O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo? : Crenças, Doutrinas e História
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo?

Debates e discussões acerca das crenças, doutrinas e a história das Testemunhas de Jeová.

O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo?

Nova mensagempor Artur Germano em 28 Set 2009 09:48

Esta matéria eu pesquisei nas Escrituras e dei um comentário num estudo de livro quando eu era TJ. o dirigente não sabia o que dizer, e nenhum TJ. sabe porque simplesmente aceitam o Fast-food( comida pronta) sem questionar. Daí, são intoxicados com mentiras. Um abração :5 :5

É O Senhor Jesus ,a mesma pessoa que Miguel, o Arcanjo? :2
ImagemRafael Sanzio
Daniel 10-13-21, 12:1

"...e eis que veio ajudar-me Miguel, um dos mais destacados príncipes . ...Miguel, vosso príncipe... E durante esse tempo pôr-se-á de pé Miguel, o grande príncipe que está de pé a favor de teu povo." (Tradução do Novo Mundo)

A Sociedade Torre de Vigia ensina às testemunhas de Jeová que Jesus era meramente um anjo, que nasceu como um ser humano morreu como um sacrifício pelo pecado, e ressurgiu como um anjo uma vez mais. Elas se referem a ele como "Jesus Cristo, que nós entendemos das Escrituras Sagradas ser o arcanjo Miguel" (A Sentinela, 15/02/79, p.31, edição norte-americana). Mas é realmente isto o que a Bíblia ensina? Ou, antes, é isto um ensinamento que os líderes da Torre de Vigia sobrepõem às Escrituras?
A Palavra inspirada de Deus menciona Miguel cinco vezes como (1) "um dos mais destacados príncipes" (Dan. 10:13, Tra-dução do Novo Mundo); (2) "vosso príncipe"[do povo de Daniel]; (3) "o grande príncipe que está de pé a favor dos filhos de teu povo"[povo de Daniel] (Dan. 12:1, Tradução do Novo Mundo); (4) "o arcanjo" que "teve uma controvérsia com o Diabo e disputava o corpo de Moisés, não se atreveu a lançar um julgamen-to contra ele em termos ultrajantes" (Jud. 9, Tradução do Novo Mundo); e (5) um participante do conflito celestial quando "Mi-guel e seus anjos batalhavam contra o dragão" (Rev.[Apocalipse] 12:7, Tradução do Novo Mundo). Qual destes versículos afirma que Miguel é Jesus Cristo? Nenhum deles! É necessário ler as Escri-turas e mais um complicado argumento das testemunhas de Jeová para se chegar a esta conclusão.
A Sociedade Torre de Vigia também procura sustentação em outro versículo que não usa o nome de Miguel, mas diz: "porque o próprio Senhor descerá do céu com uma chamada dominante, com voz de arcanjo e com a trombeta de Deus" (1 Tess.4:16, Tradução do Novo Mundo). Mas, se usar a voz do arcanjo faz de Deus um arcanjo, então ter a trombeta de Deus faz do arcanjo Deus -embora os líderes da Torre de Vigia mencionem apenas a primeira parte do versículo.
A Bíblia ensina em algum lugar que Jesus Cristo é um mero anjo? Ao contrário, o primeiro capítulo de Hebreus foi escrito, em sua totalidade, para demonstrar a superioridade do Filho de Deus comparado aos anjos. Versículo após versículo contrasta os anjos com:

...pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, e por quem fez também o mundo; sendo ele o resplendor da sua glória e a expressa imagem do seu Ser, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo ele mesmo feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade nas alturas, feito tanto mais excelente do que os anjos, quanto herdou mais excelente nome do que eles. Pois a qual dos anjos disse jamais: Tu és meu Filho, hoje te gerei? E outra vez: Eu lhe serei Pai, e ele me será Filho? E outra vez, ao introduzir no mundo o primogénito, diz E todos os anjos de Deus o


adorem. Ora, quanto aos anjos, diz: Quem de seus anjos faz ventos, e de seus ministros labaredas de fogo. Mas do Filho diz: O teu trono, ó Deus, subsiste pelos séculos dos séculos, e cetro de eqüidade é o cetro do teu reino. E: tu, Senhor, no princípio fundaste a terra... (Heb. 1:2-8,10).

O Filho é o "reflexo" da glória do pai e a "exata" representa-ção de seu próprio ser, e sustentando todas as coisas pela palavra de seu poder - algo que nenhum anjo poderia fazer no mesmo segundo - a tradução da Torre de Vigia de Hebreus 1:3(Tradução do Novo Mundo).
Além disso, os anjos bons se recusam veementemente a aceitar adoração. Quando o apóstolo João se prostrou aos pés do anjo para o adorar, o anjo o repreendeu dizendo: "Toma cuidado! Não faças isso! Adora a Deus" (Rev. [Apocalipse] 22:8,9, Tradução do Novo Mundo). Mas o mandamento do Pai aos anjos a respeito do Filho é: "e todos os anjos de Deus o adorem" (Heb. 1:6, Tradução do Novo Mundo, 1961).
Em edições mais recentes, a Sociedade Torre de Vigia mudou a palavra "adorem" para "reverenciem" em Hebreus 1:6. Ainda assim, a despeito de como a palavra é traduzida, a mesma palavra grega proskuneo é usada tanto em Apocalipse 22:8,9 e Hebreus 1:6. A proskuneo (adoração ou obediência) que os anjos se recusam a aceitar, mas dizem que é devida apenas a Deus, é a mesma proskuneo (adoração ou obediência) que o Pai ordena aos anjos que seja prestada ao Filho em Hebreus 1:6. Assim, o Filho não pode ser um anjo, ele é Deus. (Veja as considerações sobre Hebreus 1:6.)
As pessoas que deixam de seguir a Sociedade Torre de Vigia, e começam a seguir a Jesus Cristo, logo percebem que ele não é meramente um anjo. Esta compreensão é importante para que elas "honrem o Filho, assim como honram o Pai" (João 5:23, Tradução ,do Novo Mundo).
(Veja também os comentários sobre Isaías 9:6; João 1:1, 20:28; Colossenses 1:15; Apocalipse 1:7,8, 3:14.)

