Qual foi o seu "click"? : Depoimentos - Page 9
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


Qual foi o seu "click"?

Depoimentos de ex-testemunhas de Jeová, cartas de dissociação e depoimentos sobre a vida pós Torre de Vigia. Aqui fala mais alto a sinceridade, o sentimento e muitas vezes os relatos nos impressionam pela falta de algo que mais as Testemunhas de Jeová dizem praticar: o amor ao próximo!
Fique a vontade para contar suas vivências

Re: Qual foi o seu "click"?

Nova mensagempor RexTJ em 03 Abr 2012 00:53

Falando de psicólogo, numa consulta eu vi o desconforto duma psicologa que eu fiz tratamento quando falei que era TJ e acreditava naquela pataquada toda. eu percebi que ela queria falar mas não falou, e como nossa mente é condicionada lá dentro, um super uma vez falou que é preciso tomar cuidado com o que falar numa terapia no qual o médico é mundano. Hoje percebo que isso era pra manter os podres entre os próprios TJs...
Nem todos que são, estão. Nem todos que estão, são...
Imagem
Avatar de usuário
RexTJ
Forista
Forista
 
Mensagens: 934
Data de registro: 04 Dez 2011 14:24
Localização: São Bernardo - SP
Localidade: São Paulo

Re: Qual foi o seu "click"?

Nova mensagempor lila em 03 Abr 2012 12:59

RexTJ escreveu:Falando de psicólogo, numa consulta eu vi o desconforto duma psicologa que eu fiz tratamento quando falei que era TJ e acreditava naquela pataquada toda. eu percebi que ela queria falar mas não falou, e como nossa mente é condicionada lá dentro, um super uma vez falou que é preciso tomar cuidado com o que falar numa terapia no qual o médico é mundano. Hoje percebo que isso era pra manter os podres entre os próprios TJs...



Consegui imaginar o que o ancião amigo meu disse depois de saber da opinião da psico? kkkk
Não esperes que cheguem as circunstâncias ideais nem a melhor ocasião para atuar, porque talvez não cheguem nunca.
Avatar de usuário
lila
Forista
Forista
 
Mensagens: 735
Data de registro: 06 Mar 2012 15:53
Localização: SP

Re: Qual foi o seu "click"?

Nova mensagempor PUBLICADOR1205 em 04 Abr 2012 01:50

Engracado a mania que eles tem de esconder os podres da seita!
Eu tinha tanto orgulho da seita que eu pensava que qualquer pessoa legal, só seria boa de verdade se fosse da seita!
Por isso tomo bastante cuidado quando falo da seita com os simpatizantes pra que eles tenho um clic em vez de ter odio de mim por ser "burro" e nao precisar da seita! kkkkkkkkkkkkkkk
:8
Avatar de usuário
PUBLICADOR1205
Forista
Forista
 
Mensagens: 398
Data de registro: 26 Out 2009 02:01

Re: Qual foi o seu "click"?

Nova mensagempor Lord Vader em 16 Jul 2013 23:50

O meu foi saber que um membro do corpo governante virou dissidente. Pensei comigo: Se um dos manda chuvas pulou fora, alguma coisa estranha tem nessa parada. Mas abafei forçosamente esse sentimento por um tempo, raciocinando comigo mesmo sobre Corá, que também era um membro de muito destaque e apostatou. Depois entrei num fórum religioso de perguntas e respostas com a intenção de pregar aos religiosos de lá e combater "apóstatas". Mas aí que fiquei sabendo das coisas erradas da torre mais amplamente. A maioria dos dissidentes desse fórum só faziam chacota, então eu não os levava muito a sério, mas uma em especial, bastante lógica em seus raciocínios, e que inclusive é participante deste fórum Ex-Testemunhas de Jeová, me fez refletir bastante. E cá estou eu. Assim como Lord Vader em "O Retorno de Jedi", indeciso sobre qual lado da força permanecer rs.
"Tudo muda o tempo todo no mundo. Não adianta fugir nem mentir para si mesmo agora.." Lulu Santos
Avatar de usuário
Lord Vader
Forista
Forista
 
Mensagens: 958
Data de registro: 02 Mar 2011 09:05
Localidade: Rio de Janeiro

Re: Qual foi o seu "click"?

