Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado : Depoimentos
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado

Depoimentos de ex-testemunhas de Jeová, cartas de dissociação e depoimentos sobre a vida pós Torre de Vigia. Aqui fala mais alto a sinceridade, o sentimento e muitas vezes os relatos nos impressionam pela falta de algo que mais as Testemunhas de Jeová dizem praticar: o amor ao próximo!
Fique a vontade para contar suas vivências

Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado

Nova mensagempor TJCalado em 04 Mar 2014 15:59

Ontem eu recebi uma notícia. Por incrível que pareça, não foi a notícia que me preocupou. Na verdade, foi o fato de não ter me preocupado que me deixou preocupado.
Há algum tempo tenho sentido alguns efeitos da idade (+ de 40). Depois de muita resistência, decidi ir ao médico e fui encaminhado para fazer alguns exames. Descobri que tenho um problema cardíaco que necessita de cuidado urgente. Há sério risco de morte. Levei um susto e comecei a pensar na minha vida. Em resumo, esse pensamento me levou a pensar que, sendo um TJ apenas para evitar problemas com a família, e não podendo exercer nem expressar a minha verdadeira crença e meus princípios, minha personalidade, sinceramente porque eu deveria estar preocupado em gastar recursos para prolongar essa situação?
Apesar de já ter cogitado o suicídio anteriormente, hoje não penso nisso. Mas você deve estar perguntando porque então eu levantei a questão acima.
Minha reflexão não parou nessa pergunta. O questionamento me levou à conclusão - e eu gostaria de compartilhar com todos, mas especialmente com os que ainda são TJs somente por causa da família - de que não faz o menor sentido viver assim. Na verdade estamos simplesmente existindo. É como se fôssemos objetos inanimados, simplesmente servindo para a utilidade dos outros.
Nessa reflexão, que qualquer um pode fazer mesmo sem está sob risco de morte, perguntei-me: que diferença faz PARA MIM, nesta situação, estar vivo ou morto? O que faz a minha vida valer a pena? Estou vivendo ou apenas existindo? Há mesmo algo que torna a minha vida importante para mim, a ponto de eu sentir falta dela caso eu morra?
Como TJ por imposição, tristemente eu não tive respostas para estas perguntas. Mas decidi, não por simplesmente ignorá-las, nem desistir por falta de motivos.
Quero me tratar para viver, não somente para continuar existindo.
"Um paraíso não precisa necessariamente ser um lugar lindo. Basta ser apenas um lugar que me faça bem."
Avatar de usuário
TJCalado
Forista
Forista
 
Mensagens: 4354
Data de registro: 11 Mar 2012 21:40
Localidade: Não quero responder

Re: Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado

Nova mensagempor KOSTA em 04 Mar 2014 16:09

Também estou passando por uma fase muito parecida (embora noutro contexto) e acho que o sofrimento é idêntico ao seu.

Por vezes surgem situações que nos fazem repensar a vida, onde estamos e onde queremos chegar.
Ter 40 anos é maravilhoso porque sabemos coisas que alguém de 20 não consegue sequer enxergar. Mas a sabedoria tem um preço e acredita, paisano, quanto mais conhecimento uma pessoa tem mais infeliz fica a não ser que crie mecanismos para se defender.

É por isso que as empresas religiosas progridem. Lá no fundo os fiéis não estão dispostos a analisar sua fé porque a ignorancia omite a responsabilidade.

Força nessa tua jornada. Tou contigo em pensamento, vais ver que um dia ainda nos riremos disto tudo!
NÃO TEMAS AQUELES QUE BUSCAM PELA VERDADE, MAS TEME ANTES OS QUE AFIRMAM TEREM A VERDADE
Avatar de usuário
KOSTA
Forista
Forista
 
Mensagens: 903
Data de registro: 22 Set 2011 20:06
Localização: Portugal

Re: Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado

Nova mensagempor Piloto em 04 Mar 2014 16:13

Puxa vida calado! Melhoras e sucesso no tratamento ai!

