Render o que é devido no casamento : Crenças, Doutrinas e História - Page 7
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


Render o que é devido no casamento

Debates e discussões acerca das crenças, doutrinas e a história das Testemunhas de Jeová.

Re: Render o que é devido no casamento

Nova mensagempor Galileu em 16 Jul 2017 08:10

KOSTA escreveu:Investigador, repare na pérola (de sua autoria);

"Ja não transam no namoro, no casamento menos ainda"
:1 :1 :1

Alem de nao render o devido tambem fica com saldo contabilistico negativo!!!


Kosta , kkkkkkkkkkkkkk , muito bom

Cara , parece que criaram aversão a sexo kkkkkk, outros pendem para o outro extremo e viciam .....

O que é um dadiva e fonte de satisfação humana , a Torre transforma em tabu e fonte de problemas
Não se coloca um remendo novo em uma roupa velha-Jesus Cristo
Avatar de usuário
Galileu
Forista
Forista
 
Mensagens: 1206
Data de registro: 30 Mar 2016 11:47
Localidade: Não quero responder

Re: Render o que é devido no casamento

Nova mensagempor KOSTA em 16 Jul 2017 08:48

Galileu escreveu:
KOSTA escreveu:Investigador, repare na pérola (de sua autoria);

"Ja não transam no namoro, no casamento menos ainda"
:1 :1 :1

Alem de nao render o devido tambem fica com saldo contabilistico negativo!!!


Kosta , kkkkkkkkkkkkkk , muito bom

Cara , parece que criaram aversão a sexo kkkkkk, outros pendem para o outro extremo e viciam .....

O que é um dadiva e fonte de satisfação humana , a Torre transforma em tabu e fonte de problemas

Com o devido respeito pelas senhoras do forum já vi sim casamentos salvos por visualização de midia erotica.
O sexo com amor é uma arte e um dom de Deus.
NÃO TEMAS AQUELES QUE BUSCAM PELA VERDADE, MAS TEME ANTES OS QUE AFIRMAM TEREM A VERDADE
Avatar de usuário
KOSTA
Forista
Forista
 
Mensagens: 2159
Data de registro: 22 Set 2011 20:06
Localização: Portugal

Re: Render o que é devido no casamento

Nova mensagempor kooboo em 16 Jul 2017 11:14

Passei a vida ouvindo o blablabla da torre sobre como manter o casamento honroso.
A torre tem até alguns conselhos interessantes, como por exemplo, a comunicação. Mas a torre é sem profundidade para falar, ela fala em comunicação e depois fala que a esposa tem que ser submissa e acatar o que o marido diz... bom, não vou mais falar da torre, vou dizer o que eu acho que na prática funciona para um bom relacionamento -

Comunicação - Isso vai além de conversar e DR. Comunicação precisa ser eficaz, e homens e mulheres se comunicam de forma diferente, é aquela velha história de entender quando "talvez" é "não" e um 'sim' poderia ser 'talvez'. Saber interpretar a linguagem corporal e as artimanhas da fala. Sugiro o manual - Os homens são de marte e as mulheres são de Vênus. Esse livro é o verdadeiro manual para entender as diferenças de comunicação entre os sexos.

Seja Interessante - Você gostou de quê na outra pessoa? O que ela tinha que lhe chamou a atenção? - divertido, descolado, nerd, bem vestido, atletico, bom papo, amável no trato com os outros? Então, não perca o seu brilho. Se no início do namoro você corria 5 km todos os dias - continue correndo! Você sabia cozinhar e isso encantou o outro - Aprenda novos pratos! Voce conversava sobre vários assuntos - continue se informando... E cabe a outra parte não querer "tempo do outro" que o prejudique de continuar sendo brilhante. Se você gosta de algo no outro, então incentive-o a continuar a brilhar sempre.
Você perdeu o interesse por algo que antes te fazia brilhar? - Ok, arrume outra coisa para continuar a surpreender.
Somos iguais a criancinhas, adoramos ver coisas que brilham... e queremos tocá-las. Então... continue sendo interessante.

