Tenho fé que um dia esse treta acaba.
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 12232
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22
Localidade: Minas Gerais

Re: A lei 7716/89 e a desassociação

Nova mensagempor Mentalista em 05 Fev 2018 20:35

Kooboo, imagino que você concorde que as leis (ou a aplicação delas) são moldadas de acordo com os interesses de quem pode colocar dinheiro no meio do jogo. Podemos ver nesse exemplo que você mencionou que uma lei pode ser aplicada de duas maneiras diferentes (a favor da Torre nos dois casos) porque eles possuem recursos para continuar os processos (vindo dos donativos), advogados muito bem pagos e estratégias enganosas para se livrar de certas obrigações legais. Já que a Torre de Vigia consegue tudo isso apenas por ter dinheiro, imagine então outras empresas ou pessoas que usam o dinheiro para subornar juízes, mandar matar pessoas e outros meios de se beneficiar em detrimento dos demais. É claro que isso, embora seja uma realidade, pode ser melhorado. Só que aí entramos no assunto de ideias políticas (e quem sabe da fé hehe) e fica pra outra ocasião.
Imagem Imagem


Cartas, esboços de discursos e publicações antigas -- [LIVRO] Identificando e deixando uma seita
Tendo um “porquê” para viver pode-se enfrentar qualquer “como”
Avatar de usuário
Mentalista
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 3797
Data de registro: 08 Ago 2014 17:25
Localização: Campinas
Localidade: São Paulo

Re: A lei 7716/89 e a desassociação

Nova mensagempor elaineloura30 em 09 Fev 2018 14:08



Uma pergunta... se um TJ estiver afastado por menos de um mes e for visto em outra denominação religiosa, talvez frequentando o local, o que acontece? ele é chamado para uma reunião ou desassociam ele sem conversar?
Avatar de usuário
elaineloura30
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 6
Data de registro: 02 Fev 2018 13:43
Localidade: São Paulo

Re: A lei 7716/89 e a desassociação

Nova mensagempor NEO MATRIX em 09 Fev 2018 14:58

Lourisvaldo Santana escreveu:Ocorre que as Testemunhas pegam bem ao pé da letra o que a Torre de Vigia diz e alguns membros evitam ex-membros aos extremo; alguns viram o rosto quando passamos na rua, outros não não convidam parentes e amigos para festas de casamento e há até casos de Testemunhas que não visitam seus parentes doentes mesmo quando estão à beira da morte.

A Torre de Vigia não exige essa obediência extremo, mas aprecia bastante que os membros assim o entendam.
Dessa forma, ela atinge seu objetivo, mas sem que seja necessário requerer exatamente isso e, consequentemente, violar a lei.


Concordo que muitos membros são assim por vontade própria, porém na maioria das vezes os anciãos divulgam e cobram dos membros tais atitudes extremistas.
" a verdade está inseparavelmente ligada à liberdade " - Raymond Franz (ex-membro do Corpo Governante)
Avatar de usuário
NEO MATRIX
Forista
Forista
 
Mensagens: 912
Data de registro: 07 Jan 2016 14:31
Localização: Desassociado
Localidade: Santa Catarina

Re: A lei 7716/89 e a desassociação

Nova mensagempor giodanobruno em 09 Fev 2018 15:07

elaineloura30 escreveu:Uma pergunta... se um TJ estiver afastado por menos de um mes e for visto em outra denominação religiosa, talvez frequentando o local, o que acontece? ele é chamado para uma reunião ou desassociam ele sem conversar?



acho que fazem uma comissão pra investigar, chamam o TJ pra se explicar, se ela admitir, e não quiser se arrepender, não der uma boa desculpa, é desassociado, se ele não comparecer, pelas vezes que for chamado, imagino que é desassociado direto!
A religião pode ser definida, portanto, como um sistema de normas e valores humanos que se baseia na crença em uma ordem sobre-humana, isso ajuda a tornar inquestionáveis pelo menos algumas leis fundamentais, garantindo, desse modo, a estabilidade social.
Avatar de usuário
giodanobruno
Forista
Forista
 
Mensagens: 97
Data de registro: 24 Fev 2017 16:13
Localidade: Não quero responder

Re: A lei 7716/89 e a desassociação

Nova mensagempor Galileu em 10 Fev 2018 17:12

Aproveitando a frase encolhia pelo Giordano e ligando ao topico :

A religião pode ser definida, portanto, como um sistema de normas e valores humanos que se baseia na crença em uma ordem sobre-humana, isso ajuda a tornar inquestionáveis pelo menos algumas leis fundamentais, garantindo, desse modo, a estabilidade social.


Muito interessante isto, de fato vemos como este instrumento de controle social tem sido util ha varios Governos.

Mas acho que agora a humanidade chegou num ponto que não mais precisa destas amarras, ate porque as religiões com suas hipocrisias e contradições causam mais problemas na sociedade do que soluçoes e controle da manada. E isto tem se tornado evidente.

