11 anos afastado : Depoimentos
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


11 anos afastado

Depoimentos de ex-testemunhas de Jeová, cartas de dissociação e depoimentos sobre a vida pós Torre de Vigia. Aqui fala mais alto a sinceridade, o sentimento e muitas vezes os relatos nos impressionam pela falta de algo que mais as Testemunhas de Jeová dizem praticar: o amor ao próximo!
Fique a vontade para contar suas vivências

11 anos afastado

Nova mensagempor kooboo em 18 Abr 2017 08:54

Eu até queria ter feito um tópico sobre isso ao completar 10 anos de afastamento, mas é engraçado, quando a gente passa muito tempo fora, perde completamente a noção do tempo. Ontem mesmo num tópico do Louri eu estava achando que os livros da torre ainda eram bem encadernados. :lol:

Começando pelo começo


O comecinho - Já contei isso outras vezes por aí, mas desde pequeno discordei de certos assuntos. Lembro que aos 10 anos de idade, aos ler aquele antigo livro evolução, o meu entendimento sobre "dias criativos" era diferente do explicado ali. Isso aconteceu com diversos ensinamentos, e alguns eu acabei vendo o pisca pisca da torre adaptando ao que eu já acreditava ser o certo.

Mas para mim aquilo ali tava bom, tinha amigos e estava na verdade. Nunca fui destes que assinam petições e nem corri atrás de cargos, pois eu adorava sair, viajar, assistir reunião noutro salão etc e ser servo ia atrapalhar meus esquemas.

O começo mesmo - Na década de 90, um proeminente ancião da região foi desassociado (adultério segundo a lenda), só que o cara aproveitou a fase desassocido e leu o Crise em Inglês. Fez uma viagem para os USA para conhecer o Franz. Olha só que cara legal! Daí ele voltou, foi readmitido e começou a buscar influência no salão de novo. Muitas coisas que ele deve ter lido no outro livro do Franz, ele inseria nos comentários dele. Os anciãos ficaram de olho nele!
Daí, esse nosso amigo resolveu fazer um 'grupo de leitura da bíblia' na casa dele. Pô, isso era muito legal, a ótica dele sobre as passagens da vida de Jesus era muito diferente de "O maior homem que já viveu". E o cara empolgou - traduziu o Common Bloods para o português e contou a historia da trajetória da vida dele num blog.
Como pouca gente tinha acesso a internet, tudo era apenas rumor... aí um Superintendente de Circuito me pediu para imprimir essas coisas e passar para ele...

Lá foi o Kooboo, zeloso publicador (nem tanto) que todos queria ver virar servo, fuçar na internet em busca de provas! Adorei receber essa responsabilidade e aí... fui ler o conteúdo do blog, ok, por mim era apenas uma história, depois li o artigo sobre o sangue - Uau! aquilo fazia sentido! Opa! tem um link para o original em inglês, Oh! aqui fala também de 1914 e 607... hum, deixa eu ler isso! O quê!? Então é assim? Peraí, deixa eu ver essa coisas em português ...e caí num monte de sites com muita informação boa. Nessa época acabei tendo contato por e-mail até com o Cid, aquele que traduziu os livros do Franz.
Imprimi o conteúdo solicitado e comecei a fazer pesquisas... porém, sofri desencorajamento dos amigos e namorada e aquele velho conselho "pergunta pros anciãos" e "faz oração".

Ok galera, dei bobeira e abafei o caso na cabeça.

10 anos depois - Já casado e esperando "O FIM", me vieram as perguntas de novo "Será que estou no caminho certo? Não deveria eu provar minha fé?"
Comecei pesquisando coisas nos CD´s, lendo contextos da bíblia... e de repente a internet tá logo ali... hummm... vem cá google, me ajuda!
E a apostasia era outra naqueles ido 2005. Uau! fervilhavam blogs em português, e sites com muito conteúdo - publicações e a devida explicação e crítica feita dos artigos de forma honesta e concisa.
IndiceTJ, Observatório da Torre e tantos outros... não havia como contestar. Voltei a contatar o Cid e entrei na lista dele. Ai que medo!
Tinha muito crente evangelizador, mas alguns davam boas explicações.
Só que eu queria uma resposta ---- SE eu sair da Torre, vou para onde? SE as TJs não são a certa, qual é então?

