[CARTA GRINGA] Como tratar alguns casos judiciais : Crenças, Doutrinas e História
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


[CARTA GRINGA] Como tratar alguns casos judiciais

Debates e discussões acerca das crenças, doutrinas e a história das Testemunhas de Jeová.

[CARTA GRINGA] Como tratar alguns casos judiciais

Nova mensagempor Dr. Schultz em 01 Set 2017 10:02

Essa carta surgiu aqui - https://extj.co/foro/showthread.php?tid=668

Ela é para os anciãos do México e explica o modo parcial em que pessoas com designações especiais são tratadas quando cometem um pecado. Um claro exemplo de dois pesos e duas medidas descarado.

31 de agosto de 2017

A LOS CUERPOS DE ANCIANOS

Asunto: Cómo atender algunos casos judiciales

Estimados hermanos:

Les agradecemos la atención y ayuda que les dan a los betelitas, siervos de construcción, voluntarios externos de tiempo parcial y de tiempo completo, voluntarios externos de construcción a tiempo parcial y tiempo completo, siervos y voluntarios a distancia, misioneros que sirven en el campo, precursores especiales, siervos de Salones de Asambleas y siervos de instalaciones para Escuelas Bíblicas que están asignados a su congregación. Estamos seguros de que ustedes y los hermanos y hermanas que sirven en estas asignaciones especiales disfrutan de un intercambio de estímulo que fortalece su fe y la de ellos (Rom. 1:11, 12).

Ahora bien, puede que a veces surjan problemas incluso con quienes tienen privilegios especiales de servicio. Por esta razón, deseamos indicarles qué hacer si alguno de los hermanos antes mencionados comete un pecado grave. Si el acusado está en su congregación, dos ancianos que conozcan los pormenores del caso llamarán de inmediato al Departamento de Servicio.

Recibirán instrucciones específicas sobre el procedimiento que deben seguir y sobre el informe que enviarán a la sucursal. Por ejemplo, dependiendo de quién esté implicado y dónde se haya cometido el pecado, es posible que se les pida a ancianos de una congregación que no sea la suya — como a ancianos que sirven en Betel— que se encarguen del caso.

La presente ya figura en la lista de cartas sobre procedimientos del Índice de cartas para los cuerpos de ancianos (S-22).

Reciban nuestro amor cristiano y saludos cordiales.

Sus hermanos,

Congregación Cristiana de los Testigos de Jehová

c. c. superintendentes de circuito


Quer dizer que se um missionário ou pioneiro especial comete um pecado grave, não é pra formar uma comissão logo de cara, mas sim acionar Betel?! E nem d~´ao um motivo pra isso, só uma ordem e pronto. Sabem que ninguém vai questionar se quiser manter sua reputação de ancião...
Avatar de usuário
Dr. Schultz
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 782
Data de registro: 05 Fev 2016 08:54
Localidade: Não quero responder

Re: [CARTA GRINGA] Como tratar alguns casos judiciais

Nova mensagempor Dr. Schultz em 01 Set 2017 10:08

Pelo visto a orientação para serem parciais com os "especiais" será mundial. Já surgiu a carta em inglês no Reddit - https://www.reddit.com/r/exjw/comments/ ... _judicial/
Avatar de usuário
Dr. Schultz
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 782
Data de registro: 05 Fev 2016 08:54
Localidade: Não quero responder

Re: [CARTA GRINGA] Como tratar alguns casos judiciais

Nova mensagempor Adriano Wake Up em 01 Set 2017 10:19

Foro privilegiado......
“5% das pessoas pensam. 10% das pessoas pensam que pensam. Os outros 85% preferem morrer a pensar.”
Thomas Edison
Avatar de usuário
Adriano Wake Up
Forista
Forista
 
Mensagens: 700
Data de registro: 11 Jan 2016 23:08
Localidade: São Paulo

Re: [CARTA GRINGA] Como tratar alguns casos judiciais

Nova mensagempor KOSTA em 01 Set 2017 10:44

Normal...
Se um pioneiro especial ou SC cometer pecado terá um "tratamento" diferente.

Típico de empresa.

A partir de agora podem pecar à vontade. Afinal irão sentir ke estão protegidos.

Nem a máfia teve ideia tão brilhante!
NÃO TEMAS AQUELES QUE BUSCAM PELA VERDADE, MAS TEME ANTES OS QUE AFIRMAM TEREM A VERDADE
Avatar de usuário
KOSTA
Forista
Forista
 
Mensagens: 2878
Data de registro: 22 Set 2011 20:06
Localização: Portugal

Re: [CARTA GRINGA] Como tratar alguns casos judiciais

Nova mensagempor RenatoHC12 em 01 Set 2017 10:50

Adriano Wake Up escreveu:Foro privilegiado......


