O tópico de teologia cristã : Religiões, Crenças & Teologia - Page 2
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


O tópico de teologia cristã

Espaço ideal para discussões sobre qualquer religião, crença e teologia.

Re: O tópico de teologia cristã

Nova mensagempor CIPRIANO em 13 Mai 2011 20:27

Gustavo escreveu:Hummmm, sei... Olha, como eu não tenho nenhuma evidência sobre o que aconteceu com ela, eu poderia dizer pouco sobre o assunto... O que sei é que há uma tendência muito grande de igrejas neo-pentecostais de fazer estes shows de exorcismo. O ser humano parece que não consegue adorar a Deus sem que se apresente algo de "milagroso"...

Acontece que o pai dessa minha amiga é feiticeiro, e possivelmente esse "encosto", já estava com ela desde pequena... porém, estava 'adormecido', e o contato com os 'Santos', fez com que ele despertasse de maneira agressiva.

O mesmo acontece com muitos evangélicos, que manifestam estas entidades como sendo o "Espírito Santo" mas, provavelmente, são os mesmos Exús da Umbanda.

Na igreja que eu frequentava, tinha uma irmã que quando recebia o "Espírito Santo", ficava 'cacarejando' como galinha.

Sugiro que assista ao documentário; "MACUMBA EVANGÉLICA", e tire suas próprias conclusões!

http://www.youtube.com/watch?v=7tzPTv0QSgA

Eis, um dos comentários sobre o mesmo, certamente escrito por um crente:

olha! nao e bom fazer julgamento precipitado afinal, a decida do espirito santo muitos ficaram espantados e disseram que eles estavam enbriagados. portanto, basta conferir la em atos sobre a decida do espirito santo. entao, vamos pregar a palavra que liberta e tira o homen do pecado. somente quem tem experiencia com o espirito santo entende o seu mover. uma coisa e certa o espirito de Deus trabalha como quer e da forma que ele entender. e ponto final.
“Foram uma vez as árvores a ungir para si um rei, e disseram à oliveira: Reina tu sobre nós. Porém a oliveira lhes disse: O jardineiro é Jesus, e as árveres somos nozes...” (Juízes 9:8,9)

Clique para: Ver
phpBB [video]
Avatar de usuário
CIPRIANO
Forista
Forista
 
Mensagens: 373
Data de registro: 05 Mai 2011 21:57
Localização: Non Ecziste
Localidade: Acre

Re: O tópico de teologia cristã

Nova mensagempor Rogério em 13 Mai 2011 20:35

Bom

O Gustavo busca através deste tópico tratar da Teologia cristã e, claro, todos podem postar. Contudo a forma como ele esta se desenrolando parece fugir um pouco da intenção originalmente proposta. Eu lido também com questões ocultismo, bruxaria e afins e o tópico até está interessante por este lado, mas sugiro que esta questão seja tratada em um tópico separado para melhor organizar as informações e, também, porque é um pedido do próprio Gustavo.

É apenas uma sugestão, no mais fiquem livres para postar.

Flws
(^_^)
Avatar de usuário
Rogério
Forista
Forista
 
Mensagens: 1842
Data de registro: 15 Nov 2008 17:36

Re: O tópico de teologia cristã

Nova mensagempor CIPRIANO em 13 Mai 2011 21:15

CARO ROGÉRIO!

Acredito que esteja se referindo a minha última postagem neste tópico, não!? Acredite, não estou querendo desfazer da crença de ninguém, pois também sou Cristão...

Porém, estou tentando tocar num assunto, que pra mim, é a base fundamental do cristianismo... ou seja, estou me referindo aos SANTOS, que para a grande maioria dos protestantes, são tratados com desprezo...

Mas, posso afirmar que sem a intervenção dos mesmos, é 'impossível' se aproximar de Deus!
“Foram uma vez as árvores a ungir para si um rei, e disseram à oliveira: Reina tu sobre nós. Porém a oliveira lhes disse: O jardineiro é Jesus, e as árveres somos nozes...” (Juízes 9:8,9)

Clique para: Ver
phpBB [video]
Avatar de usuário
CIPRIANO
Forista
Forista
 
Mensagens: 373
Data de registro: 05 Mai 2011 21:57
Localização: Non Ecziste
Localidade: Acre

Re: O tópico de teologia cristã

Nova mensagempor Rogério em 13 Mai 2011 21:23

Caro Cipriano, você postou:

Acredito que esteja se referindo a minha última postagem neste tópico, não!? Acredite, não estou querendo desfazer da crença de ninguém, pois também sou Cristão...