No livro de Daniel cap.10 o autor do livro jejua por vinte e hum dias e vê um homem vestido de linho que claramente podemos identificar com Jesus Cristo glorificado. Compare Dan.10:5,6 com Rev.1:13-15.
No decorrer da leitura este Ser que Daniel identifica como Senhor(Adonai) Dan.10:17, fala de Miguel um dos primeiros principes na terceira pessoa como vindo em seu auxilio para lutar contra o principe da Persia.Portanto alem de não se tratar da mesma pessoa Jesus nunca foi nem será Miguel , o arcanjo.


FIM
Editado pela última vez por Artur Germano em 16 Out 2009 12:14, no total de 2 vez
God is Love, I'm Happy Today
Jesus is The Lord
Avatar de usuário
Artur Germano
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 3074
Data de registro: 21 Ago 2009 11:18

Re: O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo?

Nova mensagempor Gina em 28 Set 2009 10:37

Daniel 10-13-21, 12:1

"...e eis que veio ajudar-me Miguel, um dos mais destacados príncipes . ...Miguel, vosso príncipe... E durante esse tempo pôr-se-á de pé Miguel, o grande príncipe que está de pé a favor de teu povo." (Tradução do Novo Mundo)


Bom, como voce mesmo citou, ...Miguel, um dos mais destacado príncipes... Deus elevou Jesus “a Príncipe e Salvador”, para estar a favor dos Seus filhos, dando “o arrependimento e a remissão dos pecados.” (At. 5,31) Sendo assim Jesus é "o" príncipe - Hb. 2,10, At. 23,5.
Alem disso Daniel 12:1 fala que quando Miguel se levantar, viverão os que estiverem com o nome no livro da vida. Revelação 3:5 diz a mesma coisa referindo a Jesus.
A Bíblia ainda faz menção de Jesus ser arcanjo (1Ts. 4,16).

Mas pra mim identificar Miguel com Jesus é um objetivo meramente informativo, porque esse assunto não é considerado uma doutrina, nem tampouco é de grande importância para a salvação de cada um.

referencia: Estudo Perspicaz das Escrituras, Volume 2, página 828
Gina Let's go :8
______________________
Conhecimento.. eu quero!
Avatar de usuário
Gina
Forista
Forista
 
Mensagens: 108
Data de registro: 14 Jul 2009 15:14

Re: O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo?

Nova mensagempor Abadon em 28 Set 2009 10:50

Os Adventistas do Sétimo Dia também identificam Miguel como Jesus.
"A verdade não tem que ser aceita com fé. Os cientistas não seguram suas mãos, cantando: "Sim, a gravidade é real! Eu vou ter fé!" - Dan Barker
Avatar de usuário
Abadon
Forista
Forista
 
Mensagens: 542
Data de registro: 25 Mai 2009 22:41

Re: O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo?

Nova mensagempor Manoel Bandeira em 28 Set 2009 12:23

Artur Germano escreveu:No livro de Daniel cap.10 o autor do livro jejua por vinte e hum dias e vê um homem vestido de linho que claramente podemos identificar com Jesus Cristo glorificado. Compare Dan.10:5,6 com Rev.1:13-15.


Prezado Artur,

Se Jesus é Deus e Daniel o viu, conforme você afirmou, como é que você explica o que Jesus declarou em João 1:18: "Nenhum homem Jamais viu a Deus"?
Avatar de usuário
Manoel Bandeira
Forista
Forista
 
Mensagens: 396
Data de registro: 08 Jun 2009 14:48
Localização: São Paulo, SP

Re: O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo?

Nova mensagempor Artur Germano em 28 Set 2009 13:05

Você está me questionando porque crê realmente que Jesus Cristo, Deus é Miguel, o arcanjo? Ou foi isto que lhe passaram como TJ.
Miguel é principe e Arcanjo ( anjo mais antigo) designado para proteger Israel e chefe dos exércitos celestiais.
Jesus está acima de todos eles, anjos, arcanjos, serafins ,querubins. Isto é explicado no livro aos hebreus.
O nome que Jesus recebia no céu nunca foi Miguel ( Quem é semelhante a Deus), sempre foi O Logus (A Palavra, o Verbo de Deus). Moisés tambem o viu assim como Daniel, mas o Pai, não pode ser visto por ninguém.
God is Love, I'm Happy Today
Jesus is The Lord
Avatar de usuário
Artur Germano
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 3074
Data de registro: 21 Ago 2009 11:18

Re: O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo?

Nova mensagempor Gina em 28 Set 2009 13:27

Prefixo "arc" significando "principal" ou "mais importante". Portanto, ‘Arcanjo’ significa ‘Principal dos Anjos’ ou ‘Mais Importante dos Anjos’ A palavra arcanjo ocorre apenas duas vezes nas Escrituras, em 1 Tes. 4:16 e Judas 9. É interessante que ela nunca ocorre no plural na Bíblia, denotando haver apenas um anjo principal ou arcanjo.
Sabendo que Jesus é o Principal dos anjos, fica fácil concluir o raciocínio de que são a mesma pessoa.
Agora se você tem a crença da trindade, você nunca vai concordar com tal argumento.
Gina Let's go :8
______________________
Conhecimento.. eu quero!
Avatar de usuário
Gina
Forista
Forista
 
Mensagens: 108
Data de registro: 14 Jul 2009 15:14

Re: O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo?

