Discurso revelador de Fred Franz : Crenças, Doutrinas e História
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


Discurso revelador de Fred Franz

Debates e discussões acerca das crenças, doutrinas e a história das Testemunhas de Jeová.

Discurso revelador de Fred Franz

Nova mensagempor Episcopos em 17 Mai 2017 07:38

Saudações

Achei interessante esse discurso proferido pelo então presidente da Torre de Vigia, Fred Franz em 30 de outubro de 1980 na Itália, bem enquanto se instaurava o caos em Brooklyn.

https://www.youtube.com/watch?v=WRcqJFoliA4

No discurso ele comenta sobre as especulações proféticas referentes aos anos de 1914 e 1975. Também aborda o assunto de duas esperanças para os cristãos e da identificação das outras ovelhas.
No entanto, achei especialmente interessante a menção ao número de ungidos que diminuiria antes do fim, e a abordagem dos problemas que estavam vivenciando em Brooklyn com alguns que questionavam a organização.

Esse discurso serve qual prova de que o mentor por detrás da data de 1975 era realmente Fred Franz, que se agarrava em defendê-la mesmo num período tão tardio.
Mostra a admiração que ele possuía por Rutherford a quem ele mesmo descreve como tendo uma "mentalidade legalista".
Evidencia também o quão preocupados os membros do CG estavam com os eventos que estavam ocorrendo na Sede, ao ponto de tentarem justificar suas atitudes, com pífios argumentos, mesmo em tratando-se do então mentor mor da TJ´s.
Avatar de usuário
Episcopos
Forista
Forista
 
Mensagens: 359
Data de registro: 06 Dez 2012 12:27

Re: Discurso revelador de Fred Franz

Nova mensagempor Optimus Prime em 17 Mai 2017 09:13

Faz tempo que vc não aparecia por aqui meu amigo. E voltou com tudo hein!!!
Excelente matéria.
De fato o Franz era o Oráculo da Torre. Sua ultima obra foi o Livro Climax de Revelação ( Se não me engano), que hoje é uma piada, e nem está na biblioteca Online.
Frederick Franz viveu a seita durante toda a sua vida. Não casou, não teve filhos mas foi adorado por muitas testemunhas. Viveu o Poder e foi corrompido por ele. Hoje ninguém mais se atreve a profetizar como ele, devido ao medo dos fiascos anteriores. Inclusive o corpo Governante eliminou os Tipós e Antitípos (franz adorava fazer aplicação de tudo em relação ao ungidos para fortalecer sua autoridade).
E morreu! O legado dele ficou para o passado e hoje se fala muito pouco dele. Sabem porque? Porque as pessoas começariam a fazer perguntas.
Minha opinião: Outro facínora, que viu os diversos erros da Orga e sabia que seu sobrinho Raymond Franz era Vítima do Corpo Governante cuja máfia ele era o Chefe. Um grande assassino de pessoas inocentes (devido ao fortalecimento das questoes do sangue) e um ladrão de vidas, por incentivar jovens a dedicar a vida em prol da Seita maldita.
Quem resiste a Verdade será um eterno escravo da Mentira.
Avatar de usuário
Optimus Prime
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 191
Data de registro: 16 Fev 2017 16:58
Localidade: Não quero responder

Re: Discurso revelador de Fred Franz

Nova mensagempor Malévolo2.0 em 17 Mai 2017 14:38

Não sei a opinião de vocês, mas as Testemunhas de Jeová tem mudado seu modo de ensinar e parte de sua estrutura, então coisas antigas como essas não tem servido de provas para elas... Teríamos que achar algo recente para faze-las enxergar
Malévolo2.0
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 19
Data de registro: 13 Abr 2017 13:20
Localidade: Não quero responder

Re: Discurso revelador de Fred Franz

Nova mensagempor mayhra em 18 Mai 2017 09:05

Como pode algo impuro produzir algo puro? Provado que "A Verdade" de ontem não passa de uma grande mentira, você continuariam entregando a sua vida a essa organização? Jesus Cristo faria isso ou, ao contrário, denunciaria as falsidades?
Avatar de usuário
mayhra
Forista
Forista
 
