Meu defeito : Depoimentos
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


Meu defeito

Depoimentos de ex-testemunhas de Jeová, cartas de dissociação e depoimentos sobre a vida pós Torre de Vigia. Aqui fala mais alto a sinceridade, o sentimento e muitas vezes os relatos nos impressionam pela falta de algo que mais as Testemunhas de Jeová dizem praticar: o amor ao próximo!
Fique a vontade para contar suas vivências

Meu defeito

Nova mensagempor Arlequina em 19 Abr 2017 09:14

Olá amigos!

Desde bem jovem fui doutrinada dentro da ideologia torreana. E tem sido uma luta libertar-me de tantas ideias sobre o certo e o errado, sobre as pessoas e sobre o mundo.
Quando estamos lá dentro acreditamos que renunciar a nós mesmos, abandonar nossos sonhos, abrir mão de desejos e vontades é a coisa certa a fazer. Pensamos na recompensa, em agradar a Deus,em contribuir para o bem comum, um bem maior.
Às primeira vista pode parecer " bonitinho" ir à uma reunião, assembleia ou congresso e ver toda esta "harmonia". Vemos pessoas bem vestidas, sorridentes; crianças em sua maioria bem comportadas, homens e mulheres aparentemente bem educados e felizes.
Mas isto é real? Não, nada disto é real.
Os sentimentos, as atitudes, a maneira de se vestir, tudo segue um padrão. Em dados momentos comparo a "educação" recebida pelos adeptos com a educação tecnicista, que tem por objetivo neste caso, "formar" bons vendedores, repetidores de informações e padrões.
É....Acordar dói.O mundo de fantasias, o reino encantado...É só uma história que contaram para você e que você qual criança acreditou e tornou real.
Até o simples ato de imaginar é condicionado. Quantas vezes ouvir dizerem:" imagine-se no paraíso","imagine a ressurreição", imagine, imagine e imagine...mas sem liberdade de criação.
Viver dentro das caixa é ser moldado para ser igual. Num mundo onde as diferenças são valorizadas, a torre anda no sentido oposto. Cria pessoas vazias, intolerantes e arrogantes. Que acreditam que apenas sua visão de mundo é a certa e que todo o resto não presta. O " resto" só serve se também aceitar o condicionamento. Caso contrário não é considerado digno de viver.
Como permiti que meu "eu" fosse por todos estes anos soterrado, sufocado e esmagado?
Apesar de todo empenho para detê-lo ele luta,grita, implora para ser libertado. E eu hei de libertá-lo.
Sei que há um preço alto a se pagar por isto.
Mas é um preço que vejo como um investimento e uma indenização por todos estes anos onde o meu verdadeiro eu foi aprisionado. Como se estivesse errado. Foi punido injustamente.
Quem me tornarei?
Não sei. Sei que tenho valores e princípios. Quero fazer o bem, demonstrar e receber amor verdadeiro, ter atitudes não programadas.
A caixa é apertada e escura.
Eu não passarei no controle de qualidade da empresa.
Eu tenho um defeito. Sou diferente. Tenho orgulho em ser diferente!

Que vocês meus amigos também tenham orgulho de serem quem são. Que enriqueçam este mundo com suas características únicas.
Valorizem a si mesmos.
Lutem por vocês!
A tradição de todas as gerações mortas oprime como um pesadelo o cérebro dos vivos.
-MARX
Avatar de usuário
Arlequina
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 771
Data de registro: 03 Jan 2017 12:34
Localidade: Não quero responder

Re: Meu defeito

Nova mensagempor Estrangeiro em 19 Abr 2017 09:35

Olá Prior Dissidente,
Quanto a doutrinação, lembro-me que na reunião ultra mega especial que foi dita que a pregação é mais importante que o resgate.
Em minha frente, havia a esposa de um ancião (zelosa e até mesmo inteligente), quando o orador perguntou se a pregação era mais importante que o resgate, ela balançou a cabeça em sinal de negação, ai em seguida o proprio orador responder que sim; está irmã ainda estava balançando a cabeça negando, imediatamente balançou a cabeça que sim, dando a entender que estava certa daquilo.
Pensei, PQP, como uma pessoa pode mudar a doutrina que acredita a anos em 3 segundos? Só pq alguém falou?
Ai confirmei mesmo que as TJs não pensam, apenas obedecem....
Triste isso.
“Eu me sinto um estrangeiro, Passageiro de algum trem, Que não passa por aqui, Que não passa de ilusão”
Avatar de usuário
Estrangeiro
Forista
Forista
 