Nova mensagempor Artur Germano em 28 Set 2009 13:55

O que você esta me passando é tirado dos livros de pesquisa TJ. que eu já conheco (fast-food) o importante é pesquisar se realmente somente Miguel era considerado arcanjo ou havia mais de um, só um principe ou mais de um, procure ampliar os horizontes . Quando você se alimenta apenas em um restaurante fica imaginando que só existe aquele ou então esta é a comida que eu mais gosto. Existem vários restaurantes, diferentes tipos de cozinha e de pratos, procure conhecê-los.

Conceito das principais religiões


Na Teologia do judaísmo, na maioria das denominações cristãs e no islamismo, os arcanjos (grego singular Αρχάγγελος, Archángelos, grego antigo (plural) Αρχάγγελοι, Archángel[o]i, hebreu Mala'ach) são uma categoria de anjos. Eles constituem, ou presidem, cada um dos nove coros ou coortes - de - anjos; sendo que as correntes cristãs, de diversas denominações, garantem que com Cristo os coros ou coortes - de - anjos aumentaram, algumas identificando o número em torno de quinze.

* De acordo com a tradição do Catolicismo, mais antiga, baseada no Antigo Testamento, identificam a existencia de três a quatro arcanjos: Miguel, chefe da milícia celeste, Gabriel, mensageiro celeste e Rafael protetor dos viajantes (algumas vezes Uriel é incluído entre eles), como os quarto arcanjo; que, para alguns estudiosos, membros da Gnose, do livro do Apocalipse de São(para os Católicos) João, identificam os arcanjos como os "Sagrados Cavaleiros, dos Sete Selos, que é aberto por Cristo, o rei ou messias, prometido por Moisés, desde o Gênesis".

* Na doutrina das Igrejas Protestantes, a nomenclatura dos arcanjos pode obedecer aos esquemas seguintes:

1. Miguel, Gabriel, e Lúcifer:
1. Lúcifer perdendo sua posição por volta do ano 0 após uma disputa com Miguel.
2. Lúcifer perdendo sua posição em algum momento da Criação por se autoproclamar Deus.Ele queria ser igual a Deus e para isso desafiou Deus dizendo que o homem conseguiria viver sem o Seu Criador. 1ª tentação, A queda do homem, Livro de Gênesis.
3. Lúcifer perdendo sua posição em algum momento no fim dos tempos por causa de uma disputa com Miguel.
4. Algumas correntes protestantistas, afirmam que Lúcifer sempre foi o Arcanjo mais leal de todos, mas, para que a repulsa que esse nutria por algumas correntes ideológicas (planos traçados às humanidades) se dissipasse ou aumentasse, a ele foi dada a tarefa de receber em seu reino os piores homens e viver na escuridão, ou seja, "alheio à luz da realidade dos homens", "por trás", pois só assim cumpriria sua tarefa, se reaproximando da verdadeira luz, "a qual é negra como a noite e brilha como a refração das gotas do orvalho" .
2. Miguel e Lúcifer em um dos momentos acima mencionados.
3. Miguel e Gabriel.

* Algumas denominações cristãs, como as Testemunhas de Jeová e a Igreja Adventista do Sétimo Dia, ensinam que existe apenas um arcanjo, designado por Miguel e o identificam com sendo o próprio Jesus Cristo. A razão apresentada prende-se com Miguel ser o único que é diretamente chamado de arcanjo e o termo "arcanjo" ser usado somente na sua forma singular na Bíblia. Muitos téologos protestantes também ensinavam assim: no Século XIX, o erudito bíblico Joseph Benson e o luterano E. W. Hengstenberg; também Spurgeon e John Gill ensinaram essa interpretação.

* Nas tradições rabínicas do Judaísmo e da Cabala, o número usual é sete: Miguel, Rafael, Gabriel, Uriel, Sariel, Raguel e Remiel (possivelmente o Ramiel do Apocalipse de Baruch).

* No Islão, os arcanjos são Miguel ou Mikail, Gabriel ou Jibril, Rafael ou Israfil e Azrael ou Azrail. Lúcifer era o líder de todos os anjos, apesar de ele não ser um anjo, mas perdeu sua posição durante a Criação por ter recusado a ordem de Deus de aceitar Adão (e o Homem) como um ser superior.

* Para a Gnose, os arcanjos são muitos e formam uma categoria de seres com grau de consciência superior ao dos anjos. Eles teriam sido humanos num passado muito remoto, posteriormente atingiram um grau de consciência semelhante ao dos anjos e mais recentemente foram além, tornando-se arcanjos. Cristo seria o mais evoluído de todos os arcanjos.

Viu, existem mais informações além "daquelas".
God is Love, I'm Happy Today
Jesus is The Lord
Avatar de usuário
Artur Germano
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 3074
Data de registro: 21 Ago 2009 11:18

Re: O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo?

Nova mensagempor Gina em 28 Set 2009 14:26

Bacana sua explicação, apesar de minhas palavras serem semelhantes as da organização, o que disse foi com base bíblica.
Realmente achei interessante o que vc disse. Mas em momento nenhum vc mencionou uma referencia bíblica.
De qualquer forma volto a dizer:
Mas pra mim identificar Miguel com Jesus é um objetivo meramente informativo, porque esse assunto não é considerado uma doutrina, nem tampouco é de grande importância para a salvação de cada um.
Gina Let's go :8
______________________
Conhecimento.. eu quero!
Avatar de usuário
Gina
Forista
Forista
 
Mensagens: 108
Data de registro: 14 Jul 2009 15:14

Re: O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo?

Nova mensagempor Manoel Bandeira em 28 Set 2009 14:27

Artur Germano escreveu:Você está me questionando porque crê realmente que Jesus Cristo, Deus é Miguel, o arcanjo? Ou foi isto que lhe passaram como TJ.
Miguel é principe e Arcanjo ( anjo mais antigo) designado para proteger Israel e chefe dos exércitos celestiais.
Jesus está acima de todos eles, anjos, arcanjos, serafins ,querubins. Isto é explicado no livro aos hebreus.
O nome que Jesus recebia no céu nunca foi Miguel ( Quem é semelhante a Deus), sempre foi O Logus (A Palavra, o Verbo de Deus). Moisés tambem o viu assim como Daniel, mas o Pai, não pode ser visto por ninguém.