Auto suficiência e proatividade - Queremos pessoas auto suficientes e proativas. Gente dependente é cansativo. Claro que temos prazer em fazer algo por alguém que amamos, mas se a pessoa começa a abusar e nos encher de pedidos e nos sobrecarregar com os problemas dela... isso cansa! Trata-se de uma postura colaborativa dentro da relação - resolva os seus problemas e faça além pelo outro. Mas não seja um mendigo de pequenos pedidos. Isso fode com a paciência de qualquer um.

Diversão - Tenha agenda livre para a diversão a dois - lembrando que 'diversão' é algo diferente de almoçar na casa da mãe todos os domingos, ou encher o rabo de cerveja e apagar no sofá. Diversão pode ser coisas que ambos gostem e que os enriqueçam - ir passear em locais diferentes, jantar fora, uma sessão de cinema...
Diversão também envolve permitir que o outro saia com os amigos ou desligue seu cérebro em frente um jogo. Tem diversão a dois e sozinho.

Sexo - Tudo que é consentido é permitido. Se o conjuge anda recusando a oferta... opa, hora de conversar sinceramente e ver o que anda pegando. De repente a pegada não tá boa, tá monótono, ... de repente é hora de ir para um motel ou passar num sexy shop e comprar uns brinquedos diferentes.

Dinheiro - Para manter um relacionamento bem, uma das regras prioritárias é - Nunca gaste além do que você ganha. Menos dívidas = mais tempo para transar. Afinal, para transar com o parceiro ninguém precisa ter TV a Cabo para assistir UFC ou 18 bolsas importadas. Regre o consumo e transe mais.
Saiba Priorizar - Sim, planejamento é fundamental.

Durabilidade - Não fantasie que o seu casamento é para sempre. Não, mesmo você seguindo a cartilha e descobrindo itens novos para fazer uma vida a dois interessante, uma hora vai ficar chato e terá de acabar. Sim, o que é bom acaba. A gente muda... temos prioridades diferentes aos 20, 30, 40, 50... e as prioridades da outra pessoa também mudam. Aquela pessoa com quem você se casou foi esvaindo dia apos dia por outra. Dizem que a cada 7 anos temos uma reciclagem completa das nossas células. Ou seja, aquelas células que você acariciou e amou a sete anos atrás - não estão mais ali (só o sistema nervoso). Então... ou vocês se apaixonam de novo... ou partem para a outra.
A regra é - Tem que durar enquanto for bom para ambos. Depois disso é sofrimento.

E para nós - Se você descobriu a verdade sobre a verdade - Você mudou, você é outra pessoa. Você não é mais a pessoa pela qual seu conjuge se apaixonou. Não é culpa dele(a), ele(a) gostava daquele TJ teocrático... que andava nos mesmos meios e falava o mesmo idioma e acreditava nas mesmas coisas - É você ainda? Não, claro que não. Então, poupe o sofrimento.
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 11657
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22
Localidade: Minas Gerais

Re: Render o que é devido no casamento

Nova mensagempor Prior Dissidente em 16 Jul 2017 21:02

kooboo escreveu:Passei a vida ouvindo o blablabla da torre sobre como manter o casamento honroso.
A torre tem até alguns conselhos interessantes, como por exemplo, a comunicação. Mas a torre é sem profundidade para falar, ela fala em comunicação e depois fala que a esposa tem que ser submissa e acatar o que o marido diz... bom, não vou mais falar da torre, vou dizer o que eu acho que na prática funciona para um bom relacionamento -

Comunicação - Isso vai além de conversar e DR. Comunicação precisa ser eficaz, e homens e mulheres se comunicam de forma diferente, é aquela velha história de entender quando "talvez" é "não" e um 'sim' poderia ser 'talvez'. Saber interpretar a linguagem corporal e as artimanhas da fala. Sugiro o manual - Os homens são de marte e as mulheres são de Vênus. Esse livro é o verdadeiro manual para entender as diferenças de comunicação entre os sexos.