Nova mensagempor Alexei Karamazov em 17 Jul 2013 09:12

Muito bom, este tópico! A gente se vê em cada comentário, do pouco a pouco que a "ficha caiu" em cada história.
Quanto à minha, acho que meu sangue ajudou: a família adora cultura. Meu avô era autodidata, e nunca conheci homem que soubesse tanto de tanta coisa. Assim, iniciei meus passos na Torre, com medo do fim no Ano Internacional da Paz e Segurança, em 1986.
Depois de debulhar as publicações mais antigas, que tratavam de Profetas específicos, o livro Revelação, a própria Bíblia, umas duas vezes, a coisa começou a ficar um tanto repetitiva. Vi que tinha chegado ao limite. Agora, era só ensinar. Mas vi também que ninguém gostava de tamanha profundidade de saber. Os irmãos preferiam ficar na superficialidade.
Sabia que a organização não era inspirada. Senão, A Sentinela seria infalível. Nunca foi.
Nunca parei de ler. Dostoievisk me ensinou muito da maldade humana (e eu via isso na Organização, apesar das proclamações de amor), e me ensinou também a grandeza do perdão de Cristo. Fui levando... Li toda sua obra. Nietzshe (de quem li muuuuuuita coisa também, inclusive O Anticristo) me ensinou a dinâmica das relações de poder, que tanto prosperam na Torre, e eu me divertia com a petulância dos anciãos, com a ilusória fé dos que ainda acreditavam que a Torre era inspirada por Deus. Sim, eu pregava que isso era mentira. Tinha gente que queria me arrancar o couro.
Mas ainda insistia na permanência na Torre. Afinal, como dizem, para onde ir?
Decidi que tinha de estudar, para conseguir suprir adequadamente para minha família. Assim, fui fazer faculdade. Aí, minha veia de filósofo inchou de vez e marcou minha testa.
Como muitos outros, Max Weber, Émile Durkheim, Karl Marx me ajudaram também. Feuerbach, Engels. Mas acho que, em matéria de conteúdo, Nietzsche foi que mais me ajudou.
Quando ao resto, só horror. Fui designado ancião muito novo, com 24 anos. Eu era uma espécie de justiceiro. Mas o que vi de pior era como se protegiam filhos de anciãos ou seus queridinhos. Desses, eu corria atrás para desassociar. Eles mesmos não se importavam, mas seus pais, sim. De novo, queriam meu couro. Eu queria varrer os fariseus da Organização, sem saber que eles eram seus governantes.
Minha fúria contra os fariseus foi alimentada pelo pragmatismo dos Superintendentes de (Curto-)Circuito, verdadeiros inquisidores que policiam as congregações para cobrar aumento em contribuições e força humana de trabalho.
Decepcionei-me totalmente quando vi a reação da Torre aos desmandos norteamericanos no Oriente-Médio, em apoio a Israel e aos petroleiros, contra Iraque e Afeganistão. Especialmente, contra os Palestinos, meus "badrízios". A Torre não denuncia seus amigos.
Mas tudo perdeu o sentido quando, por motivos que não cabe aqui falar, meu filho morreu. As frasezinhas irritantes que ouvia em consolos vazios, como eram insuportáveis! Resignei ao cargo de ancião, e passei um tempo longe, vendo os desmandos que se faziam. Foi muito bom.
Durante a graduação em Direito, como já falei em outros posts, descobri que a Lei Mosaica era uma compilação de costumes locais. Onde, então, a inspiração? Aquilo ali foi somente mais uma teocracia sacerdotal moralista e segregacional. E trágica, como todas as outras.
Perdido, voltei a ser ancião, mas sentia como se eu não tivesse coração, como se fosse um zumbi, incapaz de sentir qualquer entusiasmo. Aquele sentimento de se estar fazendo uma obra sagrada desvanecera.
Saí como entrei: sem dar satisfação a ninguém. Vinte anos numa cadeia ideológica nos ensinam o que há de pior na humanidade, mas é necessário sair antes de se saber a extensão desse mal. Minha vida recomeçou depois que saí.
Tú que consideras al hombre tanto dios como oveja—,
desgarrar al dios en el hombre como a la oveja en el hombre
y desgarrando reír— ¡ésa, ésa es tu felicidad!
Ditirambos Dionisíacos - F.Nietzsche
Avatar de usuário
Alexei Karamazov
Forista
Forista
 
