Estamos sozinhos no universo? Como isso afeta minha crença? : Sociedade, Ciência & Política
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


Estamos sozinhos no universo? Como isso afeta minha crença?

Fatos da atualidade e do passado que contam as conquistas sociais, tecnológicas e as lutas constantes para uma sociedade mais justa e solidária.

Estamos sozinhos no universo? Como isso afeta minha crença?

Nova mensagempor APOCALIPSE ADIADO em 25 Jun 2013 23:45

Segundo recente estudo feito por astrônomos, estrela "vizinha" do Sistema Solar possui três planetas em sua órbita com capacidade de abrigar vida. Os três planetas são um pouco maiores do que a Terra e estão na chamada zona habitável da estrela Gliese 667C. A paisagem nos planetas dentro da zona habitável da estrela Gliese 667C seria muito diferente da vista na Terra. No céu, eles teriam, além do sol principal, outras duas estrelas brilhantes, possíveis de ser vistas de dia ou de noite (ESO/M. Kornmesser). Astrônomos combinaram novas observações com dados antigos para revelar que a estrela Gliese 667C possui em sua órbita, no mínimo, seis planetas. Três deles estão localizados dentro da chamada zona habitável da estrela, onde a água pode existir na forma líquida, tornando possível a existência de vida. O estudo que descreve a descoberta será publicado no periódico Astronomy & Astrophysics. Estudos anteriores da estrela Gliese 667C já haviam revelado que ela hospedava três planetas, um deles localizado em sua zona habitável. Dessa vez, os pesquisadores reexaminaram o sistema estelar usando telescópios como o Very Large Telescope e o de La Silla, ambos pertencentes ao Observatório Europeu do Sul (ESO) e instalados no deserto do Atacama, no Chile. Como resultado, descobriram evidências da presença de sete planetas ao redor da estrela — um deles não confirmado, pois seus sinais são mais fracos que os demais. Desses planetas, três estão localizados dentro de sua zona habitável. Outros dois estão em órbitas muito próximas à estrela e outros dois em órbitas distantes, onde o clima é, respectivamente, muito quente ou muito frio para sustentar a vida. "A partir dos estudos anteriores, nós sabíamos que a estrela possuía três planetas. Ao adicionar novas observações e revisar os dados, nós fomos capazes de confirmar esses três e revelar muitos mais. Encontrar três planetas de baixa massa na zona habitável da estrela é muito empolgante", diz Mikko Tuomi, pesquisador da Universidade de Hertfordshire, na Inglaterra, e um dos autores do estudo. A Gliese 667C é uma estrela muito conhecida dos pesquisadores. Com apenas um terço da massa solar, ela faz parte de um sistema estelar triplo — onde três estrelas orbitam uma em torno da outra — conhecido como Gliese 667, localizado a "apenas" 22 anos-luz da Terra, na constelação de Escorpião. Muitos outros sistemas planetários já foram descobertos pelos cientistas, mas poucos tão próximos quanto esse, na chamada vizinhança solar. Como a Gliese 667C é menos maciça e brilhante que o Sol, sua zona habitável também fica consideravelmente mais próxima da estrela, sendo um pouco menor que a órbita de Mercúrio. Os três planetas localizados dentro dela são super-Terras — mais maciços que a Terra, porém menores do que Urano e Netuno — e ocupam todas as órbitas estáveis disponíveis dentro da zona habitável, não deixando espaço para nenhum outro planeta na região. Os três planetas giram de tal modo que sempre têm a mesma face voltada para a estrela, fazendo com que um de seus lados fique perpetuamente iluminado, enquanto o outro permaneça numa noite eterna. Nos céus desses planetas, os outros dois sóis que formam o sistema estelar triplo seriam vistos como estrelas muito brilhantes. Segundo os pesquisadores, essa é a primeira que vez em que três planetas são encontrados dentro da mesma zona habitável. "O número de planetas potencialmente habitáveis em nossa galáxia pode ser muito maior se pudermos encontrar uma grande quantidade deles ao redor de cada estrela de baixa massa. Assim, em vez de olharmos para dez estrelas em busca de um planeta potencialmente habitável, nós poderemos observar uma única estrela e encontrar vários deles", disse Rory Barnes, pesquisador da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, e um dos autores do estudo.