Não se preocupe que nem estou levantando a hipótese de você estar tentando "desconverter" me refiro ao tema a que o tópico se refere, neste caso, teologia. Mas se sente que esta é uma dúvida teológica válida, sem problema em continuar. Apenas fiz um sugestão para evitar que o tópico acabe fugindo muito do foco.

Coisas de moderador... :D1
(^_^)
Avatar de usuário
Rogério
Forista
Forista
 
Mensagens: 1842
Data de registro: 15 Nov 2008 17:36

Re: O tópico de teologia cristã

Nova mensagempor ELZA ARROIO em 13 Mai 2011 23:14

Gustavo vc deve saber que sou uma protestante diferente, e gostaria de saber sua posição sobre o diluvio se foi global....
:bjo9:
Acredito que a crença em DEUS é mais que uma válvula de escape, é a CRIATURA PROCURANDO SEU CRIADOR....




Visitem meu blog:

http://www.anaelzaarroio.blogspot.com
ELZA ARROIO
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 3652
Data de registro: 04 Jan 2009 20:24

Re: O tópico de teologia cristã

Nova mensagempor Gustavo em 14 Mai 2011 00:32

Olá para todos!

Bem, já que existem duas perguntas aqui, tentarei responder as duas...
Cipriano,
Eu já vejo com certa reserva tais manifestações "demoníacas", exatamente por que existem pessoas por aí que falsificam tais manifestações para dar mais credibilidade a sua história. Na verdade, conheço pouco sobre Exus, para dizer que são eles ou não.
Sou sincero: não acredito na Umbanda, e portanto, não poderia dizer que são Exus. O cristianismo já possui os demônios dentro de sua cosmovisão, então não é necessário procurar uma explicação fora do cristianismo para tais aparições.
Embora muitos digam que aquelas "apresentações" evangélicas sejam dons do Espírito Santo, eu duvido muito que sejam. Eu creio que em um futuro próximo poderei falar mais sobre os dons do Espírito, mas eu creio que tais dons não são demonstrados hoje. Os dons do Espírito que temos hoje são os dons do amor, respeito, etc. Aquilo para mim são representações, com o objetivo de trazer mais adeptos. Nem poderia dizer que são possessões demoníacas mesmo...

Mas como disse, para eu dizer algo assim, é necessário primeiro evidências, e eu não as tenho.

Elza

Como vai, está bem? :D
É uma pergunta complicada a sua. Para dizer a verdade, acho que há pouco impacto na mensagem bíblica se tivermos um ou outro. O que importa é o que o texto nos diz. Ele é a palavra de Deus, e portanto é aquilo que Deus tinha a nos dizer. E Deus nos disse que houve uma grande enchente, em proporções "mundiais".

Aqui, nós ficamos na dúvida: o que significa mundiais aqui? Seria o mundo conhecido por Noé, ou o mundo inteiro? Como eu disse antes, a Bíblia é tanto palavra de Deus, quanto palavra de homens. Assim, Noé poderia ter feito o registro daquele evento do seu ponto de vista. A Bíblia emprega uma linguagem fenomenológica, que é a linguagem expressa pelo que é visto. Já diziam que a Bíblia não é livro de ciências, portanto não deve registrar rigor científico. Ela tem que registrar que houve uma enchente de grandes proporções, e que Noé confiou em Deus para se salvar.

Eu pessoalmente penso que o dilúvio tenha sido mundial mesmo, de forma a cobrir toda a terra, e não apenas a região. Dizem que não há água suficiente para isto, mas eu vejo o incidente como algo miraculoso. Eu penso que seja mundial por causa primeiro da descrição de montes submersos... Depois, pela descrição dos animais entrando na arca, coisa desnecessária para um dilúvio local.