Mensagens: 1214
Data de registro: 29 Abr 2013 08:25
Localização: Turim, IT
Localidade: Minas Gerais

Re: Qual foi o seu "click"?

Nova mensagempor distraido em 17 Jul 2013 10:44

Como eu já mencionei aqui, acompanho esses assuntos pela internet há uma década, mas nunca levei a sério, encarava como "vertente" e respeitava muito. Mas nada disso serviu pra me dar o "click". O que eu gostava mesmo é ler e conhecer publicações antigas que eu encontrei num depósito escuro aqui enquanto eu estava parafusando as cadeiras pro novo SR. Uma dessas publicações era o livro Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão. Os anos se passaram, até que no comecinho de 2010 eu peguei a Sentinela pra ler e no meio dela falava assim "... Milhões Agora Vivem Talvez Jamais Morram..." Pensa num CLICK violento? Eu gritei "PQP!! que audácia de me fazer de trouxa! Da onde tiraram esse TALVEZ!?" Então passei a dar crédito a tudo aqui. Me emocionei de chorar mesmo com as histórias sofridas de muitos aqui como a do Cristóvão Colombo, no "Betel in Foco".... daí adeus privilégios, adeus querer ser SM adeus serviço de Pioneiro. Agora que me sincronizei com a patroa nesses temas, to pra sair fora em definitivo.
Deyvid Rocha
Avatar de usuário
distraido
Forista
Forista
 
Mensagens: 362
Data de registro: 29 Jun 2013 14:20
Localidade: Espírito Santo

Re: Qual foi o seu "click"?

Nova mensagempor Eduardo.TJ em 17 Jul 2013 18:45

Lord Vader escreveu:O meu foi saber que um membro do corpo governante virou dissidente. Pensei comigo: Se um dos manda chuvas pulou fora, alguma coisa estranha tem nessa parada. Mas abafei forçosamente esse sentimento por um tempo, raciocinando comigo mesmo sobre Corá, que também era um membro de muito destaque e apostatou. Depois entrei num fórum religioso de perguntas e respostas com a intenção de pregar aos religiosos de lá e combater "apóstatas". Mas aí que fiquei sabendo das coisas erradas da torre mais amplamente. A maioria dos dissidentes desse fórum só faziam chacota, então eu não os levava muito a sério, mas uma em especial, bastante lógica em seus raciocínios, e que inclusive é participante deste fórum Ex-Testemunhas de Jeová, me fez refletir bastante. E cá estou eu. Assim como Lord Vader em "O Retorno de Jedi", indeciso sobre qual lado da força permanecer rs.



Nossa!! É por isso que você é o Lord Dart Vader?
Caraca!
Ó! Escuta! Tá ouvindo o barulhinho de fica caindo aqui no meu cérebro??
Imagem
_________________________________
Apenas as Testemunhas de Jeová não conhecem as Testemunhas de Jeová.
Avatar de usuário
Eduardo.TJ
Forista
Forista
 
Mensagens: 2094
Data de registro: 28 Ago 2011 11:32
Localização: Algum lugar do Brasil
Localidade: Não quero responder

Re: Qual foi o seu "click"?