Seja Interessante - Você gostou de quê na outra pessoa? O que ela tinha que lhe chamou a atenção? - divertido, descolado, nerd, bem vestido, atletico, bom papo, amável no trato com os outros? Então, não perca o seu brilho. Se no início do namoro você corria 5 km todos os dias - continue correndo! Você sabia cozinhar e isso encantou o outro - Aprenda novos pratos! Voce conversava sobre vários assuntos - continue se informando... E cabe a outra parte não querer "tempo do outro" que o prejudique de continuar sendo brilhante. Se você gosta de algo no outro, então incentive-o a continuar a brilhar sempre.
Você perdeu o interesse por algo que antes te fazia brilhar? - Ok, arrume outra coisa para continuar a surpreender.
Somos iguais a criancinhas, adoramos ver coisas que brilham... e queremos tocá-las. Então... continue sendo interessante.

Auto suficiência e proatividade - Queremos pessoas auto suficientes e proativas. Gente dependente é cansativo. Claro que temos prazer em fazer algo por alguém que amamos, mas se a pessoa começa a abusar e nos encher de pedidos e nos sobrecarregar com os problemas dela... isso cansa! Trata-se de uma postura colaborativa dentro da relação - resolva os seus problemas e faça além pelo outro. Mas não seja um mendigo de pequenos pedidos. Isso fode com a paciência de qualquer um.

Diversão - Tenha agenda livre para a diversão a dois - lembrando que 'diversão' é algo diferente de almoçar na casa da mãe todos os domingos, ou encher o rabo de cerveja e apagar no sofá. Diversão pode ser coisas que ambos gostem e que os enriqueçam - ir passear em locais diferentes, jantar fora, uma sessão de cinema...
Diversão também envolve permitir que o outro saia com os amigos ou desligue seu cérebro em frente um jogo. Tem diversão a dois e sozinho.

Sexo - Tudo que é consentido é permitido. Se o conjuge anda recusando a oferta... opa, hora de conversar sinceramente e ver o que anda pegando. De repente a pegada não tá boa, tá monótono, ... de repente é hora de ir para um motel ou passar num sexy shop e comprar uns brinquedos diferentes.

Dinheiro - Para manter um relacionamento bem, uma das regras prioritárias é - Nunca gaste além do que você ganha. Menos dívidas = mais tempo para transar. Afinal, para transar com o parceiro ninguém precisa ter TV a Cabo para assistir UFC ou 18 bolsas importadas. Regre o consumo e transe mais.
Saiba Priorizar - Sim, planejamento é fundamental.

Durabilidade - Não fantasie que o seu casamento é para sempre. Não, mesmo você seguindo a cartilha e descobrindo itens novos para fazer uma vida a dois interessante, uma hora vai ficar chato e terá de acabar. Sim, o que é bom acaba. A gente muda... temos prioridades diferentes aos 20, 30, 40, 50... e as prioridades da outra pessoa também mudam. Aquela pessoa com quem você se casou foi esvaindo dia apos dia por outra. Dizem que a cada 7 anos temos uma reciclagem completa das nossas células. Ou seja, aquelas células que você acariciou e amou a sete anos atrás - não estão mais ali (só o sistema nervoso). Então... ou vocês se apaixonam de novo... ou partem para a outra.
A regra é - Tem que durar enquanto for bom para ambos. Depois disso é sofrimento.

E para nós - Se você descobriu a verdade sobre a verdade - Você mudou, você é outra pessoa. Você não é mais a pessoa pela qual seu conjuge se apaixonou. Não é culpa dele(a), ele(a) gostava daquele TJ teocrático... que andava nos mesmos meios e falava o mesmo idioma e acreditava nas mesmas coisas - É você ainda? Não, claro que não. Então, poupe o sofrimento.


Bah...que soco no queixo!
A tradição de todas as gerações mortas oprime como um pesadelo o cérebro dos vivos.
-MARX
Avatar de usuário
Prior Dissidente
Forista
Forista
 
Mensagens: 674
Data de registro: 03 Jan 2017 12:34
Localidade: Não quero responder

Anterior

Retornar para Crenças, Doutrinas e História

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Ermioni e 68 visitantes