Dicas para um "anti"-cartão de sangue : Crenças, Doutrinas e História
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Debates e discussões acerca das crenças, doutrinas e a história das Testemunhas de Jeová.

Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagempor kooboo em 05 Jul 2017 19:55

Vamos lá...
Você é TJ, segue tudo certinho, fez o cartão de diretrizes do sangue e tudo seguia normal... de repente, você virou um dissidente, continua indo às reuniões mas não acredita mais nas normas da torre, inclusive nos entendimentos da torre sobre o sangue.
Você não quer/pode falar disso com ninguém... mas aquele cartãozinho que você assinou tá lá registrado em cartório, e de repente, no caso de um acidente ou uma emergência em que você está inconsciente no hospital, chega família e colih... todos dizendo "olha aqui, ele assinou um cartão de diretrizes, nomeou o ancião fulano de tal para decidir por ele(a) e que o desejo era que não aplicasse sangue"

E aí, Como lidar com isso?

Você está lá, inconsciente, afim de mais uns 50 anos de vida pela frente, e o povo lá fora já medindo o tamanho do seu caixão e te chamando de mártir.

Bom, a grande sacada é registrar um outro documento que invalide o cartão de diretrizes, registrar em cartório e deixar em posse de alguém de confiança, segue um modelo de como poderia ser o teor desse doc -

REVOGAÇÃO DE PROCURAÇÃO PARTICULAR

Por este instrumento, eu, ___________________________________________________________, brasileiro(a), (estado civil),(profissão), RG n________________, devidamente cadastrado no CPF sob o n ____________________________, residente e domiciliado no endereço ________________________________________
desconstituo como meus procuradores os senhores (citar o nome completo e todos os dados (cpf, endereço, profissão) de todos os que você constituiu procuradores no cartão de diretrizes)..
Revogando e tornando sem efeito a partir dessa data, neste ato de minha maior e mais verdadeira vontade, todos os poderes da procuração (coloque aqui o nome da procuração ) , no qual tinha por objetivo não permitir qualquer tratamento de saúde invasivo, principalmente a transfusão de sangue, e, ainda, solicitando-lhe que se abstenham de praticar qualquer ato em minha representação a partir desta desta, mesmo sendo um terceiro a qual eles tenham transmitido poderes da procuração passada aos senhores supracitados.

Local e data.
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 12237
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22
Localidade: Minas Gerais

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagempor distraido em 05 Jul 2017 20:00

Genial! Muito sério e imprescindível ter esse documento.
Imagem
Avatar de usuário
distraido
Forista
Forista
 
Mensagens: 378
Data de registro: 29 Jun 2013 14:20
Localidade: Espírito Santo

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagempor BrunoBernardes em 05 Jul 2017 20:01

d:7 d:7 d:7

Esta aí um exemplo de como podemos salvar vidas.

O próximo cartão a ser criado é o Cartão Licença para Viver a Vida, irá funcionar como uma espécie de Licença Maternidade.
Quer viver? Sepulte toda a literatura, apague os jargões (visto que é um gancho psíquico), junte tudo, enterre e escreva na lápide: Aqui Jaz Sentinelas e Despertais! O passado é uma roupa que não nos serve mais. Hipócrita$ Programadore$ Linguí$tico$.
Avatar de usuário
BrunoBernardes
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 2097
Data de registro: 29 Jul 2016 17:21
Localidade: Não quero responder

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagempor Prior Dissidente em 05 Jul 2017 20:02

É muito importante anular o poder dos procuradores nomeados no documento sobre não aplicar transfusões.
Era comum assinar, reconhecer firma, tirar cópias autenticadas e entregar para os procuradores e anciãos.
E não tem como pedir de volta.
Melhor assim.
A tradição de todas as gerações mortas oprime como um pesadelo o cérebro dos vivos.
-MARX
Avatar de usuário
Prior Dissidente
Forista
Forista
 
Mensagens: 787
Data de registro: 03 Jan 2017 12:34
Localidade: Não quero responder

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagempor kooboo em 05 Jul 2017 20:17

Prior Dissidente escreveu:É muito importante anular o poder dos procuradores nomeados no documento sobre não aplicar transfusões.
Era comum assinar, reconhecer firma, tirar cópias autenticadas e entregar para os procuradores e anciãos.
E não tem como pedir de volta.
Melhor assim.