Pois é, fala mal da justiça dos homens mas adota os mesmos moldes de julgamento.
Já fiz tanta coisa que nem me lembro
Do que eu era contra ou fui a favor
O que me dava prazer, hoje só me dá dor
Nunca aprendi o que é o amor

Vespas Mandarianas - Não Sei o Que Fazer Comigo
Avatar de usuário
RenatoHC12
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 41
Data de registro: 31 Jul 2017 13:45
Localidade: Distrito Federal

Re: [CARTA GRINGA] Como tratar alguns casos judiciais

Nova mensagempor Sra Winchester em 01 Set 2017 11:29

Que vergonha!! Foro privilegiado mesmo, melhor comentário.
Avatar de usuário
Sra Winchester
Forista
Forista
 
Mensagens: 181
Data de registro: 06 Fev 2017 09:53
Localidade: Paraná

Re: [CARTA GRINGA] Como tratar alguns casos judiciais

Nova mensagempor RayFranz em 01 Set 2017 18:17

KOSTA escreveu:Normal...
Se um pioneiro especial ou SC cometer pecado terá um "tratamento" diferente.

Típico de empresa.

A partir de agora podem pecar à vontade. Afinal irão sentir ke estão protegidos.

Nem a máfia teve ideia tão brilhante!


Pelo contrario, caro amigo Kosta,

Na realidade betelitas, pioneiros especiais, viajantes e afins possuem uma relação um pouco diferente com o escritório do que os demais anciãos. Como betel "sustenta" e lhes da um carimbo de "status" maior que os demais, exige submissões maiores dos que as que são impostas aos mortais anciãos e por isso pode exigir coisas que os anciãos locais não estão acostumados (ou não seria conveniente que soubessem)

Na pratica significa que certos comportamentos ou posturas que um ancião local adotasse poderia ser irrelevado, pode custar a cabeça de um pioneiro especial, SAJ, betelita, etc., ao mesmo tempo que certas coisas são toleradas a estes que os anciãos locais não perdoariam.

Na verdade não se trata de um "foro privilegiado" como o amigo Adriano comparou, mas sim uma espécie de 'Tribunal Militar' em que as regras assumem nuances diferenciadas ou ainda "elementos sigilosos" que os caras não queiram que os anciãos locais saibam.
Avatar de usuário
RayFranz
Forista
Forista
 
Mensagens: 577
Data de registro: 26 Mar 2010 01:34
Localidade: São Paulo

Re: [CARTA GRINGA] Como tratar alguns casos judiciais

Nova mensagempor Arlequina em 01 Set 2017 18:29

Na verdade não entendi o que a maioria entendeu.
O fato de avisar o escritório e esperar a resposta deles não quer dizer que vão proteger quem é designado pelo escritório.
Sei de situações que o escritório foi bem rígido com " especiais" que pisaram na bola.
Quando tem coisa errada eu falo. Não vi nada de errado nisto.
A tradição de todas as gerações mortas oprime como um pesadelo o cérebro dos vivos.
-MARX
Avatar de usuário
Arlequina
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 771
Data de registro: 03 Jan 2017 12:34
Localidade: Não quero responder

Re: [CARTA GRINGA] Como tratar alguns casos judiciais

Nova mensagempor Galileu em 01 Set 2017 18:42

Raymond Franz que diga !

PARCIALIDADE é o que permeia esta Organização !
Não se coloca um remendo novo em uma roupa velha-Jesus Cristo
Avatar de usuário
Galileu
Forista
Forista
 
Mensagens: 1613
Data de registro: 30 Mar 2016 11:47
Localidade: Não quero responder

Re: [CARTA GRINGA] Como tratar alguns casos judiciais

Nova mensagempor JCruz em 02 Set 2017 01:22

AGORA, A CARTA EM PORTUGUÊS DO BRASIL

Ref.: Procedimentos para cuidar de certos casos de transgressão


Prezados irmãos:

Nós apreciamos a atenção e o apoio que vocês dão aos irmãos de sua congregação que servem como betelitas, commuters de construção por tempo parcial e integral, commuters de tempo parcial e integral, missionários em campo, pioneiros especiais, servos de construção, servos de escolas bíblicas, servos de Salão de Assembleias, e servos e voluntários à distância. Temos certeza que vocês e os irmãos e irmãs que servem nessas modalidades estão encorajando
uns aos outros e fortalecendo a fé uns dos outros. — Rom. 1:11, 12.

