Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas : Depoimentos
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas

Depoimentos de ex-testemunhas de Jeová, cartas de dissociação e depoimentos sobre a vida pós Torre de Vigia. Aqui fala mais alto a sinceridade, o sentimento e muitas vezes os relatos nos impressionam pela falta de algo que mais as Testemunhas de Jeová dizem praticar: o amor ao próximo!
Fique a vontade para contar suas vivências

Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas

Nova mensagempor therussian em 18 Jul 2017 15:04

Boa tarde. Estive refletindo muito a respeito do comportamento das pessoas, em especial os infiltrados e dissidentes.
Vos falarei aqui de forma genérica, sem rótulos. Gostaria de saber vossas opiniões sobre meu posicionamento.

Do meu ponto de vista, há uma grande diferença entre enganar a organização religiosa Testemunhas de Jeová, e enganar e ferir as pessoas que gostam de você. Explicando melhor. Suponhamos a seguinte situação: você como infiltrado/dissidente não segue mais as regras que a torre impõe para seus membros. Na verdade você está pouco se lixando para o que ela pensa. E pode ser que por achar que o "espírito santo" não agirá e nem mudará nada, você pratique os "pecados" em secreto (até aí tudo bem. Todos são livres para realizarem o que quiserem). Mas suponha que estes pecados afetem emocionalmente, fisicamente e mentalmente pessoas que amam você, como por exemplo, seu cônjuge (não estamos aqui questionando a liberdade de escolha de alguém. Até porque já estive envolvida em situações das quais não me orgulho); você pararia para se perguntar se deveria fazer o que faz? Será que alguém que te ama tanto merece ser magoado e enganado assim como você faz com a jw.org? Se não houvesse mais amor por esta pessoa, assim como você deixou de amar a org, por que permanecer com ela e enganá-la? Não seria melhor seguir sua vida reduzindo danos ao coração dela?

Durante meus anos de organização e os anos os quais faço parte dos infiltrados, conheci muitos TJs, infiltrados e dissidentes que enganam pessoas que realmente gostam deles.

Cuide de quem ama você. Não faça alguém sofrer. Não engane e não finja sentimentos. Seja sincero, não com a torre, mas com pessoas.

Para mim, as pessoas que nos amam não deveriam ser afetadas pela nossa falta de fé na torre. Aprendi que caráter não tem nenhuma relação com religião. Praticar o bem não tem nenhuma relação com religião. Cuidar, amar e prezar por alguém não tem nenhuma relação com religião.

Se você demonstrava de forma sincera - caráter, bondade e amor - apenas quando acreditava na religião, então você nunca teve nada disso. Era apenas um ator fingindo ser o que não é, nunca foi e dificilmente será.

São meus pensamentos.

Abraços a todos. ;)
"É mais fácil enganar as pessoas do que convencê-las de que elas foram enganadas". - Mark Twain
therussian
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 44
Data de registro: 11 Mai 2017 21:37
Localidade: Distrito Federal

Re: Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas

Nova mensagempor feliciapink em 18 Jul 2017 15:47

Deixa eu vê se entendi.
É um assunto bem delicado. Vou falar por mim assim como vc teve sua opinião.
Muitos infiltrados que tem família na torre sofrem e muito pela atual situação que vivem. Quem tem cônjuge " E O AMA" (desculpe a caixa alta, muito mais. Não é por que é casamento com tj que de tudo seja uma bosta. Tudo bem que a maioria até pode reclamar dos seus casamentos. O meu eu posso garantir que não é. Ok, que agora meu marido é bem mais fraco e não esquenta pra muita coisa, isso ajuda, apesar dele ter fé ainda. Vejo muitos relatos aqui de foristas que tem família, seu cônjuge, e por amor muito grande lutam pra seus relacionamentos durarem na paz sem a interferência da torre. Mesmo sendo infiltrados. Se precisam fingir ou não, não nos cabe nenhum julgamento. Cada um sabe de si. Muitos aqui relatam que lutam por isso. Pelo menos se não conseguirem despertar o parceiro, tenta viver bem da melhor maneira. Ou seja não usam o fato de terem descoberto os podres da torre pra como desculpa pra dá um pé na bunda do seu cônjuge crente. Isso não pode ser usado como desculpa. Se não gosta mais do cônjuge e não quer ficar mais com ele, não por desculpa da torre mas pq já não sente mais nada a muito tempo e nem tesão , então abra o jogo.
Se a situação ficar insustentável, mesmo com amor mas a torre for o grande mal, aí o melhor é cada um fazer
o outro feliz um longe do outro e acaba o sofrimento. Se o problema for outros membros da família, cabe somente a pessoa avaliar se suportaria ou não o afastamento. Somente cada um que vive essa situação é que pode avaliar.
O fato de ser infiltrado, tendo cônjuge ou não, não quer dizer que vc tenha vida dupla, e saia aprontando, virar porra louca por debaixo da cortina e caso até esteja sendo, tbm não nos cabe julgar.
Enfim, como resumo, cada um sabe onde o calo aperta.
Avatar de usuário
feliciapink
Forista
Forista
 