Essa resposta ninguém dava. P0rra, vocês dizem que lá é errado mas não dizem onde é certo?
E resolvi aprofundar, nessa época comecei a pirar, era bíblia em grego, inglês, JFA, TNM, Soares, King James, Interlinear, CD da associação, Google... e em 2006 pedi pro Cid o Crise. Aí foi o divisor de águas.

Começando a sair
- Ler o Crise foi fatal. Pois o cara trazia os artigos, cartas, chamava atenção para questões internas, respostas esquisitas nos artigos... e tudo provado e explicado. Como lidar com isso? Como ler isso tudo e não poder falar nada com ninguém? Afinal, era apostasia no mais alto grau.

Apostasia? hahahaha! Lendo aquilo tudo, descobri que APÓSTATA era mesmo é o CORPO GOVERNANTE!
E aí, sobre aquela minha antiga dúvida - Quem tem a verdade?

Descobri duas coisas - A verdade não pertencia a uma religião - ERA ISSO QUE TODOS AQUELES QUE RECEBIAM MINHA PERGUNTA QUERIAM ME DIZER e eu era bitolado demais para entender. Descobri que o Corpo Governante não era canal de Deus, pois eles dizem e desdizem isso em diferentes artigos de Sentinela e Despertai, de acordo com a conveniência deles.

Ah, esse texto já circulava nas redes e me ajudou muito a ficar tranquilo em procurar meu novo caminho - http://extestemunhasdejeova.net/forum/viewtopic.php?f=11&t=11251

Dá licença, tô saindo! - Junho 2006 - Deu nó na minha cabeça descobrir tudo isso. Aproveitei uma brecha e vim para minha cidade natal visitar aquele ancião amiguinho do Franz que citei lá em cima. Ele me recebeu muito bem e ouviu tudo o que eu tinha de confusão na cabeça. Mas a minha pergunta principal era - Como lidar com isso??
Casado, familia, parentes, amigos... e aí? conto pra todo mundo?
Eu não queria ser desassociado. Ele me sugeriu ficar na miúda, sair aos poucos, não falar nada diretamente... e assim fiz.

Voltei para casa e o cérebro a milhão. Rapidinho abandonei o campo e comecei a faltar nas reuniões de meio de semana, nos discursos, cada texto que mandavam ler, eu lia o contexto e via mais incoerências... embrulhava o estômago ficar ali no salão perdendo meu tempo.

Fui falar para a esposa - Ela disse que não queria ouvir e que era para eu falar com os anciãos... Ah, me poupe, nessa hora eu já sabia muito mais da bíblia e da organização que qualquer ancião-fodão do salão.

A Sequência disso
- Aquela visita que fiz ao apóstata mais temido do império vazou. E de repente todo meu círculo de amizades sabia que o Kooboo estava de amizade com apóstata e logo essa notícia chegou para minha ex. Todos os amigos vazaram da nossa casa. Sério, nenhum filho de deus para chegar e "Oi! é verdade isso? Você tem dúvidas? Cara, quero te ajudar!!!"
Não que pudessem me ajudar a voltar para a torre, isso eu não faria, mas o interesse em ajudar seria algo lindo de se ver. Acovardaram e sumiram.

Parei mesmo com campo e reunião em 2006.
2007 foi meu último memorial - que preguiça deu aquilo!
2007 - separamos
2008 - divórcio.

Continua....
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 11762
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22
Localidade: Minas Gerais

Re: 11 anos afastado

Nova mensagempor kooboo em 18 Abr 2017 09:32

Apenas um complemento, comecei a acessar os fóruns em 2006, após a extinção da lista do Cid.

- 11 anos afastado -


Oficialmente, desde 2006 parei de ir nas reuniões e campo. 2007 ainda fui no memorial e finish.

