A palavra grega, parousia, na Bíblia : Crenças, Doutrinas e História
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


A palavra grega, parousia, na Bíblia

Debates e discussões acerca das crenças, doutrinas e a história das Testemunhas de Jeová.

A palavra grega, parousia, na Bíblia

Nova mensagempor IrmaoEmCristo em 09 Mai 2012 06:20

A palavra grega, parousia, na Bíblia

Os membros do grupo chamado de "Testemunhas de Jeová" afirmam que a ideia de uma vinda de Jesus em segredo em 1914 é apoiada pelo fato de que, em alguns casos, a palavra" vinda "que aparece na Bíblia referente ao retorno do Senhor Jesus Cristo à terra, é a tradução da palavra grega "parousia" no texto original do Novo Testamento. Argumenta-se que o verdadeiro significado de parousia é "presença" e implica uma presença "invisível", e nessa interpretação reside, em parte, o ensino errado de que Jesus já veio uma segunda vez ao mundo, mas invisível. O propósito deste livro é investigar o que há de verdadeiro nessa interpretação da palavra grega parousia.

Bem, a palavra grega parousia aparece 24 vezes no texto original do Novo Testamento. Na versão Ferreira de Almeida Revista e Atualizada é traduzida de 18 vezes "vinda", 3 vezes "presença" 2 vezes "chegada" e uma vez "aparecimento". Na maioria destes casos refere-se à vinda do Senhor Jesus Cristo. O fato de que o significado original da palavra parousia era "presença" é avançado para apoiar a ideia de que Jesus virá de forma invisível. Mas essa conclusão não é apoiada nem pela lógica, nem pela análise das passagens em que a palavra aparece em referência.

Em primeiro lugar, no que se refere à lógica, de onde se tira a conclusão que a presença de Jesus Cristo, ou de qualquer outra pessoa tem que ser invisível? É verdade que a Escritura fala da presença de Cristo quando ele vier, mas como isso implica que a sua presença será invisível? Presença é uma coisa, invisibilidade é outra completamente diferente. Por acaso, quando uma determinada pessoa está presente, não a vemos?

Em segundo lugar, vamos examinar algumas das passagens onde a palavra parousia é usada sobre outras pessoas que não Cristo, para determinar se a presença dessas pessoas parece ter sido invisível. Por exemplo, Paulo escreve aos Coríntios:

"Alegro-me com a vinda (parousia) de Estéfanas, e de Fortunato, e de Acaico; porque estes supriram o que da vossa parte faltava." (1 Coríntios 16:17).

Será que Paulo não viu os três irmãos que te trouxeram tanta alegria? Será que chegaram a Paulo de forma invisível? Parece que não há evidência de que tenha sido esse o caso. Escrevendo mais tarde aos mesmos Coríntios sobre um período de desânimo pelo qual tinha passado Paulo diz:

"Porém Deus, que conforta os abatidos, nos consolou com a chegada (parousia) de Tito" (2 Coríntios 7:6)

Será que devemos acreditar que Tito consolou Paulo visitando-o de forma invisível? Não há nenhuma evidência para apoiar essa afirmação. No entanto, este é o que devemos pensar se a palavra realmente significa uma vinda parousia invisível.

Num capítulo posterior da mesma epístola, Paulo fala como o seu ministério tinha sido desprezado entre alguns coríntios:

"As cartas, com efeito, dizem, são graves e fortes; mas a presença (parousia) pessoal dele é fraca, e a palavra, desprezível." (2 Coríntios 10:10)

Será que Paulo realizou seu ministério entre os coríntios estando invisível? Ele mesmo fala de sua presença corporal. Como era corporal, se a sua presença tivesse sido invisível? E como saberiam os coríntios que a sua presença pessoal era fraca, se Paulo não fosse visto? Será que faz sentido argumentar que a palavra parousia significa uma presença invisível? Pelo contrário, parece óbvio que simplesmente significa "vinda", "chegada" ou "presença" no sentido normal das palavras, e não implica em nada a ideia de invisibilidade.

Repetimos: a presença é uma coisa, a invisibilidade é outra bem diferente, para não dizer que são contraditórias. O conceito de presença também se expressa com outras palavras gregas e hebraicas em muitas partes de ambos os Testamentos, mas nunca jamais passa a ideia de invisibilidade. Além disso, a vinda de Jesus é muitas vezes descrita na Bíblia através de muitas palavras gregas, tanto verbos como substantivos, que também são usados ​​para descrever a vinda de outros, e nunca o uso dessas palavras sugere a ideia de invisibilidade de Jesus Cristo ou de alguém.