Prezado Artur,

Se eu entendi bem seu comentário, você está dizendo que Deus (O Pai) não pode ser visto por ninguém, já Deus (O Filho) pode. Embora eu seja TJ, não aceito todos os argumentos da Torre, mas procuro tirar minhas próprias conclusões baseadas em pesquisas bíblicas que faço constantemente. É claro que muitas coisas me foram passadas como TJs, embora estudos pessoais me conveceram que muitos são realmente graves erros doutrinais, não gerenalizo, há coisas que apendi como TJ que ainda creio serem válidas. Referente a esta questão, (Trindade), não tenho uma opinião pronta e acabada, apenas não consigo entender como aceitar que Jesus é Deus, que os dois são iguias e ao mesmo tempo conciliar com o fato de que um pode ser visto (O Filho) o outro não (O Pai) . Um sabia o dia do fim (O Pai) o outro não (O Filho), mesmo que alguns expliquem que Jesus estava na sua natureza humana, o Espírito Santo também não sabia. "Acerca daquele dia e daquela hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas unicamente o Pai" (Mateus 24:36).
Avatar de usuário
Manoel Bandeira
Forista
Forista
 
Mensagens: 396
Data de registro: 08 Jun 2009 14:48
Localização: São Paulo, SP

Re: O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo?

Nova mensagempor Artur Germano em 28 Set 2009 15:12

Quem foi que disse: A fé, é baseada no conhecimento da verdade?
Você escreveu : Mas pra mim identificar Miguel com Jesus é um objetivo meramente informativo, porque esse assunto não é considerado uma doutrina, nem tampouco é de grande importância para a salvação de cada um.
Engano completo da sua parte: O ajudador O Espírito Santo vos guiará em toda a verdade.
Como uma religião que afirma ser de Jeová pode dizer que tem o Epírito Santo e dirigir seus fiéis para a mentira. Quem é o Pai da mentira? Você sabe muito bem quem é. Existem apenas dois espíritos, o da verdade e do erro. A Bíblia diz: Todos os mentirosos serão lançados no lago de fogo.
Quem assume o papel de corpo governante, representante de Deus na terra, a boca de Jeová etc etc, se falar ou ensinar uma mentira por menor que seja, terá como destino: O LAGO DE FOGO,infelismente junto com os que acreditaram neles. Gina pelo amor de Deus, a Tua vida está em jogo, acorde do sono e ressucite para Cristo.Vou lhe enviar a matéria completa, analise, reflita, pense e decida o que vai fazer ? A minha parte eu fiz.

Jesus é Miguel? Verdade ou Mentira



* A denominação cristã não trinitária das Testemunhas de Jeová, acredita que Jesus e Miguel são a mesma pessoa, a primeira a ser criada direta e exclusivamente por Deus. Crê também que o nome "Jesus" foi usado na terra por aquele que já existia no céu na posição de Arcanjo, sendo que nesta posição celestial gloriosa teria o nome de Miguel. Segundo as suas doutrinas, as Testemunhas não aprovam a adoração de qualquer criatura ou ser terrestre ou celestial, crendo que a devoção dever ser dirigida em exclusivo ao Criador.

* Os adventistas crêem também que Miguel é Jesus, Ellen White, assim como os demais fundadores da IASD acreditaram na doutrina trinitária. Atualmente os adventistas crêem em Miguel sendo Jesus plenamente Deus, já que a trindade se tornou a doutrina oficial da igreja.

* Muitos outros teólogos protestantes também ensinavam que Miguel é Jesus, porém viam-no como o eterno e divino Filho, muito mais do que um simples anjo. No início do Século XIX, o erudito bíblico Joseph Benson declarou que a descrição de Miguel, conforme encontrada na Bíblia, "evidentemente indica o Messias". E. W. Hengstenberg, luterano do Século XIX, concordou que "Miguel não é outro senão Cristo". De modo similar, o teólogo J. P. Lange, comentando Revelação 12:7, escreveu: "Entendemos que Miguel, desde o começo, seja Cristo em traje guerreiro contra Satanás." Também Spurgeon e John Gill ensinaram essa interpretação.

Conceitos doutrinários
Argumentos contra a identificação de Miguel com Jesus

Algumas igrejas cristãs trinitárias, consideram que, pelo fato de Miguel ser chamado de arcanjo, identificá-lo como o Filho de Deus rebaixa, de algum modo, a dignidade ou o posto de Jesus. Assim, rejeitando que ambos possam ser a mesma pessoa, apresentam como argumentos as seguintes premissas:

* Jesus é criador (João 1,3); Miguel é criatura (Colossenses 1,16);
* Jesus é adorado por Miguel (Hebreus 1,6); Miguel não pode ser adorado (Apocalipse ou Revelação 22,8-9);
* O mesmo erro de Josué (Js 5,14) ao adorar um anjo foi o que cometeu João (Apocalipse ou Revelação 19,9-10);
* Um anjo é um mensageiro de Deus e Miguel lhe traz uma mensagem de Deus a Josué (Js 5,14).
* Jesus é o Senhor dos senhores (Apocalipse 17,14); Miguel é príncipe(Daniel 10,13);
* Jesus é Rei dos reis (Apocalipse ou Revelação 17,14); Miguel é príncipe dos Judeus (Daniel 12,1);
* Nenhum anjo alguma vez foi chamado por Deus como seu Filho (Hebreus 1,5-6);
* O mundo não está submetido a nenhum anjo (Hebreus 2,5);
* O Filho de Deus por antonomásia não assumiu jamais uma natureza angélica (Hebreus 2,16);
* Os anjos jamais recebem adoração (Colossenses 2, 18; Apocalipse ou Revelação 19,10; 22,9); Jesus recebe adoração de
o anjos: Hebreus 1,6 (em isto a TNM estava de acordo desde 1950 até 1970);
o dos discípulos: Lucas 24,52;
o dos crentes: João 9,38;
o dos santos na glória: Apocalipse ou Revelação 7,9-10;
o eventualmente de todos: Filipenses 2,10-11; Mateus 9,18; 15,25;

