** RUSSEL ** era ou não Maçon : Crenças, Doutrinas e História
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


** RUSSEL ** era ou não Maçon

Debates e discussões acerca das crenças, doutrinas e a história das Testemunhas de Jeová.

** RUSSEL ** era ou não Maçon

Nova mensagempor ELLIPSIS em 06 Mar 2010 14:16

Bem, tem se dito e escrito em vários lados que Charles Taze Russel era Maçom, mas será que era mesmo?

Temos por Slogam do nosso Fórum algo como isto "COMPROMISSO COM A VERDADE". Sendo assim proponho algo tão simples quanto isto.

Dizer realmente a verdade e não actuarmos com o CG diz uma coisa e faz outra.

Sejamos honestos connosco e para com aqueles que nos visitam e que porventura ao ler a "verdade" possam ficar por aqui.

Que este Tópico possa ir para os FAVORITOS,por mostrar realmente a "verdade" sobre C.T.Russel.

Coloquem aqui tudo aquilo que for verdadeiro sobre Russel, por forma a este Tópico de uma vez por todas possa mostrar se Russel era ou não Maçon.

Boas pesquisas :2

Fica a pergunta:
RUSSEL ERA OU NÃO MAÇOM?
Imagem
MEU BLOG


Aquele que busca a verdade deve, tanto quanto possível, duvidar de tudo. **DESCARTES**
Avatar de usuário
ELLIPSIS
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 2732
Data de registro: 24 Ago 2009 16:24

Re: ** RUSSEL ** era ou não Maçon

Nova mensagempor JH em 06 Mar 2010 15:47

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ E MAÇONARIA – QUAL A CONEXÃO?



CARTAS RESPONDIDAS

A Sociedade Torre de Vigia respondendo a um leitor sobre a existência de uma pirâmide de granito com cerca de 2 metros de altura junto ao túmulo do seu fundador e primeiro presidente, Sr. Charles Taze Russell, e a hipótese dele ter se envolvido com a Maçonaria, respondeu o seguinte:



a) Que realmente existe uma pirâmide junto ao túmulo do Sr, Russell, em Ross, EUA, mas que foi construída por parentes e amigos de Russell de Pittsburgo, onde Russell nasceu e se criou. Afirma, ainda, que entre esses amigos uns eram políticos e comerciantes de sua cidade natal. Contudo não sabe explicar por que motivo eles decidiram homenagear Russell com uma pirâmide.

b) Quanto ao fato dos diretores da Sociedade Torre de Vigia serem maçons, dizem ser totalmente infundado. Porém, a Sociedade afirma que infelizmente não tem literatura que fale sobre a Maçonaria.



Em face da resposta negativa da Sociedade (como era de se esperar) analisaremos os seguintes pontos sobre a carta e outros detalhes dessa organização religiosa no decorrer da sua história:



1) Em cartas anteriores, a Sociedade afirmava desconhecer o fato de haver uma pirâmide junto ao túmulo do Sr. Russell. Embora seja conhecido desde 1916 por muitos jornais norte-americanos e as próprias Testemunhas de Jeová nos EUA. Interessante é que, respondendo a um outro leitor, a Sociedade disse que “aquela pirâmide pode ser vista por qualquer um que for visitar o túmulo de Russell, e que foi ele mesmo que encomendou aquela pirâmide antes de morrer”, de modo que a Sociedade não poderia removê-la de lá.

2) Agora, numa outra carta, afirma que nem Russell nem a Sociedade teve nada que ver com a construção daquela pirâmide. Qual da três cartas fala a verdade?


LIGAÇÃO COM PRÁTICAS MAÇÔNICAS

Na verdade, a Sociedade Torre de Vigia está procurando esconder algo mais além da mera pirâmide – ou seja, a sua ligação com práticas maçônicas. Isto pode até parecer fantasia, mas veja as evidências:



a) A pirâmide em si já é um símbolo profundamente esotérico. Tal símbolo pode ser visto na cédula de um dólar americano, como homenagem dos maçons norte-americanos. O simbolismo da pirâmide é grande em qualquer literatura esotérica ou maçônica. De fato, Russell se envolveu com a Maçonaria Templária em 1891, através dos irmãos John Edgar e Morton Edgar, que estudavam os segredos da pirâmide de Gizé, no Egito. De acordo com os livros “Venha o Teu Reino”, de 1905, de Russell, e “Os Corredores da Grande Pirâmide”, dos irmãos Edgar, (ambos em inglês), as Testemunhas de Jeová daquela época tinham por hábito estudar um mapa com várias pirâmides e datas proféticas. Era o que se chamava de “O Plano Divino das Eras”, ou “A Tabela da Pirâmide”. Isto pode ser verificado no livro “Proclamadores”, página 162, editado pela Sociedade Torre de Vigia. O próprio John Edgar se tornou um TJ, na cidade de Glasgow (confira na revista Sentinela, de 01/05/1987, p.24).

