Auge histórico no número de "ungidos" no Brasil : Crenças, Doutrinas e História - Page 5
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


Auge histórico no número de "ungidos" no Brasil

Debates e discussões acerca das crenças, doutrinas e a história das Testemunhas de Jeová.

Re: Auge histórico no número de "ungidos" no Brasil

Nova mensagempor Pensador em 05 Jul 2014 18:31

DELTA escreveu:
Pensador escreveu:Incrível esse número, completamente inexplicável.

Gostaria que a revista Sentinela explicasse o por que esse número.

Por que o silêncio continuo ?

Eu não sei exatamente de que data é a sentinela, mas numa delas a "explicação" que o corpo governante dá para os novos ungidos é que pode (o desejo de viver no céu) ser resquício da antiga religião da pessoa ou (a mais absurda) é porque ela tem algum problema mental.
Em resumo hoje é o seguinte: escravo fiel=corpo governante. Quanto aos mais de 13.000 ungidos o corpo governante insinua que são questionáveis, acredita quem quiser!


Pois é amigo Delta tudo é um " absurdo ".

Sabe que baseado nesse assunto eu tenho conseguido ajudar a minha esposa abrir a mente dela quanto a Torre/Organização. Com muito cuidado e com bom senso estou mostrando pra ela os argumentos citados aqui no fórum, mas como toda a família dela é TJ no início ela refutou e até me questionou, mas tudo êxito. Sei que é um processo árduo mas estou empenhado nisso. Referente a esse número de Cristãos Ungidos as palavras da minha esposa foram " Se isso estiver errado mesmo, está tudo perdido ", aí quase remendei o assunto, mas vou aguardar pra enfatizar mais o assunto.

Quanto a essa explicação concordo com você em gênero, número e grau.

Abraços - Pensador.
Pensador
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 740
Data de registro: 03 Jun 2014 20:30
Localidade: Não quero responder

Re: Auge histórico no número de "ungidos" no Brasil

Nova mensagempor Brother Franz em 07 Jan 2016 10:03

Alessandra escreveu:Pessoal, eu postei esse tópico do Percy lá no site do fórum. E uma TJ respondeu assim:

Marcelo Ludwig Escreveu:
setembro 23rd, 2009 at 15:13

Aos leitores: Respondendo para Alessandra.

O que eu escrevo, NÃO é o parecer oficial das Testemunhas de Jeová, mas é como EU penso.

Jesus contou uma parábola na qual,o dono do vinhedo quis contratar trabalhadores na última hora, sem prejuizo para os outros.(Mat 20:1-16)

Se Jeová decidiu escolher alguns ungidos de última hora, o que temos nós com isso? Não nos cabe questionar.

A partir de 1935, quando houve um esclarecimento de que há duas classes e duas esperanças. Uma celestial e outra terrestre.

Desde então, tem-se dado atemção ao ajuntamento das outras ovelhas - as que tem esperança terrestre - então, parecia que se tinha encerrado a contagem dos ungidos. Mas isso não foi tido como certeza.

Evidentemente se alguém fosse escolhido agora, com certeza seria dentre os que já por muito tempo se mostraram fiéis e inabalaveis, e não alguém recentemente batizado.

Eu pessoalmente acho muito estranho o grande aumento de participantes dos emblemas memoriais.
Acredito que alguns tomam dos emblemas indevidamente, visto que não se pode impedir que alguém participe.

O fato de alguém participar não quer dizer que seja REALMENTE um dos escolhidos para reinarem com Jesus no céu. A decisão é de Jeová!

O que pode ocorrer, e que, algumas pessoas mesmo depois de estudo dirigido, talvez não entemdam bem o assunto, ou então, ainda tem dentro de si o desejo de ir para o céu, TRAZIDO DE UMA ANTERIOR CRENÇA, e por sentimentalismo acabam por tomar dos emblemas.