Mensagens: 2046
Data de registro: 14 Dez 2011 21:12

Re: Discurso revelador de Fred Franz

Nova mensagempor Malévolo2.0 em 18 Mai 2017 16:42

Sim. A partir do momento que chamam de Organização e nós a chamamos de empresa, abre-se a premissa de que pode errar hoje e acertar amanhã ( ou acertar hoje e errar amanhã), pois numa empresa existe isso. Quando desqualificamos algo não esperamos perfeição, esperamos que melhore. Isso abre um grande caminho para que as Testemunhas de Jeová continuem dentro da organização
P
Malévolo2.0
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 19
Data de registro: 13 Abr 2017 13:20
Localidade: Não quero responder

Re: Discurso revelador de Fred Franz

Nova mensagempor Galileu em 19 Mai 2017 15:56

Episcopos, que bom ver postagens suas novamente, sempre muito boas e pertinentes.

Sem duvida pesquisar o passado nos faz entender o presente e nos precaver para não cairmos em ciladas religiosas no futuro !

Optimos, aprecio seus comentarios contundentes e certeiros em expor a falsidade desta Seita Multinacional.
Não se coloca um remendo novo em uma roupa velha-Jesus Cristo
Avatar de usuário
Galileu
Forista
Forista
 
Mensagens: 1496
Data de registro: 30 Mar 2016 11:47
Localidade: Não quero responder

Re: Discurso revelador de Fred Franz

Nova mensagempor Galileu em 19 Mai 2017 16:05

Malévolo2.0 escreveu:Sim. A partir do momento que chamam de Organização e nós a chamamos de empresa, abre-se a premissa de que pode errar hoje e acertar amanhã ( ou acertar hoje e errar amanhã), pois numa empresa existe isso. Quando desqualificamos algo não esperamos perfeição, esperamos que melhore. Isso abre um grande caminho para que as Testemunhas de Jeová continuem dentro da organização
P


Malevolo, acho acertado estes titulos dados a esta Seita, ela é de fato uma Empresa é de fato uma Organização , mas que esta longe do que CRISTO ensinou como Verdade.

E é neste fato que os seguidores desta Seita deveriam se fixa ao avaliar onde estão pisando e a quem estão entregando o rumo de suas vidas.

Um abraço.
Não se coloca um remendo novo em uma roupa velha-Jesus Cristo
Avatar de usuário
Galileu
Forista
Forista
 
Mensagens: 1496
Data de registro: 30 Mar 2016 11:47
Localidade: Não quero responder

Re: Discurso revelador de Fred Franz

Nova mensagempor Malévolo2.0 em 19 Mai 2017 18:08

Galileu escreveu:
Malévolo2.0 escreveu:Sim. A partir do momento que chamam de Organização e nós a chamamos de empresa, abre-se a premissa de que pode errar hoje e acertar amanhã ( ou acertar hoje e errar amanhã), pois numa empresa existe isso. Quando desqualificamos algo não esperamos perfeição, esperamos que melhore. Isso abre um grande caminho para que as Testemunhas de Jeová continuem dentro da organização
P


Malevolo, acho acertado estes titulos dados a esta Seita, ela é de fato uma Empresa é de fato uma Organização , mas que esta longe do que CRISTO ensinou como Verdade.

E é neste fato que os seguidores desta Seita deveriam se fixa ao avaliar onde estão pisando e a quem estão entregando o rumo de suas vidas.

Um abraço.


Aí é que está, é uma seita ou uma empresa? Quando entrei para a minha empresa vi todas as regras por ela impostas, algumas aceitei, outras não, mas tive que me submeter a todas, por ser a melhor empresa da região. Quando dizemos que a Torres de Vigia é uma empresa, estamos dizendo para as Testemunhas que elas devem se submeter a essa empresa, independente do que elas pensem ou não. Ou escolher uma "empresa" melhor. Dizemos a elas qual empresa é a melhor? Não. Acabamos simplemente defendendo a organização mesmo sem querer
Malévolo2.0
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 19
Data de registro: 13 Abr 2017 13:20
Localidade: Não quero responder

Re: Discurso revelador de Fred Franz

Nova mensagempor Debora em 19 Mai 2017 23:09

Malévolo2.0 escreveu:Aí é que está, é uma seita ou uma empresa? Quando entrei para a minha empresa vi todas as regras por ela impostas, algumas aceitei, outras não, mas tive que me submeter a todas, por ser a melhor empresa da região. Quando dizemos que a Torres de Vigia é uma empresa, estamos dizendo para as Testemunhas que elas devem se submeter a essa empresa, independente do que elas pensem ou não. Ou escolher uma "empresa" melhor. Dizemos a elas qual empresa é a melhor? Não. Acabamos simplemente defendendo a organização mesmo sem querer


Decididamente, você é um defensor da ORG.
Quando falamos que a torre não passa de uma empresa é porque embora ela esteja usando todos os benefícios e agindo como uma seita, o "modus operandi" dela não difere em nada de uma empresa comercial que tem por objetivo obter lucros.

