Artigo sobre a Maçonaria em Despertai! de 1958 : Publicações
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


Artigo sobre a Maçonaria em Despertai! de 1958

Um exame crítico sobre as mais diversas publicações da Associação Torre de Vigia, que engloba revistas, livros, folhetos etc.

Artigo sobre a Maçonaria em Despertai! de 1958

Nova mensagempor Estudante da Bíblia em 19 Dez 2011 09:48

Imagem

Quem aqui já pesquisou pela Maçonaria nas publicações da Torre de Vigia e notou que quase não se encontra informações a respeito da fraternidade? Embora quase inacessíveis, elas existem! Estou disponibilizando no link abaixo fotocópias de um artigo em português sobre a Maçonaria publicado na Despertai! de 8 de Agosto de 1958, p. 12-16. A qualidade infelizmente não é das melhores, mas não deixa de ser uma referência interessante para se ter:

:arrow: Clique aqui para baixar em PDF
:arrow: Clique aqui para visualizar online
Avatar de usuário
Estudante da Bíblia
Forista
Forista
 
Mensagens: 1794
Data de registro: 22 Jan 2009 01:12
Localização: São Paulo, Brasil

Re: Artigo sobre a Maçonaria em Despertai! de 1958

Nova mensagempor De olhos abertos em 19 Dez 2011 11:29

Muito bom, Estudante! Parabéns pelo excelente tópico.

Ao chegar em casa, irei pesquisar essa publicação rara! d:8
Avatar de usuário
De olhos abertos
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 6385
Data de registro: 18 Nov 2009 09:07
Localização: São Paulo - SP
Localidade: Não quero responder

Re: Artigo sobre a Maçonaria em Despertai! de 1958

Nova mensagempor Jorge em 19 Dez 2011 12:18

Muito boa a sua descoberta!
    Conhecereis a internet e a internet vos libertará.
. - Jorge
Avatar de usuário
Jorge
Forista
Forista
 
Mensagens: 3976
Data de registro: 14 Dez 2010 11:07
Localização: Paraná

Re: Artigo sobre a Maçonaria em Despertai! de 1958

Nova mensagempor Caronte Vitalzole em 22 Dez 2011 17:39

Estudante da Bíblia, a sua explicação sobre a relação Russell/Maçonaria é a melhor que eu já vi. Parabéns!
Quem nunca teve curiosidade sobre a Maçonaria?
Eu já havia lido este artigo da Despertai! na Biblioteca de Betel. Só tomei conhecimento das acusações a respeito de Russel ser maçom há pouco tempo, na época da internet. Primeiro eu não acreditei nisso e não via consistência nas “provas”. Depois eu via com indiferença. Qual o problema de CRT ser maçom? Nenhum. Mas mesmo assim, nunca me convenceram de que ele foi um maçom.

Quanto ao artigo da Despertai! a conclusão que cheguei agora, anos após me livrar da seita é que quem escreveu o artigo na verdade não escreveu e que a Torre apenas copia de outros artigos e não cita a fonte ou não respalda seus argumentos. A Torre desde sempre gosta de citar textos fora do contexto para "provar" seu ponto de vista.

O que falo a seguir, falo sobretudo como ex TJ e não falo em nome da maçonaria. Cito minhas opiniões assim como a Torre citas vários artigos de maçons que igualmente expressam suas opiniões. A Torre dá a entender que todas suas citações são artigos e dogmas obrigatórios de todo maçom. Não é bem assim.
A frase “O que é mais sagrado para um maçom, é anátema para outro!”, mostra como a Torre pode ser julgada por suas próprias palavras. Russel comemorou o Natal que hoje as TJ abominam.
“O que é mais sagrado para um (Russel comemorou o Natal), é anátema para outro (Rutherford proibiu o Nata)!” Ambos usavam a Bíblia!
“Entre as coisas sobre que se concorda há a crença na existência dum único Deus verdadeiro”. A maçonaria não impõem esta crença. As TJ impõem este dogma mas elas mesma dizem que Jesus Cristo é um deus e um deus falso porque, se só Jeová é Deus verdadeiro, concluo que Jesus é um deus falso.
Ao criticar os títulos “altissonantes” da maçonaria, a seita deveria lembrar que históricamente usa seus próprios títulos altissonantes e nem um pouco modestos, desde chamar Russell de Pastor e Mensageiro da Laodicéia até intitular sua liderança de Corpo Governante.
Ao citar Jesus em João 14:6 que disse: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim.”, a seita dá a entender que ensina isso mas na verdade ela ensina que “Jesus é o “mediador” apenas dos cristãos ungidos” w79 15/9 p. 32
Logo no começo do artigo, a revista diz que existem os “Mações (sic) Negros dos Estados Unidos” e mais tarde no mesmo artigo diz que a Maçonaria “exclui a raça negra”. Não entendi...
Sobre a maçonaria não fazer proselitismo, não vejo nenhum problema. A maçonaria é uma sociedade discreta que ao contrário do que diz o artigo, está aberta a todo tipo de pessoa. As TJ fazem o seguinte tipo de proselitismo: convertendo pessoas e depois as proibi de ter contato com outros. Convertem pessoas e condenam ao ostracismo e indiferença os parentes desta pessoa que não se converteram. E perguntem a um TJ da Grécia se eles fazem proselitismo?
Sobre impedir alguém de ser maçom, este é um direito que a fraternidade seus membros tem. Alguns clubes e outras sociedades são exclusivistas assim. Qual o problema? Ou uma reunião de anciãos é aberta a todas as TJ? Ou a ATV vende ou doa o livro “Organizados” (não sei se é esse o nome ainda)? Há ainda um livro secreto dos anciãos, dos pioneiros, dos sup. De circuito, etc... É um direito das TJ também! Pena que elas não admitam que tem "secredos"...