2008 - Porém, como meu cartão ainda estava lá no interior e agora eu morava na capital (mudei ao separar), resolvi tirar meu nome de lá, pois sempre recebia um recadinho ou outro de "preocupação dos anciãos".
Entrei no site da torre e procurei um salão perto de mim - fui lá, gravata, pastinha, assisti reuniões e pedi para solicitarem meu cartão lá da antiga congregação. Assisti reunião, assisti de novo - aí que t o r t u r a e quando o cartão chegou... nunca mais fui!
:conv8:

Para completar, o apto que eu havia alugado estava cheio de problemas, então mudei para outro - não tinha mais rastros!
Eu não era mais objeto de preocupação dos anciãos do interior, e os anciãos da congregação da capital não tinham meu telefone e nem meu endereço! Mundo perfeito!

Aí vem outras coisas a considerar, nem tudo era perfeito e eu sentia muito a falta daqueles que um dia eu considerei como amigos, sentia um mix de raiva e decepção pela forma como me trataram, sentia muito a perda do casamento... e bateu aquela depressão.
Sim, meus estimados leitores, foi FODA! eu estava numa cidade nova, sem amigos, sem pertencimento a um grupo...
Resolvi investir em algumas coisas, já que agora, pelo menos tinha um tempo útil -

Cuidar da minha saúde, conhecer garotas e namorar muito, pertencer a um novo grupo - Voltei a estudar e fui fazer pós graduação e especialização.
Passei a me dedicar muito mais ao trabalho - e consegui uma promoção!
Ah, e claro, viajei muito! uma viagem internacional em 2008, duas em 2009 e em 2010 resolvi fazer outras coisas que tinha vontade de fazer - mergulhar e saltar de paraquedas. Conheci uma linda garotinha e lá se foi finalmente a depressão.

Ah, vale lembrar que minha crença em 'deus' acabou em 2008. Ali tornei-me agnóstico, mas profundamente interessado em religiões. Em 2010 resolvi testar meu agnosticismo indo no espiritismo, e como minha namorada era - foi só uma coincidência - frequentei com ela durante 3 anos.
Foi legal essa imersão e me levou a uma decisão -
Agnosticismo é estar em cima do muro da dúvida, então resolvi tomar um lado, e em 2013 (ou algo assim) - Ateu!

Voltei para a minha cidade natal. Felizmente a maior parte da minha família deixou a organização. E hoje, só não uso meu nome real aqui e ponho uma foto minha por conta de dois que ainda estão lá. Então, para manter a harmonia familiar, vamos manter a identidade em segredo... for while!

Meu balanço sobre isso é -
Os três anos que vivi uma pesada depressão, valeram a pena.
Valeu a pena parar de ir às reuniões, valeu a pena perder aqueles amigos, valeu a pena perder o casamento. Cada uma dessas coisas teve um substituto -
Na depressão, juntei forças para melhorar profissionalmente.
O tempo gasto em reuniões - fiz especialização e pós graduação
O tempo gasto em campo - fiz o melhor TCC da universidade! Foi ótimo ganhar esse elogio da banca.
Os amigos perdidos - passei a ter uma relação muito melhor com minha família, que agora é não TJ.
A ex-posa - Bom, essa foi a parte mais difícil, mas separar me fez conhecê-la melhor e isso me faz crer que tomei a decisão correta. Conheci outras pessoas incríveis, inteligentes, lindas e aprendi muito com elas.

Sou uma pessoa melhor hoje.
Sair da torre me abriu a mente para coisas que antes eu não compreendia - filosofia, religiões, sexualidade, sexo, drogas, racismo, preconceito, política, economia, uma visão muito melhor sobre o mundo, aceitar de forma mais aberta as pessoas e suas diferenças.
Eu sei que a gente naturalmente melhora com o tempo, mas no meu caso, melhorei muito por sair da organização.

