A justiça de Jeová : Crenças, Doutrinas e História - Page 3
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


A justiça de Jeová

Debates e discussões acerca das crenças, doutrinas e a história das Testemunhas de Jeová.

Re: A justiça de Jeová

Nova mensagempor BrunoBernardes em 26 Ago 2017 23:45

A autobiografia divina...

phpBB [video]


Pensem duas vezes antes contestar.
Quanto mais eu conheço a história e efeitos dessa organização, tanto mais eu suplico a eutanásia que expurga qualquer vestígio de fé. Deus está morto e morreu com ele quem um dia eu fui...

Hipócritas Programadores Lingüísticos Passivos.
Avatar de usuário
BrunoBernardes
Forista
Forista
 
Mensagens: 1881
Data de registro: 29 Jul 2016 17:21
Localidade: Não quero responder

Re: A justiça de Jeová

Nova mensagempor OliverQueen em 27 Ago 2017 11:45

KOSTA escreveu:
Tou teclando no celular. Espero ter sido coerente porque o raio deste celular nao tarda vai de encontro à parede...


:1 :1 :1
"A única razão [pela qual] você diz que eu estou na escuridão como um apóstata, é porque eu não sigo a sua marca [mentirosa], nunca mais. [Simples assim!]"
Avatar de usuário
OliverQueen
Forista
Forista
 
Mensagens: 222
Data de registro: 25 Ago 2016 21:46
Localidade: Não quero responder

Re: A justiça de Jeová

Nova mensagempor Ermioni em 27 Ago 2017 20:28

Isso só mostra q a Bíblia não passa de um livro da história de um povo, com sua cultura e visão.
Pois Deus não eh humano para mudar .....
Segundo a própria Bíblia.... Mas ao analisa-lo, vemos tantas mudanças neh.
Nunca saberá quem realmente são as pessoas, se vc nunca for vc mesmo.
Avatar de usuário
Ermioni
Forista
Forista
 
Mensagens: 1079
Data de registro: 27 Jun 2016 15:38
Localização: São Paulo
Localidade: São Paulo

Re: A justiça de Jeová

Nova mensagempor KOSTA em 28 Ago 2017 02:21

Olá Oliver
Enviei mp de resposta.

Obrigado pela consideração demonstrada.

Tambem gostava muito de ler os posts da outra "reencarnação" .

Penso que em pouco tempo ganhaste a admiraçao do pessoal.

Vou ver se compro outro celular, este f&%€ dá me cabo dos nervos!

Abraço
NÃO TEMAS AQUELES QUE BUSCAM PELA VERDADE, MAS TEME ANTES OS QUE AFIRMAM TEREM A VERDADE
Avatar de usuário
KOSTA
Forista
Forista
 
Mensagens: 2878
Data de registro: 22 Set 2011 20:06
Localização: Portugal

Re: A justiça de Jeová

Nova mensagempor KOSTA em 28 Ago 2017 02:21

Olá Oliver
Enviei mp de resposta.

Obrigado pela consideração demonstrada.

Tambem gostava muito de ler os posts da outra "reencarnação" .

Penso que em pouco tempo ganhaste a admiraçao do pessoal.

Vou ver se compro outro celular, este f&%€ dá me cabo dos nervos!

Abraço
NÃO TEMAS AQUELES QUE BUSCAM PELA VERDADE, MAS TEME ANTES OS QUE AFIRMAM TEREM A VERDADE
Avatar de usuário
KOSTA
Forista
Forista
 
Mensagens: 2878
Data de registro: 22 Set 2011 20:06
Localização: Portugal

Re: A justiça de Jeová

Nova mensagempor Mind Games em 28 Ago 2017 15:02

OliverQueen escreveu:
Oliver Queen escreveu:ADVERTÊNCIA: Antes de iniciar a leitura informo que ela poderá fazer alguns se engasgarem com a pizza de sexta.

Eu avisei!
:6


Toda religião diz que o deus do VT é bom. A Torre então, nem se compara. É Jeovazito pra cá, Jeovazito pra lá. Ele é bom, ele é isso, ele é aquilo. Citam textos lindos que mostram que esse deus com síndrome de traficante de morro que afirma que gosta de sua comunidade, mas se vacilar o pipoco come! - parece a última palavra em amor e altruísmo.

Quando eu era uma pessoa de mentalidade religiosa, a forma de Jeová agir não me incomodava. Meu cérebro me dizia que Deus tinha de punir homens maus e perversos. Se estavam sendo mortos por Deus é porque mereciam. Eu não sentia qualquer emoção parecida com pena. Tudo que eu queria era "aprender de seus exemplos". Jeová tinha muitos bons motivos para se irar:

1 - No dilúvio, nefilins estavam sobre a terra e ela tinha ficado insuportável;

2 - Os cananeus eram pagãos, não queriam saber de Jeová e ainda maltratavam seu povo "santo". E Jeová, como criador da Terra inteira tinha direito de se tomar a parte que ele quisesse para dar aos seus servos;

3 - Achava espetacular a forma de Jeová fazer prevalecer o nome dele quando, por exemplo, eliminou aqueles 400 profetas de Baal.


