A Verdade não é Frágil : Crenças, Doutrinas e História
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


A Verdade não é Frágil

Debates e discussões acerca das crenças, doutrinas e a história das Testemunhas de Jeová.

A Verdade não é Frágil

Nova mensagempor Ronildo Araujo em 05 Dez 2017 15:32

O que aconteceria se Abraão deixasse seus negócios com seus servos e fizesse uma longa viagem com Sara e Isaque para visitar parentes em Harã e demorasse uns dez anos para voltar? Quando voltasse, quais seriam as condições que encontraria? Será que seus servos trataram bem uns aos outros? Ou algum e até mesmo alguns, achando que Abraão não voltaria mais, maltratariam seus co-servos exigindo serem servidos? Se esta hipotética situação tivesse ocorrido, e muitos servos tivessem se rebelado, Abraão recompensaria os fiéis designando-os sobre todos os seus bens!
Que ilustração perfeita que Jesus usou para incentivar seus seguidores a se manterem vigilantes e praticar o amor durante este longo período de espera que já dura quase dois mil anos!
Infelizmente, nestes tempos modernos apareceu uma organização humana dizendo que esta ilustração era uma profecia que visava exatamente a identificação dela no cenário mundial, sendo ela o único "escravo fiel e discreto" literal! Mas não era uma profecia da parte de Jesus! Era uma ilustração condizente com todo o contexto de suas palavras.
Ao fazer isto, tal organização humana se interpõe numa relação sagrada e que deveria conter apenas três partes: o indivíduo, Jesus, e seu Pai.
E como efeito colateral desta interpolação, tal organização escraviza as pessoas, criando nelas uma forte dissonância cognitiva, separando pessoas e famílias.
Este é um dos motivos dela não desejar de modo nenhum que suas vítimas tenham contato com os "apóstatas". Existem outros motivos igualmente escandalosos, mas creio que este é o assunto principal! Você e as pessoas que você ama não merecem isto!
A verdade não é frágil!
A base do Cristianismo verdadeiro, aprovado por Cristo, é o amor de Deus.
A vida e a morte de Jesus Cristo é a confirmação deste amor.
Avatar de usuário
Ronildo Araujo
Forista
Forista
 
Mensagens: 492
Data de registro: 17 Abr 2017 20:52
Localidade: Santa Catarina

Re: A Verdade não é Frágil

Nova mensagempor TJ RENOVADO em 05 Dez 2017 16:33

d:7
Essa é a teoria mais tosca da Organização. Porque é a partir dela que o CG se autoafirma como o único canal aprovado por Deus. A parábola de Jesus que o CG convenientemente transformou em profecia. Nenhuma, absolutamente nenhuma argumentação se sustenta: O escravo que alimenta a geração seguinte ao mesmo tempo em que Russel não conhecia e tampouco foi alimentado por seu antecessor; a aprovação de uma classe que praticava e ensinava coisas reprováveis na época da suposta inspeção; a profecia dos 1260 dias mudada por 6 vezes, num vai e vem absurdo de datas onde se mistura dias literais e simbólicos. O Escravo que até 2013 não conhecia a própria identidade. Sim, todos os ungidos pertenciam à classe até não dar mais para sustentar isso em 2013.

Não tem como engolir essa ginástica mental, entre outras heresias.
Aplicam inúmeros textos de direito de Jesus ao CG. Claro, e esse ostracismo com os dissidentes tem como principal objetivo proteger essa classe papal dos apóstatas e não o rebanho.
TJ RENOVADO
Forista
Forista
 
Mensagens: 101
Data de registro: 27 Abr 2017 00:02
Localidade: Bahia

Re: A Verdade não é Frágil

Nova mensagempor kooboo em 05 Dez 2017 20:09

Jesus ensinava por meio de ilustrações.
E a torre insiste em dizer que tudo que ele dizia tinha sentido profético, que prefigurava algo que aconteceria em nossos dias. Esse é o maior nó que a dona torre dá, cita um texto, conta uma estória, cita metade de outro texto fora do contexto, inventa mais uma balela com tons de verdade e deturpa tudo.
Fato é que quando Jesus dizia algo, todos os presentes entendiam o que ele estava dizendo, e a torre fica falando que não é bem assim.