Mas como eu acho que há as duas possibilidades, eu não tento definir um em detrimento do outro. O importante é que a mensagem continua a mesma, sendo dilúvio local ou global. Penso que Deus não quer mostrar com o texto qual a quantidade de água que Ele pode gerar, mas como os fiéis devem depender d'Ele.


Abraços.
Meu site sobre religião: http://www.e-cristianismo.com.br
Meu blog de eletrônica e games: http://eletronicaegames.blogspot.com/
Gustavo
Forista
Forista
 
Mensagens: 962
Data de registro: 05 Nov 2008 17:05

Re: O tópico de teologia cristã

Nova mensagempor CIPRIANO em 14 Mai 2011 03:50

Sou sincero: não acredito na Umbanda, e portanto, não poderia dizer que são Exus. O cristianismo já possui os demônios dentro de sua cosmovisão, então não é necessário procurar uma explicação fora do cristianismo para tais aparições.

E qual seria 'exatamente' essa cosmovisão? Poderia ser mais específico!?

Qual a sua posição quanto às sub-divindades? (santos, anjos, etc...)
“Foram uma vez as árvores a ungir para si um rei, e disseram à oliveira: Reina tu sobre nós. Porém a oliveira lhes disse: O jardineiro é Jesus, e as árveres somos nozes...” (Juízes 9:8,9)

Clique para: Ver
phpBB [video]
Avatar de usuário
CIPRIANO
Forista
Forista
 
Mensagens: 373
Data de registro: 05 Mai 2011 21:57
Localização: Non Ecziste
Localidade: Acre

Re: O tópico de teologia cristã

Nova mensagempor Gustavo em 16 Mai 2011 11:42

Cipriano escreveu:E qual seria 'exatamente' essa cosmovisão? Poderia ser mais específico!?

Esta é uma boa pergunta, que pode instruir a todos aqui.

Cosmovisão é a forma como você interpreta o mundo. Assim, a cosmovisão cristã é a visão que o cristão tem do mundo, aplicando sua teologia... A Umbanda que você citou provavelmente terá uma também. Todos possuem uma cosmovisão.

Cipriano escreveu:Qual a sua posição quanto às sub-divindades? (santos, anjos, etc...)

Bem, eu não colocaria os santos como "sub-divindades". Para o cristão, o santo nada mais é do que o crente. Isto por que a palavra "santo" significa "separado", o santo é aquele que foi separado por Deus da corrupção do mundo, para O adorar. E no mais alto grau, Deus é chamado de O Santo, por que Ele é, em primeiro lugar, transcendente. Mas também por que Ele se mantém distinto em vários outros aspectos.

Quanto aos anjos, no cristianismo são seres espirituais, com maior força e inteligência que os seres humanos. Eles possuem suas limitações, no entanto. Seu principal ofício é servir de mensageiros entre Deus e os homens.

================================
Como não conhecia bem o que é um Exu para a umbanda, resolvi pesquisar. Encontrei o texto da Wikipédia, que não sei se é exato: http://pt.wikipedia.org/wiki/Exu_de_umbanda
Não vou me deter mais sobre este assunto, pois não pretendo discutir a Umbanda aqui por razões claras. Mas a descrição dos exus na umbanda não possui muita coisa em comum com os dons do Espírito que foi mencionado antes. Assim, não vejo motivos para a comparação, salvo levantar alguma crítica com relação aos alegados dons do Espírito cultivados entre os neo-pentecostais.

Abraços.
Meu site sobre religião: http://www.e-cristianismo.com.br
Meu blog de eletrônica e games: http://eletronicaegames.blogspot.com/
Gustavo
Forista
Forista
 
Mensagens: 962
Data de registro: 05 Nov 2008 17:05

Re: O tópico de teologia cristã

Nova mensagempor Gustavo em 16 Mai 2011 11:51

Pessoal, nos últimos dois posts eu falei bastante sobre a Bíblia. Tentei fazer um resumo básico das coisas que cremos sobre as Escrituras, pois estes dois textos vão nos ajudar a estudar a fundo os pontos principais do cristianismo. Assim que eu tratar destes pontos principais, nós poderemos voltar aos outros pontos.
Quando falo de pontos principais, eu falo dos pontos que definem o que é uma religião cristã, e o que é uma seita.