Será mesmo que eram bons motivos? O outro lado:

Eu fiz o que mandaram fazer: Li a giBíblia. E aí vi coisas que me fizeram perguntar: E se? Essa pergunta é um problema. Ela abre algumas caixas de pandora. E como toda caixa de pandora, uma vez abertas, estas também não podem mais ser fechadas.

Primeira caixa de pandora: Deus matou muita gente

É claro que Deus, para proteger pessoas justas, tenha que fazer algo. Matar? E se, ao invés de recorrer a violência, Jeová fizesse um de seus anjos poderosos, aparecer a um povo antigo, por exemplo? Se os fizessem ter algum sinal de sua divindade? Um sinal inquestionável, é claro! Para o todo poderoso, Jeovázito, isso seria fácil. Humanos geralmente matam em três situações: (1) Para se defenderem. (2) Para roubarem algo. (3) Para se vingarem. Parece que em todos os casos em que Jeová matou na Bíblia, foi pelo terceiro motivo. Vingança!

Segunda caixa de pandora: Deus não só matou como sempre o fez com requintes de crueldade

E se Jeová realmente tivesse que matar? Não deveria ser sem crueldade? O Deus de amor? O que a Bíblia revela de Jeová nesse respeito faz qualquer assassino parecer misericordioso.:

Dilúvio: Deus tinha um problema: Nefilins encheram a terra de violência. E como ele resolve? Com mais violência! E uma violência inimaginavelmente maior do que aquela que havia na Terra. Gênesis 7:21-23 relata a extensão da matança: Morreram todas as criaturas. Todos os animais, até as pequenas criaturas. E, claro, toda a humanidade. O que incluiu mulheres, crianças, idosos. Tudo morreu. Considerando que seja verdade, algo horrendo, catastrófico e muito traumático para os pouquíssimos sobreviventes. Não é à toa que uma das primeiras coisas que o velho Noé aparentemente fez foi plantar um vinhedo e encher a cara!

O Censo de Davi: Um dos mistérios mais controversos, pois muitos divergem sobre quem mandou Davi fazer o Censo (II Samuel 24:1 diz que foi Jeová enquanto I Crônicas 21:1 diz que foi Satanás. Eu aposto no Jeovazito!). O fato é que Jeová usou a situação como desculpa para extravasar suas emoções fazendo com que Davi escolhesse um castigo dentre três. Davi, claro, escolheu que Jeová punisse o povo inocente e, com isso, 70.000 pessoas foram mortas, conforme o texto de 2 Samuel 24:15-17 relata:

2 Samuel 24: 15 Então Jeová enviou uma peste+ sobre Israel, desde a manhã até o tempo determinado, de modo que 70.000 pessoas morreram, de Dã a Berseba.+ 16 Quando o anjo estendeu a mão para destruir Jerusalém, Jeová lamentou a* calamidade+e disse ao anjo que causava a destruição entre o povo: “Já chega! Abaixe a mão.” O anjo de Jeová estava perto da eira de Araúna,+o jebuseu.+17 Ao ver o anjo que golpeava o povo, Davi disse a Jeová: “Fui eu que pequei, eu que cometi esse erro. Mas o que fizeram estas ovelhas?+ Por favor, que a tua mão venha sobre mim e sobre a casa do meu pai.”+


Interessante é que como qualquer marido violento e sequelado, a bíblia diz que ele lamentou. Mas aí... já era tarde. A merda tava feita, né?

Amalequitas: A Torre gosta de mostrar Jeová ferindo gente má. Nas ilustrações dos amalequitas não é diferente. Todos são maus. Veja em 1 Samuel 15:3 a idade dessas pessoas más:

Não os poupe;* mate homens e mulheres, crianças e bebês, bois e ovelhas, camelos e jumentos.


Sim, Jeová mata bebês! Segundo ele, eram pessoas muito ruins, que sua justiça exigia a morte.

O filho de Davi com Bate-seba: Jeová perdoou a esposa de Urias. E perdoou o pecado de Davi, que foi muito além de levar uma mulher casada pra cama. Ele tramou e mandou executar o marido dela. Mas esse deus sedento de sangue, não ia deixar passar barato. Alguém teria que pagar. E quem Jeová escolheu para punir? O filho recém nascido de Davi. Se acha que ele matou o menino, acertou. Mas se pensa que foi de forma rápida, é porque você ainda não entendeu o quanto esse Deus é sádico. O pobre bebê agonizou uma semana inteira:

2 Samuel 12:15-18: E Jeová golpeou o filho que a esposa de Urias tinha dado a Davi, e ele ficou doente. 16 Davi suplicou ao verdadeiro Deus a favor do menino e fez um jejum rigoroso. Davi entrava no seu quarto e passava a noite deitado no chão.+ 17 Os anciãos da sua casa ficavam junto dele e tentavam fazê-lo se levantar do chão, mas ele se recusava e não queria comer com eles. 18 No sétimo dia, o menino morreu.

Sem comentários...


