Torre de Vigia: Fantástica Fábrica de Analfabetos Políticos : Depoimentos - Page 2
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


Torre de Vigia: Fantástica Fábrica de Analfabetos Políticos

Depoimentos de ex-testemunhas de Jeová, cartas de dissociação e depoimentos sobre a vida pós Torre de Vigia. Aqui fala mais alto a sinceridade, o sentimento e muitas vezes os relatos nos impressionam pela falta de algo que mais as Testemunhas de Jeová dizem praticar: o amor ao próximo!
Fique a vontade para contar suas vivências

Re: Torre de Vigia: Fantástica Fábrica de Analfabetos Políticos

Nova mensagempor Brother Franz em 03 Out 2015 11:42

joquan escreveu:
Brother Franz escreveu:Engraçado joquan que na França a imprensa é chamada de quarto estado. Não curto o projeto político do PT especialmente por entendr-lo como totalitarista e antidemocrático. Mas quando ligo a tv e vejo a nojeira que a Globo faz, a forma como monta seus editoriais, a Globo News então é horripilante e golpista e não informativa. Informação é produto e infelizmente nao da pra viver politicamente da imprensa, especificamente a nossa que fica com esse papo de "imparcialidade", a maior falácia da política. Nao existe imparcialidade; pois que se faça como os norte americanos e ingleses e deixe bem claro do lado de quem seu jornal esta.


Meu Brother Franz, eu preciso tirar o chapéu para você.

Em um pequeno texto você disse muita coisa. Eu desconhecia essa informação de que na França a imprensa é chamada de o quarto estado. Aqui no Brasil o nosso governo é formado por três poderes, o executivo, o legislativo e o judiciário. Eu digo que na verdade são quatro poderes, executivo, legislativo, judiciário e a imprensa. Para se ter uma ideia do poder da imprensa, o finado Roberto Marinho disse:"eu sou o poder". Notem que ele não disse "eu tenho poder", ele disse: "eu sou o poder". Ele se jactava de poder eleger o deputado que quisesse. Em troca, muitos deputados eram moleques de recado de Roberto Marinho. Uma emissora de rádio ou tv tem tanto poder, que para o seu funcionamento é preciso uma conceção dada pelo governo. Notem que a conceção não é vendida, é dada e deve ser renovada de tempos em tempos, e mais, o governo pode cassar a qualquer momento. Isso foi o que aconteceu na Venezuela, quando as emissoras de rádio e tv começaram a fazer oposição ao governo, o governo usou as armas de que dispunha: cassou a conceção de algumas e não renovou a conceção de outras.

O perigo do poder da imprensa está na sua dissimulação, fingimento, se apresentar como neutra ou imparcial, e ainda pousar de boa moça que está prestando um relevante serviço de informação ao cidadão. Na verdade ela apresenta uma informação selecionada, manipulada, distorcida e meias verdades.

Em meu primeiro comentário aqui neste post eu chamei a imprensa de prostituta. Vou dar um exemplo da relação promíscua da imprensa. Quando Roberto Marinho estava vivo e os políticos como Antônio Carlos Magalhães, Marcos Maciel e outros tinham força política, a Globo só veiculava uma notícia sobre esses políticos, depois de lhes informar sobre a notícia e perguntar se eles autorizavam a sua veiculação.

Não curto o projeto político do PT especialmente por entendr-lo como totalitarista e antidemocrático.


Já mencionei aqui no fórum que sempre votei no PT. Não por achar que fosse o melhor programa de governo, mas por ser o menos ruim. E digo mais, com toda a desgraça do PT, ele ainda foi o governo menos ruim para o Brasil. Mas isso não quer dizer que eu concorde com todo o projeto do PT. Já que você falou sobre totalitarismo e antidemocracia, uma das maiores mentiras da presidenta Dilma é quando ela diz que lutou pela volta da democracia. Isto é uma mentira, ela lutou pela implantação do socialismo, que é outra ditadura. E aproveitando o gancho, hoje é fácil todo mundo bater no período militar e difamar os militares. Só que na verdade os militares prestaram um relevante serviço ao Brasil. Se não fosse o golpe militar de 64, hoje o Brasil poderia ser uma Coréia do Norte ou uma Cuba, porque João Goulart ia implantar o socialismo no Brasil. O único erro dos militares foi a tortura e o desaparecimento de opositores. Talvez alguém diga, "Joquan, você é maluco, diz que sempre votou no PT e defende os militares, como pode"? Votei no PT, já não voto mais. E tudo tem os dois lados,o bom e o ruim.