Sobre a fragilidade da verdade - A "verdade" da Torre é muito frágil, pois não suporta uma lida no contexto dos textos que ela cita para cair por terra.
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 12022
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22
Localidade: Minas Gerais

Re: A Verdade não é Frágil

Nova mensagempor Mentalista em 05 Dez 2017 22:18

kooboo escreveu:Jesus ensinava por meio de ilustrações.
E a torre insiste em dizer que tudo que ele dizia tinha sentido profético, que prefigurava algo que aconteceria em nossos dias. Esse é o maior nó que a dona torre dá, cita um texto, conta uma estória, cita metade de outro texto fora do contexto, inventa mais uma balela com tons de verdade e deturpa tudo.
Fato é que quando Jesus dizia algo, todos os presentes entendiam o que ele estava dizendo, e a torre fica falando que não é bem assim.

Sobre a fragilidade da verdade - A "verdade" da Torre é muito frágil, pois não suporta uma lida no contexto dos textos que ela cita para cair por terra.


Aliás, a Torre de Vigia diz que outras denominações deturpam as ideias bíblicas utilizando um procedimento que na verdade ela própria usa, ou seja, textos fora de contexto, emendas, explicações que vão bem além do que está escrito no texto. Ninguém que lesse a Bíblia sozinho iria tirar as mesmas conclusões que a Torre de Vigia, nem mesmo os próprios membros do corpo governante estão em consenso. E como as TJs conseguem ver o erro nas outras mas não na própria religião? Meu palpite é que, ao apontar o erro das outras e quererem ser donas da razão, as TJs tiram a própria atenção de si mesmas.

Realmente, se alguém alega ter a verdade, não precisa ter medo de ser influenciado por outros a deixar de ver a verdade. Nesse sentido a verdade não é frágil mesmo. É óbvio que a liderança das TJs teme os argumentos de outros porque sabe que os seus próprios não são suficientes.
Avatar de usuário
Mentalista
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 3652
Data de registro: 08 Ago 2014 17:25
Localização: Campinas
Localidade: São Paulo

Re: A Verdade não é Frágil

Nova mensagempor Nobre Endividada em 05 Dez 2017 22:31

Se reparar, o discurso de Jesus em Mateus cap. 24, está dividido entre profecias e ilustrações.
Do versículo 1 até o 31 são profecias, e do versículo 32 até o 51 são ilustrações que ele usou para mostrar qual deve ser o comportamento dos seus servos quando estas profecias já ditas acontecerem. No caso da ilustração dos escravos ou servos, é apenas uma forma de explicar que tomar a atitude de cuidar do seu povo e se ocupar na obra que Cristo ordenou, é a melhor forma de se manter vigilante até sua volta. É uma atitude para todo Cristão.

Além do mais, não há nada de novo para se ensinar. Paulo disse que para agradar a Deus basta ter a mentalidade de Cristo e se apegar aos "ensinos dos Apóstolos." Isso bastava, não há novas verdades ou revelações novas. Muito pelo contrário, tudo que seria ensinado como "novo", foi simbolizado por Jesus como o joio apostata. Ou seja, Cristo não precisa de classe literal nenhuma pra trazer "alimento espiritual" o tempo todo como se ele fosse alguém confuso que muda de opinião constantemente.
Como já foi comentado, transformaram essa ilustração em profecia porque convém para manipular pessoas.
"Faça de conta que eu escrevi uma frase super legal aqui nesse espaço" - Autor famoso interessante.
Avatar de usuário
Nobre Endividada
Forista
Forista
 
Mensagens: 198
Data de registro: 16 Jun 2016 23:03
Localidade: Não quero responder

Re: A Verdade não é Frágil

Nova mensagempor Ronildo Araujo em 06 Dez 2017 11:59

Nobre Endividada escreveu:Se reparar, o discurso de Jesus em Mateus cap. 24, está dividido entre profecias e ilustrações.
Do versículo 1 até o 31 são profecias, e do versículo 32 até o 51 são ilustrações que ele usou para mostrar qual deve ser o comportamento dos seus servos quando estas profecias já ditas acontecerem. No caso da ilustração dos escravos ou servos, é apenas uma forma de explicar que tomar a atitude de cuidar do seu povo e se ocupar na obra que Cristo ordenou, é a melhor forma de se manter vigilante até sua volta. É uma atitude para todo Cristão.

Além do mais, não há nada de novo para se ensinar. Paulo disse que para agradar a Deus basta ter a mentalidade de Cristo e se apegar aos "ensinos dos Apóstolos." Isso bastava, não há novas verdades ou revelações novas. Muito pelo contrário, tudo que seria ensinado como "novo", foi simbolizado por Jesus como o joio apostata. Ou seja, Cristo não precisa de classe literal nenhuma pra trazer "alimento espiritual" o tempo todo como se ele fosse alguém confuso que muda de opinião constantemente.
Como já foi comentado, transformaram essa ilustração em profecia porque convém para manipular pessoas.