Nova mensagempor Eduardo.TJ em 17 Jul 2013 18:55

Alexei Karamazov escreveu:Muito bom, este tópico! A gente se vê em cada comentário, do pouco a pouco que a "ficha caiu" em cada história.
Quanto à minha, acho que meu sangue ajudou: a família adora cultura. Meu avô era autodidata, e nunca conheci homem que soubesse tanto de tanta coisa. Assim, iniciei meus passos na Torre, com medo do fim no Ano Internacional da Paz e Segurança, em 1986.
Depois de debulhar as publicações mais antigas, que tratavam de Profetas específicos, o livro Revelação, a própria Bíblia, umas duas vezes, a coisa começou a ficar um tanto repetitiva. Vi que tinha chegado ao limite. Agora, era só ensinar. Mas vi também que ninguém gostava de tamanha profundidade de saber. Os irmãos preferiam ficar na superficialidade.
Sabia que a organização não era inspirada. Senão, A Sentinela seria infalível. Nunca foi.
Nunca parei de ler. Dostoievisk me ensinou muito da maldade humana (e eu via isso na Organização, apesar das proclamações de amor), e me ensinou também a grandeza do perdão de Cristo. Fui levando... Li toda sua obra. Nietzshe (de quem li muuuuuuita coisa também, inclusive O Anticristo) me ensinou a dinâmica das relações de poder, que tanto prosperam na Torre, e eu me divertia com a petulância dos anciãos, com a ilusória fé dos que ainda acreditavam que a Torre era inspirada por Deus. Sim, eu pregava que isso era mentira. Tinha gente que queria me arrancar o couro.
Mas ainda insistia na permanência na Torre. Afinal, como dizem, para onde ir?
Decidi que tinha de estudar, para conseguir suprir adequadamente para minha família. Assim, fui fazer faculdade. Aí, minha veia de filósofo inchou de vez e marcou minha testa.
Como muitos outros, Max Weber, Émile Durkheim, Karl Marx me ajudaram também. Feuerbach, Engels. Mas acho que, em matéria de conteúdo, Nietzsche foi que mais me ajudou.
Quando ao resto, só horror. Fui designado ancião muito novo, com 24 anos. Eu era uma espécie de justiceiro. Mas o que vi de pior era como se protegiam filhos de anciãos ou seus queridinhos. Desses, eu corria atrás para desassociar. Eles mesmos não se importavam, mas seus pais, sim. De novo, queriam meu couro. Eu queria varrer os fariseus da Organização, sem saber que eles eram seus governantes.
Minha fúria contra os fariseus foi alimentada pelo pragmatismo dos Superintendentes de (Curto-)Circuito, verdadeiros inquisidores que policiam as congregações para cobrar aumento em contribuições e força humana de trabalho.
Decepcionei-me totalmente quando vi a reação da Torre aos desmandos norteamericanos no Oriente-Médio, em apoio a Israel e aos petroleiros, contra Iraque e Afeganistão. Especialmente, contra os Palestinos, meus "badrízios". A Torre não denuncia seus amigos.
Mas tudo perdeu o sentido quando, por motivos que não cabe aqui falar, meu filho morreu. As frasezinhas irritantes que ouvia em consolos vazios, como eram insuportáveis! Resignei ao cargo de ancião, e passei um tempo longe, vendo os desmandos que se faziam. Foi muito bom.
Durante a graduação em Direito, como já falei em outros posts, descobri que a Lei Mosaica era uma compilação de costumes locais. Onde, então, a inspiração? Aquilo ali foi somente mais uma teocracia sacerdotal moralista e segregacional. E trágica, como todas as outras.
Perdido, voltei a ser ancião, mas sentia como se eu não tivesse coração, como se fosse um zumbi, incapaz de sentir qualquer entusiasmo. Aquele sentimento de se estar fazendo uma obra sagrada desvanecera.
Saí como entrei: sem dar satisfação a ninguém. Vinte anos numa cadeia ideológica nos ensinam o que há de pior na humanidade, mas é necessário sair antes de se saber a extensão desse mal. Minha vida recomeçou depois que saí.



Alexei Karamazov, te mandei uma MP.
Verifica lá, por favor.
_________________________________
Apenas as Testemunhas de Jeová não conhecem as Testemunhas de Jeová.
Avatar de usuário
Eduardo.TJ
Forista
Forista
 
Mensagens: 2094
Data de registro: 28 Ago 2011 11:32
Localização: Algum lugar do Brasil
Localidade: Não quero responder

Re: Qual foi o seu "click"?