CONHEÇA A PESQUISA

Título original: A dynamically-packed planetary system around GJ 667C with three super-Earths in its habitable zone
Onde foi divulgada: periódico Astronomy & Astrophysics
Quem fez: G. Anglada-Escudé, M. Tuomi, E. Gerlach, R. Barnes, R. Heller, J. S. Jenkins, S. Wende, S. S. Vogt, R. P. Butler, A. Reiners e H. R. A. Jones
Instituição: Universidade de Göttingen, na Alemanha; entre outras
Dados de amostragem: Dados sobre a estrela Gliese 667C coletados usando diversos telescópios, entre eles o Very Large Telescope, do ESO.
Resultado: Os pesquisadores descobriram sete planetas em volta da estrela. Três deles estão localizados dentro da zona habitável, onde pode existir água líquida e condições para o surgimento de vida.

Link: http://veja.abril.com.br/noticia/cienci ... -habitavel

Observações: A cada dia a ciência tem descobertos mais e mais planetas com condições de haver vida! Antes pensava-se que pouquíssimas estrelas teriam planetas com condições de sustentar a vida em suas orbitas, depois descobriram que não são tão poucas assim, e agora estão descobrindo estrelas com vários planetas com condições de ter vida! Agora reflita, calcula-se que existam mais de cem bilhões de galáxias no universo e aproximadamente cem bilhões de estrelas em cada galáxia. Astrônomos estimam que cerca de ¾ dessas estrelas possuem planetas ao seu redor, isto nos leva a dez sextilhões de planetas no universo, o número um seguido de vinte e dois zeros. Existem mais planetas do que os grãos de areia de todas as praias do mundo. É totalmente contrário as leis da probabilidade afirmar que somos a única espécie inteligente do universo, seria no mínimo um desperdício muito grande de espaço. Portanto quem confinado dentro deste pequeno planeta pode afirmar que não existe vida em outros planetas? Não conseguimos nem sair daqui! Quem pode garantir que em outros sistemas ou galáxias não existam civilizações talvez bem mais evoluídas que a nossa e simplesmente tais seres preferem não se intrometer em nossos insignificantes assuntos, ou talvez sejam primitivos demais e assim nem fazem ideia de que existimos. Já pensou que situação peculiar? Eles não conseguem sair de lá e nós não conseguimos sair daqui! Quanto mais estudo a astronomia fico mais convencido de que diante de tudo isso, qualquer fanatismo religioso, intolerância, preconceito ou divergência teológica torna-se insignificante. A duração da vida do ser humano é como um breve instante diante dos bilhões de anos do universo, e nós somos menos do que grãos de areia diante da imensidão do universo. Por isso precisamos parar com a ideia de que somos o centro do universo, que tudo gira em torno de nós e que todo esse vasto cosmos foi criado em nossa função. Precisamos parar com este pensamento de que meu Deus (seja ele da corrente judaico-cristã, do islamismo, do hinduísmo, etc,etc...) é o verdadeiro e o do outro e falso, que minha religião é verdadeira e a do outro e falsa, que meu livro sagrado é o verdadeiro (seja ele a bíblia, o alcorão, os vedas, etc, etc....) e o do outro é falso. Precisamos reconhecer que na realidade nosso conhecimento sobre nossas origens e nosso entendimento sobre o universo é muito limitado, que seria uma ingenuidade muito grande achar que nossa religião, nosso "livro sagrado" ou nossa teologia preferida seja a grande verdade sobre nossa origem, nossa realidade e nosso futuro. E vocês caros foristas, o que pensam a respeito?
“Quando alguém replica a um assunto antes de ouvi-lo, é tolice da sua parte e uma humilhação”.
Avatar de usuário
APOCALIPSE ADIADO
Forista
Forista
 
Mensagens: 298
Data de registro: 09 Nov 2012 13:57

Re: Estamos sozinhos no universo? Como isso afeta minha crença?