Mensagens: 661
Data de registro: 02 Fev 2015 07:47
Localização: não quero dizer
Localidade: Não quero responder

Re: Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas

Nova mensagempor therussian em 18 Jul 2017 15:54

feliciapink escreveu:Deixa eu vê se entendi.
Se não gosta mais do cônjuge e não quer ficar mais com ele, não por desculpa da torre mas pq já não sente mais nada a muito tempo e nem tesão , então abra o jogo.

O fato de ser infiltrado, tendo cônjuge ou não, não quer dizer que vc tenha vida dupla, e saia aprontando, virar porra louca por debaixo da cortina e caso até esteja sendo, tbm não nos cabe julgar.
Enfim, como resumo, cada um sabe onde o calo aperta.


Isso. O que eu quis dizer não foi sobre esconder ser infiltrado ou dissidente.
Falo de alguém ser isso e virar porra louca como você disse, começar a aprontar e etc. Porque do meu ponto de vista, se for pra você levar uma vida de sacanagem enquanto tem alguém que te ama e acredita em você.. melhor você abrir o jogo e ficar sozinho.

Mas claro que não cabe a ninguém julgar. Todos sabem o que se passa em sua vida. :D1
"É mais fácil enganar as pessoas do que convencê-las de que elas foram enganadas". - Mark Twain
therussian
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 44
Data de registro: 11 Mai 2017 21:37
Localidade: Distrito Federal

Re: Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas

Nova mensagempor T.I.T.J em 18 Jul 2017 15:57

Eu concordo, mas tenho que dizer que isso não acontece só com infiltrados ou dissidentes, mas com TJ que não tem nada haver com a dissidência...
"Por vezes as pessoas não querem ouvir a verdade porque não desejam que as suas ilusões sejam destruídas".
Friedrich Nietzsche
T.I.T.J
Forista
Forista
 
Mensagens: 516
Data de registro: 29 Ago 2016 21:24
Localidade: São Paulo

Re: Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas

Nova mensagempor feliciapink em 18 Jul 2017 16:00

therussian escreveu:
feliciapink escreveu:Deixa eu vê se entendi.
Se não gosta mais do cônjuge e não quer ficar mais com ele, não por desculpa da torre mas pq já não sente mais nada a muito tempo e nem tesão , então abra o jogo.

O fato de ser infiltrado, tendo cônjuge ou não, não quer dizer que vc tenha vida dupla, e saia aprontando, virar porra louca por debaixo da cortina e caso até esteja sendo, tbm não nos cabe julgar.
Enfim, como resumo, cada um sabe onde o calo aperta.


Isso. O que eu quis dizer não foi sobre esconder ser infiltrado ou dissidente.
Falo de alguém ser isso e virar porra louca como você disse, começar a aprontar e etc. Porque do meu ponto de vista, se for pra você levar uma vida de sacanagem enquanto tem alguém que te ama e acredita em você.. melhor você abrir o jogo e ficar sozinho.

Mas claro que não cabe a ninguém julgar. Todos sabem o que se passa em sua vida. :D1


Exatamente, até pq se a pessoa tentar viver uma vida dupla, mas tentando esconder, não adianta, pq a verdade vai aparecer em algum momento. Sera muito pior pra outra pessoa descobrir. A mágoa será maior. Melhor se afastar abrindo o jogo, sem deixar essa mágoa pra atrás .
Avatar de usuário
feliciapink
Forista
Forista
 
Mensagens: 661
Data de registro: 02 Fev 2015 07:47
Localização: não quero dizer
Localidade: Não quero responder

Re: Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas

Nova mensagempor therussian em 18 Jul 2017 16:01

T.I.T.J escreveu:Eu concordo, mas tenho que dizer que isso não acontece só com infiltrados ou dissidentes, mas com TJ que não tem nada haver com a dissidência...