Nova mensagempor Presto em 17 Jul 2013 22:28

Quando eu perdi a minha alma.
Guantanamera, guajira guantanamera
Guantanamera, guajira guantanamera

Yo soy un hombre sincero
De donde crece la palma
Yo soy un hombre sincero
De donde crece la palma
Y antes de morir me quiero
Echar mis versos del alma
Avatar de usuário
Presto
Forista
Forista
 
Mensagens: 415
Data de registro: 03 Jun 2013 19:12
Localidade: São Paulo

Re: Qual foi o seu "click"?

Nova mensagempor Lord Vader em 17 Jul 2013 22:58

Eduardo.TJ escreveu:
Lord Vader escreveu:O meu foi saber que um membro do corpo governante virou dissidente. Pensei comigo: Se um dos manda chuvas pulou fora, alguma coisa estranha tem nessa parada. Mas abafei forçosamente esse sentimento por um tempo, raciocinando comigo mesmo sobre Corá, que também era um membro de muito destaque e apostatou. Depois entrei num fórum religioso de perguntas e respostas com a intenção de pregar aos religiosos de lá e combater "apóstatas". Mas aí que fiquei sabendo das coisas erradas da torre mais amplamente. A maioria dos dissidentes desse fórum só faziam chacota, então eu não os levava muito a sério, mas uma em especial, bastante lógica em seus raciocínios, e que inclusive é participante deste fórum Ex-Testemunhas de Jeová, me fez refletir bastante. E cá estou eu. Assim como Lord Vader em "O Retorno de Jedi", indeciso sobre qual lado da força permanecer rs.



Nossa!! É por isso que você é o Lord Dart Vader?
Caraca!
Ó! Escuta! Tá ouvindo o barulhinho de fica caindo aqui no meu cérebro??
Imagem


Pois é, caro Du, Edu e Dudu rs.

Igual a ele, quem sabe eu tenha também este momento de grande decisão abaixo :

"Tudo muda o tempo todo no mundo. Não adianta fugir nem mentir para si mesmo agora.." Lulu Santos
Avatar de usuário
Lord Vader
Forista
Forista
 
Mensagens: 958
Data de registro: 02 Mar 2011 09:05
Localidade: Rio de Janeiro

Re: Qual foi o seu "click"?

Nova mensagempor Acordei! em 18 Jul 2013 19:36

Ola pessoal
O meu maior "clik" , como ja mencionei em outro topico, foi a TNM, onde versiculos foram traduzidos de acordo com a conveniencia da Torre; textos isolados que usam para reprimir, botar terror, manipular as emoçoes e opinioes, etc... mas, quando lia todo o capitulo via o quanto nao tinha nada a ver com o que a torre dizia.
Outros cliks foram nas outras publicaçoes como por ex: o modo como o escritor da torre usa a persuasao para convencer o incauto leitor do ponto de vista dela; a lacuna que existe entre a morte do ultimo apostolo ate 1914 ( que nao é mais 1914); o fato de explicarem um versiculo em trocentas paginas, sabendo-se que o escravo x CG nao sao inspirados por ES... :tapado8: cruzes!!! ( fazia tempo que queria dizer isso! kkk)
Acordei!
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 26
Data de registro: 09 Jul 2013 19:59
Localidade: Minas Gerais

Re: Qual foi o seu "click"?