* DEUS não partilha a sua glória com ninguém (Isaías 42,8). Jesus, não um anjo, partilha da glória de DEUS desde antes que o mundo existisse (João 17,5);
* Os anjos são servos desde a sua criação (Hebreus 1,14); Jesus assumiu a condição de servo quando da sua kénosis (Filipenses 2,7);
* Somente ao nome de DEUS todo o joelho se dobrará: «"Por minha vida" - diz Jeová - "todo joelho se dobrará diante de mim e toda língua reconhecerá abertamente a Deus"» (Romanos 14,11 TNM); ao nome de Jesus todos dobrarão o seu joelho: «ao nome de Jesus, se dobre todo joelho dos no céu, e dos na terra, e dos debaixo do chão, e toda língua reconheça abertamente que Jesus Cristo é Senhor» (Filipenses 2,10-11 TNM);
* Os anjos somente podem estar em um único lugar pois a Bíblia jamais afirma que são omnipresentes; Jesus, pelo contrário, é «Aquele que em tudo preenche todas as coisas» (Efésios 1,23 TNM); «Aquele que ascendeu muito acima de todos os céus, para que desse plenitude a todas as coisas» (Efésios 4,10 TNM); e quem «Sustenta todas as coisas pela palavra do seu poder» (Hebreus 1,3 TNM)»;
* Em Daniel 10,13, Miguel é «um dos principais príncipes»; se fosse identificável com Jesus, pelo que já foi indicado mais acima, ter-se-ia dito «o principal príncipe»; mais: se Miguel é "um dos principais príncipes" e ele é apodado de "arcanjo", podemos, com toda a certeza, ainda que a Bíblia não lhes chame assim - «mas também jamais afirma que Jesus tinha dentes e não obstante...» [3] - saber que existem mais destas criaturas, ou seja, que Miguel não é o único arcanjo, o que invalida algumas interpretações que tentam identificar Jesus com esse anjo.
* O título Príncipe não é exclusivo, Satanás é chamado Príncipe (Apocalipse ou Revelação 1,5),(Daniel 8,25),(João 12,31; 14,30; 16,11),(Ef 2,2) , Jacob foi chamado príncipe (Gén 23,6). B. David foi chamado príncipe também (Ezequiel 34,24).
* No livro de Daniel Jesus é chamado "Filho do Homem" (Daniel 7,13-14), Miguel e Satanás Príncipes (Daniel 10,13;10,21;12,1).
* Na mesma carta ,Judas refere-se a Jesus como Jesus Cristo (Judas 1;4;17;21;25) e a Miguel como arcanjo (Judas 9) sem relacioná-los em nenhum momento.
* Satanás é chefe de anjos, por isso não se pode afirmar que somente há um chefe de anjos; e, mesmo considerando que houvesse, tem-se de considerar que há diferentes graus de comando (Salmo 103,20-21 , Mateus 26,53).
* O manuscrito grego original de 1 Tessalonicenses 4,16 diz "à voz do arcanjo" fazendo uma distinção de Jesus e do papel de arcanjo.
Não existe nenhum texto, tanto no hebraico como no grego que diga ou sugira que Jesus é Miguel o arcanjo.
Histórica e cronologicamente falando, as teses interpretativas dos textos bíblicos mencionadas pelos que defendem que Miguel é um outro nome de Jesus, remontam ao Século IV quando foram propostas e defendidas, quase com as mesmas argumentações, na exposição cristológica de alguns discípulos e adeptos do presbítero alexandrino Ário.
O nome como Jesus era chamado no céu em grego era : Ho Logus (O Verbo) A Palavra de Deus, nunca como Miguel.

Alguns mencionam a carta de Narciso de Neroníades, discípulo de Ário, ao comentar a maior obra do seu mestre, "Thalia", a Eusébio de Nicomédia, bispo da capital imperial e amigo de Constantino I. Segundo eles, essas linhas argumentativas são apresentadas para conciliarem as suas peculiares leituras bíblicas com as filosofias helenistas presentes no horizonte cultural do seu tempo [6] A mesma tese surge numa outra carta, agora de Eusébio de Nicomédia a Paulino de Tiro [7]

Na ocasião, as contra-argumentações que foram apresentadas para desmontar, e demonstrar a insustentabilidade, das teses dos filo-arianos, embora possam parecer aos olhos de hoje muito simples, não destoam da pouca profundidade crítica e teológica daquelas que lhes deram origem: além de uma clara rejeição de toda a angeolatria (Colossenses 2,18; Hebreus 1,14; 2,5; Apocalipse 19,10) como contrária a toda a revelação bíblica, estrutura-se, a referida crítica, em redor da contextualização da citação de Judas 1,9, a qual, afirmavam, é uma citação do livro apócrifo, não inspirado nem canónico, da "Assunção de Moisés" que se refereria a três (eventualmente quatro: Gabriel, Miguel, Rafael e Satã) arcanjos, deduzindo-se então que Miguel não seria o único arcanjo, pelo que a expressão "ο αρχαγγελος", num argumento corroborado pela construção sintáxica do texto original do citado livro apócrifo, nunca poderia ser um oposto a "Μιχαηλ". Referem-se, ainda, ao facto de não obstante somente no livro de Naum se dizer que é um livro de dado profeta ("sëper Házôn naHûm") não se poder, daí, "concluir que os restantes textos proféticos não sejam também livros proféticos" (página 284).