O cristianismo possui uma mensagem principal desde a vinda de Cristo, e durante toda a história do cristianismo, era esta mensagem que lutou-se para ser preservada. Hoje temos algumas diferenças entre doutrinas de igrejas, mas desde que estas diferenças não comprometam esta mensagem cristã essencial, todas as igrejas podem ser consideradas cristãs.

No entanto, muitos assumem algumas posições que acabam comprometendo esta mensagem. Somente um estudo mais detalhado de tais posições revelam o estrago que elas de fato podem causar.

A mensagem cristã pode, de fato, ser bem resumida, através do versículo abaixo:

(Jo 3:16) Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

É a mensagem da salvação: Deus envia Seu Filho para nos salvar. A teologia cristã então começa quando tratamos de responder as perguntas: salvar de quê? Como chegamos a este ponto? Por que enviar o Filho? O Filho pode nos salvar?

São estas perguntas que vamos expor agora.
Meu site sobre religião: http://www.e-cristianismo.com.br
Meu blog de eletrônica e games: http://eletronicaegames.blogspot.com/
Gustavo
Forista
Forista
 
Mensagens: 962
Data de registro: 05 Nov 2008 17:05

Re: O tópico de teologia cristã

Nova mensagempor ELZA ARROIO em 16 Mai 2011 16:44

(Jo 3:16) Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

É a mensagem da salvação: Deus envia Seu Filho para nos salvar. A teologia cristã então começa quando tratamos de responder as perguntas: salvar de quê? Como chegamos a este ponto? Por que enviar o Filho? O Filho pode nos salvar?


Para nos mostrar que a ponte que nos leva até Deus é o amor ao próximo....
Acredito que a crença em DEUS é mais que uma válvula de escape, é a CRIATURA PROCURANDO SEU CRIADOR....




Visitem meu blog:

http://www.anaelzaarroio.blogspot.com
ELZA ARROIO
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 3652
Data de registro: 04 Jan 2009 20:24

Re: O tópico de teologia cristã

Nova mensagempor Gustavo em 16 Mai 2011 20:41

Bom, como eu tinha comentado, o cristianismo possui uma mensagem central, que usamos para definir o que é e o que não é cristão. Se trata da salvação, e como ela se opera.
Mas como eu lembrei antes, nos vem a pergunta: salvação de quê? Muitos poderiam até pensar que a salvação é de Deus, mas não é disto que estamos tratando. Entramos agora no problema que o cristianismo se propõe a resolver:

A Queda

Muito já se falou sobre a Queda, e eu pretendo aqui esclarecer com a melhor precisão possível, o que vem a ser isto. Provavelmente todos que estão lendo devem conhecer a história de Adão e Eva: eles foram colocados no jardim do Éden, onde tinham plena liberdade para escolher qualquer fruto que estava ali. Podiam escolher comer até do fruto da árvore do bem e do mal, que lhes foi proibido.

Basicamente, Agostinho descreve esta capacidade humana no Éden através de duas expressões em latim: o homem tinha a posse peccare(capacidade de pecar) e a posse non peccare(capacidade de não pecar). Há ainda a non posse peccare (incapacidade de pecar), atribuída somente a Deus.

Não há cristão que negue que eles possuíam liberdade no Éden. Portanto, quando escolheram desobedecer Deus, fizeram isto livremente.

As consequências foram grandes. Assim depois da queda, o homem perde a posse non peccare, se tornando pecador. Com isto, perde a liberdade que possuía antes, estando agora inclinado totalmente ao pecado.

Eu havia feito uma pequena exposição sobre as Escrituras exatamente para podermos citá-las aqui. Quando as Escrituras falam sobre a capacidade humana de fazer o bem ou o mal, elas são unânimes:

(Rm 3:9-18) Pois quê? Somos melhores do que eles? De maneira nenhuma, pois já demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estão debaixo do pecado; como está escrito: Não há justo, nem sequer um. Não há quem entenda; não há quem busque a Deus. Todos se extraviaram; juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só. A sua garganta é um sepulcro aberto; com as suas línguas tratam enganosamente; peçonha de áspides está debaixo dos seus lábios; a sua boca está cheia de maldição e amargura. Os seus pés são ligeiros para derramar sangue. Nos seus caminhos há destruição e miséria; e não conheceram o caminho da paz. Não há temor de Deus diante dos seus olhos.