Sim. Eu sei rsrs. Mencionei isto no que eu disse.

therussian escreveu:Durante meus anos de organização e os anos os quais faço parte dos infiltrados, conheci muitos TJs, infiltrados e dissidentes que enganam pessoas que realmente gostam deles.
"É mais fácil enganar as pessoas do que convencê-las de que elas foram enganadas". - Mark Twain
therussian
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 44
Data de registro: 11 Mai 2017 21:37
Localidade: Distrito Federal

Re: Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas

Nova mensagempor T.I.T.J em 18 Jul 2017 16:06

therussian escreveu:
T.I.T.J escreveu:Eu concordo, mas tenho que dizer que isso não acontece só com infiltrados ou dissidentes, mas com TJ que não tem nada haver com a dissidência...


Sim. Eu sei rsrs. Mencionei isto no que eu disse.

therussian escreveu:Durante meus anos de organização e os anos os quais faço parte dos infiltrados, conheci muitos TJs, infiltrados e dissidentes que enganam pessoas que realmente gostam deles.


Foi mal! Esqueci a vírgula na sua frase! Jurava que tinha lido TJ infiltrado sem a vírgula.
"Por vezes as pessoas não querem ouvir a verdade porque não desejam que as suas ilusões sejam destruídas".
Friedrich Nietzsche
T.I.T.J
Forista
Forista
 
Mensagens: 516
Data de registro: 29 Ago 2016 21:24
Localidade: São Paulo

Re: Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas

Nova mensagempor Lehh em 18 Jul 2017 16:21

Olá, amiga

Gostei muito do seu tópico.


Com certeza, não acreditar mais nos ensinos de uma religião,e em alguns casos, não acreditar na Bíblia e até em Deus, não deve ser usado como motivo para ferir os sentimentos dos outros. Isso pode levar a pessoa a confundir com não ter valores morais, e já que não tem mais compromisso com a religião, não tem esses valores, então, tudo bem fazer o que quiser e não levar os outros em consideração. Não é assim né.

Tem gente que sai da torre e vai enfiando o pé na jaca, igual aqueles cachorros que nunca foram para a rua quando vê o portão aberto. Sai cagando por todo lado. (já vi muito disso)


Eu também já reparei nisso que você está dizendo, alguns, após deixarem e crer na religião, acham que podem trair, enganar. mentir, etc.. não se importando se está ferindo os sentimentos dos outros.


A questão do casamento, já vi pessoas reclamarem do casamento e ao se tornarem dissidentes achar que podem ter relacionamentos extraconjugais e até culpar o cônjuge pelo comportamento, afirmando que a outra pessoa é bitolada, não está disposta a experimentar outras coisas, etc..
Mas, afinal... não é melhor avaliar se vale a pena continuar o casamento? e se for o caso, romper o compromisso e ter liberdade?

Esta é uma questão de ser sincero consigo mesmo. Não estou julgando ninguém, sei que cada um tem os seus "motivos" para a maneira como age. Mas ferir os sentimentos de alguém definitivamente não é legal.


Isso não vela apenas para cônjuge, mas para outros membros da família, como respeitar os pais e agir de forma honesta em diversas outras situações.

Eu prefiro jogar limpo, mas não posso ter certeza de que os outros agirão assim comigo, portanto, sei que alguém poderá me ferir em alguma momento da vida. Eu também estou sujeita a cometer erros, mas prefiro reconhecer e abrir o jogo logo.


Cada situação é uma situação, não dá para julgar todo mundo, mas em algumas situações é questão de caráter.
"Pensei o quanto desconfortável é ser trancado do lado de fora; e pensei o quanto é pior, talvez, ser trancado no lado de dentro"-
Virginia Woolf
Avatar de usuário
Lehh
Forista
Forista
 
Mensagens: 1200
Data de registro: 09 Fev 2017 14:03
Localidade: Não quero responder

Re: Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas

Nova mensagempor Dr. Schultz em 18 Jul 2017 16:32

Enganar alguém que te ama ou que se importa com vc é uma bosta sendo TJ ou não. Enganar não é legal.

De certa forma muitos aqui levam uma vida dupla, ou seja, não podem contar as pessoas queridas da sua vida que tem contato com apóstatas por meio de um fórum e trocam ideias, etc. Para uma pessoa bitolada isso já daria margem para desconfiar de uma traição. É o meu caso por exemplo.