Sobre suas questões...vou dormir com esse barulho agora...são muito pertinentes as perguntas...
" Aquele momento em que você leva um soco no estômago, e abre os olhos..."
" O maior ato de coragem ainda é pensar com sua própria cabeça..."
“Não quer pensar: fanático; Não pode pensar: cretino; Não ousa pensar: covarde”
Avatar de usuário
Piloto
Forista
Forista
 
Mensagens: 394
Data de registro: 31 Ago 2013 11:42
Localidade: São Paulo

Re: Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado

Nova mensagempor gerom em 04 Mar 2014 16:17

Cara! Sempre pensamento positivo!

Não importa o que te digam, o que pensem, o que falem... A pessoa que está imbuída de pensamento positivo em relação a ela, que gosta dela, que se ama, sempre consegue reagir em momentos de dificuldade.

Uma boa parte do caminho para a cura de qualquer moléstia está em pensamento positivo, em pensar que se pode vencer e que se tem força mental para conseguir isso!

Estou (estamos) na torcida! :fr1end:
"Se não está explicitamente indicado, está implicitamente excluído"
Avatar de usuário
gerom
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 8608
Data de registro: 28 Jul 2010 11:54
Localização: Balneário Camboriú
Localidade: Santa Catarina

Re: Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado

Nova mensagempor DELTA em 04 Mar 2014 16:22

Olá TJcalado, que de calado não tem exatamente nada. Me lembro exatamente quando se registrou no fórum.
Temos quase a mesma idade, estou mais pros 50 do que pros 40 kkk. Já comentei com minha família que se pudesse escolher uma tratamento que não queria este seria a hemodiálise. A pessoa passa dia sim, dia não em tratamento, praticamente não vive.
Quanto ao seu problema faça e refaça os exames, procure opinião de médicos diferentes, e você sabe muito bem o quanto a medicina avançou nesse setor.
Quanto a questões existenciais e familiares é extremamente complicado darmos opiniões. A única coisa que penso, e desejo a você é que viva intensamente a vida, não desanime. Devemos deixar algo de bom para nossos descendentes, não podemos simplesmente passar pela vida. Abraços.
Avatar de usuário
DELTA
Forista
Forista
 
Mensagens: 1968
Data de registro: 09 Jan 2011 10:52

Re: Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado

Nova mensagempor Hermione em 04 Mar 2014 18:58

Olá TJCalado, muita força para ti e estamos aqui para todo o apoio que precisares.

Cuide da sua saúde fazendo os exames regulamente, uma boa alimentação, exercícios físicos, além de boa companhia.Deixe-se cercar de pessoas e atividades positivas.

Quanto as perguntas, creio serem muito importantes, passamos a vida nos indagando e as respostas são individuais.

Talvez o caminho seja mais interessante que o destino.

Um grande abraço e muita força e energia positiva!
Hermione
Forista
Forista
 
Mensagens: 425
Data de registro: 25 Jan 2014 11:46
Localidade: Não quero responder

Re: Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado

Nova mensagempor Debora em 04 Mar 2014 19:01

Caro TJCalado,

Viver é correr riscos. Sem ser simplista, acho que chegarmos aos "enta" já é um privilégio. Muitas pessoas não chegam nem na nossa idade.

Agora que você sabe que pode ter um problema de saúde, corra atrás, cuide-se. A medicina está muito avançada e você certamente ainda terá muitos momentos de felicidade.
Só para te dar um exemplo: Certa vez a médica da minha mãe disse que ela estava com um sério problema nos rins e que se não houvesse um forte empenho da parte dela, passaria o ano novo já fazendo diálise. Minha mãe seguiu rigorosamente a dieta proposta. Isto faz mais de 20 anos. Hoje minha mãe tem 96 anos de idade. Está firme, forte, saudável.

Desejo-lhe muita saúde, tranquilidade e mantenha-nos informados. Estamos torcendo por você.