Nova mensagempor Comediante em 26 Jun 2013 01:40

Cara vou te falar que acredito um pouco nesse papo de vida alienigena, gosto de pesquisar tudo sobre que tenho duvida (assim que encontrei esse forum.. hehehe) e as vese pesquiso sobre isso tbm!
Alem das descobertas desses planetas abtaveis a tbm diversos indicios aqui msmo na terra, como as pinturas em cavernas, relatos, filmagens..
tem um livro que eu li que é muito interessante se chama: ''Os astronautas de YHAVE''
esse livro faz comparações com relatos contidos na biblia e em livro apocrifos a intervenção de Alienigenas no passado.. e como na quela epoca não existia os termos ''naves'' ou ''et's'' os escritores da biblia fazião comparações ao que eles tinhão conhecimento como: ''carros'' ''gloria'' ''DEUS'' etc..
se curtir o assunto vale a pena a leitura :D1

Vou por aqui um artigo que achei interessante, vou por meio resumido aqui mas se quiser ver na integra é só ver nesse link:
http://ahduvido.com.br/civilizacoes-ext ... es-tipo-iv

''Essa é a visão mais respeitada pela Ciência sobre esse tema é a Escala de Kardashev.''

A Escala de Kardashev é um método proposto pelo astrofísico russo Nikolai Kardashev para medir o grau de desenvolvimento tecnológico de uma civilização. Foi apresentado originalmente em1964 e utiliza-se de três etapas ou tipos, classificando as civilizações baseado na quantidade de energia coletada, utilizada e processada e seu aumento em escala logarítmica.

As três etapas de Kardashev são:

Tipo I – Uma civilização capaz de aproveitar toda a energia potencial de um planeta, aproximadamente 1016 W. A significação real dessa classificação é muito efêmera; a Terraespecificamente tem uma capacidade energética de aproximadamente 1.74×1017 W. A definição original de Kardashev era de 4×1012 W. (Kardashev definiu o Tipo I como “um nível tecnológico próximo ao nível alcançado atualmente na Terra”, “atualmente” significando 1964). Um planeta tipo I se trataria de uma ecumenópole.
Tipo II – Uma civilização capaz de aproveitar toda a energia potencial de uma estrela, aproximadamente 3.86×1026 W. A definição original de Kardashev era de 4×1026 W.
Tipo III – Uma civilização capaz de aproveitar toda a energia potencial de uma galáxia, aproximadamente 1036 W. Esta classificação é muito efêmera, já que as galáxias variam enormemente em tamanho, formato e calor emitido. A definição original de Kardashev era de 4×1037 W.

Todas essas civilizações são puramente hipotéticas até o presente momento. Entretanto, a Escala de Kardashev é utilizada pelos pesquisadores do SETI, autores de ficção científica e futurologistas como uma orientação teórica.
(...)
Ok, até agora você viu espécies muito evoluídas e todas essas teorias da evolução…. mas não viu o caso mais interessante de todos: as civilizações Tipo IV. Em seu trabalho de revisão Zoltan Galantai propôs um novo tipo de civilização que simplesmente perturbou os cientistas e todos os entusiastas do assunto. A civilização Tipo IV, que segundo a Ciência é impossível existir, teria um poder tecnológico tão gigantescos que poderiam controlar toda a energia do Universo. Não apenas isso, eles poderiam ser os próprios criadores do Universo.

Os seres de uma civilização Tipo IV é o mais próximo que uma civilização poderia chegar da nossa visão de “deuses”. Acredita-se que teriam milhões de anos de existência e um nível tecnologico tão alto que é muito provável que alcançaram o topo do escala evolutiva se transformados em seres perfeitos, capazes de criar a partir de suas vontades. Seriam oniscientes, imortais, atemporais e onipresentes.