Me sinto mal por enganar dessa forma minha esposa, mas eu não traio ela, não saio com outras mulheres ou homens, não tenho um caso. Mas sim tenho consciência que a estou enganando e me sinto mal. E aí? Sou condenável ou não?

Ela sabe que não acredito mais em nada dessa seita, sabe que quero sair. Eu procuro tratá-la muito bem pq a amo e sei que ela me ama (bitolada ou não, me ama). Mas estou de certa forma tendo uma vida dupla...

é um assunto muito complexo e não dá pra ser taxativo.

Acho que tem níveis diferentes de "enganação". Uns são justificáveis, outros não.
Avatar de usuário
Dr. Schultz
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 782
Data de registro: 05 Fev 2016 08:54
Localidade: Não quero responder

Re: Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas

Nova mensagempor therussian em 18 Jul 2017 16:53

Lehh escreveu:
Eu prefiro jogar limpo, mas não posso ter certeza de que os outros agirão assim comigo, portanto, sei que alguém poderá me ferir em alguma momento da vida. Eu também estou sujeita a cometer erros, mas prefiro reconhecer e abrir o jogo logo.


Cada situação é uma situação, não dá para julgar todo mundo, mas em algumas situações é questão de caráter.


Falou tudo, moça inteligente! Cada caso é um caso. E infelizmente podemos ter certeza da forma que nós mesmos agiremos, mas não sobre os outros, que são imprevisíveis.
"É mais fácil enganar as pessoas do que convencê-las de que elas foram enganadas". - Mark Twain
therussian
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 44
Data de registro: 11 Mai 2017 21:37
Localidade: Distrito Federal

Re: Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas

Nova mensagempor therussian em 18 Jul 2017 16:56

Dr. Schultz escreveu:Enganar alguém que te ama ou que se importa com vc é uma bosta sendo TJ ou não. Enganar não é legal.

De certa forma muitos aqui levam uma vida dupla, ou seja, não podem contar as pessoas queridas da sua vida que tem contato com apóstatas por meio de um fórum e trocam ideias, etc. Para uma pessoa bitolada isso já daria margem para desconfiar de uma traição. É o meu caso por exemplo.

Me sinto mal por enganar dessa forma minha esposa, mas eu não traio ela, não saio com outras mulheres ou homens, não tenho um caso. Mas sim tenho consciência que a estou enganando e me sinto mal. E aí? Sou condenável ou não?

Ela sabe que não acredito mais em nada dessa seita, sabe que quero sair. Eu procuro tratá-la muito bem pq a amo e sei que ela me ama (bitolada ou não, me ama). Mas estou de certa forma tendo uma vida dupla...

é um assunto muito complexo e não dá pra ser taxativo.

Acho que tem níveis diferentes de "enganação". Uns são justificáveis, outros não.


Imagino que você se sinta mal. Mas achei uma parte do seu comentário que pode fazer a diferença.

"Ela sabe que não acredito mais em nada dessa seita, sabe que quero sair."

Tive um namorado infiltrado quando eu ainda acreditava na torre. Ele não sabia que eu sabia, mas eu sabia rsrs. Não senti-me enganada. Mulher sabe, sempre sabe rsrs.

Parabéns por amá-la. O amor de verdade independe de tudo isso. E espero que consiga lidar bem com seus sentimentos. :D2
"É mais fácil enganar as pessoas do que convencê-las de que elas foram enganadas". - Mark Twain
therussian
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 44
Data de registro: 11 Mai 2017 21:37
Localidade: Distrito Federal

Re: Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas

Nova mensagempor expat em 18 Jul 2017 17:20

Assunto bastante interessante. Embora concorde que mesmo não acreditando na torre não devemos magoar as pessoas que nos amam (ou pelo menos devemos tentar), penso que é um assunto que entra muito no lado pessoal, visto que isto abrange uma gama gigante de situações e casos específicos de cada um. Como no exemplo citado acima sobre um conjuge que se torna dissidente/afastado, realmente não justifica sair por ai caçando relações extra conjugais, independente do que acontece dentro do seu casamento tj.

Mas analisemos por exemplo o caso de um(a) jovem e pela mesma perspectiva do "pecado fornicação". Seria justo este(a) jovem ainda que dissidente/afastado(a) não acreditando em mais nada da torre, ainda assim se abster de sexo, "somente porque isso magoaria seus pais e familiares" caso eles descobrissem?