Encerro com mais uma peróla:
“Bilhões de pessoas de pessoas não podem impedir que alguém se torne Cristão”. Sim, é verdade e eu como maçom posso conversar com TODAS elas. Uma TJ não!
"Com alguns bons amigos bebendo de bem com a vida
De uma América a outra consigo passar num segundo"
Avatar de usuário
Caronte Vitalzole
Forista
Forista
 
Mensagens: 1184
Data de registro: 30 Jan 2011 10:41

Re: Artigo sobre a Maçonaria em Despertai! de 1958

Nova mensagempor Daniel SPFC em 22 Dez 2011 18:56

Sempre me intriguei com o que seria ser maçom...se ganha dinheiro, e tal...hehe ;)
"Quando se entrega o direito de escolha, de pensar por si mesmo à uma organização, política ou religiosa, o poder de decisão é roubado e paramos de crescer, de evoluir".
Avatar de usuário
Daniel SPFC
Forista
Forista
 
Mensagens: 104
Data de registro: 08 Dez 2011 18:17

Re: Artigo sobre a Maçonaria em Despertai! de 1958

Nova mensagempor Poseidon em 22 Dez 2011 19:09

Que Russel teve influencias com maçons esta cada vez mais evidente, o que resta saber é quão profundo foi este envolvimento.
Avatar de usuário
Poseidon
Forista
Forista
 
Mensagens: 2052
Data de registro: 07 Jan 2010 14:43

Re: Artigo sobre a Maçonaria em Despertai! de 1958

Nova mensagempor Daniel SPFC em 22 Dez 2011 19:12

Gostaria de uma explanação simples sobre a maçonaria, e matar uma curiosidade. Quem entra lá ganha dinheiro? rs Só vejo maçom com carroes aqui em Itu...hehe
"Quando se entrega o direito de escolha, de pensar por si mesmo à uma organização, política ou religiosa, o poder de decisão é roubado e paramos de crescer, de evoluir".
Avatar de usuário
Daniel SPFC
Forista
Forista
 
Mensagens: 104
Data de registro: 08 Dez 2011 18:17

Re: Artigo sobre a Maçonaria em Despertai! de 1958

Nova mensagempor Estudante da Bíblia em 23 Dez 2011 00:24

Caronte, muito obrigado pela disposição em expor as suas ponderações. Gostei da ótica que você passou colocando a Torre como alvo das próprias acusações que faz no artigo. E acho que você tem razão, a impressão é que realmente o autor retirou boa parte da matéria de outras fontes, embora não as tenha citado (o fato de ser matéria baseada num "relatório" enviado de um correspondente, talvez corrobore isso).

Há muito mais sobre o boato Russell/Maçonaria para ser analisado, pretendo fazer isso em breve no meu blog. Aliás, Caronte, uma dúvida: parece que além da crença num Grande Arquiteto do Universo, os Maçons (pelo menos no Rito Escocês e no Rito de York) também têm em comum a crença na imortalidade da alma, é isto verdadeiro? Mande-me alguma luz sobre o assunto. Em caso afirmativo, esta seria uma outra visível contradição neste boato, visto que Russell era de fato um aniquilacionista, ou seja, negava a imortalidade da alma.

Poseidon escreveu:Que Russel teve influencias com maçons esta cada vez mais evidente, o que resta saber é quão profundo foi este envolvimento.