Mensagens: 352
Data de registro: 14 Mar 2017 18:10
Localidade: Não quero responder

Re: Meu defeito

Nova mensagempor Mocorongo em 19 Abr 2017 10:54

Conheço a sua causa.
Todavia, neste dia quero explorar o outro lado. quero clamar ao grupo e lhe dizer, com todo o afeto; 'PARABÉNS A VOCÊ!!!"
Há pouquíssimos anos, você chegou a este nosso planetinha com uma finalidade, embora você (e ninguém) pudesse saber, àquela época. E qual seria esta finalidade? LUTAR PARA SER FELIZ! Hoje você completa mais uma voltinha em torno do sol. Que esta luta seja permanente em sua vida. Sabemos, e você sabe muitíssimo bem, que muitos espinhos existem nessa árdua caminhada. Mas você está conseguindo contorná-los. Em alguns momentos, você teve a dúvida: valerá a pena? Deu vontade de se entregar, de desistir... mas com isso você estaria dizendo aos seus algozes: "vocês venceram!". Todavia, felizmente, ficou só na vontade. Você deu a volta por cima. Mostrou ser guerreira. Mostrou que, quando temos a ética, a moral... nenhum torpedo lançado por aqueles que se julgam "representantes do Criador" seria capaz de derrubá-la. Você tem o direito e o dever de ser feliz!
Que neste dia, você possa refletir... chegará, com certeza a conclusão que está valendo muito a pena esta caminhada. E valerá muito mais ainda!
Comemore o seu dia. Você é especial. Você pode até não ser melhor ou pior que "aqueles". Você é diferente. E isso é o que basta.
Mande às favas a ideia que não se deve comemorar aniversários. Deve sim. Isso é comemorar a vida, dádiva de um ser supremo.
Meu afetuoso abraço e os desejos que você tenha uma vida plena e repleta de felicidade. SEJA FELIZ!!!

FELIZ ANIVERSÁRIO!!! m:4 :D1 d:5 m:4 m:4 m:4
Mocorongo
Forista
Forista
 
Mensagens: 488
Data de registro: 28 Jan 2015 16:24
Localidade: Não quero responder

Re: Meu defeito

Nova mensagempor BrunoBernardes em 19 Abr 2017 11:02

Prior Dissidente escreveu:Olá amigos!

Desde bem jovem fui doutrinada dentro da ideologia torreana. E tem sido uma luta libertar-me de tantas ideias sobre o certo e o errado, sobre as pessoas e sobre o mundo.
Quando estamos lá dentro acreditamos que renunciar a nós mesmos, abandonar nossos sonhos, abrir mão de desejos e vontades é a coisa certa a fazer. Pensamos na recompensa, em agradar a Deus,em contribuir para o bem comum, um bem maior.
Às primeira vista pode parecer " bonitinho" ir à uma reunião, assembleia ou congresso e ver toda esta "harmonia". Vemos pessoas bem vestidas, sorridentes; crianças em sua maioria bem comportadas, homens e mulheres aparentemente bem educados e felizes.
Mas isto é real? Não, nada disto é real.
Os sentimentos, as atitudes, a maneira de se vestir, tudo segue um padrão. Em dados momentos comparo a "educação" recebida pelos adeptos com a educação tecnicista, que tem por objetivo neste caso, "formar" bons vendedores, repetidores de informações e padrões.
É....Acordar dói.O mundo de fantasias, o reino encantado...É só uma história que contaram para você e que você qual criança acreditou e tornou real.
Até o simples ato de imaginar é condicionado. Quantas vezes ouvir dizerem:" imagine-se no paraíso","imagine a ressurreição", imagine, imagine e imagine...mas sem liberdade de criação.
Viver dentro das caixa é ser moldado para ser igual. Num mundo onde as diferenças são valorizadas, a torre anda no sentido oposto. Cria pessoas vazias, intolerantes e arrogantes. Que acreditam que apenas sua visão de mundo é a certa e que todo o resto não presta. O " resto" só serve se também aceitar o condicionamento. Caso contrário não é considerado digno de viver.
Como permiti que meu "eu" fosse por todos estes anos soterrado, sufocado e esmagado?
Apesar de todo empenho para detê-lo ele luta,grita, implora para ser libertado. E eu hei de libertá-lo.
Sei que há um preço alto a se pagar por isto.
Mas é um preço que vejo como um investimento e uma indenização por todos estes anos onde o meu verdadeiro eu foi aprisionado. Como se estivesse errado. Foi punido injustamente.
Quem me tornarei?
Não sei. Sei que tenho valores e princípios. Quero fazer o bem, demonstrar e receber amor verdadeiro, ter atitudes não programadas.
A caixa é apertada e escura.
Eu não passarei no controle de qualidade da empresa.
Eu tenho um defeito. Sou diferente. Tenho orgulho em ser diferente!