Abraço.
Testemunhas de Jeová
O que será que elas não te contam?
http://www.pontosdefe.blogspot.com.br
Avatar de usuário
Debora
Moderadora
Moderadora
 
Mensagens: 5718
Data de registro: 21 Dez 2010 10:07
Localização: Santana
Localidade: São Paulo

Re: Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado

Nova mensagempor TJCalado em 04 Mar 2014 19:24

KOSTA escreveu:Também estou passando por uma fase muito parecida (embora noutro contexto) e acho que o sofrimento é idêntico ao seu.

Por vezes surgem situações que nos fazem repensar a vida, onde estamos e onde queremos chegar.
Ter 40 anos é maravilhoso porque sabemos coisas que alguém de 20 não consegue sequer enxergar. Mas a sabedoria tem um preço e acredita, paisano, quanto mais conhecimento uma pessoa tem mais infeliz fica a não ser que crie mecanismos para se defender.

É por isso que as empresas religiosas progridem. Lá no fundo os fiéis não estão dispostos a analisar sua fé porque a ignorância omite a responsabilidade.

Força nessa tua jornada. Tou contigo em pensamento, vais ver que um dia ainda nos riremos disto tudo!

Valeu, Kosta, pelo encorajamento!
Esse efeito colateral do conhecimento, que você citou, é uma realidade. Há mais ou menos 20 anos, um colega de trabalho (um programador) me disse algo parecido: "A ignorância é uma bênção. Olha como os idiotas vivem felizes!" - apontando para uma colega que tinha dificuldades em cumprir suas funções na empresa, mas que acabara de comentar, eufórica, o capítulo de uma novela que havia assistido.
Mas, uma vez adquirido certo conhecimento, não se pode voltar atrás. Por isso, mesmo nessa situação, vejo que simplesmente cruzar os braços é uma atitude covarde que somente iria tornar os diretores da Watchtower vencedores por "ganharem uma alma que não quer ser ganha".
Projeto muita força de pensamento para você também, mesmo não sabendo exatamente o problema que você está enfrentando.
"Um paraíso não precisa necessariamente ser um lugar lindo. Basta ser apenas um lugar que me faça bem."
Avatar de usuário
TJCalado
Forista
Forista
 
Mensagens: 4354
Data de registro: 11 Mar 2012 21:40
Localidade: Não quero responder

Re: Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado

Nova mensagempor TJCalado em 04 Mar 2014 19:27

Piloto escreveu:Puxa vida calado! Melhoras e sucesso no tratamento ai!

Sobre suas questões...vou dormir com esse barulho agora...são muito pertinentes as perguntas...

Obrigadão, Piloto!!!
São questionamentos simples, mas que mexeram comigo também. Me causaram um certo incômodo.
"Um paraíso não precisa necessariamente ser um lugar lindo. Basta ser apenas um lugar que me faça bem."
Avatar de usuário
TJCalado
Forista
Forista
 
Mensagens: 4354
Data de registro: 11 Mar 2012 21:40
Localidade: Não quero responder

Re: Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado

Nova mensagempor TJCalado em 04 Mar 2014 19:40

gerom escreveu:Cara! Sempre pensamento positivo!

Não importa o que te digam, o que pensem, o que falem... A pessoa que está imbuída de pensamento positivo em relação a ela, que gosta dela, que se ama, sempre consegue reagir em momentos de dificuldade.

Uma boa parte do caminho para a cura de qualquer moléstia está em pensamento positivo, em pensar que se pode vencer e que se tem força mental para conseguir isso!