b) Mas a Sociedade alega que foram parentes e amigos de Russell os responsáveis pela pirâmide junto ao seu túmulo. Entretanto, a Sociedade se esqueceu que aquele lote no cemitério é de sua propriedade e, ademais, os símbolos incrustados na lápide são também sua propriedade. (Seria bom conferir o livro Proclamadores, p.64). Ora, poderia alguém erigir um monumento obscuro em sua propriedade, sem a sua autorização, e você ainda ficaria impedido de removê-lo?

c) A Sociedade Torre de Vigia alega que não tem nenhuma literatura que aborde o assunto Maçonaria, exceto uma experiência atual e sem expressão de um certo africano que pertenceu a uma loja maçônica antes de se tornar TJ. Será que em seus anos de existência, tendo abordado e criticado negativamente os mais diferentes ramos das religiões e seitas, a Sociedade Torre de Vigia nunca parou para discutir sobre algo que é tão comentado como a Maçonaria?


SÍMBOLOS MAÇÔNICOS E ESOTÉRICOS

Além do que já foi analisado nas próprias respostas da Sociedade, vejamos outros indícios curiosos que nos levam a crer que há uma ligação secreta entre a cúpula fechada da Sociedade Torre de Vigia e a Maçonaria, uma sociedade secreta de cunho humanista e deísta:



a) O símbolo da cruz e coroa que aparece na pirâmide junto ao túmulo de Russell, na verdade é um símbolo, ou “jóia” dos Cavaleiros Templários, que corresponde ao 18º grau do Rito Escocês da Maçonaria (pertenceria Russell a esse grau?). Também em seu túmulo podemos ver outros elementos maçônicos como os ramos de acácia e lírios do campo, além do formato da tumba com as duas colunas maçônicas, ou pedra fundamental (cúbica).

b) A cruz e a coroa e a armadura medieval eram dois símbolos que apareciam nos cantos superiores da revista Sentinela. Igualmente tais símbolos são do grau 18 da maçonaria.

c) O sol alado (com asas) também aparece em alguns livros e revistas antigos da Sociedade Torre de Vigia. Trata-se de símbolo teósofo usado pela Maçonaria, Rosa Cruz, Teosofia, Ciência Cristã, etc. (Veja o livro Proclamadores, p. 88)

d) No Anuário das Testemunhas de Jeová, de 1994, p.9, aparece a fotografia dos veteranos diretores dessa organização. Eles estão sentados numa forma típica dos maçons sentarem-se em suas reuniões secretas, conforme se vê no Manual do Mestre Maçom, de M. Gomes, p.79, Editora Aurora, que diz: “os maçons devem sentar-se com as palmas das mãos sobre as coxas, sem cruzar as pernas”. (Uma homenagem a Osíris)

e) Em alguns desenhos das revistas e livros da Sociedade Torre de Vigia aparecem, de forma subliminar, certas letras esotéricas traçadas de forma a se confundirem com a paisagem do desenho. Tais letras são evocações cabalísticas de cunho gnóstico, com o objetivo de identificar a Sociedade Torre de Vigia com outras organizações irmãs. Também, há certos sinais executados nos dedos das mãos dos personagens, que já foram usados na Maçonaria do século XVIII. Tais símbolos apareceram nas obras de Aleijadinho e outros pintores renascentistas célebres – todos eles alquimistas.