Influências por amigos ou familiares Maçons, Russell até pode ter tido sim, quem sabe. A questão seria precisar que tipo de influências teriam sido. Do meu ponto de vista, vejo a filosofia da Maçonaria e as filosofias de Russell como conflitantes em vários aspectos. Por outro lado, Russell era um visionário, um homem a frente de seu tempo, e quem sabe amigos Maçons (que têm estas qualidades estimuladas pela Maçonaria) não o tenham influenciado nesse sentido.

Daniel SPFC escreveu:Gostaria de uma explanação simples sobre a maçonaria, e matar uma curiosidade. Quem entra lá ganha dinheiro? rs Só vejo maçom com carroes aqui em Itu...hehe

Difícil uma explicação simples sobre algo tão complexo, rsrs... Mas quanto ao dinheiro, é como eu comentei um pouco mais acima: a Maçonaria estimula os seus membros a serem pessoas melhores, aperfeiçoando as suas qualidades morais. Um Maçom que coloca em prática os ideais que aprende, estará sem dúvidas mais apto a adquirir prosperidade financeira, embora, acredite eu, este tipo de prosperidade seja apenas uma consequência e não um dos objetivos da Maçonaria.

Abraços a todos!
Avatar de usuário
Estudante da Bíblia
Forista
Forista
 
Mensagens: 1794
Data de registro: 22 Jan 2009 01:12
Localização: São Paulo, Brasil

Re: Artigo sobre a Maçonaria em Despertai! de 1958

Nova mensagempor Éris em 23 Dez 2011 08:16

Uma vez mandei uma mensagem para um maçom, um dos mais conhecidos aqui no Brasil pois passa o que é permitido passar e faz parte de outras ordens tbm como a Rosacruz, perguntei a ele se tinha como ele saber se Russel era maçon, depois de 3 dias ele respondeu. Essa foi a resposta:

Nao. Ele nao foi maçom. Tem um trecho de sua biografia que diz:In June 1913, during his transcontinental speaking tour, Russell gave a discourse in a Masonic hall in San Francisco, where he stated: "Although I have never been a Mason ... Something I do seems to be the same as Masons do, I don't know what it is; but they often give me all kinds of grips and I give them back, then I tell them I don't know anything about it except just a few grips that have come to me naturally".


Eu nem sabia que russel tinha uma biografia, vcs sabiam disso?

Bem, eu coloquei no google para traduzir, quem puder traduzir e quiser fazer isso fique a vontade.

Abçs.
"Não hão de te condenar por tua verdade, mas por ela não ser a mesma verdade deles. Portanto se não compreendem que o importante é o agora, basta que tu faças o teu agora."


Djaysel Pessôa
Avatar de usuário
Éris
Forista
Forista
 
Mensagens: 143
Data de registro: 18 Jul 2011 12:09

Re: Artigo sobre a Maçonaria em Despertai! de 1958

Nova mensagempor shurelambers em 23 Dez 2011 08:25

Again... and again... and again...