Em uma empresa legalmente constituída para isto, ao se desligar você pode preservar os amigos que lá deixou, pode visita-la e ser bem recebido, recebe os valores a que efetivamente faz jus.
Ao sair da ORG o que você leva ?
Testemunhas de Jeová
O que será que elas não te contam?
http://www.pontosdefe.blogspot.com.br
Avatar de usuário
Debora
Moderadora
Moderadora
 
Mensagens: 6359
Data de registro: 21 Dez 2010 10:07
Localização: Santana
Localidade: São Paulo

Re: Discurso revelador de Fred Franz

Nova mensagempor Episcopos em 20 Mai 2017 11:53

Sobre se matérias como esse vídeo são ou não eficazes em fazer alguns TJ´s ativos despertar, posso comentar que em meu próprio caso o processo de descoberta e consequente desencanto com a Torre de Vigia, foi construído aos poucos no decorrer de vários anos de intensa pesquisa, tanto em fontes "Teocráticas" quanto nas "apóstatas".

Assim sendo, o que me motiva a compartilhar esse vídeo não é a esperança que de per si ele possa despertar uma TJ ativa. Em alguns casos mesmo admissões francas e recentes da própria organização não podem fazê-lo. Cito como exemplo a franca admissão de que não são inspirados, nem infalíveis e que não se comprometem em fornecer "alimento" sadio.

Ainda assim, talvez, videos como o do início desse tópico, podem ser mais um tijolo para a construção da independência intelectual da Torre de Vigia. Embora reafirmo que para que a pessoa desperte há a necessidade de uma pré-disposição que poderia ser uma mente aberta, um conflito pessoal, ou de consciência, etc...
Ademais, alguns que embora tenham conhecimento dos falhanços da Torre de Vigia, seu legalismo e autoritarismo, e sua exegese incorreta, persistem em defendê-la, talvez caiam em si e percebam quão ridículos, para se dizer o mínimo, são seus argumentos e sua liderança.

Uma vez que muitos de nós não tivemos intimo contato com os processos de tomada de decisão dentro da organização, e no afã de saber mais a respeito encontramos informações desencontradas, por vezes tendemos a desacreditar as fontes, chamando-as de apóstatas e assim desconsiderando seus argumentos.
Que dizer porém se, não um apóstata, mas um influente membro do Corpo Governante confirmasse algumas de tais acusações?
Deixemos portanto que o irmão Frederick Franz nos responda, as seguintes perguntas:
* Por que ele deixou a faculdade?
* Quais eram as reais expectativas das TJ´s para 1914, 1922, e 1925?
* Qual a influência da Grande Pirâmide nos ensinos da organização?
* Qual era o entendimento da Organização referente a grande multidão?
* Que polêmica houve por ocasião do lançamento do livro "Mistério Consumado?"
* O que tem a dizer sobre o discurso "Milhões que agora vivem JAMAIS morrerão?"

Com a palavra o Sr. Franz!

https://www.youtube.com/watch?v=jgkz6oU3-yo
Avatar de usuário
Episcopos
Forista
Forista
 
Mensagens: 359
Data de registro: 06 Dez 2012 12:27

Re: Discurso revelador de Fred Franz

Nova mensagempor Malévolo2.0 em 20 Mai 2017 11:54

Debora escreveu:
Malévolo2.0 escreveu:Aí é que está, é uma seita ou uma empresa? Quando entrei para a minha empresa vi todas as regras por ela impostas, algumas aceitei, outras não, mas tive que me submeter a todas, por ser a melhor empresa da região. Quando dizemos que a Torres de Vigia é uma empresa, estamos dizendo para as Testemunhas que elas devem se submeter a essa empresa, independente do que elas pensem ou não. Ou escolher uma "empresa" melhor. Dizemos a elas qual empresa é a melhor? Não. Acabamos simplemente defendendo a organização mesmo sem querer


Decididamente, você é um defensor da ORG.
Quando falamos que a torre não passa de uma empresa é porque embora ela esteja usando todos os benefícios e agindo como uma seita, o "modus operandi" dela não difere em nada de uma empresa comercial que tem por objetivo obter lucros.