Creio que a Lei é hoje melhor instrumento para controle social, isso em alguns paises é claro...rsrs.

Quando todos forem realmente iguais perante a lei, não precisaremos de religiões ! Ta um pouco longe..rsrs, teremos que conviver com este estorvo por muito tempo, mas acho que um dia.......
Não se coloca um remendo novo em uma roupa velha-Jesus Cristo
Avatar de usuário
Galileu
Forista
Forista
 
Mensagens: 1814
Data de registro: 30 Mar 2016 11:47
Localidade: Não quero responder

Re: A lei 7716/89 e a desassociação

Nova mensagempor Galileu em 13 Fev 2018 19:22

Aos que prezam por uma escrita adequada, peço desculpas pelos erros cometidos em minhas postagens !

Agora estou no computador e acho que esta postagem ficará mais legivel .... rsrs.... no celular e com as vistas embaralhando ta dificil, vou começar a reler o que digito

Desculpem o tio Galileu...rsrs
Não se coloca um remendo novo em uma roupa velha-Jesus Cristo
Avatar de usuário
Galileu
Forista
Forista
 
Mensagens: 1814
Data de registro: 30 Mar 2016 11:47
Localidade: Não quero responder

Re: A lei 7716/89 e a desassociação

Nova mensagempor ruhtra em 13 Fev 2018 21:31

É evidente que um direito fundamental não pode violar outro. É evidente também que esse assunto depende muito mais da jurisprudência dos tribunais do qualquer outra coisa. A questão do contrato social é bastante relevante em processos desse tipo (ué, vc não sabia que seria assim?), mas a interpretação dos tribunais nesse respeito é a súmula de tudo. E é por isso que ainda temos esperança. Digamos que podemos alegar que com a prática do ostracismo da organização, um direito fundamental e básico é violado, o da vida. Daí podemos reunir provas, com ajuda de psicólogos, psiquiatras e de familiares ou conhecidos que perderam seu ente depressivo, por estimulo dessa prática, para embalçarmos o nosso argumento. Esse é apenas um exemplo hipotético. Temos que levar algo novo, se queremos um resultado diferente. Nós não somos apenas dissidentes lesados pela organização. Somos indicadores de um iminente perigo social de uma prática organizacional de retenção do seu capital humano. Temos muito o que construir nesse aspecto, e não podemos nos deixar por vencido! Sem sombra de dúvidas, atingindo as receitas auferidas da torre, certamente uma nova luz será lançada nesse assunto...
A religião do paradoxo causa ruína, miséria e destruição...
Avatar de usuário
ruhtra
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 12
Data de registro: 07 Ago 2016 21:07
Localidade: Não quero responder

Re: A lei 7716/89 e a desassociação

Nova mensagempor Lísias em 13 Fev 2018 23:10

Isso só mudaria se uma pessoa importante e com forte apelo popular e midiático denunciasse a torre convincentemente. A Associação tem um corpo jurídco experiente obviamente, e nunca foi amadora neste quesito. Afinal, ela é uma empresa/religião e depende dos donativos e horas que o gado devota a ela. Sabemos muito bem que esse tratamento injusto é incentivado e exigido por ela, mas não temos, de certa forma, como jogar isso na cara das pessoas de fora como algo verdadeiro, doloroso e relevante. Primeiro porque ali é uma seita, e toda seita tem fanáticos. Onde tem fanatismo....já era. Vejo duas alternativas para se tentar conseguir algo: dissidentes com dinheiro se juntarem com um corpo de advogados experientes estudarem formas de atingir a torre nesse quesito. Ou todos se juntarem e individualmente entrarem repetidamente e simultaneamente em vários estados contra a torre com motivos variados. Não devemos nos esquecer que aos olhos de muitas pessoas TJs são pessoas do bem, legais. A associação tem muitos simpatizantes, em vários lugares. A Associação só seria vista como ela realmente é se fosse mudada a forma como a maioria das pessoas as Vêem. Só pelo fato de se carregar uma bíblia e sair de casa em casa traz uma propaganda enganosamente boa para eles.

Os que saem de lá sempre serão vistos como ovelhas ruins. Mesmo que sejamos pessoas boas, honestas. O Brasileiro comum tem a mania de achar que toda religião é boa, porque fala de Deus. As Testemunhas de Jeová passam a impressão de serem cordeiros, pessoas pacíficas. Então quem está de fora nunca saberia que tudo isso é apenas uma skin, um disfarce. sinto em dizer, não vejo por enquanto que isso vá mudar tão cedo. Infelizmente.
Lísias
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 34
Data de registro: 21 Abr 2016 20:31
Localidade: Bahia

Anterior

Retornar para Sociedade, Ciência & Política

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 4 visitantes