Depois de ler e meditar nesses textos, vemos o que a giBíblia realmente quer dizer com a expressão Temer a Jeová! A Torre também gosta de dizer que é qualquer outra coisa menos cagaço, pavor mórbido. Mas os textos estão aí.

Outro ponto é que qualquer alegação de que ele tinha bons motivos para punir com a morte, caem por terra, quando estas sentenças são acompanhadas de tortura perversa e sem sentido.

Conclusão: Ou adora esse deus mimado, ou ele vai matar você, sua esposa e seu filho numa condição sádica de tortura.

:10

Para pensar.


Eu estava pensando nisto essa semana e pensei: será que atribuiram toda esta maldade a Deus ( eu ainda acredito n'Ele)para justificar toda e qualquer maldade que os israelitas fizeram ? Porque seria muito mais fácil se eximir dizendo que foi Ele quem matou ou que mataram a mando dEle? Daí aumentaram os números dos mortos ou das façanhas como sendo livramento de forma milagrosa até mesmo para intimidar os inimigos? Talvez Ele não seja culpado por boa parte destas chacinas descritas na biblia.
"Acredito em tudo aquilo que Jesus disse - amor, bondade, caridade - mas não acredito naquilo que os homens dizem que ele disse." John Lennon
Avatar de usuário
Mind Games
Forista
Forista
 
Mensagens: 784
Data de registro: 23 Mai 2012 00:11
Localidade: Não quero responder

Re: A justiça de Jeová

Nova mensagempor Freud em 28 Ago 2017 15:36

Mind Games escreveu:Eu estava pensando nisto essa semana e pensei: será que atribuiram toda esta maldade a Deus ( eu ainda acredito n'Ele)para justificar toda e qualquer maldade que os israelitas fizeram ? Porque seria muito mais fácil se eximir dizendo que foi Ele quem matou ou que mataram a mando dEle? Daí aumentaram os números dos mortos ou das façanhas como sendo livramento de forma milagrosa até mesmo para intimidar os inimigos? Talvez Ele não seja culpado por boa parte destas chacinas descritas na biblia.


É possível, tal como os muçulmanos radicais explodem crianças e mulheres e afirmam que estão fazendo a vontade de Deus. A figura de Deus já foi usada pra justificar muita barbárie.

Porém, se assim o for, a pergunta é: se a Bíblia é o “canal de comunicação de Deus com a humanidade, tal como uma carta de um pai amoroso para seus filhos”, por que Ele permitiria que deturpassem sua imagem dessa forma, atribuindo-lhe essas atrocidades? A menos que essa parte da Bíblia não seja inspirada. Mas dai surge outra pergunta: se essa parte não é inspirada e/ou foi alterada, o que garante que o resto da Bíblia tbm não o foi alterado?

Então, por se tratar de uma obra única, ou se admite q ela toda é de origem divina ou se admite que ela toda é de origem humana. Não vale dizer q nas partes bonitinhas é Deus e nas partes feias é o homem. Seja como for, pra mim não serve mais. Se for divina, tem algo muito errado aí. Se for humana, pra que vou segui-la?
“Quando todos pensam da mesma forma, é porque ninguém está pensando.”
Walter Lippmann (adaptado)
Avatar de usuário
Freud
Forista
Forista
 
Mensagens: 324
Data de registro: 16 Dez 2013 09:50
Localidade: Não quero responder

Re: A justiça de Jeová

Nova mensagempor Agnostico Reverente em 28 Ago 2017 15:57

Freud escreveu:
Mind Games escreveu:Eu estava pensando nisto essa semana e pensei: será que atribuiram toda esta maldade a Deus ( eu ainda acredito n'Ele)para justificar toda e qualquer maldade que os israelitas fizeram ? Porque seria muito mais fácil se eximir dizendo que foi Ele quem matou ou que mataram a mando dEle? Daí aumentaram os números dos mortos ou das façanhas como sendo livramento de forma milagrosa até mesmo para intimidar os inimigos? Talvez Ele não seja culpado por boa parte destas chacinas descritas na biblia.


É possível, tal como os muçulmanos radicais explodem crianças e mulheres e afirmam que estão fazendo a vontade de Deus. A figura de Deus já foi usada pra justificar muita barbárie.

Porém, se assim o for, a pergunta é: se a Bíblia é o “canal de comunicação de Deus com a humanidade, tal como uma carta de um pai amoroso para seus filhos”, por que Ele permitiria que deturpassem sua imagem dessa forma, atribuindo-lhe essas atrocidades? A menos que essa parte da Bíblia não seja inspirada. Mas dai surge outra pergunta: se essa parte não é inspirada e/ou foi alterada, o que garante que o resto da Bíblia tbm não o foi alterado?

Então, por se tratar de uma obra única, ou se admite q ela toda é de origem divina ou se admite que ela toda é de origem humana. Não vale dizer q nas partes bonitinhas é Deus e nas partes feias é o homem. Seja como for, pra mim não serve mais. Se for divina, tem algo muito errado aí. Se for humana, pra que vou segui-la?