Em uma empresa legalmente constituída para isto, ao se desligar você pode preservar os amigos que lá deixou, pode visita-la e ser bem recebido, recebe os valores a que efetivamente faz jus.
Ao sair da ORG o que você leva ?


Como pode dizer se sou um defensor se na minha apresentação eu disse que sou neutro? Achei que teria liberdade de me expressar aqui. E eu não disse que a Torre de Vigia está certa ou errada, disse que se nós a chamamos de empresa temos que aceita-la como tal. E para convencer alguém que tal empresa é ruim, devemos primeiro definir que linha de raciocínio seguir ( se é empresa ou outra definição). Estou buscando éajudar vocês a convencer outras pessoas. No mais, tirando o fato das amizades, talvez você não tenha tido a oportunidade de trabalhar em grandes Empresas, não é toda essa liberdade que se tem, mesmo ao sair há restrições, se a pessoa não seguir estas restrições pode não ter oportunidade de trabalhar em mais nenhuma empresa no mundo.

P.S.: Na empresa que trabalho visitas somente com permissão. E voltar para visitar depois de uma demissão dependo do que a pessoa tenha feito
Malévolo2.0
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 19
Data de registro: 13 Abr 2017 13:20
Localidade: Não quero responder

Re: Discurso revelador de Fred Franz

Nova mensagempor Debora em 20 Mai 2017 14:34

Malévolo2.0 escreveu:
Debora escreveu:
Malévolo2.0 escreveu:Aí é que está, é uma seita ou uma empresa? Quando entrei para a minha empresa vi todas as regras por ela impostas, algumas aceitei, outras não, mas tive que me submeter a todas, por ser a melhor empresa da região. Quando dizemos que a Torres de Vigia é uma empresa, estamos dizendo para as Testemunhas que elas devem se submeter a essa empresa, independente do que elas pensem ou não. Ou escolher uma "empresa" melhor. Dizemos a elas qual empresa é a melhor? Não. Acabamos simplemente defendendo a organização mesmo sem querer


Decididamente, você é um defensor da ORG.
Quando falamos que a torre não passa de uma empresa é porque embora ela esteja usando todos os benefícios e agindo como uma seita, o "modus operandi" dela não difere em nada de uma empresa comercial que tem por objetivo obter lucros.

Em uma empresa legalmente constituída para isto, ao se desligar você pode preservar os amigos que lá deixou, pode visita-la e ser bem recebido, recebe os valores a que efetivamente faz jus.
Ao sair da ORG o que você leva ?


Como pode dizer se sou um defensor se na minha apresentação eu disse que sou neutro? Achei que teria liberdade de me expressar aqui. E eu não disse que a Torre de Vigia está certa ou errada, disse que se nós a chamamos de empresa temos que aceita-la como tal. E para convencer alguém que tal empresa é ruim, devemos primeiro definir que linha de raciocínio seguir ( se é empresa ou outra definição). Estou buscando éajudar vocês a convencer outras pessoas. No mais, tirando o fato das amizades, talvez você não tenha tido a oportunidade de trabalhar em grandes Empresas, não é toda essa liberdade que se tem, mesmo ao sair há restrições, se a pessoa não seguir estas restrições pode não ter oportunidade de trabalhar em mais nenhuma empresa no mundo.

P.S.: Na empresa que trabalho visitas somente com permissão. E voltar para visitar depois de uma demissão dependo do que a pessoa tenha feito


Sua neutralidade não está nada clara em seus comentários.

Seus argumentos empresariais são no mínimo cómicos. E sim. Trabalhei nas maiores e melhores empresas do Brasil, algumas multinacionais e a última, onde permaneci por onze anos e obtive minha aposentadoria, certamente é conhecida por todos os brasileiros. EM TODAS, continuei e continuo tendo livre transito .
Ah desculpe. Me dessociei da empresa que comanda as testemunhas de Jeová a mais de 30 anos e nunca mais os que lá permaneceram puderam voltar a falar comigo. Ah....perdão novamente ....eles podem sim falar comigo...QUANDO PRECISAM DOS MEU FAVORES.