“Mas afinal das contas, se eles já atingiram esse patamar, por que não dominam todo o universo?” A resposta mais próvavel para essa questão é que eles não tenham interesse algum nisso. Não dá para saber em que eles se interessariam, porém, imaginasse que nesse patamar evolutivo, o único objetivo seria “criar”. Desse modo, seriam esses seres “engenheiros universais”.

Outros estudiosos supõem que talvez não seja essa a explicação. Pode ser que seres do Tipo IV não façam absolutamente nada, apenas desfrutem da sua perfeição pela eternidade. Há ainda aqueles que falam que o próposito deles seria observar civilizações de menor grau evolutivos e ajudá-los à alcançar a perfeição na escala evolutiva.

É isso ai.. até zou com um colega meu as veses falando que vou para o Salão adorar um T4 kkkkkkkkkk.. :lol: :lol: :lol:
''A mente que se abre a uma nova ideia, jamais voutara ao seu tamanho original''
-Albert Einstein.
''Se a verdade fosse realmente a ''verdade'', então não importaria o que fosse dito, ela rebateria todos os argumentos!''
- Eu msm.
Avatar de usuário
Comediante
Forista
Forista
 
Mensagens: 135
Data de registro: 30 Mai 2013 14:27
Localidade: São Paulo

Re: Estamos sozinhos no universo? Como isso afeta minha crença?

Nova mensagempor Tiago.Stark em 26 Jun 2013 02:08

Como um amante da astronomia (passo boa parte das noites observando o céu com meu pequeno telescópio), já li bastante sobre esse assunto e essa questão sempre foi recorrente a mim. Assim que passei a conhecer mais sobre o quão imenso é o nosso universo, fiquei completamente convencido de que não estamos sozinhos aqui. O curioso é que os cientistas costumam projetar e considerar em suas pesquisas o pensamento de que um hipotético planeta, para ser habitável, precisaria ter condições semelhantes a da terra. Claro, é mais fácil e seguro pra eles partir deste ponto de vista, considerando que aqui essas condições deram bons resultados. Ou seja, até onde sabemos, a vida precisa de água. Muitos cientistas, porém, concordam que possa existir outras formas de vida que não precisem de água, ou que tenham uma composição completamente diferente da nossa. Isso eleva bastante as possibilidades de existência de vida (possibilidades estas que já são bem grandes)...

Queria muito presenciar um histórico momento em que a humanidade encontrasse outra civilização longe daqui. Infelizmente, como você disse, Apocalipse, a nossa vida é um breve instante diante da idade do universo e é difícil que possamos viver pra ver algo assim. No mais, é algo para se parar pra pensar e refletir. Gosto muito de fazer isso, pois me sinto pequeno e vejo que tudo o que fazemos ou podemos ser não passa de uma trivialidade pro grande Universo (que pode não ser o único que existe rs)...
Your mind is the key.


The North Remembers!
Avatar de usuário
Tiago.Stark
Forista
Forista
 
Mensagens: 94
Data de registro: 23 Mai 2013 02:45
Localidade: Não quero responder

Re: Estamos sozinhos no universo? Como isso afeta minha crença?

Nova mensagempor Jamir em 26 Jun 2013 07:21

APOCALIPSE ADIADO escreveu:Portanto quem confinado dentro deste pequeno planeta pode afirmar que não existe vida em outros planetas? Não conseguimos nem sair daqui!

Pense numa frustração: 22 anos luz... Tão perto e, ao mesmo tempo, tão longe... né?

APOCALIPSE ADIADO escreveu:Quem pode garantir que em outros sistemas ou galáxias não existam civilizações talvez bem mais evoluídas que a nossa e simplesmente tais seres preferem não se intrometer em nossos insignificantes assuntos, ou talvez sejam primitivos demais e assim nem fazem ideia de que existimos. Já pensou que situação peculiar? Eles não conseguem sair de lá e nós não conseguimos sair daqui!