Sim, e super importante que esse novo documento esteja em mãos de alguém próximo, confiável e que não deva nada à dona Torre.
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 12237
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22
Localidade: Minas Gerais

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagempor JuniorxD em 05 Jul 2017 21:34

é por essas e outras que eu sempre fugi na hora de fazer o cartão do sangue. Levava pra casa em branco pra preencher e ficava enrolando.
Avatar de usuário
JuniorxD
Forista
Forista
 
Mensagens: 166
Data de registro: 09 Abr 2014 20:31
Localidade: Ceará

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagempor Talentoso Ripley em 05 Jul 2017 21:58

E é sempre sábio esquecer o cartão do sangue em casa ou sumir com ele.
Talentoso Ripley
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 30
Data de registro: 27 Mar 2017 15:21
Localidade: Não quero responder

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagempor DianaP em 05 Jul 2017 23:18

Eu nunca tive um assinado do jeito que tem que ser por sempre deixar as coisas pra depois, e agora vai continuar assim. :7
A busca da verdade jamais precisa ser destrutiva da fé - Crise de Consciência
Avatar de usuário
DianaP
Forista
Forista
 
Mensagens: 69
Data de registro: 29 Jun 2017 18:27
Localidade: Não quero responder

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagempor KOSTA em 06 Jul 2017 04:12

Koboo
Keres apostar comigo em como esta tua brilhante ideia vai salvar vidas?
Proponho ke coloques este topico em evidencia (pernamente)
É assunto muito serio.
Os foristas acima tambem deram boas sugestoes.
NÃO TEMAS AQUELES QUE BUSCAM PELA VERDADE, MAS TEME ANTES OS QUE AFIRMAM TEREM A VERDADE
Avatar de usuário
KOSTA
Forista
Forista
 
Mensagens: 3216
Data de registro: 22 Set 2011 20:06
Localização: Portugal

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagempor dinho23 em 06 Jul 2017 04:53

kooboo escreveu:Vamos lá...
Você é TJ, segue tudo certinho, fez o cartão de diretrizes do sangue e tudo seguia normal... de repente, você virou um dissidente, continua indo às reuniões mas não acredita mais nas normas da torre, inclusive nos entendimentos da torre sobre o sangue.
Você não quer/pode falar disso com ninguém... mas aquele cartãozinho que você assinou tá lá registrado em cartório, e de repente, no caso de um acidente ou uma emergência em que você está inconsciente no hospital, chega família e colih... todos dizendo "olha aqui, ele assinou um cartão de diretrizes, nomeou o ancião fulano de tal para decidir por ele(a) e que o desejo era que não aplicasse sangue"

E aí, Como lidar com isso?

Você está lá, inconsciente, afim de mais uns 50 anos de vida pela frente, e o povo lá fora já medindo o tamanho do seu caixão e te chamando de mártir.

Bom, a grande sacada é registrar um outro documento que invalide o cartão de diretrizes, registrar em cartório e deixar em posse de alguém de confiança, segue um modelo de como poderia ser o teor desse doc -

REVOGAÇÃO DE PROCURAÇÃO PARTICULAR

Por este instrumento, eu, ___________________________________________________________, brasileiro(a), (estado civil),(profissão), RG n________________, devidamente cadastrado no CPF sob o n ____________________________, residente e domiciliado no endereço ________________________________________
desconstituo como meus procuradores os senhores (citar o nome completo e todos os dados (cpf, endereço, profissão) de todos os que você constituiu procuradores no cartão de diretrizes)..
Revogando e tornando sem efeito a partir dessa data, neste ato de minha maior e mais verdadeira vontade, todos os poderes da procuração (coloque aqui o nome da procuração ) , no qual tinha por objetivo não permitir qualquer tratamento de saúde invasivo, principalmente a transfusão de sangue, e, ainda, solicitando-lhe que se abstenham de praticar qualquer ato em minha representação a partir desta desta, mesmo sendo um terceiro a qual eles tenham transmitido poderes da procuração passada aos senhores supracitados.

Local e data.



