Página 1 de 1

Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagemEnviado: 05 Jul 2017 19:55
por kooboo
Vamos lá...
Você é TJ, segue tudo certinho, fez o cartão de diretrizes do sangue e tudo seguia normal... de repente, você virou um dissidente, continua indo às reuniões mas não acredita mais nas normas da torre, inclusive nos entendimentos da torre sobre o sangue.
Você não quer/pode falar disso com ninguém... mas aquele cartãozinho que você assinou tá lá registrado em cartório, e de repente, no caso de um acidente ou uma emergência em que você está inconsciente no hospital, chega família e colih... todos dizendo "olha aqui, ele assinou um cartão de diretrizes, nomeou o ancião fulano de tal para decidir por ele(a) e que o desejo era que não aplicasse sangue"

E aí, Como lidar com isso?

Você está lá, inconsciente, afim de mais uns 50 anos de vida pela frente, e o povo lá fora já medindo o tamanho do seu caixão e te chamando de mártir.

Bom, a grande sacada é registrar um outro documento que invalide o cartão de diretrizes, registrar em cartório e deixar em posse de alguém de confiança, segue um modelo de como poderia ser o teor desse doc -

REVOGAÇÃO DE PROCURAÇÃO PARTICULAR

Por este instrumento, eu, ___________________________________________________________, brasileiro(a), (estado civil),(profissão), RG n________________, devidamente cadastrado no CPF sob o n ____________________________, residente e domiciliado no endereço ________________________________________
desconstituo como meus procuradores os senhores (citar o nome completo e todos os dados (cpf, endereço, profissão) de todos os que você constituiu procuradores no cartão de diretrizes)..
Revogando e tornando sem efeito a partir dessa data, neste ato de minha maior e mais verdadeira vontade, todos os poderes da procuração (coloque aqui o nome da procuração ) , no qual tinha por objetivo não permitir qualquer tratamento de saúde invasivo, principalmente a transfusão de sangue, e, ainda, solicitando-lhe que se abstenham de praticar qualquer ato em minha representação a partir desta desta, mesmo sendo um terceiro a qual eles tenham transmitido poderes da procuração passada aos senhores supracitados.

Local e data.

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagemEnviado: 05 Jul 2017 20:00
por distraido
Genial! Muito sério e imprescindível ter esse documento.

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagemEnviado: 05 Jul 2017 20:01
por BrunoBernardes
d:7 d:7 d:7

Esta aí um exemplo de como podemos salvar vidas.

O próximo cartão a ser criado é o Cartão Licença para Viver a Vida, irá funcionar como uma espécie de Licença Maternidade.

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagemEnviado: 05 Jul 2017 20:02
por Prior Dissidente
É muito importante anular o poder dos procuradores nomeados no documento sobre não aplicar transfusões.
Era comum assinar, reconhecer firma, tirar cópias autenticadas e entregar para os procuradores e anciãos.
E não tem como pedir de volta.
Melhor assim.

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagemEnviado: 05 Jul 2017 20:17
por kooboo
Prior Dissidente escreveu:É muito importante anular o poder dos procuradores nomeados no documento sobre não aplicar transfusões.
Era comum assinar, reconhecer firma, tirar cópias autenticadas e entregar para os procuradores e anciãos.
E não tem como pedir de volta.
Melhor assim.


Sim, e super importante que esse novo documento esteja em mãos de alguém próximo, confiável e que não deva nada à dona Torre.

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagemEnviado: 05 Jul 2017 21:34
por JuniorxD
é por essas e outras que eu sempre fugi na hora de fazer o cartão do sangue. Levava pra casa em branco pra preencher e ficava enrolando.

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagemEnviado: 05 Jul 2017 21:58
por Talentoso Ripley
E é sempre sábio esquecer o cartão do sangue em casa ou sumir com ele.

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagemEnviado: 05 Jul 2017 23:18
por DianaP
Eu nunca tive um assinado do jeito que tem que ser por sempre deixar as coisas pra depois, e agora vai continuar assim. :7

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagemEnviado: 06 Jul 2017 04:12
por KOSTA
Koboo
Keres apostar comigo em como esta tua brilhante ideia vai salvar vidas?
Proponho ke coloques este topico em evidencia (pernamente)
É assunto muito serio.
Os foristas acima tambem deram boas sugestoes.