Que vocês meus amigos também tenham orgulho de serem quem são. Que enriqueçam este mundo com suas características únicas.
Valorizem a si mesmos.
Lutem por vocês!


Parabéns Prior e com direito a muitas :D2 :D2 :D2

Esplendido! Vou guardar esse texto, parabéns Prior.

Sim resgatemos quem realmente somos.

No dia em que parei de estudar com meu ex instrutor eu sonhei que estava voando muito alto e foi um sonho muito real.

phpBB [video]
Resposta padrão para agradar a todos: "Tavez" sim "talvez" não.
O que esta oculto cria um certo interesse, o que é revelado apaga o brilho.
Não me iludo, tudo permanecerá do jeito que tem sido (Gilberto Gil ).
Avatar de usuário
BrunoBernardes
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 1704
Data de registro: 29 Jul 2016 17:21
Localidade: Não quero responder

Re: Meu defeito

Nova mensagempor Insubmissa em 19 Abr 2017 11:57

Seu defeito é o mesmo meu e de todos aqui. Na realidade não é um defeito e sim uma virtude! Continue lutando por sua libertação. Posso te garantir que todas as consequências valem a pena. Beijos querida.
Quando você duvida do seu poder, dá poder às suas dúvidas!!
Avatar de usuário
Insubmissa
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 39
Data de registro: 07 Abr 2017 13:48
Localidade: Não quero responder

Re: Meu defeito

Nova mensagempor kooboo em 19 Abr 2017 12:19

Prior Dissidente escreveu:É....Acordar dói.O mundo de fantasias, o reino encantado...É só uma história que contaram para você e que você qual criança acreditou e tornou real.
Até o simples ato de imaginar é condicionado. Quantas vezes ouvir dizerem:" imagine-se no paraíso","imagine a ressurreição", imagine, imagine e imagine...mas sem liberdade de criação.
Viver dentro das caixa é ser moldado para ser igual. Num mundo onde as diferenças são valorizadas, a torre anda no sentido oposto. Cria pessoas vazias, intolerantes e arrogantes. Que acreditam que apenas sua visão de mundo é a certa e que todo o resto não presta. O " resto" só serve se também aceitar o condicionamento. Caso contrário não é considerado digno de viver.
Como permiti que meu "eu" fosse por todos estes anos soterrado, sufocado e esmagado?
Apesar de todo empenho para detê-lo ele luta,grita, implora para ser libertado. E eu hei de libertá-lo.
Sei que há um preço alto a se pagar por isto.
Mas é um preço que vejo como um investimento e uma indenização por todos estes anos onde o meu verdadeiro eu foi aprisionado. Como se estivesse errado. Foi punido injustamente.
Quem me tornarei?
Não sei. Sei que tenho valores e princípios. Quero fazer o bem, demonstrar e receber amor verdadeiro, ter atitudes não programadas.
A caixa é apertada e escura.
Eu não passarei no controle de qualidade da empresa.
Eu tenho um defeito. Sou diferente. Tenho orgulho em ser diferente!



Seus defeitos ---- Observar, pensar, tirar conclusões e discordar!