Suponhamos que alguém não tenha certeza absoluta de que está no novo pacto e no pacto do Reino. E se lhe faltar também o testemunho do espírito de Deus de que ele é co-herdeiro de Cristo?
Nesse caso, seria errado tomar dos emblemas da Comemoração. De fato, Deus não se agradaria se alguém intencionalmente se apresentasse como um dos chamados para ser rei e sacerdote celestial se, na realidade, não tivesse recebido esta chamada. — Romanos 9:16

Cada ano, ao se aproximar a Comemoração, É EXENCIAL que os que costumam tomar dos emblemas façam um escrutínio de si mesmos. Para tomarem corretamente essa refeição de participação em comum, precisam estar numa condição espiritual saudável.

Quem demonstra desrespeito ou mesmo desprezo pelo sacrifício de Jesus corre o perigo de ser ‘decepado do povo de Deus’, assim como o israelita que tomava uma refeição de participação em comum numa condição impura. — Levítico 7:20; Hebreus 10:28-31.

Mas, por hora, vc não deve se preocupar com isso!
Procure aprender o que a Bíblia realmente ensina!


Fiquei pasma com a "explicação TJ" dele.

O link é esse pra quem quiser ver e/ou respondê-lo: Site EX Testemunhas de Jeová

Esse nosso amigo só pode ser do "escravo"!!! A 6 anos atras usou o MESMO TEXTO E ARGUMENTOS usados hoje pelo CG, mas notem que o argumento "Evidentemente se alguém fosse escolhido agora, com certeza seria dentre os que já por muito tempo se mostraram fiéis e inabalaveis, e não alguém recentemente batizado.
" não é mais usado pelo CG!
“Quem é realmente o escravo fiel e discreto a quem o seu amo designou sobre os seus domésticos, para dar-lhes o seu alimento no tempo apropriado? "
Avatar de usuário
Brother Franz
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 695
Data de registro: 16 Jul 2009 13:46

Re: Auge histórico no número de "ungidos" no Brasil

Nova mensagempor Lourisvaldo Santana em 07 Jan 2016 12:36

Cada ano, ao se aproximar a Comemoração, É EXENCIAL que os que costumam tomar dos emblemas façam um escrutínio de si mesmos. Para tomarem corretamente essa refeição de participação em comum, precisam estar numa condição espiritual saudável.

Quem demonstra desrespeito ou mesmo desprezo pelo sacrifício de Jesus corre o perigo de ser ‘decepado do povo de Deus’, assim como o israelita que tomava uma refeição de participação em comum numa condição impura. — Levítico 7:20; Hebreus 10:28-31.


Esse raciocínio tinha para os israelitas e primitivos cristãos um sentido bem diferente do que as tjs e o Corpo Governante desejam hoje atribuir.

Naquela época, como a Bíblia ensina, era pecado comer a páscoa em condição impura qualquer. Até em razão disso havia a opção de se comer a páscoa na lua cheia seguinte.

Para os cristãos, permanecia a questão de se examinar a si mesmo, por essa ocasião, se se estava numa condição espiritualmente pura para se tomar dos emblemas. Isso valia para a totalidade dos primitivos cristãos, sejam às centenas ou aos milhares.

(1 Coríntios 11:27-30) 27 Conseqüentemente, quem comer o pão ou beber o copo do Senhor indignamente, será culpado com respeito ao corpo e ao sangue do Senhor. 28 Primeiro, aprove-se o homem depois de escrutínio, e deste modo coma do pão e beba do copo. 29 Pois, quem come e bebe, come e bebe julgamento contra si mesmo, se não discernir o corpo.


O que a Torre acrescenta a isso é que alguém pode tomar dos emblemas indignamente caso não tenha sido de fato escolhida para morar no céu. Nisso ela não tem amparo bíblico, pois esse conceito é estranho às Escrituras.
Testemunhas de Jeová
O que elas não lhe contam? (399 páginas)

Apresentação e opções de Download aqui:

http://www.pontosdefe.blogspot.com.br
Avatar de usuário
Lourisvaldo Santana
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 3204
Data de registro: 20 Fev 2015 16:59
Localização: Guadalupe
Localidade: Piauí

Anterior

Retornar para Crenças, Doutrinas e História

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Saran, sscoss, T.I.T.J, TJ RENOVADO, Yahoo [Bot] e 35 visitantes