Ambos os casos se enquadram em "enganar as pessoas".

Enfim...é bastante pessoal e acho que isso deve ser avaliado com base no que é considerado moral ou não por cada um. Tem coisas que são imorais em qualquer religião, como o adultério. Já o sexo antes do casamento é passado por alto por outras.

Não precisamos sair por ai esfregando na cara dos tj o que "fazemos de errado", mas não precisamos também ficar reprimidos por aquilo que não acreditamos mais.
Editado pela última vez por expat em 18 Jul 2017 17:24, num total de 1 vezes
Na vida, não existe nada a temer, mas a entender (Marie Curie)
expat
Forista
Forista
 
Mensagens: 148
Data de registro: 16 Jun 2016 21:05
Localidade: Não quero responder

Re: Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas

Nova mensagempor Girlboss2 em 18 Jul 2017 17:21

Eu por exemplo, sou infiltrada. Isso não me alegra nem um pouco. Me sinto mal em ter que fingir que ainda acredito em Jeová, na Torre e em tudo o que eu aprendi. Mais por que faço isso? Pq não quero ferir a pessoa que mais amo nesse mundo.(Entre outros motivos) Por enquanto tenho que ir empurrando com a barriga. Infelizmente quem é infiltrado tem que de certa forma enganar,não por prazer, mais necessidade. Diferente de alguns tjs,e infiltrados... que mente e engana pessoas inocentes e também vitimas da torre por prazer ou para tirar alguma vantagem.

Uma coisa é querer enganar a Torre outra coisa é querer bancar o (a) esperto (a) e enganar as pessoas.
O crescimento dói.
A mudança dói.
Mas nada vai doer mais do que passar uma vida inteira preso em um lugar que te faz mal.
Girlboss2
Forista
Forista
 
Mensagens: 227
Data de registro: 26 Mar 2017 22:33
Localidade: Não quero responder

Re: Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas

Nova mensagempor Ancião Brasileiro em 18 Jul 2017 17:21

Olá menina que foi despejada da Russia! ( Menina, porque certamente sou bem mais velho que você)
Sinto-me envergonhado de comentar sobre o assunto. Não quero parecer hipócrita. Logo Eu! Que sou tão bandido!
Você tocou em assuntos complexos mas acho que foi um tópico fantástico. Mesmo sendo o mais indicado, por favor, deixa, eu participar também.

Entendo o que está querendo dizer. Vejo dor em suas palavras.
Existe um sentimento de revolta que toma conta de "alguns" que despertam da TORRE. Eles ficam endurecidos com o poder enganoso do pecado, que suas frustrações doutrinais, catalisam ações impensadas. Alguns perdem o senso do que certo ou errado. O apostolo Paulo nos disse de uma luta interna dentro da gente, de fazer o bem ou mal, onde o que é ruim prevalece. As vezes nos encontramos numa fase transitória onde entregar-se ao que é errado parece ser uma recompensa ao nosso próprio sofrimento. Isso alimenta nosso egoismo. Somos nossos próprios juízes daquilo que é certo ou errado. Mas quando nossas escolhas afetam o que os outros sentem pela gente isso nunca será realmente CERTO.

Nós dissidentes precisam tomar muito cuidado com a DICOTOMIA. [Dicotomia é a divisão de um elemento em duas partes, em geral contrárias, como a noite e o dia, o bem e o mal, o preto e o branco, o céu e o inferno etc. Com origem no grego dikhotomía, uma dicotomia indica uma classificação que é fundamentada em uma divisão entre dois elementos.]
Na verdade todos temos que tomar cuidado com essa bipolaridade emocional. Alimentar por muito tempo uma vida dupla, mesmo com boas motivações pode ter efeito destruidor sobre nossa real personalidade. Podemos perder a capacidade de resgate e nos tornarmos dissimulados. Cínicos e descarados. Muita coisa está relacionada ao caráter mas ninguém nasce mau.

É profundamente lamentável quando alguém se comporta indecentemente com AMOR. A maior riqueza na vida é ser amado. Acho que até hoje não sei o que isso, pois condicionei minha relação afetiva a procedimentos religiosos. Meu sucesso como homem e valor como pessoa está amarrado as minhas qualificações como TJ. Por isso minha esposa ama o irmão A.B e não a pessoa que está por trás dela. Sei que no dia que ela descobrir quem eu sou por completo vai mostrar o que tens no coração.