Estou neste forum desde 2008 (e estava no outro) e fico feliz de ver que mais de 7000 pessoas passaram por aqui e que pude ajudar muita gente a sair também. Alguns tiveram resultados melhores que os meus e isso me deixa mais feliz ainda.
Não apenas ensinei, aprendi e aprendo sempre aqui.
Isso aqui é minha escola de superação e humanidade, tenho muitos mestres aqui. Não vou citar nomes - mas gente que lida com casamentos ruins, casamentos bons com conjuge bitolado, gente que lida com uma sexualidade não compreendida... coisas que vivi e outras que nunca vivenciarei. Muitos dos meus heróis estão aqui.
Gente que entrou nesse fórum e fez história. Gente que transformou suas vidas.

Saca aquelas histórias de superação que a gente vê em filmes - pois é - AQUI É O MUNDO REAL.
Gente que casou no salão e acabou perdendo o casamento... e de repente encontra outra pessoa.
Gente que tinha medo de contar para a família, contou... e toda a família debandou junto.
E gente que luta a cada dia, continuando lá dentro para manter as relações familiares.

Me conta, tem povo melhor que esse aqui desse fórum? - Pensem na lição de vida que cada um de vocês compartilha com os outros!
Seja indo ou ficando. São lições valiosas aqui!

E isso faz parte destes meus 11 anos afastado.

Obrigado a todos que leram este "breve" relato!

:fr1end:
:11
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 11762
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22
Localidade: Minas Gerais

Re: 11 anos afastado

Nova mensagempor Rafidhi em 18 Abr 2017 10:02

Amei seu relato. Realmente, vc é um veterano de guerra :soldier7:
Avatar de usuário
Rafidhi
Forista
Forista
 
Mensagens: 247
Data de registro: 17 Jul 2015 18:22
Localidade: Não quero responder

Re: 11 anos afastado

Nova mensagempor BrunoBernardes em 18 Abr 2017 10:11

Salve kooboo!

É sempre bom ler os relatos dos universitários.

Sou novo aqui no Fórum ( sim Fórum com letra maiúscula ), tenho aprendido muito com vocês.

Aqui tem muita gente culta e uma mistura de tudo um pouco e do jeito que tem que ser, afinal um mundo sem cor e tocando só uma música seria um pórre.

Que bom que você abriu os olhos e pode contribuir com muitas pessoas.

Ah... e falando em música taí essa é a sua cara meu amigo.

phpBB [video]
Resposta padrão para agradar a todos: "Tavez" sim "talvez" não.
O que esta oculto cria um certo interesse, o que é revelado apaga o brilho.
Não me iludo, tudo permanecerá do jeito que tem sido (Gilberto Gil ).
Avatar de usuário
BrunoBernardes
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 1704
Data de registro: 29 Jul 2016 17:21
Localidade: Não quero responder

Re: 11 anos afastado

Nova mensagempor Perspicaz em 18 Abr 2017 10:12

wlw por compartilhar conosco sua trajetória rumo ao autoconhecimento man!
Perspicaz
Forista
Forista
 
Mensagens: 785
Data de registro: 17 Jul 2016 19:45
Localidade: Não quero responder

Re: 11 anos afastado

Nova mensagempor Estrangeiro em 18 Abr 2017 10:25

Olá kooboo.
Parabéns pela determinação, certamente um exemplo para todos nós.
Sou novo no fórum, porém vejo que a diversidade de opiniões, visões sobre as coisas é muito importante, sendo que a origem dos problemas é comum.
Ainda estou tentando me afastar por completo, e sei que leva tempo, mas relatos iguais aos seus e dos demais amigos, são o que me motivam a continuar perseverando....
Grande abraço.
“Eu me sinto um estrangeiro, Passageiro de algum trem, Que não passa por aqui, Que não passa de ilusão”
Avatar de usuário
Estrangeiro
Forista
Forista
 
Mensagens: 353
Data de registro: 14 Mar 2017 18:10
Localidade: Não quero responder

Re: 11 anos afastado

Nova mensagempor RafaelCioran em 18 Abr 2017 10:35

d:7 d:7 d:7
How did it ever come to this?
I can't pretend that nothing's changed any longer
I've drowned the doubts and chewed the lies
Avatar de usuário
RafaelCioran
Forista
Forista
 