Acredito que seria interessante também, colocar como novo Procurador, a pessoa que ficará com esse novo documento, autenticando em cartório do mesmo modo que é feito com o Cartão do Sangue. Assim além de anular os procuradores, substitui por alguém mais qualificado do que algum TJ.
Avatar de usuário
dinho23
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 46
Data de registro: 24 Mar 2015 13:39
Localidade: Paraná

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagempor Lehh em 06 Jul 2017 08:13

d:4 d:4
"Pensei o quanto desconfortável é ser trancado do lado de fora; e pensei o quanto é pior, talvez, ser trancado no lado de dentro"-
Virginia Woolf
Avatar de usuário
Lehh
Forista
Forista
 
Mensagens: 1218
Data de registro: 09 Fev 2017 14:03
Localidade: Não quero responder

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagempor Daredevil em 06 Jul 2017 10:01

Genial cara. Deveria colocar essa sugestão como assunto fixo. Até depois de ter deixado de lado as ideias Tj, ainda me via preso de alguma forma a essa parte, achava que era algo muito grande, e que até poderiam ter razão os tratamentos alternativos, até ir percebendo a falta de sentido. Foi uma das coisas que mais demorou pra me desprender e tenho certeza que vai ajudar muita gente.
Parabéns pelo trabalho !!
Avatar de usuário
Daredevil
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 34
Data de registro: 24 Abr 2017 15:02
Localidade: São Paulo

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagempor kooboo em 06 Jul 2017 12:43

Daredevil escreveu:Genial cara. Deveria colocar essa sugestão como assunto fixo. Até depois de ter deixado de lado as ideias Tj, ainda me via preso de alguma forma a essa parte, achava que era algo muito grande, e que até poderiam ter razão os tratamentos alternativos, até ir percebendo a falta de sentido. Foi uma das coisas que mais demorou pra me desprender e tenho certeza que vai ajudar muita gente.
Parabéns pelo trabalho !!



Feito!


Gostaria de deixar claro também que recebi o modelo de um(a) forista que não quis se identificar.
Achei ótima a ideia e fico muito feliz que todos tenham gostado.
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 12237
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22
Localidade: Minas Gerais

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagempor CAIO em 14 Jul 2017 14:45

eu sempre enrolei também e nunca reconheci firma nem entreguei aos anciãos
Jesus veio para nos salvar do pecado e ainda existe pecado.
Thor veio para nos salvar dos gigantes de gelo....... E acho que está sendo eficaz.
Avatar de usuário
CAIO
Forista
Forista
 
Mensagens: 1476
Data de registro: 07 Jan 2010 08:24

Re: Dicas para um "anti"-cartão de sangue

Nova mensagempor Magoo em 04 Jan 2018 13:51

Esse seu post foi fantástico, foi umas das primeiras coisas que eu lí quando cheguei aqui há alguns dias. Realmente esse é um assunto muito sério, eu tinha o raio do cartão devidamente resgistrado e levava uma cópia comigo todos os dias para a escola, mas como Jeová sempre me ajudou nunca precisei usar :1 . Essa sua proposta se ajusta muito bem aos que ainda estão dentro da Torre ou tem parentes próximos, pois eles decidirão por você caso esteja consciente ou não, até mesmo o ancião indicado na procuração poderá faze-lo.
Onde posso contribuir. A minha primeira mulher (não TJ pela graça de Jeová) precisou de algumas transfusões de sangue para tratar uma anemia - veja que não precisa ser um acidente para ser necessário uma transfusão, eu era responsável por ela no hospital e tive que assinar um termo de responsabilidade indicando os riscos da transfusão mesmo ela estando consciente - nesse momento lembrei das TJs, não tenho muita dúvida de que a vontade dela prevaleceria sobre uma recusa minha mas com certeza traria alguns transtornos como atraso no tratamento e consequentemente piora do estado clínico e ter que movimentar um mundo de gente para resolver essa besteira.
Andar com esse documento devidadente preenchido e registrado é fundamental, anotar o contato de alguém que irá sobrepor a decisão de qualquer TJ indicado legalmente ou não. A decisão sempre irá pender para o lado do bem estar do paciente e obviamente este documento diz: Eu fiz uma grande besteira e preciso consertar.
Pelo que me lembro aquela procuração relativa ao sangue tem prazo mas não tenho certeza disso, alguem talvez possa trazer luz sobre assunto.
"Под гитарный жесткий рок, который так любил" :8
Avatar de usuário
Magoo
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 49
Data de registro: 27 Nov 2017 13:04
Localidade: São Paulo

Próximo

Retornar para Crenças, Doutrinas e História

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Beatrice Prior, Google [Bot], Michael Myers, Saran e 55 visitantes