Para o leitor descobrir por si mesmo o sentido em que a palavra parousia é usada no texto bíblico, abaixo está a lista completa das 24 passagens em que aparece:

1. Traduzida "vinda": Mateus 24:3, 27, 37, 39; 1 Coríntios 15:23, 16:17; 1 Tessalonicenses 2:19; 3:13; 4:15; 5:23; 2 Tessalonicenses 2:1, 8; Tiago 5:7, 8; 2 Pedro 1:16; 3:4,12; 1 João 2:28
2. Traduzida "chegada": 2 Coríntios 7:6, 7.
3. Traduzida "presença": 2 Coríntios 10:10; Filipenses 1:26, 2:12.
4. Traduzida "aparecimento": 2 Tessalonicenses 2:9

James Hunter

(tirado do Fórum Bíblia Aberta)
Jesus: "... conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8:32, RA)
Fórum Bíblia Aberta
Avatar de usuário
IrmaoEmCristo
Forista
Forista
 
Mensagens: 212
Data de registro: 05 Abr 2009 17:52

Re: A palavra grega, parousia, na Bíblia

Nova mensagempor TJCalado em 09 Mai 2012 09:50

:2 Pré-observação: Quero deixar claro que o meu comentário a seguir não apóia a doutrina de que Jesus voltou em 1914, nem que ele está presente. Não acredito na volta de Cristo, nem mesmo na bíblia como livro sagrado. Somente expresso minha opinião sobre a aplicação da palavra. Não é um Ctrl+C/Ctrl+V de algum artigo da Torre de Vigia, nem quero parecer defendê-la.

Acredito que, dentro do conceito bíblico, a palavra presença poderia sim indicar uma presença invisível. Jesus, por exemplo, disse que onde 'estivessem pessoas reunidas em seu nome, ali estaria ele' (não sei se essa presença seria 'parousia'). Mas neste caso, evidentemente, a presença seria invisível.
Também, a bíblia fala de "sinais" da 'parousia'. Se a 'parousia' quer dizer 'vinda', esses sinais poderiam ser preliminares, indicando algo que está para acontecer, no caso a 'vinda' de Cristo.
Mas se 'parousia' ser refere a uma "presença visível", como é considerado no texto base deste tópico, qual a necessidade de sinais indicativos, já que uma presença visível já é por si mesma uma evidência?
Além do mais, não há indícios de que Jesus voltaria 'em carne', única maneira de as pessoas realmente o virem.
Vejo um problema no ensino TJ sobre esse assunto na declaração de Jesus de que 'todo olho o veria', sendo que somente os olhos das testemunhas de Jeová (posso até dizer apenas algumas) hoje entendem essa presença/parousia.
Se os meus verdadeiros pensamentos não podem sair pela boca, que saiam pelos dedos.
Avatar de usuário
TJCalado
Forista
Forista
 
Mensagens: 2908
Data de registro: 11 Mar 2012 21:40

Re: A palavra grega, parousia, na Bíblia

Nova mensagempor IrmaoEmCristo em 09 Mai 2012 13:04

O texto acima trata somente da "prova" avançada pelas TJ para a vinda invisível de Jesus, através da palavra grega parousia e nada mais. Procurando os textos do NT onde a palavra é usada pode-se facilmente ver que a palavra não serve de prova para essa doutrina TJ.
Jesus: "... conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8:32, RA)
Fórum Bíblia Aberta
Avatar de usuário
IrmaoEmCristo
Forista
Forista
 
Mensagens: 212
Data de registro: 05 Abr 2009 17:52

Re: A palavra grega, parousia, na Bíblia

Nova mensagempor Ben em 09 Mai 2012 13:42

Gostei da pesquisa. Parabéns e abraços do Joe.
"A quantidade de alimentos necessária para cada ser humano é aquela que cabe na concavidade de suas mãos unidas" - Buda
Avatar de usuário
Ben
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 4248
Data de registro: 17 Nov 2008 12:05

Re: A palavra grega, parousia, na Bíblia

Nova mensagempor TJ Moderado em 09 Mai 2012 16:32

IrmaoEmCristo escreveu:O texto acima trata somente da "prova" avançada pelas TJ para a vinda invisível de Jesus, através da palavra grega parousia e nada mais. Procurando os textos do NT onde a palavra é usada pode-se facilmente ver que a palavra não serve de prova para essa doutrina TJ.


Copiei para uso pessoal. Vou ler todos os textos e verificar o contexto.

