Me ajudem, o que eu faço? : Depoimentos
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


Me ajudem, o que eu faço?

Depoimentos de ex-testemunhas de Jeová, cartas de dissociação e depoimentos sobre a vida pós Torre de Vigia. Aqui fala mais alto a sinceridade, o sentimento e muitas vezes os relatos nos impressionam pela falta de algo que mais as Testemunhas de Jeová dizem praticar: o amor ao próximo!
Fique a vontade para contar suas vivências

Me ajudem, o que eu faço?

Nova mensagempor Talentoso Ripley em 18 Abr 2017 15:14

Nos últimos dias percebi que voltar pra Torre pode não me trazer sossego dentro da minha família (na verdade são parentes, meus pais não são TJ).

Quando as vacas ficam magras, eu fico sem dinheiro, um parente discrente com mais poder que eu se mete comigo ou simplesmente discordo de alguma decisão, as indiretas e até diretas mesmo começam, iniciam também ameaças sórdidas como " não tenho obrigação de lhe aturar, te ponho pra fora com a ajuda da polícia" (mesmo eu não devendo nada para a lei).

Escuto falarem "essa gente do diabo", mesmo eu assistindo reuniões e falando em voltar. Quando eu ainda era de lá não era diferente, era um inferno, brigas, deboches e muita difamação. A congregação inteira era a favor deles, não por eles fazerem muitas horas, mas pela grana e poder (amigos médicos, políticos, policiais).

O que eu faço? Adianta voltar? São pessoas tão arrogantes, tão ingratas...
O que vocês acham, sabendo quem eles são, será que (eu era pioneiro e era super perseguido por inveja) serei respeitado mesmo?
Talentoso Ripley
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 21
Data de registro: 27 Mar 2017 15:21
Localidade: Não quero responder

Re: Me ajudem, o que eu faço?

Nova mensagempor feliciapink em 18 Abr 2017 15:18

Poxa difícil dá uma opinião certa. Mas ser respeitado eles já deram todo o indício que não será. Pensa direitinho se realmente vale a pena.

um forte abraço
Avatar de usuário
feliciapink
Forista
Forista
 
Mensagens: 355
Data de registro: 02 Fev 2015 07:47
Localização: não quero dizer
Localidade: Não quero responder

Re: Me ajudem, o que eu faço?

Nova mensagempor Debora em 18 Abr 2017 16:44

Coleguinha, já ouviu aquele ditado: "teu passado te condena" ?

Se eram assim antes que garantia você tem que irão mudar.

Toca tua vida da forma que der. Abra mão do que acha imprescindível. Levanta a cabeça e curta seus pais que com certeza te apoiam.

Sorte.
Testemunhas de Jeová
O que será que elas não te contam?
http://www.pontosdefe.blogspot.com.br
Avatar de usuário
Debora
Moderadora
Moderadora
 
Mensagens: 6087
Data de registro: 21 Dez 2010 10:07
Localização: Santana
Localidade: São Paulo

Re: Me ajudem, o que eu faço?

Nova mensagempor Freud em 18 Abr 2017 17:25

Acho que a experiência do Kooboo* ajuda a ter uma visão maior da coisa. De inicio perder o contato com a família pode ser arrasador, mas no final compensa. Viva a vida que vc quer viver e não a vida que os outros querem q vc viva. É muito dificil, mas como todas as coisas q vc batalha pra conquistar, gera muita satisfação pessoal.


*http://extestemunhasdejeova.net/forum/viewtopic.php?f=15&t=21696
“Quando todos pensam da mesma forma, é porque ninguém está pensando.”
Walter Lippmann (adaptado)
Avatar de usuário
Freud
Forista
Forista
 
Mensagens: 264
Data de registro: 16 Dez 2013 09:50
Localidade: Não quero responder

Re: Me ajudem, o que eu faço?

Nova mensagempor Talentoso Ripley em 18 Abr 2017 18:25

É a droga do pensamento americano, se a pessoa não tiver dinheiro ou é vagabundo ou é do diabo.

A mentalidade americana... Ahhh... vivo numa família de "Trumps" bipolares, arrogantes, contraditórios, briguentos e psicopatas.

O Putin é que está certo.
Talentoso Ripley
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 21
Data de registro: 27 Mar 2017 15:21
Localidade: Não quero responder

Re: Me ajudem, o que eu faço?