Jamais falte com a verdade a alguém que te ama profundamente. Trair, enganar, dissimular e usar. Não há perdão para isso e nem mesmo a decepção doutrinal deve ser desculpa para um modo de vida desenfreado. Um caminhão sem freios. Destruindo a todos. Se alimentando do próprio desejo. Ninguém tem o direito de ferir um coração. Ainda mais se dentro dele estiver cheio de amor.

Acho que algumas vezes a punição oferecida pela jw.org é um limite para ações desprovidas de amor. Mesmo essas sentenças, não sendo protoladas, pelo juiz MAIOR do universo, refletem o senso de justiça que precisamos. Quando passamos a viver sem limites os resultados são tempestuosos.

Querida Russian, observe que pessoas assim, ficam sozinhas para sempre, possuem uma vida cheia de decepções, o tempo vai passando, vão envelhecendo e a alimentação de seus desejos egoístas, os fazem perder a oportunidade de provar do verdeiro Amor. Não desista de AMAR!

Um cheiro

A.B
Avatar de usuário
Ancião Brasileiro
Troll desativado
 
Mensagens: 644
Data de registro: 13 Mar 2013 01:23

Re: Enganar a Torre Vs. Enganar as pessoas

Nova mensagempor kooboo em 18 Jul 2017 17:58

therussian escreveu:Boa tarde. Estive refletindo muito a respeito do comportamento das pessoas, em especial os infiltrados e dissidentes.
Vos falarei aqui de forma genérica, sem rótulos. Gostaria de saber vossas opiniões sobre meu posicionamento.

Do meu ponto de vista, há uma grande diferença entre enganar a organização religiosa Testemunhas de Jeová, e enganar e ferir as pessoas que gostam de você. Explicando melhor. Suponhamos a seguinte situação: você como infiltrado/dissidente não segue mais as regras que a torre impõe para seus membros. Na verdade você está pouco se lixando para o que ela pensa. E pode ser que por achar que o "espírito santo" não agirá e nem mudará nada, você pratique os "pecados" em secreto (até aí tudo bem. Todos são livres para realizarem o que quiserem). Mas suponha que estes pecados afetem emocionalmente, fisicamente e mentalmente pessoas que amam você, como por exemplo, seu cônjuge (não estamos aqui questionando a liberdade de escolha de alguém. Até porque já estive envolvida em situações das quais não me orgulho); você pararia para se perguntar se deveria fazer o que faz? Será que alguém que te ama tanto merece ser magoado e enganado assim como você faz com a jw.org? Se não houvesse mais amor por esta pessoa, assim como você deixou de amar a org, por que permanecer com ela e enganá-la? Não seria melhor seguir sua vida reduzindo danos ao coração dela?


The Russian,

Interessante sua abordagem, mas seria melhor ser mais específico.
Quando você diz "você pratique os "pecados" em secreto" isso pode ser tanta coisa...
Vamos pegar uma situação hipotética em que um infiltrado esteja casado com uma TJ, e ele a traia - Que fique claro, nunca vi ninguém aqui endossar/aprovar esse tipo de comportamento.
O que geralmente vejo de incentivos por aqui é no sentido de - toque a tua vida e busque a tua liberdade, busque a harmonia, tente abrir a mente do outro, respeite para ser respeitado - geralmente vamos nessa linha.
Se a pessoa quer aprontar pecados do tipo - roubar, matar, enganar, trair... ops, não vejo ninguém endossando isso.

Agora, o que poderiam ser outros pecados perante a torre - Uma pessoa solteira que quer namorar alguém do mundo - Ok, todo mundo é livre e não vejo erro nisso.
Ou um filho de família TJ que quer mudar de cidade, fazer faculdade, namorar e ter uma vida normal - isso seria um pecado perante a torre, mas não vemos mal nisso.

Sempre incentivamos que a pessoa busque sua auto suficiencia e liberdade. Que tente viver em paz.

Pecados? - Bom, há quem minta no relatório, há quem diga que vai pro campo e vai pra praia...

Mas seria melhor você definir o que são pecados.
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 12022
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22
Localidade: Minas Gerais

Próximo

Retornar para Depoimentos

Quem está online

Usuários vendo este fórum: M.Gandhi, Morrison, Ronildo Araujo, servosolitario, TJ Curioso, Wesley MF e 39 visitantes