Discordar na torre é sinônimo de rebeldia (peraí, vou pegar a bíblia e ler sobre Arão e Miriã, lembra irmã, que Jeová matou a maior galera no deserto por discordarem da liderança de Moisés?) - Pois é, não se pode discordar!
Ah, Satanás também é rebelde!

E se esquecem que Abraão discordou e bateu boca com Jeová. E conseguiu até convencê-LO do contrário!
Né?

Realmente, ali não é lugar para quem pensa e conclui racionalmente outras coisas. Prior, estou na torcida por você!
No final sempre dá certo, se não deu certo, é porque ainda não chegou no final.
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 11761
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22
Localidade: Minas Gerais

Re: Meu defeito

Nova mensagempor Agnostico Reverente em 19 Abr 2017 12:51

Prior Dissidente escreveu:Eu não passarei no controle de qualidade da empresa.
Eu tenho um defeito. Sou diferente. Tenho orgulho em ser diferente!


É minha cara divergente, eu nunca fiz juz a esse controle de qualidade também. Nunca fui de riscar a revistinha Sentinela, mesmo quando ancião. Não via sentido naquilo. Dia desses minha esposa estava preparando a revista com meu filhinho, e ele protestou: "Pra quê isso? ficar preparando e grifando isso aqui e chegar lá no Salão e estudar a mesma coisa de novo". Eu não disse nada. Apenas dei um sorrisinho, pensando "Ahhh Moleque, puxou o pai, kkkk". Tadinho, ele também não vai conseguir se adequar a esse rigoroso controle de qualidade.

Só contribuindo um pouquinho com o teu tópico, há 2 anos atrás, ao despertar da Matrix, tive uma breve correspondência com o pessoal do Mentes Bereanas, e postarei aqui parte dessa conversa que tem muito a ver com a padronização que você se refere:

EQUILIBRIUM
Há algum tempo atrás, antes de tudo isso ocorrer, eu estava assistindo o filme Equilibrium, com Christian Bale, que conta uma ficção futurista, onde ninguém podia expressar emoções,
nem falar o que estava sentindo, pois um regime totalitário alegava que assim seria melhor para a paz mundial, e dessa forma manipulava a todos.
Senti um frio na espinha ao assistir o filme e não pude deixar de perceber os paralelos entre o regime do Tetragramatom (apenas coincidência esse nome?) e a imposição da maneira de pensar e de agir da Sociedade da Torre de Vigia a nós membros.
Eu me vi na situação do filme e pensei: "Caramba, que comunidade é essa em que eu vivo, onde você não pode expressar o que pensa, e nem o que sente?".
E uma das coisas em que eu mais me orgulhava das Testemunhas de Jeová, que é a união na maneira de pensar, um só ensino em todo mundo, hoje se tornou para mim causa de tropeço.
À que custo essa união? Essa uniformidade? Essa padronização da maneira de pensar? No referido filme, todas as pessoas usam roupa social preto e branca, uniformizadas, padronizadas, parecendo robôs. Às vezes eu sinto que mesmo sem ter essa intenção a Organização tem feito a mesma coisa. Não é à tôa que num dos melhores videos produzidos pela Torre de Vigia, "A Criação declara a Glória de Deus" onde um pai ensina seu filho sobre as criações de Jeová, a postura e a artificialidade do pai e do filho tornam o vídeo menos atraente, menos emotivo, porque eles acabam sendo típicos irmãos "teocráticos" padronizados. Na verdade, hoje eu percebo que mesmo a vida no paraíso terrestre se tornava menos atraente pra mim, porque parecia que teria que seguir um esquema rígido de pessoas se comportando e pensando de maneira uniforme, como ilustrado nas pinturas das publicações sobre o novo mundo.
Penso que o Criador se agrada na diversidade, como exemplificado pela abundante diversidade que ele deixou na natureza (Prov. 8:31). Nenhuma planta tem 2 folhas exatamente iguais, nenhuma flor tem 2 pétalas exatamente iguais, até mesmo as impressões digitais e todo o resto físico é diferente de ser humano para ser humano. Porque devemos pensar então que a riqueza que Deus criou dentro da gente, "o homem que somos no íntimo" deveria de alguma forma ser uniformizada e encaixada em moldes?
E isso não é uma prerrogativa exclusiva da Torre de Vigia. Penso que esse é um problema grave da maioria das denominações, que impõem sua cultura sobre o adepto, destruindo as raízes que fez parte da criação dele.
Como exemplo: determinado jovem sempre gostou de música sertaneja, porque ele cresceu ouvindo isso na sua família e essas músicas lhe fazem lembrar de seu falecido pai que ouvia essas músicas desde que ele era criança. Mas quando ele passa a ser membro de uma denominação pentecostal, ele é persuadido a jogar todos os discos com "música do mundo" fora e ouvir apenas música gospel, acreditando que Deus espera isso dele. Com isso, a perda cultural, de diversidade e de lembranças é maior do que esse jovem possa imaginar .
A mesma perda significativa ocorre quando a Torre de Vigia insiste em fazer com que as pessoas parem de comemorar aniversários natalícios, feriados ou festividades para ficar "espiritualmente pura".