Eis a questão Freud, não se trata e nunca se tratou de uma obra única. São escrituras (sagradas ou não, depende do ponto de vista) totalmente independentes umas das outras, humanas, com pontos de vista diferentes. Isso pode me permitir gostar do Eclesiastes, por exemplo, mas desdenhar o conteudo de Cânticos de Salomão (afinal, pra que que serve esse livro mesmo em sentido espiritual? Seria melhor do que qualquer romance moderno?) Essa coisa de carta de um Pai amoroso, manual de instruções, ou canal de comunicação de Deus é coisa que a Torre, com sua herança fincada no protestantismo, colocou na nossa cabeça.
Avatar de usuário
Agnostico Reverente
Forista
Forista
 
Mensagens: 312
Data de registro: 19 Ago 2016 17:08
Localidade: São Paulo

Re: A justiça de Jeová

Nova mensagempor KOSTA em 28 Ago 2017 16:24

Concordo contigo Agnostico. Assim como com outros foristas.
Nossa riqueza está na pluralidade expressa no fórum.

Pessoalmente acho Ester fantástico. Sozinha ela conseguiu livrar os judeus de exterminio.

Pena a Torre nao dar mais destaque a ela.
NÃO TEMAS AQUELES QUE BUSCAM PELA VERDADE, MAS TEME ANTES OS QUE AFIRMAM TEREM A VERDADE
Avatar de usuário
KOSTA
Forista
Forista
 
Mensagens: 2878
Data de registro: 22 Set 2011 20:06
Localização: Portugal

Re: A justiça de Jeová

Nova mensagempor Dr. Urubu em 28 Ago 2017 17:49

Essa dos Amalequitas, é do Peru....
Me corrijam se estiver errado, não sou um grande leitor da Bíblia.
Imaginem...O profeta conversava diretamente com Deus e informava Saul sobre a vontade Divina.
Saul sabendo disso resolveu levar vantagem, passar Deus para trás, ou seja poupou os melhores animais quem sabe para vende-los e faturar uma grraninha, quem sabe dai venha a fama da esperteza dos judeus, já desde os tempos bíblicos, não perdoaram nem Deus.
Outra coisa estranha na vontade Divina, o criador pouparia somente as mulheres virgens..!
Dr. Urubu
Forista
Forista
 
Mensagens: 406
Data de registro: 15 Mar 2009 11:19

Re: A justiça de Jeová

Nova mensagempor KOSTA em 29 Ago 2017 00:28

Urubu

Os amaldquitas eram os descendentes de uma das filhas de Ló. Os moabitas idem.

Ambos os povos desapareceram exterminados pelos Judeus.

Nao me parece kr algum amalequita consiguisse chegar no Perú. É demasiado longe.
NÃO TEMAS AQUELES QUE BUSCAM PELA VERDADE, MAS TEME ANTES OS QUE AFIRMAM TEREM A VERDADE
Avatar de usuário
KOSTA
Forista
Forista
 
Mensagens: 2878
Data de registro: 22 Set 2011 20:06
Localização: Portugal

Re: A justiça de Jeová

Nova mensagempor Arlequina em 29 Ago 2017 07:29

KOSTA escreveu:Urubu

Os amaldquitas eram os descendentes de uma das filhas de Ló. Os moabitas idem.

Ambos os povos desapareceram exterminados pelos Judeus.

Nao me parece kr algum amalequita consiguisse chegar no Perú. É demasiado longe.


Kosta acho que vc se confundiu amigo.
Amalequitas- descendentes de Amaleque
Moabitas- descendentes de Moabe( filho de Ló)
Amonitas- descendentes de Amon( filho de ló)

Eu penso como mind games, agnóstico reverente e Freud.
O problema todo é a BÍBLIA.
A tradição de todas as gerações mortas oprime como um pesadelo o cérebro dos vivos.
-MARX
Avatar de usuário
Arlequina
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 771
Data de registro: 03 Jan 2017 12:34
Localidade: Não quero responder

Re: A justiça de Jeová

Nova mensagempor Ronildo Araujo em 02 Set 2017 16:50

OliverQueen escreveu:
Oliver Queen escreveu:ADVERTÊNCIA: Antes de iniciar a leitura informo que ela poderá fazer alguns se engasgarem com a pizza de sexta.

Eu avisei!
:6


Toda religião diz que o deus do VT é bom. A Torre então, nem se compara. É Jeovazito pra cá, Jeovazito pra lá. Ele é bom, ele é isso, ele é aquilo. Citam textos lindos que mostram que esse deus com síndrome de traficante de morro que afirma que gosta de sua comunidade, mas se vacilar o pipoco come! - parece a última palavra em amor e altruísmo.

Quando eu era uma pessoa de mentalidade religiosa, a forma de Jeová agir não me incomodava. Meu cérebro me dizia que Deus tinha de punir homens maus e perversos. Se estavam sendo mortos por Deus é porque mereciam. Eu não sentia qualquer emoção parecida com pena. Tudo que eu queria era "aprender de seus exemplos". Jeová tinha muitos bons motivos para se irar:

1 - No dilúvio, nefilins estavam sobre a terra e ela tinha ficado insuportável;

2 - Os cananeus eram pagãos, não queriam saber de Jeová e ainda maltratavam seu povo "santo". E Jeová, como criador da Terra inteira tinha direito de se tomar a parte que ele quisesse para dar aos seus servos;

3 - Achava espetacular a forma de Jeová fazer prevalecer o nome dele quando, por exemplo, eliminou aqueles 400 profetas de Baal.