Estou (estamos) na torcida! :fr1end:

Muito obrigado, Gerom!
É nessa fase de vida que entrei agora. Coincidentemente, acabei de conhecer a palavra "epifania", assistindo um certo seriado americano. E parece que esse episódio me levou a esta sensação. Não tive uma visão sobrenatural, mas senti como se a peça que estava faltando no quebra-cabeças da minha vida era exatamente o fato de eu não ter a minha própria essência. Todas as minhas decisões e comportamentos sempre levavam em consideração os outros em detrimento a mim mesmo.
Perguntei a mim mesmo se havia algo divertido que eu gostasse de fazer independentemente de com quem eu estivesse. A resposta me assustou. Tudo o que eu faço e onde faço está associado a uma pessoa e nunca a mim mesmo. Absolutamente tudo que eu faço é para agradar uma pessoa específica: parentes, amigos, amores, conhecidos...
Essa força mental que você menciona precisa vir de dentro, porque o que está fora não visa os meus interesses. E é em cima disso que vou trabalhar a partir de agora.
"Um paraíso não precisa necessariamente ser um lugar lindo. Basta ser apenas um lugar que me faça bem."
Avatar de usuário
TJCalado
Forista
Forista
 
Mensagens: 4354
Data de registro: 11 Mar 2012 21:40
Localidade: Não quero responder

Re: Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado

Nova mensagempor TJCalado em 04 Mar 2014 19:51

DELTA escreveu:Olá TJcalado, que de calado não tem exatamente nada. Me lembro exatamente quando se registrou no fórum.
Temos quase a mesma idade, estou mais pros 50 do que pros 40 kkk. Já comentei com minha família que se pudesse escolher uma tratamento que não queria este seria a hemodiálise. A pessoa passa dia sim, dia não em tratamento, praticamente não vive.
Quanto ao seu problema faça e refaça os exames, procure opinião de médicos diferentes, e você sabe muito bem o quanto a medicina avançou nesse setor.
Quanto a questões existenciais e familiares é extremamente complicado darmos opiniões. A única coisa que penso, e desejo a você é que viva intensamente a vida, não desanime. Devemos deixar algo de bom para nossos descendentes, não podemos simplesmente passar pela vida. Abraços.

Delta,
Tive um amigo que passou anos se submetendo a hemodiálise enquanto aguardava sua vez na fila para transplante. Infelizmente morreu antes disso. E eu vi que é uma situação bastante penosa. Sobre meu problema cardíaco, estou ciente de que precisarei alterar meu estilo de vida para evitar o pior. Mas um motivo pessoal, e não alheio, ajuda muito para eu manter a objetividade. A busca por esse motivo já será um motivo.
Não tenho descendentes, e provavelmente não terei. Acredito que o que faço, devido a minha preocupação em fazer as coisa pelos outros, já me removeu do rol daqueles que "simplesmente passam pela vida". Agora só falta eu complementar isso com o "viver a vida intensamente". Agora nem tão intensamente devido as limitações da idade e desse problema de saúde.
"Um paraíso não precisa necessariamente ser um lugar lindo. Basta ser apenas um lugar que me faça bem."
Avatar de usuário
TJCalado
Forista
Forista
 
Mensagens: 4354
Data de registro: 11 Mar 2012 21:40
Localidade: Não quero responder

Re: Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado

Nova mensagempor TJCalado em 04 Mar 2014 19:57

Hermione escreveu:Olá TJCalado, muita força para ti e estamos aqui para todo o apoio que precisares.

Cuide da sua saúde fazendo os exames regulamente, uma boa alimentação, exercícios físicos, além de boa companhia.Deixe-se cercar de pessoas e atividades positivas.

Quanto as perguntas, creio serem muito importantes, passamos a vida nos indagando e as respostas são individuais.

Talvez o caminho seja mais interessante que o destino.

Um grande abraço e muita força e energia positiva!