Me poupe. Contra fatos, não há argumento.
Testemunhas de Jeová
O que será que elas não te contam?
http://www.pontosdefe.blogspot.com.br
Avatar de usuário
Debora
Moderadora
Moderadora
 
Mensagens: 6359
Data de registro: 21 Dez 2010 10:07
Localização: Santana
Localidade: São Paulo

Re: Discurso revelador de Fred Franz

Nova mensagempor Malévolo2.0 em 20 Mai 2017 15:23

Debora escreveu:
Malévolo2.0 escreveu:
Debora escreveu:
Malévolo2.0 escreveu:Aí é que está, é uma seita ou uma empresa? Quando entrei para a minha empresa vi todas as regras por ela impostas, algumas aceitei, outras não, mas tive que me submeter a todas, por ser a melhor empresa da região. Quando dizemos que a Torres de Vigia é uma empresa, estamos dizendo para as Testemunhas que elas devem se submeter a essa empresa, independente do que elas pensem ou não. Ou escolher uma "empresa" melhor. Dizemos a elas qual empresa é a melhor? Não. Acabamos simplemente defendendo a organização mesmo sem querer


Decididamente, você é um defensor da ORG.
Quando falamos que a torre não passa de uma empresa é porque embora ela esteja usando todos os benefícios e agindo como uma seita, o "modus operandi" dela não difere em nada de uma empresa comercial que tem por objetivo obter lucros.

Em uma empresa legalmente constituída para isto, ao se desligar você pode preservar os amigos que lá deixou, pode visita-la e ser bem recebido, recebe os valores a que efetivamente faz jus.
Ao sair da ORG o que você leva ?


Como pode dizer se sou um defensor se na minha apresentação eu disse que sou neutro? Achei que teria liberdade de me expressar aqui. E eu não disse que a Torre de Vigia está certa ou errada, disse que se nós a chamamos de empresa temos que aceita-la como tal. E para convencer alguém que tal empresa é ruim, devemos primeiro definir que linha de raciocínio seguir ( se é empresa ou outra definição). Estou buscando éajudar vocês a convencer outras pessoas. No mais, tirando o fato das amizades, talvez você não tenha tido a oportunidade de trabalhar em grandes Empresas, não é toda essa liberdade que se tem, mesmo ao sair há restrições, se a pessoa não seguir estas restrições pode não ter oportunidade de trabalhar em mais nenhuma empresa no mundo.

P.S.: Na empresa que trabalho visitas somente com permissão. E voltar para visitar depois de uma demissão dependo do que a pessoa tenha feito


Sua neutralidade não está nada clara em seus comentários.

Seus argumentos empresariais são no mínimo cómicos. E sim. Trabalhei nas maiores e melhores empresas do Brasil, algumas multinacionais e a última, onde permaneci por onze anos e obtive minha aposentadoria, certamente é conhecida por todos os brasileiros. EM TODAS, continuei e continuo tendo livre transito .
Ah desculpe. Me dessociei da empresa que comanda as testemunhas de Jeová a mais de 30 anos e nunca mais os que lá permaneceram puderam voltar a falar comigo. Ah....perdão novamente ....eles podem sim falar comigo...QUANDO PRECISAM DOS MEU FAVORES.

Me poupe. Contra fatos, não há argumento.


Sinto muito que pense isso a meu respeito. Peço desculpas se lhe ofendi de alguma forma e desculpas a todos se quebrei alguma regra do Forum. Realmente as grandes Empresas têm regras rígidas. Da mesma forma que você diz, contra fatos não há argumentos, mas não estou aqui para apresentar nenhum "fato" da mesma forma que você não apresentou. Na verdade não me importo com o que A ou B fizeram, estou falando de empresa e de suas regras. Infelizmente você distorceu. Não se preocupe, conheço grandes empresas, e elas têm regras rígidas, a que estou também tem. Mas não creio que eu precise apresentar provas disso aqui, assim como você não o fez também não farei. Sou neutro sim, mas você tem o direito de pensar como quiser. Só não coloque o que eu digo ou penso em dúvida senão estará fazendo um julgamento igual à Torre de Vigia. Mais uma vez peço desculpas se quebrei alguma regra e por dar minha opinião
Malévolo2.0
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 19
Data de registro: 13 Abr 2017 13:20
Localidade: Não quero responder


Retornar para Crenças, Doutrinas e História

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Alexa [Bot], Altair Rocha e 37 visitantes