Será mesmo que eram bons motivos? O outro lado:

Eu fiz o que mandaram fazer: Li a giBíblia. E aí vi coisas que me fizeram perguntar: E se? Essa pergunta é um problema. Ela abre algumas caixas de pandora. E como toda caixa de pandora, uma vez abertas, estas também não podem mais ser fechadas.

Primeira caixa de pandora: Deus matou muita gente

É claro que Deus, para proteger pessoas justas, tenha que fazer algo. Matar? E se, ao invés de recorrer a violência, Jeová fizesse um de seus anjos poderosos, aparecer a um povo antigo, por exemplo? Se os fizessem ter algum sinal de sua divindade? Um sinal inquestionável, é claro! Para o todo poderoso, Jeovázito, isso seria fácil. Humanos geralmente matam em três situações: (1) Para se defenderem. (2) Para roubarem algo. (3) Para se vingarem. Parece que em todos os casos em que Jeová matou na Bíblia, foi pelo terceiro motivo. Vingança!

Segunda caixa de pandora: Deus não só matou como sempre o fez com requintes de crueldade

E se Jeová realmente tivesse que matar? Não deveria ser sem crueldade? O Deus de amor? O que a Bíblia revela de Jeová nesse respeito faz qualquer assassino parecer misericordioso.:

Dilúvio: Deus tinha um problema: Nefilins encheram a terra de violência. E como ele resolve? Com mais violência! E uma violência inimaginavelmente maior do que aquela que havia na Terra. Gênesis 7:21-23 relata a extensão da matança: Morreram todas as criaturas. Todos os animais, até as pequenas criaturas. E, claro, toda a humanidade. O que incluiu mulheres, crianças, idosos. Tudo morreu. Considerando que seja verdade, algo horrendo, catastrófico e muito traumático para os pouquíssimos sobreviventes. Não é à toa que uma das primeiras coisas que o velho Noé aparentemente fez foi plantar um vinhedo e encher a cara!

O Censo de Davi: Um dos mistérios mais controversos, pois muitos divergem sobre quem mandou Davi fazer o Censo (II Samuel 24:1 diz que foi Jeová enquanto I Crônicas 21:1 diz que foi Satanás. Eu aposto no Jeovazito!). O fato é que Jeová usou a situação como desculpa para extravasar suas emoções fazendo com que Davi escolhesse um castigo dentre três. Davi, claro, escolheu que Jeová punisse o povo inocente e, com isso, 70.000 pessoas foram mortas, conforme o texto de 2 Samuel 24:15-17 relata:

2 Samuel 24: 15 Então Jeová enviou uma peste+ sobre Israel, desde a manhã até o tempo determinado, de modo que 70.000 pessoas morreram, de Dã a Berseba.+ 16 Quando o anjo estendeu a mão para destruir Jerusalém, Jeová lamentou a* calamidade+e disse ao anjo que causava a destruição entre o povo: “Já chega! Abaixe a mão.” O anjo de Jeová estava perto da eira de Araúna,+o jebuseu.+17 Ao ver o anjo que golpeava o povo, Davi disse a Jeová: “Fui eu que pequei, eu que cometi esse erro. Mas o que fizeram estas ovelhas?+ Por favor, que a tua mão venha sobre mim e sobre a casa do meu pai.”+


Interessante é que como qualquer marido violento e sequelado, a bíblia diz que ele lamentou. Mas aí... já era tarde. A merda tava feita, né?

Amalequitas: A Torre gosta de mostrar Jeová ferindo gente má. Nas ilustrações dos amalequitas não é diferente. Todos são maus. Veja em 1 Samuel 15:3 a idade dessas pessoas más:

Não os poupe;* mate homens e mulheres, crianças e bebês, bois e ovelhas, camelos e jumentos.


Sim, Jeová mata bebês! Segundo ele, eram pessoas muito ruins, que sua justiça exigia a morte.

O filho de Davi com Bate-seba: Jeová perdoou a esposa de Urias. E perdoou o pecado de Davi, que foi muito além de levar uma mulher casada pra cama. Ele tramou e mandou executar o marido dela. Mas esse deus sedento de sangue, não ia deixar passar barato. Alguém teria que pagar. E quem Jeová escolheu para punir? O filho recém nascido de Davi. Se acha que ele matou o menino, acertou. Mas se pensa que foi de forma rápida, é porque você ainda não entendeu o quanto esse Deus é sádico. O pobre bebê agonizou uma semana inteira:

2 Samuel 12:15-18: E Jeová golpeou o filho que a esposa de Urias tinha dado a Davi, e ele ficou doente. 16 Davi suplicou ao verdadeiro Deus a favor do menino e fez um jejum rigoroso. Davi entrava no seu quarto e passava a noite deitado no chão.+ 17 Os anciãos da sua casa ficavam junto dele e tentavam fazê-lo se levantar do chão, mas ele se recusava e não queria comer com eles. 18 No sétimo dia, o menino morreu.