Nova mensagempor Luiz Bozzo LionHeart em 18 Jul 2013 20:39

Meu primeiro click foi, ao assistir um episódio do "Você Decide", em 1993/94, que falava sobre um menino TJ que precisava de uma transfusão de sangue e os pais dele não autorizavam, e o reporter da Globo perguntava ao vivo para as pessoas na Bahia, que assistiam num telão, se a tranfusão deveria ser feita. Uma senhora toda de branco, espirita, no primeiro bloco do programa, dizia que devia ser feita a transfusão. Depois, nos blocos seguintes, diante do desespero dos pais em não permitir a transfusão porque isso feriria os principios religiosos deles, a mesma senhora espirita mudou de ideía, para espanto do mesmo jornalista que havia feito a pergunta a ela!!! Então, me veio à mente: Essa senhora espirita, mereceria a Grande Destruição se o Armagedon viesse naquele momento? Quantas pessoas sinceras como ela que não são TJ seriam destruidas ? Mas, realmente, o momento, que clickou e destruiu totalmente minha dedicação as TJ, ocorreu em outubro de 1994, num Estudo de Livro: O ancião, canalha, disse na frente de todos que eu não seria leitor naquele dia, pois havia faltado no Estudo de Livro da semana anterior, e que ficaria 4 estudos de livro de castigo sem ler, por causa disso!!! A partir do mês seguinte novembro/94, eu fiquei inativo! Após quase 4 anos de tentativas de me reanimar, participei no máximo , 1 vez por mês no campo, ia esporadicamente no Salao do Reino, \ás vezes só ia no ultimo dia do mês, e ainda por cima quando a reunião acabava, para colocar relatório de 1 ou 2 horas de campo. Essa irresponsabilidade desse ancião me tirou da "verdade" em julho de 98, quando fui finalmente desassociado. Hoje, eu agradeço esse ancião, pois, se não fosse por ele, talvez eu ainda estivesse lá até hoje" d:4 para ele!!!!
Avatar de usuário
Luiz Bozzo LionHeart
Forista
Forista
 
Mensagens: 363
Data de registro: 18 Mai 2010 13:36
Localidade: São Paulo

Re: Qual foi o seu "click"?

Nova mensagempor Laura de Oliveira em 26 Out 2013 10:36

Uauuuuuuuuuuu, perdi a conta. Vou enumerar apenas alguns:

_ Os 144.000 ( A Bíblia deixa bem claro que são do Israel natural - portanto só Judeu-)
_ A volta de Cristo invisível (A Bíblia mostra que será VISÍVEL e todo olho o verá)
_ Participantes da Ceia do Senhor (A Bíblia mostra que TODOS QUE ACEITAM O SACRIFÍCIO DE CRISTO DEVEM PARTICIPAR. O próprio Jesus diz que quem não toma do seu sangue e come da sua carne, simbolicamente falando é claro, não tem parte com Ele). Sério isso, não é mesmo?
_ A desassociação ( disciplina de forma errada) Jesus ensinou que qdo uma ovelha se perde, o bom pastor deixa 99 no redil e vai em busca daquela que se perdeu) O Corpo Desgovernado, faz justamente o contrário, chuta ela pra bem longe, e, ainda orineta de forma cruel as demais ovelhas a virarem a cara pra ela, caso ela circunde perto do redil. Aff..
_ O pisca pisca de luzes a todo momento. Fiquei de saco cheio, depois da última sobre as ovelhas e os cabritos e a grande tribulação. affff. Sentinela de 15 de julho de 2013.
E tem muito mais, no momento só lembro desses clicks.
Avatar de usuário
Laura de Oliveira
Forista
Forista
 
Mensagens: 177
Data de registro: 07 Set 2013 14:36
Localidade: São Paulo

Re: Qual foi o seu "click"?