Nova mensagempor Jeferson Bento em 18 Abr 2017 19:25

Talentoso Ripley escreveu:É a droga do pensamento americano, se a pessoa não tiver dinheiro ou é vagabundo ou é do diabo.

A mentalidade americana... Ahhh... vivo numa família de "Trumps" bipolares, arrogantes, contraditórios, briguentos e psicopatas.

O Putin é que está certo.


Talentoso Ripley !

Você já tem a resposta.
Cara:TENHA AMOR PRÓPRIO.
Você é mais que isso.
'Quem não sabe o que busca, não identifica o que acha' - Kant
Avatar de usuário
Jeferson Bento
Forista
Forista
 
Mensagens: 574
Data de registro: 17 Jun 2016 13:17
Localização: Campo Grande - MS
Localidade: Mato Grosso do Sul

Re: Me ajudem, o que eu faço?

Nova mensagempor Talentoso Ripley em 18 Abr 2017 20:33

Jeferson Bento escreveu:
Talentoso Ripley escreveu:É a droga do pensamento americano, se a pessoa não tiver dinheiro ou é vagabundo ou é do diabo.

A mentalidade americana... Ahhh... vivo numa família de "Trumps" bipolares, arrogantes, contraditórios, briguentos e psicopatas.

O Putin é que está certo.


Talentoso Ripley !

Você já tem a resposta.
Cara:TENHA AMOR PRÓPRIO.
Você é mais que isso.

Valeu brow!
Talentoso Ripley
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 21
Data de registro: 27 Mar 2017 15:21
Localidade: Não quero responder

Re: Me ajudem, o que eu faço?

Nova mensagempor Wesley MF em 18 Abr 2017 20:49

Amor próprio é a chave de tudo.
Devemos saber separar a vida que vivemos para nós mesmos da vida que vivemos para os outros.
Voltar para a organização é retirar a única parte da vida que você tem para si mesmo.

Enfim.. somente uma opinião.
Naturalmente ninguém melhor do que você mesmo para avaliar a tua situação.
Thinking...
Avatar de usuário
Wesley MF
Forista
Forista
 
Mensagens: 1033
Data de registro: 06 Nov 2008 18:44

Re: Me ajudem, o que eu faço?

Nova mensagempor Dunha em 18 Abr 2017 21:40

Fera, seu problema parece ser mais familiar que congregacional. Dentro ou fora dos portões da torre, não parece que ia fazer diferença.
Avatar de usuário
Dunha
Forista
Forista
 
Mensagens: 620
Data de registro: 17 Abr 2016 10:02
Localidade: São Paulo

Re: Me ajudem, o que eu faço?

Nova mensagempor Talentoso Ripley em 18 Abr 2017 23:55

O que eu passo... É inacreditável, coisa de filme, não posso falar muito para não ser reconhecido, mas eu e os meus pais já saímos de casa (que é nossa também por lei) com intimidação de inspetor da polícia civil (claro, por lei mesmo não havia motivos), por uma simples discussão, eu ainda era membro e era afastado.

Fora as provocações diárias, fora as ameaças diárias, não tenho porque mentir, vocês não me conhecem mesmo, horrível... :sa8:
Tô a ponto de ter um derrame, quase louco... De uma hora para outra começam a dar indiretas e provocar, talvez não seja culpa da "torra", mas é difícil.

Obrigado pela ajuda!
Talentoso Ripley
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 21
Data de registro: 27 Mar 2017 15:21
Localidade: Não quero responder

Re: Me ajudem, o que eu faço?

Nova mensagempor sabrepoderoso em 20 Abr 2017 10:25

Talentoso Ripley escreveu:O que eu passo... É inacreditável, coisa de filme, não posso falar muito para não ser reconhecido, mas eu e os meus pais já saímos de casa (que é nossa também por lei) com intimidação de inspetor da polícia civil (claro, por lei mesmo não havia motivos), por uma simples discussão, eu ainda era membro e era afastado.

Fora as provocações diárias, fora as ameaças diárias, não tenho porque mentir, vocês não me conhecem mesmo, horrível... :sa8:
Tô a ponto de ter um derrame, quase louco... De uma hora para outra começam a dar indiretas e provocar, talvez não seja culpa da "torra", mas é difícil.

Obrigado pela ajuda!