Mesmo os irmãos que têm privilégios especiais de serviço podem, às vezes, ter problemas. Por isso, gostaríamos de informar a vocês os procedimentos que devem ser seguidos se precisarem cuidar de algum caso de transgressão envolvendo irmãos que servem nessas modalidades. Se vocês ficarem sabendo de uma acusação contra um irmão (ou uma irmã) dessas modalidades que serve em sua congregação, dois anciãos que sabem os detalhes da situação devem entrar em contato imediatamente com o Departamento de Serviço. O Escritório dará orientações específicas sobre como cuidar do caso e sobre que tipo de relatório deve ser enviado. Por exemplo, dependendo de quem estava envolvido e onde ocorreu a transgressão, anciãos de fora da congregação, como os que servem em Betel, podem ser designados para cuidar do caso.

Esta carta foi acrescentada à lista de cartas orientadoras mencionadas no Índice das Cartas para os Corpos de Anciãos (S-22). Enviamos o nosso amor cristão.

Seus irmãos,
JCruz
Forista
Forista
 
Mensagens: 160
Data de registro: 21 Fev 2015 00:11
Localidade: Não quero responder

Re: [CARTA GRINGA] Como tratar alguns casos judiciais

Nova mensagempor Adriano Wake Up em 03 Set 2017 10:23

Se os anciãos são designados pelo Espírito Santo para pastorearem o povo de Deus, e são como estrelas na mão de Cristo, por que raios eles não podem julgar aqueles com "privilégios especiais" ????
Por que, nesses casos, o escritório é quem deve orientar ??
O Espírito Santo do escritório é mais Santo que aquele que designou os anciãos ???

Então, existe sim algo que se assemelha ao "foro privilegiado", no sentido de que os anciãos que não pertencem ao escritório são anciãos de uma casta inferior.

ALERTA AOS NOSSOS VISITANTES:
Jamais confiem nesses falsos anciãos !
Eles NÃO FORAM designados por nenhum Espírito Santo.
São apenas funcionários não remunerados de uma empresa.
“5% das pessoas pensam. 10% das pessoas pensam que pensam. Os outros 85% preferem morrer a pensar.”
Thomas Edison
Avatar de usuário
Adriano Wake Up
Forista
Forista
 
Mensagens: 700
Data de registro: 11 Jan 2016 23:08
Localidade: São Paulo

Re: [CARTA GRINGA] Como tratar alguns casos judiciais

Nova mensagempor KOSTA em 03 Set 2017 10:31

Essa carta retira voto de confiãnça aos anciãos.

Talvez o motivo seja o facto de atualmente qualquer palerma se qualifica para o cargo.
NÃO TEMAS AQUELES QUE BUSCAM PELA VERDADE, MAS TEME ANTES OS QUE AFIRMAM TEREM A VERDADE
Avatar de usuário
KOSTA
Forista
Forista
 
Mensagens: 2878
Data de registro: 22 Set 2011 20:06
Localização: Portugal

Re: [CARTA GRINGA] Como tratar alguns casos judiciais

Nova mensagempor Galileu em 03 Set 2017 10:51

Adriano Wake Up escreveu:Se os anciãos são designados pelo Espírito Santo para pastorearem o povo de Deus, e são como estrelas na mão de Cristo, por que raios eles não podem julgar aqueles com "privilégios especiais" ????
Por que, nesses casos, o escritório é quem deve orientar ??
O Espírito Santo do escritório é mais Santo que aquele que designou os anciãos ???

Então, existe sim algo que se assemelha ao "foro privilegiado", no sentido de que os anciãos que não pertencem ao escritório são anciãos de uma casta inferior.

ALERTA AOS NOSSOS VISITANTES:
Jamais confiem nesses falsos anciãos !
Eles NÃO FORAM designados por nenhum Espírito Santo.
São apenas funcionários não remunerados de uma empresa.


d:4 d:4 d:4 d:4 .

Adriano , esta orientação parece indicar que a sede do Espirito Santo é Betel.

É sim foro especial de julgamento .

Se o Espirito que designa um ancião é o mesmo que designa o Sup.de circuito ,porque esta diferença ???

Boas observaçoes as suas !
Não se coloca um remendo novo em uma roupa velha-Jesus Cristo
Avatar de usuário
Galileu
Forista
Forista
 
Mensagens: 1613
Data de registro: 30 Mar 2016 11:47
Localidade: Não quero responder


  • Tópicos Similares
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Retornar para Crenças, Doutrinas e História

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Beatrice Prior, boyjund84, RafaelCioran, T.I.T.J e 81 visitantes