Nova mensagempor Laura de Oliveira em 26 Out 2013 10:45

Luiz Bozzo LionHeart escreveu:Meu primeiro click foi, ao assistir um episódio do "Você Decide", em 1993/94, que falava sobre um menino TJ que precisava de uma transfusão de sangue e os pais dele não autorizavam, e o reporter da Globo perguntava ao vivo para as pessoas na Bahia, que assistiam num telão, se a tranfusão deveria ser feita. Uma senhora toda de branco, espirita, no primeiro bloco do programa, dizia que devia ser feita a transfusão. Depois, nos blocos seguintes, diante do desespero dos pais em não permitir a transfusão porque isso feriria os principios religiosos deles, a mesma senhora espirita mudou de ideía, para espanto do mesmo jornalista que havia feito a pergunta a ela!!! Então, me veio à mente: Essa senhora espirita, mereceria a Grande Destruição se o Armagedon viesse naquele momento? Quantas pessoas sinceras como ela que não são TJ seriam destruidas ? Mas, realmente, o momento, que clickou e destruiu totalmente minha dedicação as TJ, ocorreu em outubro de 1994, num Estudo de Livro: O ancião, canalha, disse na frente de todos que eu não seria leitor naquele dia, pois havia faltado no Estudo de Livro da semana anterior, e que ficaria 4 estudos de livro de castigo sem ler, por causa disso!!! A partir do mês seguinte novembro/94, eu fiquei inativo! Após quase 4 anos de tentativas de me reanimar, participei no máximo , 1 vez por mês no campo, ia esporadicamente no Salao do Reino, \ás vezes só ia no ultimo dia do mês, e ainda por cima quando a reunião acabava, para colocar relatório de 1 ou 2 horas de campo. Essa irresponsabilidade desse ancião me tirou da "verdade" em julho de 98, quando fui finalmente desassociado. Hoje, eu agradeço esse ancião, pois, se não fosse por ele, talvez eu ainda estivesse lá até hoje" d:4 para ele!!!!



Acredito que um erro que cometemos antes de sairmos, é justamente este: Vamos esfriando no campo, nas reuniões, vamos ficando "fracos espiritualmente" etc...
Isso é um prato cheio para toda a congregação, pois vão se afastando, não achando que temos um motivo plausível, ou vários motivos para nos afastarmos , mas, por estarmos "fracos espiritualmente". Acredito que isso precisa mudar. Percebeu que tá tudo errado, SAI FORA DE UMA VEZ! Essa atitude vai deixar muita gente com a pulga atrás da orelha. O que acham???
Avatar de usuário
Laura de Oliveira
Forista
Forista
 
Mensagens: 177
Data de registro: 07 Set 2013 14:36
Localidade: São Paulo

Re: Qual foi o seu "click"?

Nova mensagempor Carlos Felipe em 26 Out 2013 14:58

O meu ''click'' aconteceu quando eu questionei os anciãos sobre a questão da ''geração de 1914'' que não passaria antes de vir o Armagedom. Eu sempre fui um leitor exemplar de tudo, então, diferente de mais de 90% dos membros da minha ex-congregação, eu lia as publicações e as preparava para o campo. Pois bem, lendo aquela brochura, já ultrapassada e não mais editada (mas na época era uma das ofertas para ministério de campo), 'Eis que Faço Novas Todas as Coisas'' , de 1986, eu reparei no seguinte enxerto:

''Gostaria de viver no Paraíso? Se a sua resposta for ‘sim’, então ficará emocionado ao saber que, quando Jesus falou sobre o atual sistema atribulado e “o sinal” da sua iminente destruição, ele acrescentou: “Esta geração de modo algum passará até que todas estas coisas ocorram.” Pelo menos alguns da geração que presenciou o “princípio das dores de aflição” em 1914 estarão vivos para ver o Paraíso restaurado na terra. (Mateus 24:3-8, 34) No entanto, é um fato lastimável que a maioria das pessoas hoje em dia andam na estrada larga que conduz à destruição. (Mateus 7:13, 14) Resta pouco tempo para mudarem. Quão grato você pode ser de que Jeová proveu a tempo o aviso! Visto que Jeová quer que viva, ele o ajudará a dar os passos certos. — 2 Pedro 3:9; Ezequiel 18:23.'' (página 26, § 51).