Essa foi parte da comunicação que tive com os caras. Por falar em aniversário, hoje está fazendo 76 anos que nasceu um Rei, Roberto Carlos, aquele que teve a brilhante ideia de escrever: "DE QUE VALE UM PARAÍSO SEM AMOR". Então 19 de abril é uma data especial não? Parabéns pelo post e por ser quem você é.
Avatar de usuário
Agnostico Reverente
Forista
Forista
 
Mensagens: 312
Data de registro: 19 Ago 2016 17:08
Localidade: São Paulo

Re: Meu defeito

Nova mensagempor Arlequina em 19 Abr 2017 13:05

Meus amigos, vcs querem acabar com meu coração...Assim num guento....Rsrsrs
A tradição de todas as gerações mortas oprime como um pesadelo o cérebro dos vivos.
-MARX
Avatar de usuário
Arlequina
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 771
Data de registro: 03 Jan 2017 12:34
Localidade: Não quero responder

Re: Meu defeito

Nova mensagempor Perspicaz em 19 Abr 2017 13:14

Estrangeiro escreveu:Olá Prior Dissidente,
Quanto a doutrinação, lembro-me que na reunião ultra mega especial que foi dita que a pregação é mais importante que o resgate.
Em minha frente, havia a esposa de um ancião (zelosa e até mesmo inteligente), quando o orador perguntou se a pregação era mais importante que o resgate, ela balançou a cabeça em sinal de negação, ai em seguida o proprio orador responder que sim; está irmã ainda estava balançando a cabeça negando, imediatamente balançou a cabeça que sim, dando a entender que estava certa daquilo.
Pensei, PQP, como uma pessoa pode mudar a doutrina que acredita a anos em 3 segundos? Só pq alguém falou?
Ai confirmei mesmo que as TJs não pensam, apenas obedecem....
Triste isso.

:sa8: :sa8: :sa8: :sa8: :sa8: :sa8:
Perspicaz
Forista
Forista
 
Mensagens: 785
Data de registro: 17 Jul 2016 19:45
Localidade: Não quero responder

Re: Meu defeito

Nova mensagempor expat em 19 Abr 2017 13:53

Prior Dissidente escreveu:...
Até o simples ato de imaginar é condicionado.
...


Primeiramente PARABÉNS!!! Gosto muito dos seus posts.

Lendo esse trecho do seu post lembrei do que ouvi uma vez num discurso, onde o orador dizia que não deveriamos deixar nossa mente vaguear, ficar imaginando coisas, pois poderiamos nos desviar da adoração verdadeira, mesmo sem influências externas. Veja o absurdo!!!

A solução para eles, claro, manter nossa mente ocupada nas coisas de Jeová e fazer mais atividades espirituais. E isso é tudo o que eles tem a oferecer. Incentivam as pessoas a não terem opinião, objetivos na vida, imaginação, raciocinio crítico, questionamentos e discordancias, paixões e sonhos. Ou seja, são pessoas vazias, superficiais, condicionadas, sem nada a oferecer ao próximo, que não seja um texto bíblico.

Felizmente acordamos deste transe maldito e estamos tendo a oportunidade de ver que a vida é muito mais que ir ao campo e às reuniões. Muito mais que desfilar no salão e pagar de santo e puro. Muito mais que fingir que aceita os outros, mas pela costas desdenha do que é diferente. Muito mais do que fingir que não tem defeitos, e esconder que é tão pecador quanto o pior dos pecadores. Muito mais do que se auto proclamar a ÚNICA religião verdadeira e que todo resto será destruído pelo seu Deus.