Hermione, cuja mãe é muito parecida com a minha... :mrgreen: Valeu pela força!
Semana que vem já vou começar a providenciar tudo isso. Boas companhias é que são o problema. Há poucas.
Sobre as perguntas inquietantes, vou entrar de cabeça e meditar nelas. Estou vendo até uns vídeos sobre filosofia que encontrei hoje em alguns sites aqui na net.
"Um paraíso não precisa necessariamente ser um lugar lindo. Basta ser apenas um lugar que me faça bem."
Avatar de usuário
TJCalado
Forista
Forista
 
Mensagens: 4354
Data de registro: 11 Mar 2012 21:40
Localidade: Não quero responder

Re: Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado

Nova mensagempor TJCalado em 04 Mar 2014 20:02

Debora escreveu:Caro TJCalado,

Viver é correr riscos. Sem ser simplista, acho que chegarmos aos "enta" já é um privilégio. Muitas pessoas não chegam nem na nossa idade.

Agora que você sabe que pode ter um problema de saúde, corra atrás, cuide-se. A medicina está muito avançada e você certamente ainda aterá muitos momentos de felicidades.
Só para te dar um exemplo: Certa vez a médica da minha mãe disse que ela estava com um sério problema nos rins e que se não houvesse um forte empenho da parte dela, passaria o ano novo já fazendo diálise. Minha mãe seguiu rigorosamente a dieta proposta. Isto faz mais de 20 anos. Hoje minha mãe tem 96 anos de idade. Está firme, forte, saudável.

Desejo-lhe muita saúde, tranquilidade e mantenha-nos informados. Estamos torcendo por você.

Abraço.

Debora, obrigado mesmo!
Sinto-me privilegiado por ter ultrapassado os "enta", como você disse. Mas a sensação de realização nesse sentido é ofuscada pelo fato de ter dedicado quase integralmente, direta ou indiretamente, voluntaria ou forçosamente, a vida à Torre de Vigia.
Vou correr atrás agora para tornar esse tempo o mais insignificante possível em minha vida.
"Um paraíso não precisa necessariamente ser um lugar lindo. Basta ser apenas um lugar que me faça bem."
Avatar de usuário
TJCalado
Forista
Forista
 
Mensagens: 4354
Data de registro: 11 Mar 2012 21:40
Localidade: Não quero responder

Re: Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado

Nova mensagempor kooboo em 04 Mar 2014 21:16

TJCalado escreveu:Ontem eu recebi uma notícia. Por incrível que pareça, não foi a notícia que me preocupou. Na verdade, foi o fato de não ter me preocupado que me deixou preocupado.
Há algum tempo tenho sentido alguns efeitos da idade (+ de 40). Depois de muita resistência, decidi ir ao médico e fui encaminhado para fazer alguns exames. Descobri que tenho um problema cardíaco que necessita de cuidado urgente. Há sério risco de morte. Levei um susto e comecei a pensar na minha vida. Em resumo, esse pensamento me levou a pensar que, sendo um TJ apenas para evitar problemas com a família, e não podendo exercer nem expressar a minha verdadeira crença e meus princípios, minha personalidade, sinceramente porque eu deveria estar preocupado em gastar recursos para prolongar essa situação?
Apesar de já ter cogitado o suicídio anteriormente, hoje não penso nisso. Mas você deve estar perguntando porque então eu levantei a questão acima.
Minha reflexão não parou nessa pergunta. O questionamento me levou à conclusão - e eu gostaria de compartilhar com todos, mas especialmente com os que ainda são TJs somente por causa da família - de que não faz o menor sentido viver assim. Na verdade estamos simplesmente existindo. É como se fôssemos objetos inanimados, simplesmente servindo para a utilidade dos outros.
Nessa reflexão, que qualquer um pode fazer mesmo sem está sob risco de morte, perguntei-me: que diferença faz PARA MIM, nesta situação, estar vivo ou morto? O que faz a minha vida valer a pena? Estou vivendo ou apenas existindo? Há mesmo algo que torna a minha vida importante para mim, a ponto de eu sentir falta dela caso eu morra?
Como TJ por imposição, tristemente eu não tive respostas para estas perguntas. Mas decidi, não por simplesmente ignorá-las, nem desistir por falta de motivos.
Quero me tratar para viver, não somente para continuar existindo.