AS DUAS CLASSES – CELESTIAL E TERRESTRE

Já em 1865, antes da criação da Sociedade Torre de Vigia, ensinava-se nos meios esotéricos que haveria duas classes de salvos: uma classe terrestre e outra celeste. Os irmãos Edgar chegaram a esta conclusão por descobrirem que o sarcófago do Faraó Quéops ficava num compartimento superior ao da rainha, no interior da pirâmide de Gizé. Deste modo, idealizaram as duas classes de salvos. Mais tarde, em 1935, o Sr. J. F. Rutherford usou essa teoria para criar a “Grande Multidão” e o “Pequeno Rebanho de 144 mil ungidos para a vida celestial”. (Veja o livro “As Profecias da Pirâmide”, de Max Toth, ed. Record, p.210/211).


O PARAÍSO TERRESTRE

No ritual do grau 19, da Maçonaria, diz-se que a proposta da maçonaria é criar um paraíso terrestre a partir do conhecimento e crescimento intelectual dos homens, através das lojas maçônicas espalhadas pelo mundo. Seria este paraíso terrestre também pregado pela Sociedade Torre de Vigia?


REUNIÕES DAS TJs EM LOJAS MAÇÔNICAS

Todos estes fatos, aliados ainda ao fato de que Russell e seus seguidores realizavam reuniões públicas dentro de lojas maçônicas, corroboram a tese de que a Sociedade Torre de Vigia é um agente das trevas a serviço da maçonaria e outras sociedades secretas que servem à Nova Era.
Avatar de usuário
JH
Forista
Forista
 
Mensagens: 192
Data de registro: 04 Ago 2009 12:08

Re: ** RUSSEL ** era ou não Maçon

Nova mensagempor Mundano em 06 Mar 2010 17:58

Incrível !!!!!!!!!!

Se no meu túmulo estivesse o arco de Oxossi ou qualquer outro elemento Afro-religioso, automaticamente TODOS afirmariam.....Ele era do Candomblé !!!! Mas, tudo bem......

Posso afirmar que no mesmo lugar que a RosaCruz fez um congresso teve depois um Memorial Tj .....Eles alugaram o mesmo espaço (EU ESTIVE NOS DOIS !!!)

CLARO QUE ELE ERA MAÇON !!!!!!!!
Mundano
Forista
Forista
 
Mensagens: 241
Data de registro: 18 Jan 2009 20:46

Re: ** RUSSEL ** era ou não Maçon

Nova mensagempor Estudante da Bíblia em 07 Mar 2010 00:02

Na minha opnião, não, ele não era maçom. Para mim, Russell era só um simpatizante e admirador dessas coisas como a Maçonaria, os Cavaleiros Templários, etc. Ele gostava muito de simbologia, suas próprias publicações evidenciam isso, mas até eu gosto também, gosto de desenhar e considero as capas ilustradas das publicações dele muito bonitas.

Imagem

Sinceramente, acho muito linda a ilustração da revista Zion's Watch Tower do começo do século XX. Existe simbologia nela, na cruz coroada (usada pelo Rito de York da Maçonaria) e também pela armadura e o castelo medieval (provavelmente referente aos Cavaleiros Templários). Para mim, estes não passam de simbologias referentes ao Cristianismo, na minha opnião, essa ilustração e esses símbolos foram uma ótima sacada de Russell ou do ilustrador ao se basear no nome "Torre de Vigia".

Imagem

Quanto a pirâmide de pedra localizada próxima ao seu túmulo, creio que foi um presente dos Estudantes da Bíblia, em referência aos estudos que o Pastor Russell realizou sobre a Grande Pirãmide no Egito. Não creio que haja ocultismo nisso, exceto pela Piramidologia, afinal Russell acreditava mesmo que tal Pirâmide do Egito fosse a pedra do testemunho de Deus na Terra descrita em Isaías 19:19, conforme muitos de nós mesmos já lemos no livro "Proclamadores do Reino" das Testemunhas. O "Grande Centro Maçonico de Pittsburgh", presente bem próximo do túmulo de Russell, é inclusive usado por alguns para provar o envolvimento de Russell com a Maçonaria, mas tal Centro Maçonico não pode ser usado como prova, pois foi construído apenas há alguns anos atrás, Russell já estava enterrado lá muito antes do Centro ser construído.

O Pastor Russell era certamente um admirador da Maçonaria, elogiava os Maçons e até mesmo chegou a realizar um discurso em um Templo Maçônico, mas creio que isso não passa de admiração, tanto é que até hoje a organização das Testemunhas de Jeová não critica de forma direta a Maçonaria.
Imagem
10 fatos não aceitos pelas Testemunhas de Jeová
PDF da brochura disponível para download!
Avatar de usuário
Estudante da Bíblia
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 2474
Data de registro: 22 Jan 2009 01:12
Localização: São Paulo, Brasil

Re: ** RUSSEL ** era ou não Maçon

Nova mensagempor queroaverdade em 07 Mar 2010 00:23

Jaime Humberto escreveu:TESTEMUNHAS DE JEOVÁ E MAÇONARIA – QUAL A CONEXÃO?