Mensagens: 1593
Data de registro: 18 Set 2015 15:31
Localização: Ribeirão Preto
Localidade: São Paulo

Re: 11 anos afastado

Nova mensagempor anndre em 18 Abr 2017 10:36

Muito tocante rs! Parabéns pela coragem que teve. Relatos iguais a esse que me ajudaram a me sentir melhor também depois de sair. Então, obrigado também!
Avatar de usuário
anndre
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 32
Data de registro: 05 Ago 2016 18:18
Localização: Campinas
Localidade: São Paulo

Re: 11 anos afastado

Nova mensagempor feliciapink em 18 Abr 2017 10:39

Kooboo, que sua história e de outros aqui me dê mais forças para lutar e não só sonhar mas realizar o sonho de me vê livre dessa seita, meu marido e outros familiares.

abraços


:fof0: :fof0: :fof0: :fof0:
Avatar de usuário
feliciapink
Forista
Forista
 
Mensagens: 538
Data de registro: 02 Fev 2015 07:47
Localização: não quero dizer
Localidade: Não quero responder

Re: 11 anos afastado

Nova mensagempor desiludido em 18 Abr 2017 10:56

Cheguei a me emocionar com o seu relato, parabéns d:7 d:7 d:7

E gente que luta a cada dia, continuando lá dentro para manter as relações familiares.


Este é meu caso. :cry:
Avatar de usuário
desiludido
Forista
Forista
 
Mensagens: 463
Data de registro: 15 Mai 2009 22:09

Re: 11 anos afastado

Nova mensagempor Arlequina em 18 Abr 2017 10:57

Muito bom saber mais a respeito de sua história, obrigada por dividi-la conosco.

Sua experiência de vida tem ajudado muitos aqui e a mim tbm.

Espero que um dia eu possa narrar uma história de libertação tal como a sua.
A tradição de todas as gerações mortas oprime como um pesadelo o cérebro dos vivos.
-MARX
Avatar de usuário
Arlequina
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 771
Data de registro: 03 Jan 2017 12:34
Localidade: Não quero responder

Re: 11 anos afastado

Nova mensagempor The Brother em 18 Abr 2017 11:18

Eu sou contemporâneo, no final dá década de 90 começaram os questionamentos. Comecei a ler o crise em inglês também. É um longo caminho.
The Brother
Forista
Forista
 
Mensagens: 225
Data de registro: 03 Nov 2008 15:08

Re: 11 anos afastado

Nova mensagempor Wesley MF em 18 Abr 2017 11:28

Ótimo!

Teu relato é um exemplo que serve para todos aqueles que pensam não haver mais vida fora da organização.
Thinking...
Avatar de usuário
Wesley MF
Forista
Forista
 
Mensagens: 1088
Data de registro: 06 Nov 2008 18:44

Re: 11 anos afastado

Nova mensagempor Optimus Prime em 18 Abr 2017 11:51

Parabens KooBoo"!
Fiquei muito emocionado com seu relato e em saber que sair da Torre de fez uma pessoa melhor!
Obrigado por compartilhar conosco sua historia. Me identifiquei com muita coisa!
Quem resiste a Verdade será um eterno escravo da Mentira.
Avatar de usuário
Optimus Prime
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 191
Data de registro: 16 Fev 2017 16:58
Localidade: Não quero responder

Re: 11 anos afastado

Nova mensagempor uma_aprendiz em 18 Abr 2017 11:54

:D2 :D2

Amei... eu não conhecia sua história, mas sua contribuição no fórum é sempre muito importante! Obrigada!
Inativa há 7 anos, liberta mentalmente dos ensinos do C.G. há 11 anos.
Avatar de usuário
uma_aprendiz
Forista
Forista
 
Mensagens: 358
Data de registro: 18 Jul 2014 19:46
Localidade: São Paulo

Próximo

Retornar para Depoimentos

Quem está online

Usuários vendo este fórum: KOSTA, Miri e 10 visitantes