Sempre existe uma outra opção, ou pelo menos uma outra forma de refletir.
Enquanto você pensa - Que diferença faz continuar vivo, nesta situação?
A outra forma de pensar seria - Porque continuar me acabando, sendo infeliz, diante destas pessoas que nem sequer me ouvem, ou me deixam ser EU mesmo?
E por atitude, ir se tratar, dizer o que pensa, chutar o pau da barraca e curtir o resto da vida, que é a única coisa que você realmente possui - SUA VIDA.
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 10903
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22
Localidade: Minas Gerais

Re: Uma notícia [pessoal] me deixou preocupado

Nova mensagempor TJCalado em 05 Mar 2014 00:44

kooboo escreveu:
TJCalado escreveu:Ontem eu recebi uma notícia. Por incrível que pareça, não foi a notícia que me preocupou. Na verdade, foi o fato de não ter me preocupado que me deixou preocupado.
Há algum tempo tenho sentido alguns efeitos da idade (+ de 40). Depois de muita resistência, decidi ir ao médico e fui encaminhado para fazer alguns exames. Descobri que tenho um problema cardíaco que necessita de cuidado urgente. Há sério risco de morte. Levei um susto e comecei a pensar na minha vida. Em resumo, esse pensamento me levou a pensar que, sendo um TJ apenas para evitar problemas com a família, e não podendo exercer nem expressar a minha verdadeira crença e meus princípios, minha personalidade, sinceramente porque eu deveria estar preocupado em gastar recursos para prolongar essa situação?
Apesar de já ter cogitado o suicídio anteriormente, hoje não penso nisso. Mas você deve estar perguntando porque então eu levantei a questão acima.
Minha reflexão não parou nessa pergunta. O questionamento me levou à conclusão - e eu gostaria de compartilhar com todos, mas especialmente com os que ainda são TJs somente por causa da família - de que não faz o menor sentido viver assim. Na verdade estamos simplesmente existindo. É como se fôssemos objetos inanimados, simplesmente servindo para a utilidade dos outros.
Nessa reflexão, que qualquer um pode fazer mesmo sem está sob risco de morte, perguntei-me: que diferença faz PARA MIM, nesta situação, estar vivo ou morto? O que faz a minha vida valer a pena? Estou vivendo ou apenas existindo? Há mesmo algo que torna a minha vida importante para mim, a ponto de eu sentir falta dela caso eu morra?
Como TJ por imposição, tristemente eu não tive respostas para estas perguntas. Mas decidi, não por simplesmente ignorá-las, nem desistir por falta de motivos.
Quero me tratar para viver, não somente para continuar existindo.


Sempre existe uma outra opção, ou pelo menos uma outra forma de refletir.
Enquanto você pensa - Que diferença faz continuar vivo, nesta situação?
A outra forma de pensar seria - Porque continuar me acabando, sendo infeliz, diante destas pessoas que nem sequer me ouvem, ou me deixam ser EU mesmo?
E por atitude, ir se tratar, dizer o que pensa, chutar o pau da barraca e curtir o resto da vida, que é a única coisa que você realmente possui - SUA VIDA.

Foi exatamente isso que eu pensei, Kooboo. Na realidade, o meu comentário explicou que o questionamento "Que diferença faz continuar vivo, nesta situação?" foi somente um caminho que me fez refletir e concluir que devo buscar um propósito para a minha vida. Um propósito pessoal.
"Um paraíso não precisa necessariamente ser um lugar lindo. Basta ser apenas um lugar que me faça bem."
Avatar de usuário
TJCalado
Forista
Forista
 
Mensagens: 4354
Data de registro: 11 Mar 2012 21:40
Localidade: Não quero responder

Próximo

Retornar para Depoimentos

Quem está online

Usuários vendo este fórum: davipegasus, Gantz, kooboo, Lourisvaldo Santana, RayFranz, Wesley MF e 66 visitantes