CARTAS RESPONDIDAS

A Sociedade Torre de Vigia respondendo a um leitor sobre a existência de uma pirâmide de granito com cerca de 2 metros de altura junto ao túmulo do seu fundador e primeiro presidente, Sr. Charles Taze Russell, e a hipótese dele ter se envolvido com a Maçonaria, respondeu o seguinte:



a) Que realmente existe uma pirâmide junto ao túmulo do Sr, Russell, em Ross, EUA, mas que foi construída por parentes e amigos de Russell de Pittsburgo, onde Russell nasceu e se criou. Afirma, ainda, que entre esses amigos uns eram políticos e comerciantes de sua cidade natal. Contudo não sabe explicar por que motivo eles decidiram homenagear Russell com uma pirâmide.

b) Quanto ao fato dos diretores da Sociedade Torre de Vigia serem maçons, dizem ser totalmente infundado. Porém, a Sociedade afirma que infelizmente não tem literatura que fale sobre a Maçonaria.



Em face da resposta negativa da Sociedade (como era de se esperar) analisaremos os seguintes pontos sobre a carta e outros detalhes dessa organização religiosa no decorrer da sua história:



1) Em cartas anteriores, a Sociedade afirmava desconhecer o fato de haver uma pirâmide junto ao túmulo do Sr. Russell. Embora seja conhecido desde 1916 por muitos jornais norte-americanos e as próprias Testemunhas de Jeová nos EUA. Interessante é que, respondendo a um outro leitor, a Sociedade disse que “aquela pirâmide pode ser vista por qualquer um que for visitar o túmulo de Russell, e que foi ele mesmo que encomendou aquela pirâmide antes de morrer”, de modo que a Sociedade não poderia removê-la de lá.

2) Agora, numa outra carta, afirma que nem Russell nem a Sociedade teve nada que ver com a construção daquela pirâmide. Qual da três cartas fala a verdade?


LIGAÇÃO COM PRÁTICAS MAÇÔNICAS

Na verdade, a Sociedade Torre de Vigia está procurando esconder algo mais além da mera pirâmide – ou seja, a sua ligação com práticas maçônicas. Isto pode até parecer fantasia, mas veja as evidências:



a) A pirâmide em si já é um símbolo profundamente esotérico. Tal símbolo pode ser visto na cédula de um dólar americano, como homenagem dos maçons norte-americanos. O simbolismo da pirâmide é grande em qualquer literatura esotérica ou maçônica. De fato, Russell se envolveu com a Maçonaria Templária em 1891, através dos irmãos John Edgar e Morton Edgar, que estudavam os segredos da pirâmide de Gizé, no Egito. De acordo com os livros “Venha o Teu Reino”, de 1905, de Russell, e “Os Corredores da Grande Pirâmide”, dos irmãos Edgar, (ambos em inglês), as Testemunhas de Jeová daquela época tinham por hábito estudar um mapa com várias pirâmides e datas proféticas. Era o que se chamava de “O Plano Divino das Eras”, ou “A Tabela da Pirâmide”. Isto pode ser verificado no livro “Proclamadores”, página 162, editado pela Sociedade Torre de Vigia. O próprio John Edgar se tornou um TJ, na cidade de Glasgow (confira na revista Sentinela, de 01/05/1987, p.24).

b) Mas a Sociedade alega que foram parentes e amigos de Russell os responsáveis pela pirâmide junto ao seu túmulo. Entretanto, a Sociedade se esqueceu que aquele lote no cemitério é de sua propriedade e, ademais, os símbolos incrustados na lápide são também sua propriedade. (Seria bom conferir o livro Proclamadores, p.64). Ora, poderia alguém erigir um monumento obscuro em sua propriedade, sem a sua autorização, e você ainda ficaria impedido de removê-lo?

c) A Sociedade Torre de Vigia alega que não tem nenhuma literatura que aborde o assunto Maçonaria, exceto uma experiência atual e sem expressão de um certo africano que pertenceu a uma loja maçônica antes de se tornar TJ. Será que em seus anos de existência, tendo abordado e criticado negativamente os mais diferentes ramos das religiões e seitas, a Sociedade Torre de Vigia nunca parou para discutir sobre algo que é tão comentado como a Maçonaria?