Estou portanto aplicando ao texto nossas regras de hermenêutica que mencionei antes. Primeiro, estamos citando um texto didático, escrito para ensinar. Por outro lado, Paulo aqui está exatamente mostrando que o ser humano por natureza é mau, por isto não há distinção entre o grego e o judeu, e por isto ninguém pode dizer que é melhor um que o outro.
Não há texto bíblico que diga que o homem é capaz fazer o bem sozinho. Foi esta a condição do ser humano após a queda: uma condição corrompida. Deus age no mundo, de forma que a maldade humana não seja completa, mas Ele não a impede completamente. É importante frisar no entanto, que esta maldade humana é feita por vontade do próprio homem. O pecado acabou com a posse non peccare, é por isto que ele só escolhe pecar.

É desta corrupção que o ser humano é salvo. Pois se todo ser humano só escolhe pecar, então se aplicarmos a justiça, todos serão condenados.

Descrevi brevemente a queda humana. Continuarei comentando sobre a história da salvação nos próximos posts.

Abraços.
Meu site sobre religião: http://www.e-cristianismo.com.br
Meu blog de eletrônica e games: http://eletronicaegames.blogspot.com/
Gustavo
Forista
Forista
 
Mensagens: 962
Data de registro: 05 Nov 2008 17:05

Re: O tópico de teologia cristã

Nova mensagempor CIPRIANO em 17 Mai 2011 05:59

Caro Gustavo; por um acaso você chegou, sequer quer, dar uma “ispiadinha” no documentário: Macumba Evangélica?

Demônio é demônio, não importa como é chamado; exú, vodun, mau espírito, etc...

Caso você não saiba, a religião judaica, também sempre teve os seus “santos”... procure por: Anjos Cabalísticos ou 72 Nomes de Deus.
“Foram uma vez as árvores a ungir para si um rei, e disseram à oliveira: Reina tu sobre nós. Porém a oliveira lhes disse: O jardineiro é Jesus, e as árveres somos nozes...” (Juízes 9:8,9)

Clique para: Ver
phpBB [video]
Avatar de usuário
CIPRIANO
Forista
Forista
 
Mensagens: 373
Data de registro: 05 Mai 2011 21:57
Localização: Non Ecziste
Localidade: Acre

Re: O tópico de teologia cristã

Nova mensagempor Gustavo em 05 Jul 2011 10:08

Olá, pessoal.

Demorei um pouco para postar por aqui, então peço desculpas para quem acompanhava o tópico... Para o Cipriano, acho que o que eu já disse é o suficiente por hora para respondê-lo.
Falávamos sobre a Queda, e como o ser humano se tornou incapaz de não pecar. Ele se tornou um ser corrompido, e é a isto que damos o nome de pecado original: é uma corrupção que atinge a todos, como uma doença hereditária. Assim, quando falamos de salvação, falamos primeiramente da salvação desta corrupção que nos atinge, e da consequente condenação que ela traz.

Mas uma coisa importante a se destacar aqui é que o ser humano peca livremente. O ser humano deseja pecar, ele procura por isto. Embora nós falemos de pecado como se fosse uma força agindo no homem, na verdade o pecado é algo inerente ao homem, o pecado agora é parte do homem. O homem não é forçado a pecar por uma força externa, ele peca por que deseja pecar, esta é sua vontade. E é por isto que o ser humano é justamente condenável por seus atos...

Agora, imaginem: todo ser humano peca por vontade própria. Se Deus desejasse condenar todos, Ele estaria sendo justo. Justiça é isto: condenar aquilo que é errado e recompensar aquilo que é certo. Quando ninguém procura o que é certo, só podemos esperar a condenação. Por isto não é muito legal pedir que Deus seja justo... :?