Sobre a Maçonaria

O que é a Maçonaria?-
A Maçonaria é uma instituição essencialmente filosófica, filantrópica, educativa e progressista.
.
Por que é Filosófica?-
É filosófica porque em seus atos e cerimônias ela trata da essência, propriedades e efeitos das causas naturais. Investiga as leis da natureza e relaciona as primeiras bases da moral e da ética pura.
.
Por que é Filantrópica?-
É filantrópica porque não está constituída para obter lucro pessoal de nenhuma classe, senão, pelo contrário, suas arrecadações e seus recursos se destinam ao bem-estar do gênero humano, sem distinção de nacionalidade, sexo, religião ou raça. Procura conseguir a felicidade dos homens por meio da elevação espiritual e pela tranqüilidade da consciência.
.
Por que é Progressista?-
É progressista porque partindo do princípio da imortalidade e da crença em um princípio criador regular e infinito, não se aferra a dogmas, prevenções ou superstições. E não põe nenhum obstáculo ao esforço dos seres humanos na busca da verdade, nem reconhece outro limite nessa busca senão o da razão com base na ciência.
.
Quais são os seus princípios?-
A liberdade dos indivíduos e dos grupos humanos, sejam eles instituições, raças, nações; a igualdade de direitos e obrigações dos seres e grupos sem distinguir a religião, a raça ou nacionalidade; a fraternidade de todos os homens, já que somos todos filhos do mesmo CRIADOR e, portanto, humanos e como conseqüência, a fraternidade entre todas as nações.
.
Qual o seu lema?-
Ciência - Justiça - Trabalho: Ciência, para esclarecer os espíritos e elevá-los; Justiça, para equilibrar e enaltecer as relações humanas; e Trabalho por meio do qual os homens se dignificam e se tornam independentes economicamente. Em uma palavra, a Maçonaria trabalha para o melhoramento intelectual, moral e social da humanidade.
.
Qual é seu objetivo?- Seu objetivo é a investigação da verdade, o exame da moral e a prática das virtudes.
.
O que entende a Maçonaria por moral?-
Moral é para a Maçonaria uma ciência com base no entendimento humano. É a lei natural e universal que rege todos os seres racionais e livres. É a demonstração científica da consciência. E essa maravilhosa ciência nos ensina nossos deveres e a razão do uso dos nossos direitos. Ao penetrar a moral no mais profundo da nossa alma sentimos o triunfo da verdade e da justiça.
.
O que entende a Maçonaria por virtude?-
A Maçonaria entende que virtude é a força de fazer o bem em seu mais amplo sentido; é o cumprimento de nossos deveres para com a sociedade e para com a nossa família sem interesse pessoal. Em resumo: a virtude não retrocede nem ante o sacrifício e nem mesmo ante a morte, quando se trata do cumprimento do dever.
.
O que entende a Maçonaria por dever?-
A Maçonaria entende por dever o respeito e os direitos dos indivíduos e da sociedade. Porém não basta respeitar a propriedade apenas, mas, também, devemos proteger e servir aos nossos semelhantes. A Maçonaria resume o dever do homem assim: "Respeito a Deus, amor ao próximo e dedicação à família". Em verdade, essa é a maior síntese da fraternidade universal.
.
A Maçonaria é religiosa?-
Sim, é religiosa, porque reconhece a existência de um único princípio criador, regulador, absoluto, supremo e infinito ao qual se dá, o nome de GRANDE ARQUITETO DO UNIVERSO, porque é uma entidade espiritualista em contra posição ao predomínio do materialismo. Estes fatores que são essenciais e indispensáveis para a interpretação verdadeiramente religiosa e lógica do UNIVERSO, formam a base de sustentação e as grandes diretrizes de toda ideologia e atividade maçônicas.
.
A Maçonaria é uma religião?-
Não. A Maçonaria não é uma religião. É uma sociedade que tem por objetivo unir os homens entre si. União recíproca, no sentido mais amplo e elevado do termo. E nesse seu esforço de união dos homens, admite em seu seio pessoas de todos os credos religiosos sem nenhuma distinção.
.
Para ser Maçom é necessário renunciar à religião a qual se pertence?-
Não, porque a Maçonaria abriga em seu seio homens de qualquer religião, desde que acreditem em um só Criador, o GRANDE ARQUITETO DO UNIVERSO, que é Deus. Geralmente existe essa crença entre os católicos, mas ilustres prelados tem pertencido à Ordem Maçônica; entre outros, o Cura Hidalgo, Paladino da Liberdade Mexicana; o Padre Calvo, fundador da Maçonaria na América Central; o Arcebispo da Venezuela, Don Ramon Ignácio Mendez; Padre Diogo Antonio Feijó; Cônegos Luiz Vieira, José da Silva de Oliveira Rolin, da Inconfidência Mineira, Frei Miguelino, Frei Caneca e muitos outros.
.
Quais outros homens ilustres que foram Maçons?-
Filósofos como Voltaire, Goethe e Lessing; Músicos como Beethoven, Haydn e Mozart; Militares como Frederico o Grande, Napoleão e Garibaldi; Poetas como Byron, Lamartine e Hugo; Escritores como Castellar, Mazzini e Espling.
.
Somente na Europa houve Maçons ilustres?-
Não. Também na América existiram. Os libertadores da América foram todos maçons. Washington nos Estados Unidos; Miranda, o Padre da Liberdade sul-americana; San Martin e O'Higgins, na Argentina; Bolivar, no Norte da América do Sul; Marti, em Cuba; Benito Juarez, no México e o Imperador Dom Pedro I no Brasil.