SÍMBOLOS MAÇÔNICOS E ESOTÉRICOS

Além do que já foi analisado nas próprias respostas da Sociedade, vejamos outros indícios curiosos que nos levam a crer que há uma ligação secreta entre a cúpula fechada da Sociedade Torre de Vigia e a Maçonaria, uma sociedade secreta de cunho humanista e deísta:



a) O símbolo da cruz e coroa que aparece na pirâmide junto ao túmulo de Russell, na verdade é um símbolo, ou “jóia” dos Cavaleiros Templários, que corresponde ao 18º grau do Rito Escocês da Maçonaria (pertenceria Russell a esse grau?). Também em seu túmulo podemos ver outros elementos maçônicos como os ramos de acácia e lírios do campo, além do formato da tumba com as duas colunas maçônicas, ou pedra fundamental (cúbica).

b) A cruz e a coroa e a armadura medieval eram dois símbolos que apareciam nos cantos superiores da revista Sentinela. Igualmente tais símbolos são do grau 18 da maçonaria.

c) O sol alado (com asas) também aparece em alguns livros e revistas antigos da Sociedade Torre de Vigia. Trata-se de símbolo teósofo usado pela Maçonaria, Rosa Cruz, Teosofia, Ciência Cristã, etc. (Veja o livro Proclamadores, p. 88)

d) No Anuário das Testemunhas de Jeová, de 1994, p.9, aparece a fotografia dos veteranos diretores dessa organização. Eles estão sentados numa forma típica dos maçons sentarem-se em suas reuniões secretas, conforme se vê no Manual do Mestre Maçom, de M. Gomes, p.79, Editora Aurora, que diz: “os maçons devem sentar-se com as palmas das mãos sobre as coxas, sem cruzar as pernas”. (Uma homenagem a Osíris)

e) Em alguns desenhos das revistas e livros da Sociedade Torre de Vigia aparecem, de forma subliminar, certas letras esotéricas traçadas de forma a se confundirem com a paisagem do desenho. Tais letras são evocações cabalísticas de cunho gnóstico, com o objetivo de identificar a Sociedade Torre de Vigia com outras organizações irmãs. Também, há certos sinais executados nos dedos das mãos dos personagens, que já foram usados na Maçonaria do século XVIII. Tais símbolos apareceram nas obras de Aleijadinho e outros pintores renascentistas célebres – todos eles alquimistas.


AS DUAS CLASSES – CELESTIAL E TERRESTRE

Já em 1865, antes da criação da Sociedade Torre de Vigia, ensinava-se nos meios esotéricos que haveria duas classes de salvos: uma classe terrestre e outra celeste. Os irmãos Edgar chegaram a esta conclusão por descobrirem que o sarcófago do Faraó Quéops ficava num compartimento superior ao da rainha, no interior da pirâmide de Gizé. Deste modo, idealizaram as duas classes de salvos. Mais tarde, em 1935, o Sr. J. F. Rutherford usou essa teoria para criar a “Grande Multidão” e o “Pequeno Rebanho de 144 mil ungidos para a vida celestial”. (Veja o livro “As Profecias da Pirâmide”, de Max Toth, ed. Record, p.210/211).


O PARAÍSO TERRESTRE

No ritual do grau 19, da Maçonaria, diz-se que a proposta da maçonaria é criar um paraíso terrestre a partir do conhecimento e crescimento intelectual dos homens, através das lojas maçônicas espalhadas pelo mundo. Seria este paraíso terrestre também pregado pela Sociedade Torre de Vigia?


REUNIÕES DAS TJs EM LOJAS MAÇÔNICAS

Todos estes fatos, aliados ainda ao fato de que Russell e seus seguidores realizavam reuniões públicas dentro de lojas maçônicas, corroboram a tese de que a Sociedade Torre de Vigia é um agente das trevas a serviço da maçonaria e outras sociedades secretas que servem à Nova Era.