Sem comentários...


Depois de ler e meditar nesses textos, vemos o que a giBíblia realmente quer dizer com a expressão Temer a Jeová! A Torre também gosta de dizer que é qualquer outra coisa menos cagaço, pavor mórbido. Mas os textos estão aí.

Outro ponto é que qualquer alegação de que ele tinha bons motivos para punir com a morte, caem por terra, quando estas sentenças são acompanhadas de tortura perversa e sem sentido.

Conclusão: Ou adora esse deus mimado, ou ele vai matar você, sua esposa e seu filho numa condição sádica de tortura.

:10

Para pensar.



Bem, finalmente consegui comentar neste post. Você caprichou mesmo heim OliverQueen!
Mas já no começo me deixou com uma dúvida. O que é um homem com mentalidade religiosa? Mas tudo bem, tentar definir isto certamente gerará mais debates.
Sobre a bondade de Deus, conforme narrada na Bíblia, já que eu considero que este Deus é o Único Deus Verdadeiro, tanto pelo testemunho do próprio texto bíblico como pelo que Jesus Cristo diz, e sendo ele o Criador de tudo portanto, podemos dizer confiantemente: Deus é BOM! Exatamente como Jesus disse! O crente em Deus não precisa se envergonhar e nem deve se envergonhar de nada que está escrito na Bíblia! Ahh, mas você fala assim porque a tua religiosidade te tornou insensível e você fecha os olhos pra tudo que é tipo de injustiça e violência que Deus fez, talvez alguém diga! Calma, Deus causou violência, mas declarar que esta violência foi injusta ou maldosa, daí entramos num campo que, Deus existindo, conforme minha crença, o homem entra num campo desconhecido ao julgar.
Sobre a Bondade de Deus: como Deus é o Criador de tudo, então: toda vez que uma mãe carinhosamente amamenta seu bebê, cheio de amor, isto é resultado dum ato criativo de Deus. Quantas vezes este ato já se repetiu? Trilhões de vezes? Toda vez que um pai ou mãe leva no colo seu(sua) filho(a) pequeno(a) para o quarto da criança e fica lá admirando aquela ternura e depois volta para o seu quarto para dormir e 3 horas depois a criança está no pé da cama querendo subir na cama dos pais e eles ternamente à colocam para dormir com eles; isto é resultado dos atos criativos de Deus. Quantas vezes isto já se repetiu na humanidade? Quando um homem expressa amor à uma mulher ou uma mulher ao homem que ama, isto é resultado dos atos criativos de Deus. Tudo que é bom, que o homem produz, é resultado da obra criativa de Deus que lhe deu esta capacidade. Mas tudo que o homem produz de ruim, é resultado do mal uso de seu livre arbítrio. Deus sempre se comprometeu com o amor, com a bondade, conforme podemos ver no conselho que ele deu para Caim. Deus é o verdadeiro criador da música, porque o homem tem este dom por causa da maneira como foi criado. E é assim também na linguística, na matemática e na ciência humana. De maneira que elogiar a capacidade do ser humano em criar vacinas, anestesia, energia elétrica, pentes, escovas de dentes, etc, etc, etc; em última instância é elogiar o poder Criativo de Deus. É a criação criando! Eu não tenho nenhum problema em falar de ciência! Você, crente em Deus tem? Não deveria ter!
Resumindo: todo ato de amor e bondade que já houve na Terra foram atos derivados dos atos de Nosso Criador! E o Deus da Bíblia, o Deus dos hebreus a quem Jesus chamava de Pai está à anos-luz na dianteira de qualquer outro pretendente de ser identificado como o Único Deus Verdadeiro, mesmo que Odim, Zeus ou Baal sejam colocados na lista.
De modo que este é o quadro que o ser humano deveria olhar: o quadro geral! Agora se ele, o ser humano focar somente nos relatos bíblicos em que Deus usou de violência para resolver alguma questão, é como se ele estivesse diante do quadro mais lindo do mundo e ignorando completamente todo o visual, encostasse um olho num canto da tela e ficasse gritando: _"É feio, é feio, é feio"!
Mas podemos falar dos casos que você citou também OliverQueen:
Sobre o caso de Davi com Bate-Seba: bom já que estamos falando sobre este caso, vamos falar sobre tudo. Sinceramente, eu sempre achei estranho neste relato uma mulher tomar banho em um lugar que pudesse ser observada do terraço do rei! Onde é o lugar onde tomamos banho! Quem pode nos observar! E se houver um buraco e soubermos que alguém pode olhar, nós tratamos de tapar! E outra, é contrastante a atitude da jovem sulamita com Salomão e de Bete-Seba com Davi. De modo que acho muito precipitado declarar que aquele ato teve mais haver com estupro do que com sexo consentido, que parece ser o caso. Para mim, o relato não se concentrou nas falhas de Bate-Seba que aparentemente não estava com esta inocência toda, mas se concentrou nas falhas de Davi, que era o Rei e devia ser um exemplo moral e cometeu assassinato ainda. Só para vocês verem como a Bíblia não tem este relato machista como muitos querem fazer parecer. O justo ali era Urias, naquele caso. Davi, num grau muito maior, Joabe e Bate-Seba estavam todos envolvidos! É o que o relato faz parecer. Porque Bate-Seba não saiu correndo para os braços de seu marido confessar seu erro nas noites que ele dormiu fora de casa porque segundo ele "seus companheiros estavam acampados e ele não se sentia bem em ir para os braços de sua mulher enquanto eles não voltassem também"! Isso não quer dizer que Bate-Seba não tenha se tornado uma pessoa melhor depois! O julgamento das pessoas pertence à Deus!