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagemEnviado: 06 Jul 2017 04:53
por dinho23
kooboo escreveu:Vamos lá...
Você é TJ, segue tudo certinho, fez o cartão de diretrizes do sangue e tudo seguia normal... de repente, você virou um dissidente, continua indo às reuniões mas não acredita mais nas normas da torre, inclusive nos entendimentos da torre sobre o sangue.
Você não quer/pode falar disso com ninguém... mas aquele cartãozinho que você assinou tá lá registrado em cartório, e de repente, no caso de um acidente ou uma emergência em que você está inconsciente no hospital, chega família e colih... todos dizendo "olha aqui, ele assinou um cartão de diretrizes, nomeou o ancião fulano de tal para decidir por ele(a) e que o desejo era que não aplicasse sangue"

E aí, Como lidar com isso?

Você está lá, inconsciente, afim de mais uns 50 anos de vida pela frente, e o povo lá fora já medindo o tamanho do seu caixão e te chamando de mártir.

Bom, a grande sacada é registrar um outro documento que invalide o cartão de diretrizes, registrar em cartório e deixar em posse de alguém de confiança, segue um modelo de como poderia ser o teor desse doc -

REVOGAÇÃO DE PROCURAÇÃO PARTICULAR

Por este instrumento, eu, ___________________________________________________________, brasileiro(a), (estado civil),(profissão), RG n________________, devidamente cadastrado no CPF sob o n ____________________________, residente e domiciliado no endereço ________________________________________
desconstituo como meus procuradores os senhores (citar o nome completo e todos os dados (cpf, endereço, profissão) de todos os que você constituiu procuradores no cartão de diretrizes)..
Revogando e tornando sem efeito a partir dessa data, neste ato de minha maior e mais verdadeira vontade, todos os poderes da procuração (coloque aqui o nome da procuração ) , no qual tinha por objetivo não permitir qualquer tratamento de saúde invasivo, principalmente a transfusão de sangue, e, ainda, solicitando-lhe que se abstenham de praticar qualquer ato em minha representação a partir desta desta, mesmo sendo um terceiro a qual eles tenham transmitido poderes da procuração passada aos senhores supracitados.

Local e data.



Acredito que seria interessante também, colocar como novo Procurador, a pessoa que ficará com esse novo documento, autenticando em cartório do mesmo modo que é feito com o Cartão do Sangue. Assim além de anular os procuradores, substitui por alguém mais qualificado do que algum TJ.

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagemEnviado: 06 Jul 2017 08:13
por Lehh
d:4 d:4

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagemEnviado: 06 Jul 2017 10:01
por Daredevil
Genial cara. Deveria colocar essa sugestão como assunto fixo. Até depois de ter deixado de lado as ideias Tj, ainda me via preso de alguma forma a essa parte, achava que era algo muito grande, e que até poderiam ter razão os tratamentos alternativos, até ir percebendo a falta de sentido. Foi uma das coisas que mais demorou pra me desprender e tenho certeza que vai ajudar muita gente.
Parabéns pelo trabalho !!

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagemEnviado: 06 Jul 2017 12:43
por kooboo
Daredevil escreveu:Genial cara. Deveria colocar essa sugestão como assunto fixo. Até depois de ter deixado de lado as ideias Tj, ainda me via preso de alguma forma a essa parte, achava que era algo muito grande, e que até poderiam ter razão os tratamentos alternativos, até ir percebendo a falta de sentido. Foi uma das coisas que mais demorou pra me desprender e tenho certeza que vai ajudar muita gente.
Parabéns pelo trabalho !!



Feito!


Gostaria de deixar claro também que recebi o modelo de um(a) forista que não quis se identificar.
Achei ótima a ideia e fico muito feliz que todos tenham gostado.

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagemEnviado: 14 Jul 2017 14:45
por CAIO
eu sempre enrolei também e nunca reconheci firma nem entreguei aos anciãos