Olá,

Perfeito seu post, acrescentou detalhes q eu nao conhecia, e sinceramente, esse quebra cabeça - Roussel X Maçonaria, com a sua ajuda, agora faltam poucas peças, como não existe "nada oculto que nao seja revelado", concerteza absoluta a ultima peça esta a caminho.

Sobre o testamento de Roussel, é verdade que nele estava expresso o seu desejo, o da piramide?

Abraço
____________________________________________________________________________
"A ociosidade é a mãe da Filosofia." Thomas Hobbes (1588-1679), filósofo inglês.
queroaverdade
Forista
Forista
 
Mensagens: 737
Data de registro: 02 Jul 2009 17:56

Re: ** RUSSEL ** era ou não Maçon

Nova mensagempor queroaverdade em 07 Mar 2010 01:05

Olá,

Eu queria me aprofundar nesse tema, e vou deixar algumas perguntas pra o pessoal responder...

1º - Roussel em um de seus discursos dentro de uma loja maçonica, disse que: 'existem maçons conhecidos e maçons secretos', ele até disse tb que poderia muito bem cumprimentar uma pessoa na rua e ninguem saber q é maçon, agora pergunto, se ele disse isso, como eu posso afirmar que ele não era um tipo de maçon secreto?

2º e mais interessante, se a maçonaria no final do seculo 18 inicio do seculo 19 estava presente na maioria das ditas "novas" seitas, e todo mundo sabia desse envolvimento na época e as pessoas encaravam isso com muita naturalidade, a pergunta é: Pq essas mesmas ditas "novas" seitas hoje encaram a maçonaria como sendo uma coisa diabolica?

Abraço
____________________________________________________________________________
"A ociosidade é a mãe da Filosofia." Thomas Hobbes (1588-1679), filósofo inglês.
queroaverdade
Forista
Forista
 
Mensagens: 737
Data de registro: 02 Jul 2009 17:56

Re: ** RUSSEL ** era ou não Maçon

Nova mensagempor Artur Germano em 07 Mar 2010 08:24

Pq essas mesmas ditas "novas" seitas hoje encaram a maçonaria como sendo uma coisa diabolica?


Quando você quiser saber algo sobre uma seita ou uma pessoa, pergunte aos EX. .Eles sempres têm algo a dizer sobre a personalidade ou conduta ou ainda como se comportam as pessoas ou as seitas. d:8
God is Love, I'm Happy Today
Jesus is The Lord
Avatar de usuário
Artur Germano
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 3062
Data de registro: 21 Ago 2009 11:18

Re: ** RUSSEL ** era ou não Maçon

Nova mensagempor TJ Curioso em 07 Mar 2010 09:13

Provavelmente aqui muitos já leram sobre Barbara Anderson ou lerem algum material escrito por ela sobre a pedofília entre as Testemunhas.
Acontece que ela já fez uma investigaçãp sobre este assunto e chegou à conclusão de que Russell não era maçon.

Leiam aqui:

http://www.jehovahs-witness.net/watchto ... -Freemason

Leiam também este debate sobre o assunto em que são apresentadas provas de que ele não era maçon, e até mesmo escreveu na Watchtower sobre e a desfavor da franco-maçonaria entre outras sociedades secretas.

http://www.jehovahs-witness.net/jw/frie ... son-debate
http://www.extj.net/
https://www.facebook.com/comunidade.extj/
Avatar de usuário
TJ Curioso
Forista
Forista
 
Mensagens: 1695
Data de registro: 15 Nov 2008 17:03

Re: ** RUSSEL ** era ou não Maçon

Nova mensagempor Mundano em 07 Mar 2010 10:55

Realmente não confio nas fontes que a Torre usa nas suas publicações!!!!...Ela manipula totalmente a favor dos seus dogmas!

Se ele não fosse maçon, não teríamos dúvidas!!!! Como ele REALMENTE ERA MAÇON, todos os símbolos estavam ao seu redor, NÃO ERA A TOA TODAS AS SIMBOLOGIAS E SUAS CRENÇAS, COMO A PIRAMIDOLOGIA!!!!
Acordem!!!!
Mundano
Forista
Forista
 
Mensagens: 241
Data de registro: 18 Jan 2009 20:46

Re: ** RUSSEL ** era ou não Maçon

Nova mensagempor ELLIPSIS em 07 Mar 2010 11:58

Ora,ora,ora, lá está,

Ainda existe muitas dúvidas,pois muitos acreditam piamente que Russel era maçom por outro lado outros acreditam que não e ainda outros acreditam que ele não era maçom mas viviam rodeado de maçonaria.