Abraço!
“Quanto mais leio a Bíblia, menos TJ sou”.
Avatar de usuário
TJ Moderado
Forista
Forista
 
Mensagens: 795
Data de registro: 08 Jan 2010 16:39

Re: A palavra grega, parousia, na Bíblia

Nova mensagempor Dulcineia Mancha em 09 Mai 2012 20:06

Também gostei. Obrigada IrmaoemCristo. Tudo que possa demonstrar o quanto a Torre traduz erroenamente e tendenciosamente é claro a bíblia é super válido....Um abraço. :D3 :D3
"Considero a curiosidade uma virtude moral” (Amós Oz, Escritor Hebreu - programa Roda Viva-TV Cultura, 02/01/2012
Avatar de usuário
Dulcineia Mancha
Forista
Forista
 
Mensagens: 1049
Data de registro: 01 Nov 2009 06:14
Localização: SP-SUL

Re: A palavra grega, parousia, na Bíblia

Nova mensagempor TJ Curioso em 09 Mai 2012 20:37

É preciso ter em mente que o significado da palavra PAROUSIA no grego bíblico tem o sentido básico de "estar ao lado de" ou "presença ou chegada eminente" e era utilizada nos tempos bíblicos para a eminente presença de, por exemplo, um rei ou autoridade.

Imaginemos por exemplo, uma cidade, em que os habitantes sabiam que o seu rei ou governandor iria chegar a qualquer momento. A excitação e empolgação estando ao rubro, seria lógico que ao mínimo sinal, todos ficassem em euforia, sabendo que a presença desta autoridade era eminente. Isso indica, que a palavra PAROUSIA era usada não para uma presença invisivel e demorada no tempo, mas para uma presença ou chegada praticamente eminente.

Podemos imaginar, que ao sinal do vigia, avistando a corte a aproximar-se as trombetas tocavam anunciando a chegada, presença ou vinda do rei. Embora ainda não o estivessem a ver, a população iria celebrar, gritando de euforia e regozijo a chegada de seu amado rei.

É neste sentido que a palavra PAROUSIA era usada no tempo do NT e também pelos próprios escritores do mesmo.
http://questaodosangue.blogspot.com
Avatar de usuário
TJ Curioso
Forista
Forista
 
Mensagens: 1357
Data de registro: 15 Nov 2008 17:03

Re: A palavra grega, parousia, na Bíblia

Nova mensagempor TJ Moderado em 10 Mai 2012 08:23

TJ Curioso escreveu:É preciso ter em mente que o significado da palavra PAROUSIA no grego bíblico tem o sentido básico de "estar ao lado de" ou "presença ou chegada eminente" e era utilizada nos tempos bíblicos para a eminente presença de, por exemplo, um rei ou autoridade.

Imaginemos por exemplo, uma cidade, em que os habitantes sabiam que o seu rei ou governandor iria chegar a qualquer momento. A excitação e empolgação estando ao rubro, seria lógico que ao mínimo sinal, todos ficassem em euforia, sabendo que a presença desta autoridade era eminente. Isso indica, que a palavra PAROUSIA era usada não para uma presença invisivel e demorada no tempo, mas para uma presença ou chegada praticamente eminente.

Podemos imaginar, que ao sinal do vigia, avistando a corte a aproximar-se as trombetas tocavam anunciando a chegada, presença ou vinda do rei. Embora ainda não o estivessem a ver, a população iria celebrar, gritando de euforia e regozijo a chegada de seu amado rei.

É neste sentido que a palavra PAROUSIA era usada no tempo do NT e também pelos próprios escritores do mesmo.


Parabéns pela argumentação! d:8
“Quanto mais leio a Bíblia, menos TJ sou”.
Avatar de usuário
TJ Moderado
Forista
Forista
 
Mensagens: 795
Data de registro: 08 Jan 2010 16:39

Re: A palavra grega, parousia, na Bíblia

Nova mensagempor Dulcineia Mancha em 26 Jul 2012 15:07

Um exemplo de tradução em alguns posnto incorretas feitas pela Torre de Vigia na TNM, no meu ponto de vista e de muitos conforme a pesquisa aí mostra...Vejam amigos...o queme diz Sfoc ????
"Considero a curiosidade uma virtude moral” (Amós Oz, Escritor Hebreu - programa Roda Viva-TV Cultura, 02/01/2012
Avatar de usuário
Dulcineia Mancha
Forista
Forista
 
Mensagens: 1049
Data de registro: 01 Nov 2009 06:14
Localização: SP-SUL


Retornar para Crenças, Doutrinas e História

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Brainiac, Carnival, Yahoo [Bot] e 36 visitantes