Mas aconteceu o ocorrido! Davi acabou mandando assassinar Urias. Então tem todo o desenrolar. Os críticos dizem que ele foi perdoado porque era da realeza, de fosse um pobre coitado teria sido morto como o homem que foi apanhado pegando lenha ou Uzá, que segurou a Arca. Mas tem problema nisto tudo. Deus é Deus e os homens são os homens. A justiça do homem é cega e todo homem tem que ser tratado de forma igual. Nem poderia ser diferente para não haver favoritismo. Mas nós sabemos que há favoritismo na justiça do homem sim! Porém o julgamento de Deus é absurdamente penetrante! Ele sempre declarou que as pessoas são iguais em termos gerais, mas individualmente são diferentes! Davi era uma pessoa fora de série, embora fosse um homem imperfeito. Parecia a perfeição em inteligência emocional! Coragem, atitude, sentimento, arte, bom de conversa, tinha tudo! Não por acaso foi escolhido para ser rei daquela nação quando era adolescente ainda! Quando Deus julga uma pessoa por um crime e este crime é passível de uma sentença de morte, ele sabe o quanto a pessoa esteve envolvido em uma situação que lamenta profundamente. Deus sabe também do bem que a pessoa produziu no passado e da capacidade que ela tem de continuar produzindo o bem para o benefício de seus semelhantes. Embora a justiça humana condene igualmente uma pessoa boa com a mesma sentença que uma pessoa má, pelo mesmo crime, Deus não seria Deus se fizesse o mesmo! Ele não poderia pegar uma pessoa com um histórico e um futuro de Davi e o julgar do mesmo modo que um daqueles homens que participaram de um estupro coletivo da tribo de Benjamim, por exemplo. E foi o que ele fez, seu julgamento não foi igual o do homem, para a crítica da posteridade humana.
Mas e o filho de Davi com Bate-Seba!? É triste, com certeza foi triste para Deus também! Mas ao que tudo parece Deus trocou a vida de Davi pela vida de seu filho para que houvesse justiça, já que teria de haver uma morte para pagar pela morte de Urias. É uma justiça que não compreendemos, porque não somos Deus! Sobre a alegação de que Deus fez o recém-nascido sofrer, isto está mais para acusação do que para constatação, porque várias pessoas já estiveram à beira da morte em casos diferentes e a maioria não relata dores ou sofrimento e sim inconsciência. Mas a criança, quando ressuscitar, vai agradecer à Deus por Deus o ter livrado dum mundo de sofrimento. Porque nós deveríamos amaldiçoar a Deus por isso?
Sobre o dilúvio, não se pode falar com toda certeza que foi global, já que a palavra terra pode significar uma região ou o planeta. Toda a terra pode significar toda a terra da vizinhança geográfica. Isto certamente envolveu o que se chama de milagre da parte de Deus, mesmo sendo um evento local. Deus sempre se preocupou com os animais, conforme vemos no relato de Jonas em Nínive e na própria Lei. Os cangurus e pinguins agradecem. Com certeza Deus projetou o mal que aquela cultura e modo de vida iriam promover durante milênios e viu que as mortes seriam em menor número se ele agisse daquela maneira que agiu. O mesmo se pode dizer dos amalequitas. Foi algo triste de se ver. Mas se Deus não agisse, a cultura de oferecer o primogênito à Baal poderia se perpetuar até hoje! E as pessoas compartilhariam pelo whats ainda, como fazem com alguns crimes hediondos em nossos dias. Ou seja, como Deus é amor, acredito que Ele só agiu com violência quando ele viu que que uma situação tinha que acabar totalmente, mudando radicalmente a história, mas setorialmente apenas, para fazer de forma cabal e para sempre somente no futuro através de seu Reino. Depois que seu Filho tivesse vindo, claro.
Agora, quanto ao censo, realmente, não há argumentos humanos que possam explicar alguma coisa! Setenta mil mortos e quando Davi diz: "Porque o Senhor faz isto com eles, se fui eu que pequei?" Isto, para um humano soa como uma forte reprimenda moral! Mas, tudo que está envolvido, nós não sabemos! (A Torre e os anciãos gostam de falar isto, eu sei). Mas, pode existir uma explicação, mas não conhecemos! Como a que Deus aproveitou a situação para trazer justiça sobre injustos! Os próprios israelitas achavam que somente os que estavam em pecado eram afetados por Deus em alguma ação. Deus tinha falado a Abraão que não era da índole dele matar justos com injustos.
Estas são coisas que devemos pensar seriamente, porque as esperanças de bilhões de pessoas estão depositadas no Deus que Cristo carinhosamente chamava de Pai.
A base do Cristianismo verdadeiro, aprovado por Cristo, é o amor de Deus.
A vida e a morte de Jesus Cristo é a confirmação deste amor.
Avatar de usuário
Ronildo Araujo
Forista
Forista
 