Ora, pelo que esta publicação dizia, a Grande Tribulação teria, obrigatoriamente, que acontecer antes que o último membro ungido que estava vivo ou viva em 1914 morresse. Alguém que tivesse nascido em 1896 e, aos 18 anos, tivesse tornado-se Estudante da Bíblia em 1914, aos 18 anos, teria 90 anos em 1986, quando esta brochura foi publicada. Quantos seres humanos, principalmente aqui no Ocidente, levando um ritmo de vida agitado e sujeitos a muito estresse, poluição e agentes contaminantes, conseguem chegar aos 90 anos? Muito poucos, sem dúvida. Mas, ainda assim, isso é possível. Entretanto, em 2006, quando esta brochura foi reeditada, esta afirmação ainda estava lá. Alguém que tivesse nascido em 1896 já estaria morto em 2006 e, considerando-se os parcos Estudantes da Bíblia lá em 1914, as chances de um deles estarem vivos em 2006 era ainda mais remota. Pensando-se, ainda, que uma pessoa nascida no próprio ano de 1914 já estaria com 92 anos em 2006, esta afirmação não estava procedendo, meu raciocínio não conseguia processar esse dado com sendo verídico. Decidi conversar sobre isso com os anciãos da minha congregação, afinal, é dito, constantemente, que os anciãos lá estão para ajudar os irmãos a se manterem firmes na fé, sem dúvidas com relação à ''sã doutrina''. O que aconteceu, de fato? Nenhum deles foi capaz de me apresentar uma resposta aceitável para o meu questionamento, que foi o seguinte: ''Considerando-se que 1914 ficou para trás há mais de 90 anos e que os nascidos no final do século XIX e início do século XX já estão hoje, a vasta maioria, falecidos, por que o escravo fiel e discreto continua a sustentar que os da geração de 1914 não morrerão todos completamente antes da Grande Tribulação? Pelas estatísticas, hoje, em 2009 (quando eu conversei sobre isso com eles), não há mais ninguém vivo que, naquela época, tivesse idade suficiente para entender que a entronização de Cristo era simbolizada pela Grande Guerra. Já era para a Grande Tribulação ter ocorrido há muito tempo''. Dois anciãos prometeram que iriam fazer pesquisas e trazer as respostas para mim; nunca o fizeram. O ancião coordenador me disse: ''Jeová esclarecerá isso no tempo devido''. Respondi a ele que, se Jeová precisava esclarecer alguma coisa, então ele havia feito alguma afirmação equivocada ou havia mudado de ideia, mas a Bíblia diz, em Tito 1:2, que Deus não mente, e, em Malaquias 3:6, que ele não muda de ideia; logo, não era Jeová quem tinha que esclarecer alguma coisa. O ancião disse que precisávamos confiar em Jeová e não na nossa própria compreensão. Respondi a ele que aquilo não era minha própria compreensão e que era óbvio para qualquer um que soubesse o básico de leitura e interpretação de texto que a publicação declarava, sem rodeios, que ''os que estavam vivos em 1914 e tinham capacidade de entender o que havia acontecido naquele ano, em se tratando da verdade bíblica, não morreriam todos antes que a Grande Tribulação viesse''. Ele me disse para fazer mais estudo pessoal e oração e eu retruquei, dizendo que foi graças ao meu estudo pessoal que eu formulei aquela pergunta e que foi também no meu estudo pessoal que eu vi que é dever dos anciãos responder as dúvidas sinceras dos outros irmãos. Ele ficou sem mais argumentos a partir daquele ponto. Um outro ancião, um velho mesquinho, cruel e um homem calculista de negócios, apenas me disse: ''Não cabe a você contestar o escravo''. Respondi a ele: ''Não cabe a você me dizer o que fazer ou não em relação à minha sinceridade na fé. Não aceito os conselhos de um fariseu orgulhoso como você. E, se o escravo contradiz o Amo, acho que ele deve, sim, boas satisfações do que ele está fazendo". Não dando a ele o direito de retrucar com mais merda pela boca, fui embora. E, desde esse dia, fiquei com o pé atrás com relação à validade das doutrinas da Torre de Vigia e, principalmente, com relação à sua auto-afirmação de ser ''a única religião verdadeira'' que nunca erra nas doutrinas.
''Somos feitos de carne, mas temos de viver como se fôssemos de ferro.'' - Sigmund Freud
Avatar de usuário
Carlos Felipe
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 477
Data de registro: 20 Set 2013 10:11
Localidade: Rio Grande do Sul

AnteriorPróximo

Retornar para Depoimentos

Quem está online

Usuários vendo este fórum: The Brother e 18 visitantes