A respeito da tentativa de identificar Jesus com Miguel, por referência às citações comuns a ambos comandarem legiões celestes (Mateus 13,41; 16,27; 24,31; 1 Pedro 3,22), citam uma carta do próprio Ário que fala dos "presbíteros de Prólico (seu superior monástico)" e dos "presbíteros de Alexandre (seu bispo)" para mostrarem que não é pelo facto de nas duas únicas referências a "presbíteros de" se referirem a Prólico e a Alexandre que se pode identificar Alexandre com Prólico, pois "os presbíteros daquele são mais do que os deste, sem que passem a constituir dois corpos presbiterais, antes estando o de Prolico inserido no de Alexandre" (página 323). Analogamente, dizem os detractores clássicos da antiguidade acerca da tese da identificação de Miguel com Jesus, as "legiões de Cristo" são maiores do que as de Miguel, pois somente, ainda segundo o livro do Apocalipse e a carta de Judas, Miguel não assumiu o papel de juiz escatológico, deixando-o para Jesus Cristo, pois "apesar de votar Satã ao degredo, não o julga nem acusa nem condena" (página 316).

Por sinal, nesta carta, não é citada a passagem de Tessalonicenses, mas na contra-argumentação geral, aduz-se que "εν" mais dativo não é neste contexto construção modal ("com voz de..."), mas temporal ("à - quando se fizer ouvir a - voz de...") tal como em 1 Tessalonicenses 5:2.

Estas perspectivas dos críticos de Narciso e de Eusébio de Nicomédia são retomadas num dos maiores expoentes da literatura inglesa, O Paraíso Perdido de John Milton, segundo o qual, é somente após a intervenção de Cristo com as suas legiões de anjos que o combate iniciado pelo arcanjo Miguel se decide para o lado de Deus (canto VI).


A denominação cristã, Testemunhas de Jeová, apresenta várias razões a favor da doutrina que identifica o Arcanjo Miguel como sendo o próprio Jesus Cristo. Alistam-se de seguida esses argumentos:

1. Quando Miguel se levantar, viverão os que estiverem com o nome no livro da vida (Dn. 12,1). Na volta de Cristo ocorrerá o mesmo (Ap. 3,5). Contudo o "livro da vida" referido em Ap. 3,5 não é o "Livro" aduzido em Dn. 12,1. O "livro da vida" é aquele onde está inscrita o que cada ser humano fez realidade só conhecida por Deus; o "Livro" é aquele onde está inserido o nome daqueles que Deus chamou à comunhão eterna consigo.
2. Miguel é chamado de “o Grande Príncipe” que está “a favor dos filhos do teu povo” (Dn. 12,1). Deus elevou Jesus “a Príncipe e Salvador”, para estar a favor dos Seus filhos, dando “o arrependimento e a remissão dos pecados.” (At. 5,31)
3. “Miguel, vosso Príncipe”, “se levanta a favor dos filhos do teu povo” (Dn. 10,21; 12,1). Cristo, “o príncipe da salvação deles” (Hb. 2,10), “o príncipe do teu povo” (At. 23,5).
4. O chefe dos exercitos celestes,recebe adoração (Js. 5,14). Adoração só a Deus pertence (Mt. 4,10). (A Tradução do Novo Mundo, Testemunhas de Jeová omite a palavra adorar, Com nota:“Tens de prestar serviço sagrado.” Gr.: la‧treú‧seis; J17,18,22(hebr.): ta‧‛avódh, “tens de servir (adorar)”. Veja Êx 3:12)
5. E em 1Ts. 4,16 se lê: “Porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, com a voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.” (Só em algumas traduções)


Existem denominações cristãs trinitárias, que apresentam várias razões que identificam o arcanjo Miguel como sendo o próprio Jesus Cristo. Entretanto, saber diferenciar Miguel de Jesus é de grande importância para a salvação do indivíduo, porque o Espírito de Deus não induz ao erro, por menor que seja. seguintes argumentos são apresentados na Bíblia:

* Jesus é criador (João 1,3); anjo é criatura (Colossenses 1,16);
* Miguel é o único arcanjo mencionado na Bíblia;
* Jesus é adorado pelos anjos (Hebreus 1,6).
* As únicas referências bíblicas para o nome Miguel foram mencionadas acima e são:

Daniel 10,13; Daniel 10,21; Daniel 12,1; Judas 1,9; Apocalipse ou Revelação 12,7.

* Os anjos não podem ser adorados (Apocalipse ou Revelação 22,8-9);
* Jesus é o Senhor dos senhores (Apocalipse ou Revelação 17,14);
* Jesus é o Príncipe da Paz (Isaias 9,6);
* Miguel é um dos primeiros Príncipes (Daniel 10,13);
* Jesus é Rei dos reis (Apocalipse ou Revelação 17,14) e Príncipe da Paz (Isaias 9,6);
* Miguel é o grande príncipe (Daniel 12,1) e o protector, mas não como salvador: «Será salvo o teu povo, todo aquele que for achado inscrito no livro». Como se vê: 1) o povo de Miguel é apenas Israel (Dn. 10,13) e não os outros povos salvos como serão de Jesus; 2) Miguel não salva ninguém, apenas protege Israel e tem na mão o livro com o nome daqueles que serão salvos (por outrem)
* Somente Jesus é Salvador (Atos 4,12);
* Considerar Miguel uma criatura (um anjo) seria contraditório apenas se criatura (um anjo) fosse salvador, mas como Dn 12,1 não diz que Miguel é um salvador não há qualquer contradicção



Desde a publicação, em 1991, da quase totalidade dos textos descobertos no deserto da Judeia, mais conhecidos como os manuscritos do Mar Morto, que o estudo acerca da angeologia judaica sectária e extra-bíblica teve um grande desenvolvimento.

Nestes textos, numa perspectiva que viria a ser recuperada pelos movimentos gnósticos do Século I, Miguel é apresentado como a figura celestial de Melquisedeque exaltado, elevado aos céus. É similarmente referido como o "príncipe da luz", conforme 11Q13, que dará combate ao "príncipe das trevas", Satã, Belial ou Melkireshah (o príncipe das profundezas da Terra). Este confronto dar-se-á aquando da grande batalha celeste que antecederá o fim dos tempos e a nova vinda do fundador da comunidade essênia, o "Mestre da Justiça", como Messias escatológico.