Uma coisa é certa ele gostava muito de piramidilogia, e isso é visto em muitas publicações antigas e até existe algumas publicações modernas da sociedade que têm objectos piramidologicos, alguns até ja foram retirados.Mas isso não quer dizer que russel tenha sido maçom.

Visto que ainda há muitas duvidas continuemos a pesquisar e coloquemos todas as provas para mostrar a verdade e somente a verdade.
Imagem
MEU BLOG


Aquele que busca a verdade deve, tanto quanto possível, duvidar de tudo. **DESCARTES**
Avatar de usuário
ELLIPSIS
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 2732
Data de registro: 24 Ago 2009 16:24

Re: ** RUSSEL ** era ou não Maçon

Nova mensagempor Artur Germano em 07 Mar 2010 12:06

Segundo o EX. Maçon Stefani Saad, os líderes religiosos da cristandade mesmo que sejam maçons não se identificam como tais, fazendo parte dos maçons desconhecidos.
Mesmo os maçons do circulo externo não conhecem os do círculo interno.
Porém o símbolo da torre usado pela Associação é um símbolo maçonico e tiveram que lutar na justiça para poderem usá-lo. d:8
God is Love, I'm Happy Today
Jesus is The Lord
Avatar de usuário
Artur Germano
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 3062
Data de registro: 21 Ago 2009 11:18

Re: ** RUSSEL ** era ou não Maçon

Nova mensagempor sidhiresus em 07 Mar 2010 13:03

Se o shure estivesse aqui, acho que muitas duvidas seriam sanadas.
Avatar de usuário
sidhiresus
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 8247
Data de registro: 01 Nov 2008 09:15
Localidade: São Paulo

Re: ** RUSSEL ** era ou não Maçon

Nova mensagempor Sherazade em 07 Mar 2010 13:28

Fica difícil saber se Russel era ou não maçon, por esta ser uma sociedade secreta.
Mas mesmo ele não tendo sido, o fato é que nem mesmo ele sendo uma simpatizante da maçonaria é admitido por uma TJ.Mas um simpatizante fica claro que ele era.
Não me vejo feito fera, muito menos anjo_Zé Ramalho
Avatar de usuário
Sherazade
Forista
Forista
 
Mensagens: 3312
Data de registro: 19 Abr 2009 17:48
Localização: Kryptônia

Re: ** RUSSEL ** era ou não Maçon

Nova mensagempor ELLIPSIS em 07 Mar 2010 15:22

Artur Germano escreveu:Porém o símbolo da torre usado pela Associação é um símbolo maçonico e tiveram que lutar na justiça para poderem usá-lo. d:8


Artur que história é essa da torre lutar na justiça pelo simbolo, é a primeira vez que estou a ler isso.

Onde podemos ler mais sobre isso.
Imagem
MEU BLOG


Aquele que busca a verdade deve, tanto quanto possível, duvidar de tudo. **DESCARTES**
Avatar de usuário
ELLIPSIS
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 2732
Data de registro: 24 Ago 2009 16:24

Re: ** RUSSEL ** era ou não Maçon

Nova mensagempor Artur Germano em 07 Mar 2010 16:43

ELLIPSIS escreveu:
Artur Germano escreveu:Porém o símbolo da torre usado pela Associação é um símbolo maçonico e tiveram que lutar na justiça para poderem usá-lo. d:8


Artur que história é essa da torre lutar na justiça pelo simbolo, é a primeira vez que estou a ler isso.

Onde podemos ler mais sobre isso.


Eu lí em um artigo durante as minhas pesquisas sobre ela na NET. Mas o que eu lí é que ela precisou registrar o símbolo para poder usá-lo por se tratar de um símbolo maçônico e precisou de autorização.
Eu lí muitas coisas pena que não guardei as fontes. Lembre-se de que tudo o que ela faz tem que estar dentro dentro da lei. :D1
God is Love, I'm Happy Today
Jesus is The Lord
Avatar de usuário
Artur Germano
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 3062
Data de registro: 21 Ago 2009 11:18

Próximo

Retornar para Crenças, Doutrinas e História

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Aquiles de Troia, Fbrettas, JCruz, NEO MATRIX e 75 visitantes