é dificil te falar algo , pois é vc amigo que está passando por isso , mas , pelo que vc descreve sob a saída da casa ... bem melhor aqui fora , mesmo com dificuldades .

seus pais não são desta seita miserável , e , com certeza estarão contigo , a torre é como uma cerca de espinhos , é simplismente impossivel ter contato e sair sem arranhões .

desejo para ti , força e paz junto aos teus pais , :D1 :fr1end:
que a luz que há dentro de cada um de nós ilumine nosso caminho quando todas as outras luzes se apagarem
sabrepoderoso
Forista
Forista
 
Mensagens: 1352
Data de registro: 07 Mai 2015 11:23
Localização: duque de caxias
Localidade: Rio de Janeiro

Re: Me ajudem, o que eu faço?

Nova mensagempor Daniel Sydlik em 20 Abr 2017 11:02

Meu amigo,sei bem o que é ter esta duvida.Posso lhe afirmar que voltar a Torre sabendo dos podres dela fará com que assistir as reuniões seja um tremendo pesadelo.Outra coisa que aprendi,parente é que nem aquário,é muito bom na casa dos outros devido o trabalho que dá.Voltar pra Torre por causa da família não fará bem.Logo depois da volta as cobranças virão mais fortes do que nunca para fazer você ficar mais preso a seita.Você disse que era perseguido por inveja,vai querer passar por isso de novo?Deixa aquele povo pra lá e dê graças a Deus que seus pais não são TJs.Se livras das pressões que acontecem dentro dos salões do reino foram as melhores coisas que aconteceram na minha vida.E acredito que acontece o mesmo na vida de cada forista aqui presente.Vá ser feliz.Sei que a situação que está passando é difícil,mas lembre-se que momentos difíceis não ficam para sempre.Perdi parentes para a Torre,e quando fiquei internado sabe quantos me ligaram?Ninguém.Hoje sei com quem devo me importar.Não tenho que me importar com quem não se importa comigo.Acredito que esta situação me mostrou quem é realmente quem na minha vida.Quem realmente é meu amigo,meu parente.Faça o mesmo.Depois disso passei a ser mais feliz.Faça isso meu amigo.Isso não significa que você virou egoísta,mas sim uma pessoa que se ama e se valoriza.Boa Sorte.
Penso muito naquele homem que estava pregado ao lado de Jesus Cristo.Ele não teve 3 meses ou 1 ano para se arrepender,mesmo assim já está com a sua vaga no paraíso.
Avatar de usuário
Daniel Sydlik
Forista
Forista
 
Mensagens: 235
Data de registro: 10 Mai 2016 14:24
Localidade: Não quero responder

Re: Me ajudem, o que eu faço?

Nova mensagempor kooboo em 20 Abr 2017 13:28

Talentoso Ripley escreveu:Nos últimos dias percebi que voltar pra Torre pode não me trazer sossego dentro da minha família (na verdade são parentes, meus pais não são TJ).

Quando as vacas ficam magras, eu fico sem dinheiro, um parente discrente com mais poder que eu se mete comigo ou simplesmente discordo de alguma decisão, as indiretas e até diretas mesmo começam, iniciam também ameaças sórdidas como " não tenho obrigação de lhe aturar, te ponho pra fora com a ajuda da polícia" (mesmo eu não devendo nada para a lei).

Escuto falarem "essa gente do diabo", mesmo eu assistindo reuniões e falando em voltar. Quando eu ainda era de lá não era diferente, era um inferno, brigas, deboches e muita difamação. A congregação inteira era a favor deles, não por eles fazerem muitas horas, mas pela grana e poder (amigos médicos, políticos, policiais).

O que eu faço? Adianta voltar? São pessoas tão arrogantes, tão ingratas...
O que vocês acham, sabendo quem eles são, será que (eu era pioneiro e era super perseguido por inveja) serei respeitado mesmo?


Ripley,

Uma boa é fazer ouvidos de mercador, saca. Deixa eles falarem e toca a tua vida normal. Se começarem a dar indiretas, inventa outra coisa para fazer e sai de perto.

Vou te devolver uma pergunta --- Adianta voltar?

Voltar para ficar na dependencia deles? Vale o custo? Essa "ajuda" que você terá, vale a pena ser paga com dedicação a uma organização falsa, fazer campos, ir na reunião e sorrir para esse povo?
Ripley, isso parece um regime de escravidão voluntária. Você está vendendo sua alma para obter benefícios.

Pensa fora da caixa, olhe além dessa parte da família, pense no mundo... com certeza que há uma oportunidade te esperando por aí.
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 11287
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22
Localidade: Minas Gerais


Retornar para Depoimentos

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Google [Bot] e 28 visitantes