Neste contexto, e numa descrição profundamente ambivalente, em 4Q529 e 6Q23 o triunfo definitivo da paz não lhe é atribuído, conforme alguns depreendem de Judas 1:9, acima transcrito, onde Miguel recusa a função de juiz escatológico, mas apenas é o seu arqui-estratega. Miguel recusa inclusive o título de "Senhor" e de "Salvador", ao mesmo tempo que, segundo 4Q246, aguarda que, tal como o seu modelo histórico apresentado neste texto, Antíoco Epifânio, se possa autoproclamar "um deus" e ser adorado como deus, tal como aquele em Daniel 11,36-37.

Acho que já é o suficiente.
God is Love, I'm Happy Today
Jesus is The Lord
Avatar de usuário
Artur Germano
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 3074
Data de registro: 21 Ago 2009 11:18

Re: O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo?

Nova mensagempor Gina em 28 Set 2009 15:54

Nú que tanto.. :D
Tá, Jesus é criador (João 1,3)
3 Todas as coisas vieram à existência por intermédio dele, e à parte dele nem mesmo uma só coisa veio à existência.
O que veio à existência


Aqui relacio Jesus como mestre de obras. Onde por meio de Jeová, Jesus criou todas as coisas.

Miguel é criatura (Colossenses 1,16);
16 porque mediante ele foram criadas todas as [outras] coisas nos céus e na terra, as coisas visíveis e as coisas invisíveis, quer sejam tronos, quer senhorios, quer governos, quer autoridades. Todas as [outras] coisas foram criadas por intermédio dele e para ele


ham... acho que se refere aqui ao mesmo mestre de obras.

Jesus é adorado por Miguel (Hebreus 1,6);
Mas, ao trazer novamente o seu Primogênito à terra habitada, ele diz: “E todos os anjos de Deus lhe prestem homenagem.”[/qote]

O Primogênito é Jesus

Miguel não pode ser adorado (Apocalipse ou Revelação 22,8-9)
8 Ora eu, João, era quem ouvia e via estas coisas. E, tendo-as ouvido e visto, prostrei-me para adorar diante dos pés do anjo que me havia mostrado estas coisas. 9 Mas ele me diz: “Toma cuidado! Não faças isso! Sou [apenas] co-escravo teu e dos teus irmãos, que são profetas, e dos que observam as palavras deste rolo. Adora a Deus.”


João prostra ao pés do anjo, se fosse um ARCANJO ele nao diria que era co-escravo dele e dos demais, mas apenas co-escravo de Deus.

Os outros texto explanados fazem o mesmo tipo de comparação, nunca comparando Jesus com Miguel.

Voce pode comparar algumas características que Miguel e Jesus tem em comum. Olha só, Dn. 2:1 declara:

“Naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo; e haverá um tempo de tribulação, qual nunca houve, desde que existiu nação até aquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro.”

Agora compare com Mt. 24:3 e Mt. 24:21:
“E estando Ele sentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a Ele(Jesus) os Seus discípulos em particular, dizendo: Diz-nos quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do sistema de coisas.”

Repare no que disse Jesus:

“Porque haverá então grande tribulação, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver.”

Tanto na vinda de Miguel quanto na vinda de Jesus vai haver uma grande angústia e aflição como nunca houve antes.
A palavra “Arcanjo” significa “Acima dos Anjos”. Jesus está acima dos anjos e acima de Jesus só Deus, sendo assim ele é um arcanjo.(1Ts. 4:16)
Sem mais, “Miguel” nada mais é do que um nome messiânico para designar a pessoa de Jesus. Apenas um dos vários títulos que Ele recebe na Bíblia, no Antigo Testamento. E essa crença em nada prejudica a Divindade de Cristo.

Como eu disse PARA MIM, ou seja, no meu mode de pensar, identificar Jesus dessa forma é um objetivo meramente informativo.
A organização de Jeová tambem encara Jesus como sendo o mesmo Miguel. Porem é fundamental o encarar dessa forma, visto que as próprias escrituras dizem assim de Jesus.
Gina Let's go :8
______________________
Conhecimento.. eu quero!
Avatar de usuário
Gina
Forista
Forista
 
Mensagens: 108
Data de registro: 14 Jul 2009 15:14

Re: O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo?

Nova mensagempor Artur Germano em 28 Set 2009 16:01

Para Manoel . Oi Manoel , um abraço. Cara, eu não saio mais do computador, dois fóruns é muita coisa. Fui almoçar 15:30.
Mais voltando ao assunto,você disse:há coisas que apendi como TJ que ainda creio serem válidas.
Eu questionei cada doutrina que aprendi e descobri que:O ajudador O Espírito Santo vos guiará em toda a verdade.
Como uma religião que afirma ser de Jeová pode dizer que tem o Epírito Santo e dirigir seus fiéis para a mentira? Quem é o Pai da mentira? Você sabe muito bem quem é. Existem apenas dois espíritos, o da verdade e do erro. A Bíblia diz: Todos os mentirosos serão lançados no lago de fogo.
Quem assume o papel de corpo governante, representante de Deus na terra, a boca de Jeová etc etc, se falar ou ensinar uma mentira por menor que seja, terá como destino: O LAGO DE FOGO, infelismente junto com os que acreditaram neles.
Eu uso o mesmo critério que eles usam para as outras religiões: Uma mentirinha, por menor que seja já é suficiente para desabonar todos os ensinos.
Exemplo; O nome de Deus é Jeová, falam de boca cheia. Na brochura o nome de Deus eles mesmos dizem que o nome de Deus é YAHWEH mas que não o usam porque não é comum. Dizem: Jesus é Miguel, outra mentira. Tiveram a coragem de lancar um livro onde "Explicam" o apocalipse versículo por versiculo dando a interpretação Dêles;Outra Heresia. O próprio livro de Revelação fala que se trata de uma PROFECIA, portanto não pode ser interpretada. Profecia tem que ser aguardada. É Deus que a cumpre, quando quiser,da maneira que quiser e como lhe convier. Mentira, mentira, como diria o padre Quevedo, isto vai longe.....
Editado pela última vez por Artur Germano em 07 Out 2009 20:34, num total de 1 vezes
God is Love, I'm Happy Today
Jesus is The Lord
Avatar de usuário
Artur Germano
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 3074
Data de registro: 21 Ago 2009 11:18

Re: O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo?