Mensagens: 405
Data de registro: 17 Abr 2017 20:52
Localidade: Santa Catarina

Re: A justiça de Jeová

Nova mensagempor Galileu em 02 Set 2017 19:09

Omissão diante do sofrimento !

Hoje pessoas podem ser presas por omissão de socorro !

Habacuque , se sentiu justificado em indagar de Deus :

" Poque me fazes ver a violencia e a mera desgraça ??"

Foi ele exterminado por esta " heresia" ?? Alguns parecem condenar os que assim como Habacuque questionam o porque do sofrimento.

Porque um Deus amoroso permite o sofrimento ?? Independente da origem ou razão do sofrimento ? Porque parece haver aparentemente omissão de socorro .

Não aplico ao que digo o envio de seu Jesus Cristo como salvador do homem.

Me refiro ao terrivel epsodio deste seculo 20 , quando milhares de criança japonesas foram carbonizadas por bombas atomicas.

Poderiamos dizer que Deus se omitiu ???

Amigos foristas esta não é uma provocação , nem a Deus , nem a ninguem ? É apenas uma perguta para qual busco respostas ou reflexões.

Abraço a todos !
Não se coloca um remendo novo em uma roupa velha-Jesus Cristo
Avatar de usuário
Galileu
Forista
Forista
 
Mensagens: 1613
Data de registro: 30 Mar 2016 11:47
Localidade: Não quero responder

Re: A justiça de Jeová

Nova mensagempor OliverQueen em 02 Set 2017 20:23

Grande Ronildo!
Obrigado por sua contribuição.
:D1


Vamos as considerações:


Ronildo Araujo escreveu:Mas e o filho de Davi com Bate-Seba!? É triste, com certeza foi triste para Deus também! Mas ao que tudo parece Deus trocou a vida de Davi pela vida de seu filho para que houvesse justiça

Ronildo, você tem filhos? Qual deles você gostaria que seu deus matasse por causa de um escapadinha sua com sua vizinha gostosa?
(Por favor, entenda que estou sendo hipotético, embora tenha escolhido palavras duras de propósito. Não o conheço e, portanto, não estou insinuando nada e nem lhe atacando. Estou somente fazendo com que você veja as coisas através do meu prisma)

O fato aqui é que Jeová, o deus sedento de sangue, precisava matar alguém em nome de sua suposta justiça. Está claro até no seu comentário que Jeová trocou a vida de Davi. E quem ele escolheu? Uma criatura inocente! Inocente, Ronildo. Completamente inocente.




Ronildo Araujo escreveu:Sobre o dilúvio, não se pode falar com toda certeza que foi global, já que a palavra terra pode significar uma região ou o planeta.

Ou você aceita o texto bíblico tal como ele é, ou não. Você é um defensor ferrenho, apaixonado e não baixa a guarda em cima do que acredita. É louvável. Mas não faz sentido nenhum ter esse comportamento e amenizar aqui, Ronildo! :4



Ronildo Araujo escreveu:Agora, quanto ao censo, realmente, não há argumentos humanos que possam explicar alguma coisa! Setenta mil mortos e quando Davi diz: "Porque o Senhor faz isto com eles, se fui eu que pequei?" Isto, para um humano soa como uma forte reprimenda moral! Mas, tudo que está envolvido, nós não sabemos! (A Torre e os anciãos gostam de falar isto, eu sei). Mas, pode existir uma explicação, mas não conhecemos!

Ronildo, aplausos para você!
d:5
Sério, cara! Eu fiquei feliz por você ter tido a humildade e a ombridade de não defender essa merda de texto! Embora, entendi que você ainda prefere se apegar ao que acredita e justificar seu deus. Mas eu gostei muito do que falou nesse parágrafo.

O que eu escrevo, não escrevo para ferrar com a sua fé, ou a de outros. É apenas o meu prisma. É o mundo tal qual eu enxergo. E acredito que eu tenha o direito de falar assim como os que defendem esse deus também tem.

Obrigado mais uma vez por sua contribuição. Eu realmente gostei do último parágrafo.
Abraços!
:D1
"A única razão [pela qual] você diz que eu estou na escuridão como um apóstata, é porque eu não sigo a sua marca [mentirosa], nunca mais. [Simples assim!]"
Avatar de usuário
OliverQueen
Forista
Forista
 
Mensagens: 222
Data de registro: 25 Ago 2016 21:46
Localidade: Não quero responder

AnteriorPróximo

Retornar para Crenças, Doutrinas e História

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 18 visitantes