Mas a pergunta é: Deus realmente vai condenar a todos? Obviamente não. Ele fez algo para salvar estes seres humanos.
Meu site sobre religião: http://www.e-cristianismo.com.br
Meu blog de eletrônica e games: http://eletronicaegames.blogspot.com/
Gustavo
Forista
Forista
 
Mensagens: 962
Data de registro: 05 Nov 2008 17:05

Re: O tópico de teologia cristã

Nova mensagempor Miserere mei em 05 Jul 2011 13:21

CIPRIANO escreveu:
Sou sincero: não acredito na Umbanda, e portanto, não poderia dizer que são Exus. O cristianismo já possui os demônios dentro de sua cosmovisão, então não é necessário procurar uma explicação fora do cristianismo para tais aparições.

E qual seria 'exatamente' essa cosmovisão? Poderia ser mais específico!?

Qual a sua posição quanto às sub-divindades? (santos, anjos, etc...)

Bom, sou novo por aqui, então não sei se há por aqui muitos católicos. Também resolvi postar as minhas respostas aos poucos, para não ir esquecendo de coisas importantes.
Pois bem: No Cristianismo NÃO há subdivindades. Os Santos são homens e mulheres que viveram suas vidas inteiramente devotados ao Nosso Senhor. São ícones nos quais nós devemos nos espelhar, e não idolatrar. Em geral, nos lembramos deles em momentos de aflição, para que seus suplícios nos sirvam de inspiração. Por exemplo: São Patrick sofria de hemorróidas crônicas, até ser curado pelo Espírito Santo, por isso ele é o padroeiro dos que sofrem desta enfermidade. Santo Antônio enfrentou um poderoso barão de uma cidade-estado italiana para que as pessoas pudessem se casar com quem quisessem, por isso ele é o padroeiro dos enamorados, etc...
Estas pessoas não tem ABSOLUTAMENTE NENHUMA ligação com o que as tradições afro brasileiras chamam de "santos".
Ocorre que o Santo Ofício, ao chegar ao Brasil, proibiu a adoração à deuses pagãos, sob pena de morte. Então os escravos pegavam estátuas de santos católicos e os chamavam dos orixás que bem entendessem, com praticamente nenhuma correspondência.
Portantos os Santos da Igreja nada tem a ver com os demônios que os espíritas chamam de "santos".
Sancta Dei Genetrix, ora pro nobis.
Extra Ecclesiam nullam salus.
Sancta Dei Genetrix, ora pro nobis qui ad te confugimus.
Ad Majorem Dei Gloriam.
Avatar de usuário
Miserere mei
Forista
Forista
 
Mensagens: 173
Data de registro: 04 Jul 2011 14:03

Re: O tópico de teologia cristã

Nova mensagempor Gustavo em 18 Jul 2011 15:41

Continuando então nosso tópico, gostaria de falar um pouco sobre como Deus soluciona o problema de todos merecerem a condenação.

Somos todos condenados justamente, por que pecamos de forma voluntária. Não podemos fazer nada para nos salvar, por que já era esperado que nós fizéssemos o bem... Não podemos fazer mais bem, para além de cumprir o que se espera de nós, ainda paguemos por aquilo que deixamos de fazer.
Assim é que o Filho de Deus, Jesus Cristo, assume voluntariamente a tarefa de tomar para si os pecados humanos e se sacrificar pelos eleitos. Ele assume portanto a forma humana, pois ele deveria ser um representante perfeito da humanidade. Não poderia ser um outro ser, mas teria que ser um ser humano em todos os aspectos. Mas também deveria ser divino, pois só Deus pode perdoar pecados.

Jesus então assume os pecados humanos e morre em nosso lugar, já que a morte é a consequência do pecado. Tendo pagado pelo pecado, ninguém pode mais dizer que Deus deixa de fazer a justiça para com aqueles que Ele salva. Esta justiça é então atribuída aos eleitos, para que eles sejam salvos.

O que Jesus fez pelo mundo é algo vital para o Cristianismo. Uma religião que se considera cristã não pode jamais mudar isto, e todas as grandes disputas teológicas do passado se deram por que alguém queria fazer isto.
Meu site sobre religião: http://www.e-cristianismo.com.br
Meu blog de eletrônica e games: http://eletronicaegames.blogspot.com/
Gustavo
Forista
Forista
 
Mensagens: 962
Data de registro: 05 Nov 2008 17:05

AnteriorPróximo

Retornar para Religiões, Crenças & Teologia

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 31 visitantes