Exatamente Nobre Endividada. Você foi direto ao ponto principal quando disse que não há nada de novo para se ensinar. Inclusive sabemos que este conceito é o ganha pão da STV, ou seja, incultir na mente das pessoas que existem grandes segredos dentro do texto bíblico que somente eles estão autorizados a compreender e revelar.
Outro ponto que você mencionou é também de grande valor para desfazer na mente das pessoas esta confusão que a STV cria na mente das pessoas: Jesus é chamado de A Palavra, o Verbo. Pois bem, da maneira que a STV "explica" seus ensinos, é como se Jesus fosse um porta-voz débio, confuso. Com necessidade que haja outro porta-voz ao lado dele para traduzir ou explicar o que ele fala.
Acho muito importante informar as pessoas da simplicidade destas coisas. Isto, creio eu, é o antídoto contra seitas e o mau uso da Bíblia.
A base do Cristianismo verdadeiro, aprovado por Cristo, é o amor de Deus.
A vida e a morte de Jesus Cristo é a confirmação deste amor.
Avatar de usuário
Ronildo Araujo
Forista
Forista
 
Mensagens: 492
Data de registro: 17 Abr 2017 20:52
Localidade: Santa Catarina

Re: A Verdade não é Frágil

Nova mensagempor The Brother em 07 Dez 2017 18:59

O mal estar interpretativo pode ser visto pelo seguinte fato:
Quantas vezes ele usaram o relato paralelo em Lucas 12 para sustentar a existência dum escravo fiel? Porque só usam o relato de Mateus??
Lucas 12:41,42: " Pedro perguntou então: “Senhor, essa ilustração é só para nós ou também para todos?”  E o Senhor disse: “Quem é realmente o administrador fiel, o prudente, a quem o seu senhor encarregará do grupo de assistentes para sempre dar a eles a sua medida de mantimentos no tempo apropriado? "
Versículos 47,48: "Então aquele escravo que entendeu a vontade do seu senhor, mas não se aprontou nem fez o que ele lhe pediu, será espancado com muitos golpes. Mas aquele que não entendeu e fez coisas que merecem punição será espancado com poucos golpes. Realmente, de todo aquele a quem muito foi dado, muito será exigido; e daquele que foi encarregado de muito, será exigido mais do que o normal"
A pergunta que não quer calar: Se é uma profecia esse terceiro escravo , que só aparece no relato paralelo de Lucas, representa quem?
Lucas 12 é extremamente embarcador para eles.
The Brother
Forista
Forista
 
Mensagens: 299
Data de registro: 03 Nov 2008 15:08

Re: A Verdade não é Frágil

Nova mensagempor TJ RENOVADO em 07 Dez 2017 19:39

The Brother escreveu:O mal estar interpretativo pode ser visto pelo seguinte fato:
Quantas vezes ele usaram o relato paralelo em Lucas 12 para sustentar a existência dum escravo fiel? Porque só usam o relato de Mateus??
Lucas 12:41,42: " Pedro perguntou então: “Senhor, essa ilustração é só para nós ou também para todos?”  E o Senhor disse: “Quem é realmente o administrador fiel, o prudente, a quem o seu senhor encarregará do grupo de assistentes para sempre dar a eles a sua medida de mantimentos no tempo apropriado? "
Versículos 47,48: "Então aquele escravo que entendeu a vontade do seu senhor, mas não se aprontou nem fez o que ele lhe pediu, será espancado com muitos golpes. Mas aquele que não entendeu e fez coisas que merecem punição será espancado com poucos golpes. Realmente, de todo aquele a quem muito foi dado, muito será exigido; e daquele que foi encarregado de muito, será exigido mais do que o normal"
A pergunta que não quer calar: Se é uma profecia esse terceiro escravo , que só aparece no relato paralelo de Lucas, representa quem?
Lucas 12 é extremamente embarcador para eles.


Ótima observação.

Quem seria essa classe de escravo que receberia poucos golpes?
Além disso, na sua pergunta Pedro deixa claro que havia entendido que Jesus estava fazendo uma ilustração apenas.

Aproveitando a oportunidade, fui até fazer uma busca aqui específica no JW sobre Lucas 12:48 (acho que já fiz há muito tempo) mas nenhuma explicação específica foi encontrada. Eles apenas jogam o texto daquele jeitinho deles, de maneira bem superficial.
TJ RENOVADO
Forista
Forista
 
Mensagens: 101
Data de registro: 27 Abr 2017 00:02
Localidade: Bahia


Retornar para Crenças, Doutrinas e História

Quem está online

Usuários vendo este fórum: GabrielaPAULA, Google [Bot], kooboo, Lehh, Michael Myers, Ronildo Araujo, Saran e 53 visitantes