O que quer que seja, as leis da física aplicam-se a todos.
Se enviarmos sinais para o espaço (como já fizemos), estes levarão décadas, séculos, milénios a (eventualmente) alcançar um planeta com vida inteligente.
O mesmo é válido no sentido inverso.

Só a nossa galáxia, sozinha, é "frustrantemente" enorme.

Engraçado como a humanidade mudou. Antigamente, as pessoas olhavam para as estrelas e, como não conseguiam explicar, inventavam superstições do tipo: "cada estrela representa o espírito de alguém que morreu"... Estavam longe, muito longe, de imaginar a magnificência do Universo.
Hoje olhamos para a luz das estrelas, que levou anos a chegar cá, e pensamos: "Será que algum dia conseguiremos chegar lá?"
♫♫ É Deus veraz que tudo prediz, somos seu povo feliz! ♫♫
(repetir até acreditar)
Avatar de usuário
Jamir
Forista
Forista
 
Mensagens: 2371
Data de registro: 27 Dez 2010 13:40
Localização: somewhere in Europe...

Re: Estamos sozinhos no universo? Como isso afeta minha crença?

Nova mensagempor SilvaRV em 26 Jun 2013 15:46

Sobre planetas parecidos com a terra ou propícios para o surgimento de vida eu acho totalmente possível, até mesmo na existência de vida diferente da nossa, quer dizer, diferente do nosso conceito do que é vida, a nossa definição de vida é baseada na existência e combinações de aminoácidos, na reprodução etc... será que existem outras formas de "vida" nesse sentido??? ou será que existe esse tipo de vida em outros lugares??? acho provável, maaaaaass.... essas histórias de óvnis, Caso Roswell, Área 51, ET de Varginha, etc... eu acho fantasioso por uma única questão: A velocidade da Luz, sabemos que esses planetas estão a milhares de anos luz, sabemos que a velocidade da luz nunca foi ultrapassada, então todos esses seres que "nos visitam" estão visitando o nosso passado enquanto pra nós estamos vivendo o presente, acho q pareço confusa, rsrsrsrs, quer dizer... assim como nós ao observarmos as estrelas vemos o seu passado, a luz delas demora pra chegar a nós e o que vemos pode até não existir mais não é assim? ( a galera de astronomia por favor me corrija). Enfim, se é possível existir vida em outros planetas? Absolutamente sim. Vida inteligente?? o que é vida inteligente?? vida semelhante à nossa, em um nível de evolução que permita fazer esses tipos de questionamento?? um nível superior ao nosso que permita viagens interplanetárias?? são muitas perguntas...

Como isso afeta minha fé?! bem, como não creio mais em criador algum creio na espontaneidade da vida, na evolução da vida etc... se me permito a crer isso aqui nesse planeta pq não em outro (s)??
Se eu ainda acreditasse em deus?? bem... não poderia ele estar tbm ocupado em controlar a vida em outros locais? a bíblia disse que ele preparou a terra pra nós, mas não diz q foi SÓ a terra (ou diz??)? e tbm não poderia ele ter visto o fracasso que foi a nossa criação e ter tentando fazer diferente em outro lugar? pode ser... hehehehehe, mas até pra um crédulo esse raciocínio parece ateu. :roll:
"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." Platão
Avatar de usuário
SilvaRV
Forista
Forista
 
Mensagens: 1303
Data de registro: 11 Abr 2013 18:39

Re: Estamos sozinhos no universo? Como isso afeta minha crença?

Nova mensagempor kooboo em 26 Jun 2013 18:35

Como isso afeta minha fé?
hummm... fé de que um dia a humanidade chegará e colonizará outros planetas? Tenho fé total nisso!
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Forista
Forista
 
Mensagens: 9403
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22
Localidade: Minas Gerais

Re: Estamos sozinhos no universo? Como isso afeta minha crença?