Nova mensagempor Artur Germano em 07 Out 2009 17:51

Quem ainda acredita que o Arcanjo Miguel é Jesus Cristo? :2
http://www.geocities.com/truepresentati ... MIGUEL.pps.
God is Love, I'm Happy Today
Jesus is The Lord
Avatar de usuário
Artur Germano
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 3074
Data de registro: 21 Ago 2009 11:18

Re: O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo?

Nova mensagempor Questionador TJ em 07 Out 2009 18:33

Oi Artur Germano,
vv disse: "Eu uso o mesmo critério que eles usam para as outras religiões: Uma mentirinha, por menor que seja já é suficiente para desabonar todos os ensinos.... Mentira, mentira, como diria o padre Quevedo, isto vai longe....."
Li os seus posts, achei que vc deveria mostrar as origens "biblicas" reais do ensino de anjos/espiritos. As crenças antigas da persia tem muito a ensinar. Ve-se uma mesclagem de ensinos para formar um outro, que é mais aceito.

E sobre o anjo ou ar-canjo ou D-us Jesus Cristo, vc ja notou como as crenças mais antigas tem muita semelhançasa com estes ensinos?
A um bom tempo atras eu fiz uma pesquisa profunda sobre Daniel e o homem de linho, se eu achar, quero postar ela aqui. Mas eu fiquei deslumbrado quando fui buscar esta historias e vi que existe muito mais a entender e conhecer.
Ex. a biblia q vc usa ou grupo de biblias usa como base uma imensidao de escritos antigos, no entanto, cada biblia escolhe uma parte somente destes manuscristos/pergaminhos antigos, isto pq existe diferenças entre elesa 'os aceitos'. Além disto, tem os livros ditos escondidos/ocultos/apocrifos, muitos deles sao de épocas contemporaneas ou mesmo mais antigas que os ditos da luz/mostrados/aceitos. Sao apenas argumentos basicos, mas ja servem de base.

qual a sua crença hoje?
Questione sempre...

MAGOE-ME COM A PIOR VERDADE...
... MAS NÃO ME ILUDA COM A MELHOR MENTIRA!

(Não consegui confirmar o autor.)
Avatar de usuário
Questionador TJ
Forista
Forista
 
Mensagens: 1040
Data de registro: 26 Dez 2008 13:42

Re: O Senhor Jesus Cristo é Miguel o Arcanjo?

Nova mensagempor Artur Germano em 07 Out 2009 19:17

No livro de Daniel cap.10 o autor do livro jejua por vinte e hum dias e vê um homem vestido de linho que claramente podemos identificar com Jesus Cristo glorificado. Compare Dan.10:5,6 com Rev.1:13-15.
No decorrer da leitura este Ser que Daniel identifica como Senhor(Adonai) Dan.10:17, fala de Miguel um dos primeiros principes na terceira pessoa como vindo em seu auxilio para lutar contra o principe da Persia.Portanto alem de não se tratar da mesma pessoa Jesus nunca foi nem será Miguel , o arcanjo.
Sempre tive lá minhas dúvidas quanto ao ensino TJ. de que Jesus era o nome de Miguel no céu, visto que a Bíblia se refere a Miguel como O Arcanjo. Ficava imaginando que O Miguel Jesus era o chefe das milícias celestias, aquele que disputou o corpo de Moisés com Satanás, aquele que guerreou contra o Principe da Pérsia etc. Então como TJ. crédulo passei a ensinar isto aos meus filhos e estudantes. Mas nos últimos sete anos, revisando cada doutrina TJ. que havia aprendido e confrontando-as com diversas versões da Bíblia e com escritos apócrifos pude compreeder de forma clara e inequivoca de que se trata de dois personagens diferentes. Um Arcanjo (Arc=antigo+ anjo =mensageiro) ou seja um dos primeiros na categoria de Príncipe.
Mas o que difere Miguel de Jesus é que Jesus é o Verbo de Deus ou A Palavra, este era o nome que Ele possuia no céu ou seja "LOGUS' em Grego, ademais Deus é luz e Jesus é o reflexo exato da Luz de Deus, não existe no universo uma união tão intima e absoluta maior do que a do Pai com o Filho, de modo que todos os anjos, arcanjos, querubins, serafins principados e potestades celestes se rendem a Eles ao Pai e ao Filho em adoração e submissão. Toda vez que olham para o Trono de Deus existe um sentado a Sua direita em poder e Magestade. Jesus Cristo. Isto é o que eu compreendo e aceito Hoje. Meus joelhos se dobram em adoração ao Pai e ao Filho em comunhão com o Espírito Santo. Os três são uma só unidade, estão em acordo absoluto.
Por isso quando Jesus mandou-nos Batizar disse: Faça-o Em Nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo.
Editado pela última vez por Artur Germano em 08 Out 2009 19:32, no total de 3 vez
God is Love, I'm Happy Today
Jesus is The Lord
Avatar de usuário
Artur Germano
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 3074
Data de registro: 21 Ago 2009 11:18

Próximo

Retornar para Crenças, Doutrinas e História

Quem está online

Usuários vendo este fórum: DELTA, Google [Bot] e 55 visitantes