No caso francês, eles chamam a imprensa assim pejorativamente. Mas é difícil construir uma democracia onde o poder de construir ou assassinar reputações esta em concessões estatais. E isso vem de antes, antes de 64. Quem não assistiu, veja por gentileza o documentário Muito Além do Cidadão Kane, interessantíssimo para se pensar essa relação poder/imprensa no Brasil.
“Quem é realmente o escravo fiel e discreto a quem o seu amo designou sobre os seus domésticos, para dar-lhes o seu alimento no tempo apropriado? "
Avatar de usuário
Brother Franz
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 695
Data de registro: 16 Jul 2009 13:46

Re: Torre de Vigia: Fantástica Fábrica de Analfabetos Políticos

Nova mensagempor joquan em 03 Out 2015 23:08

Brother Franz escreveu:No caso francês, eles chamam a imprensa assim pejorativamente. Mas é difícil construir uma democracia onde o poder de construir ou assassinar reputações esta em concessões estatais. E isso vem de antes, antes de 64. Quem não assistiu, veja por gentileza o documentário Muito Além do Cidadão Kane, interessantíssimo para se pensar essa relação poder/imprensa no Brasil.

Assistir no youtube o documentário. Eu não conhecia esse documentário, valeu pela dica! É muito bom. Apesar de ser um documentário voltado mais para as organizações Globo e seu fundador Roberto Marinho, mas serve muito bem para mostrar o que é a imprensa. E infelizmente tem muita gente que acha que pelo fato de lê um jornal, uma revista ou assistir aos telejornais, ele está muito bem informado. Quando na verdade ele está simplesmente sendo doutrinado.
Mas, a maior desgraça mesmo na alfabetização política é a escola. O sistema de ensino é montado de tal forma para sutilmente sufocar o aluno e passar para ele a ideia de que está sendo instruído. Daí ele sai de lá achando-se um sujeito bem instruído. Quando na verdade ele sai é bitolado.

Vejam um exemplo de pessoas bitoladas (que se julgam letradas, um é advogado) nesta discursão envolvendo dois deputados federais com posições opostas sobre o estatuto do desarmamento: https://www.youtube.com/watch?v=90lo6UafEdc Vejam que são dois idiotas, babacas, deputados federais, um é advogado, mas que pensam pequeno, eu poderia até chamá-los de semianalfabetos políticos. Notem que estão discutindo uma picuinha. No auditório estão apenas esses dois parlamentares, mas na câmara são muitos discutindo essa idiotice. Vejam que os presentes no auditório e os que interagem pela internet participam da babaquice como se estivessem discutindo uma grande solução para um grande problema. Não aparece um que aponte para o cerne do problema, para que reflitam em busca de uma grande solução. Em 2005 fizeram um referendo sobre esse assunto, onde tivemos que votar, e que custou muito aos cofres públicos. Mas, por que eu estou me referindo a esse problema como uma picuinha? Porque o cerne da questão é a segurança pública, é a nossa segurança, é acabar ou reduzir a índices muito pequeno a criminalidade e toda a bandidagem. E não é com essa tolice de todo cidadão ter uma arma ou deixar de ter que vai acabar com a criminalidade. Tanto faz o cidadão de bem ter uma arma ou não, que a criminalidade vai imperar. Então é preciso que esses babacas, deputados, pensem grande, sejam criativos, inventivos em busca de soluções eficazes.

Vou ser mais claro na crítica que faço. Na década de 70 existia no Rio de Janeiro a Falange Vermelha, uma organização criminosa que controlava os morros cariocas. Depois surgiu o Comando Vermelho e outras milícias. Mas em todo esse tempo foi a polícia trocando tiros com traficantes, onde morreram traficantes, morreram policiais, morreram gente inocente, traficantes foram presos, novos traficantes apareceram e a coisa continua. Será que as autoridades não veem que estão enxugando gelo? Até quando essa palhaçada de trocar tiros nos morros que já se mostrou ineficaz vai continuar? Estou pegando o Rio de Janeiro apenas como exemplo, mas o problema é em todo o Brasil. E vem esses idiotas deputados discutir se facilita ou não a posse de armas de fogo para as pessoas. Como se isso viesse a nos dá mais segurança. Cadê a criatividade, a inventividade, a ideia inteligente para solucionar um grande problema? Não estou sendo contra nem a favor da posse de arma de fogo pelas pessoas, pois sei que nenhuma das duas situações é a solução.

E esses idiotas são nossos governantes. São nossos representantes. Talvez eles não sejam nem culpados, porque a escola os bitolou, impedindo de pensarem de forma diferente. Pobre Brasil, com essas mentes pequenas governando, estamos todos f*d*dos!
joquan
Forista
Forista
 
Mensagens: 280
Data de registro: 20 Abr 2015 22:47
Localidade: Bahia

Anterior

  • Tópicos Similares
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Retornar para Depoimentos

Quem está online

Usuários vendo este fórum: BrunoBernardes, RayFranz, TJ RENOVADO e 43 visitantes