Nova mensagempor OCoringa em 26 Jun 2013 18:52

Ta ai um assunto que, acredito eu, ainda renderá muita discussão. Como opinião pessoal acho que deve existir vida em algum outro local desse nosso universo. Existem centenas de bilhões de galáxias no universo, com centenas de bilhões de estrelas em cada uma delas. Em algum lugar deve haver vida (se é vida inteligente ou não já é outra história). Algo que muita gente fala é que, se existe vida inteligente em algum outro local no universo porque nunca entraram em contato ? A resposta é que talvez esses ¨povos¨ alienigenas talvez não possuam, assim como nós, tecnologia para conseguir tal feito.

Como tudo isso afeta minha fé ? Uso as palavras de minha amiga SilvaRV, que expressam justamente o que eu penso !

SilvaRV escreveu:Como isso afeta minha fé?! bem, como não creio mais em criador algum creio na espontaneidade da vida, na evolução da vida etc... se me permito a crer isso aqui nesse planeta pq não em outro (s)??
Se eu ainda acreditasse em deus?? bem... não poderia ele estar tbm ocupado em controlar a vida em outros locais? a bíblia disse que ele preparou a terra pra nós, mas não diz q foi SÓ a terra (ou diz??)? e tbm não poderia ele ter visto o fracasso que foi a nossa criação e ter tentando fazer diferente em outro lugar? pode ser... hehehehehe, mas até pra um crédulo esse raciocínio parece ateu. :roll:
Sua vez de falar com o morador Coringão !

Imagem
Avatar de usuário
OCoringa
Forista
Forista
 
Mensagens: 109
Data de registro: 25 Abr 2013 15:48
Localidade: São Paulo

Re: Estamos sozinhos no universo? Como isso afeta minha crença?

Nova mensagempor Lord Vader em 26 Jun 2013 23:22

Comediante escreveu:esse livro faz comparações com relatos contidos na biblia e em livro apocrifos a intervenção de Alienigenas no passado.. e como na quela epoca não existia os termos ''naves'' ou ''et's'' os escritores da biblia fazião comparações ao que eles tinhão conhecimento como: ''carros'' ''gloria'' ''DEUS'' etc..


Tenho pensado nessas hipóteses também ultimamente. Alguns costumam dizer: Pow, por que Deus e anjos eram tão ativos naqueles tempos bíblicos e de repente sumiram do mapa por milhares de anos sem dar nenhum sinal de vida? Bem, o caso é que tais seres "angelicais" podem ter continuado com suas atividades no decorrer das eras sim, mas sendo encarados pelas pessoas não como anjos, mas sim extraterrestres.
Noto similaridades interessantes no relato bíblico com relatos de et's.
Por exemplo, que nunca ouviu falar das inseminações feitas por et's em mulheres?
E se a tal concepção milagrosa por "Espírito Santo" de Maria foi uma inseminação alienígena depois de abduzida? Só que neste caso, o ser sobre-humano foi permitido nascer na terra, Jesus (podem dizer que to viajando se quiserem rsrs).
E as mensagens apocalípticas de Jesus? Podem ter sua grande parcela de realidade no caso de uma intervenção alienígena para salvar o planeta.
E a ida para o céu de Jesus perante os olhos dos discípulos? Não é igualzinho a uma abdução, com luz brilhante e tudo???
As aparições de anjos, a aparição de Jesus a Paulo, com luz brilhante e etc, lembra muito os relatos das pessoas que dizem ter visto esses seres atualmente.
"Tudo muda o tempo todo no mundo. Não adianta fugir nem mentir para si mesmo agora.." Lulu Santos
Avatar de usuário
Lord Vader
Forista
Forista
 
Mensagens: 929
Data de registro: 02 Mar 2011 09:05
Localidade: Rio de Janeiro

Re: Estamos sozinhos no universo? Como isso afeta minha crença?