.
Quais os nomes de destaque no Brasil que foram Maçons?-
D. Pedro I, José Bonifácio, Gonçalves Lêdo, Luis Alves de Lima e Silva (Duque de Caxias), Deodoro da Fonseca, Floriano Peixoto, Prudente de Morais, Campos Salles, Rodrigues Alves, Nilo Peçanha, Hermes da Fonseca, Wenceslau Braz, Washington Luiz, Rui Barbosa e muitos outros.
.
Então a Maçonaria é tolerante?-
A Maçonaria é eminentemente tolerante e exige dos seus. membros a mais ampla tolerância. Respeita as. Opiniões políticas e crenças religiosas de todos os homens, reconhecendo que todas as religiões e ideais políticos são igualmente respeitáveis e rechaça toda pretensão de outorgar situações de privilégio a qualquer uma delas em particular.
.
O que a Maçonaria combate?-
A ignorância, a superstição, o fanatismo. O orgulho, a intemperança, o vício, a discórdia, a dominação e os privilégios.
.
A Maçonaria é uma sociedade secreta?-
Não, pela simples razão de que sua existência é amplamente conhecida. As autoridades de vários países lhe concedem personalidade jurídica. Seus fins são amplamente difundidos em dicionários, enciclopédias, livros de história etc. O único segredo que existe e não se conhece senão por meio do ingresso na instituição, são os meios para se reconhecer os maçons entre si, em qualquer parte do mundo e o modo de interpretar seus símbolos e os ensinamentos neles contidos.
.
Quais as principais obras da Maçonaria no Brasil?-
A Independência, a Abolição e a República. Isto para citar somente os três maiores feitos da nossa história, em que os maçons tomaram parte ativa.
.
Quais as condições individuais indispensáveis para poder pertencer a Maçonaria?-
Crer na existência de um princípio Criador; ser homem livre e de bons costumes; ser consciente de seus deveres para com a Pátria, seus semelhantes e consigo mesmo; ter uma profissão ou oficio lícito e honrado que lhe permita prover suas necessidades pessoais e de sua família e a sustentação das obras da Instituição.
.
O que se exige dos Maçons?-
Em princípio, tudo aquilo que se exige ao ingresso em qualquer outra instituição: respeito aos seus estatutos, regulamentos e acatamento às resoluções da maioria, tomadas de acordo com os princípios que as regem; amor à Pátria; respeito aos governos legalmente constituídos; acatamento às leis do país em que viva, etc. E em particular: a guarda do sigilo dos rituais maçônicos; conduta correta e digna dentro e fora da Maçonaria; a dedicação de parte do seu tempo para assistir às reuniões maçônicas; a prática da moral, da igualdade e da solidariedade humana e da justiça em toda a sua plenitude. Ademais, se proíbe terminantemente dentro da instituição, as discussões políticas e religiosas, porque prefere uma ampla base de entendimento entre os homens afim de evitar que sejam divididos por pequenas questões da vida civil.
.
O que é um Templo Maçônico?-
É um lugar onde se reúnem os maçons periodicamente para praticar as cerimônias ritualísticas que lhes são permitidas, em um ambiente fraternal e propício para concentrar sua atenção e esforços para melhorar seu caráter, sua vida espiritual e desenvolver seu sentimento de responsabilidade, fazendo-lhes meditar tranqüilamente sobre a missão do homem na vida, recordando-lhes constantemente os valores eternos cujo cultivo lhes possibilitará acercar-se da verdade.
.
O que se obtêm sendo Maçom? -
A possibilidade de aperfeiçoar-se, de instruir-se, de disciplinar-se, de conviver com pessoas que, por suas palavras, por suas obras, podem constituir-se em exemplos; encontrar afetos fraternais em qualquer lugar em que se esteja dentro ou fora do país. Finalmente, a enorme satisfação de haver contribuído, mesmo em pequena parcela, para a obra moral e grandiosa levada a efeito pelos homens. A Maçonaria não considera possível o progresso senão na base de respeito à personalidade, à justiça social e a mais estreita solidariedade entre os homens. Ostenta o seu lema "Liberdade, Igualdade e Fraternidade" com a abstenção das bandeiras políticas e religiosas. O segredo maçônico, que de má fé e caluniosamente tem se servido os seus inimigos para fazê-la suspeita entre os espíritos cândidos ou em decadência, não é um dogma senão um procedimento, uma garantia, uma defesa necessária e legítima, porém como inevitavelmente tem sucedido com todo direito e seu dever correlativo, o preceito das reservas maçônicas já tem experimentado sua evolução nos tempos e segundo os países. A Maçonaria não tem preconceito de poderes, e nem admite em seu seio, pessoas que não tenham um mínimo de cultura que lhes permitam praticar os seus sentimentos e tenham uma profissão ou renda com que possam atender às necessidades dos seus familiares, fazer face às despesas da sociedade e socorros aos necessitados.

Fonte: Grande Oriente do Brasil - www.gob.org.br
Avatar de usuário
shurelambers
Forista
Forista
 
Mensagens: 1715
Data de registro: 03 Nov 2008 09:18
Localização: São Paulo - Capital


Retornar para Publicações

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 35 visitantes