Com certeza a vida de cada um de nós é muito mais do que a mediocridade que nos envenenou por tanto tempo.
Na vida, não existe nada a temer, mas a entender (Marie Curie)
expat
Forista
Forista
 
Mensagens: 148
Data de registro: 16 Jun 2016 21:05
Localidade: Não quero responder

Re: Meu defeito

Nova mensagempor Bruce D. em 19 Abr 2017 14:10

Prior, assim como você eu tive uma forte e rigida criação torreana e, de fato não é facil vivendo num ambiente repressor como o da torre onde pensar e existir é proibido, nos libertarmos das amarras que nos foram impostas por anos.

Mas mesmo ainda estando na torre, você conseguiu se libertar das amarras mentais que aprisionam as TJs a torre. Ainda nos falta nos libertarmos fisicamente da torre, mas o grande passo para a total liberdade já estamos dando pois mudamos a mente, a maneira de pensar e de ver as coisas.

Pensar, desenvolver uma analise critica das coisas que nos cercam e agirmos de acordo com o livre arbitrio que nos foi dado não é um defeito ao contrario é uma virtude a qual muitos renegam pois aderiram a uma fé cega permitindo que colocassem em seus rostos um véu a fim de que não enxerguem mais nada além da religião. Mas agora você não tem mais a visão restrita pelo modo torreano.

O defeito é da torre que tira toda e qualquer liberdade dos seus membros, que não permite que eles vivam e sintam o prazer das coisas mais simples.

Aprecio muito seus posts e aproveito a ocasião para parabenizá-la pela data super especial!

Felicidades!

d:5 d:5 d:5 d:6 d:6 d:6

:bjo9:
Quicksand Jesus - I Need You
Quicksand Jesus - I Believe You
Quicksand ... - I'm so far away (Skid Row)
Avatar de usuário
Bruce D.
Forista
Forista
 
Mensagens: 2503
Data de registro: 05 Nov 2008 16:12
Localização: ABC - SP
Localidade: Não quero responder

Re: Meu defeito

Nova mensagempor Lehh em 19 Abr 2017 14:42

Parabéns,amiga d:6 d:6 d:6
d:4 d:4

Muitas felicidades e tudo de melhor na sua vida.

Seu tópico é excelente,descreve bem como nos sentimos, como nos identificamos.
Os sentimentos são parecidos, e lutamos para sair dessa limitação mental. Muitos fomos colocados em contato com essas limitações sem que isso fosse uma escolha nossa, mas algo imposto por outras pessoas, e isso tudo foi moldando a nossa maneira de ser e pensar por muito tempo, agora, estamos tentando nos libertar.
Despertar é doloroso mesmo, mas provavelmente, as satisfação futura será maior, poderemos ser donos da nossa vida, dos nossos pensamentos, fazer nossas próprias escolhas.

:fr1end: :bjo9:
"Pensei o quanto desconfortável é ser trancado do lado de fora; e pensei o quanto é pior, talvez, ser trancado no lado de dentro"-
Virginia Woolf
Avatar de usuário
Lehh
Forista
Forista
 
Mensagens: 1007
Data de registro: 09 Fev 2017 14:03
Localidade: Não quero responder

Re: Meu defeito

Nova mensagempor Ermioni em 19 Abr 2017 19:13

Me vejo muito naquele filme da série Divergentes. As pessoas acreditavam que os divergentes eram ruins, por não serem controlados, e tinham medo deles. Pois bem, no final vemos que eles eram muito importantes.

Isso não é defeito, é a excelência, porém os outros que são manipulados e não tem a visão têm medo.

Então nos jogam na cara que somos defeituosos.
Nunca saberá quem realmente são as pessoas, se vc nunca for vc mesmo.
Avatar de usuário
Ermioni
Forista
Forista
 
Mensagens: 1026
Data de registro: 27 Jun 2016 15:38
Localização: São Paulo
Localidade: São Paulo


Retornar para Depoimentos

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 18 visitantes