Nova mensagempor Lord Vader em 26 Jun 2013 23:36

Lembro de certa vez, na minha adolescência, meu velho pai numa roda de amigos afirmar a mesma hipótese levantada por mim acima. Depois que ele acabou de falar, notei alguns olhando para a cara um do outro segurando o riso, e eu desejei na mesma hora um buraco no chão para poder enfiar a cabeça rsrs. E hoje, depois de muitos anos, penso que ele talvez possa estar certo. Que ironia ein!!
"Tudo muda o tempo todo no mundo. Não adianta fugir nem mentir para si mesmo agora.." Lulu Santos
Avatar de usuário
Lord Vader
Forista
Forista
 
Mensagens: 929
Data de registro: 02 Mar 2011 09:05
Localidade: Rio de Janeiro

Re: Estamos sozinhos no universo? Como isso afeta minha crença?

Nova mensagempor Tiago.Stark em 27 Jun 2013 03:19

SilvaRV escreveu:Sobre planetas parecidos com a terra ou propícios para o surgimento de vida eu acho totalmente possível, até mesmo na existência de vida diferente da nossa, quer dizer, diferente do nosso conceito do que é vida, a nossa definição de vida é baseada na existência e combinações de aminoácidos, na reprodução etc... será que existem outras formas de "vida" nesse sentido??? ou será que existe esse tipo de vida em outros lugares??? acho provável, maaaaaass.... essas histórias de óvnis, Caso Roswell, Área 51, ET de Varginha, etc... eu acho fantasioso por uma única questão: A velocidade da Luz, sabemos que esses planetas estão a milhares de anos luz, sabemos que a velocidade da luz nunca foi ultrapassada, então todos esses seres que "nos visitam" estão visitando o nosso passado enquanto pra nós estamos vivendo o presente, acho q pareço confusa, rsrsrsrs, quer dizer... assim como nós ao observarmos as estrelas vemos o seu passado, a luz delas demora pra chegar a nós e o que vemos pode até não existir mais não é assim? ( a galera de astronomia por favor me corrija). [...]


Isso que você disse deu um nó na minha cabeça! HAUHAUHUAHUAHAU! Mas enfim, é assim: supondo que esses ETs saibam uma maneira de atingir velocidades próximas a da luz (sem ultrapassar, pq até onde a gente sabe não dá), para que eles nos visitem hoje seria preciso que eles tivessem saído de seu planeta há muito tempo. Vamos supor que vieram de um planeta distante 100 anos-luz de nós: em velocidades próximas a da luz levariam um pouco mais que 100 anos pra chegar aqui. Ou pode ser que eles simplesmente saibam outras maneiras de locomover-se no espaço-tempo, pegando atalhos em outras dimensões (não estou zoando você rs). Quanto ao que você disse sobre a luz das estrelas, é verdade. Um exemplo é a estrela Betelgeuse (o que esse nome Betel faz aí no meio? uhauhaua) que já pode ter explodido em supernova há 500 anos, sendo que atualmente presenciamos seus suspiros finais.

Eu, particularmente, não creio nessas visitas extraterrestres... Posso estar errado, mas é algo que só acredito vendo.

Sobre fé, bem, é um assunto complicado. O que posso dizer é que a possibilidade de existência de outros seres vivos espaço afora não exclui a existência de um criador. Pelo contrário, até reforça (pra mim). O universo parece ter uma predisposição a criar vida, e uma corrente científica diz que a teoria da evolução também se aplica a uma escala macro a nível de multi-universos (ou multiversos). Parece perfeitamente arquitetado demais... Quem é o responsável por isso, eu nunca vou poder responder, mas é curioso o "caos organizado" de leis que o universo obedece.
Your mind is the key.


The North Remembers!
Avatar de usuário
Tiago.Stark
Forista
Forista
 
Mensagens: 94
Data de registro: 23 Mai 2013 02:45
Localidade: Não quero responder

Próximo

  • Tópicos Similares
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Retornar para Sociedade, Ciência & Política

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 6 visitantes